Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Passo a passo para melhorar em Física

De Myla, publicado dia 11/10/2019 Blog > Apoio Escolar > Física > Um guia simples para você progredir nas Exatas

A Física é uma área do conhecimento humano inebriante! Você sabia que as Leis de Newton são aplicadas em todos os ramos da Engenharia e em vários outros setores como Fisioterapia, Tecnologia e até no Direito? Experimente, por exemplo, pesquisar sobre Perícia Criminal.

Outro ótimo exemplo foi quando Einstein, no início do século passado, foi o responsável por quebrar paradigmas. Um dos físicos mais famosos de todos os tempos demonstrou que, em algumas condições extremas de velocidade – isto é, próximo à velocidade da luz – as ideias de Newton perdiam a validade e precisavam de ser substituídas por outras mais precisas.

Foi assim que surgiu famosa teoria da Relatividade de Einstein, publicada em 1905. E até mesmo essa teoria levou tempo para ser aceita. E você sabia também que, pouco tempo depois, em 1922, Einstein recebeu o Prêmio Nobel? Contudo não pela sua teoria mais famosa, que não era completamente aceita pela comunidade científica da época, e, sim, por outra descoberta, o efeito fotoelétrico.

Pensando em tudo isso, fica muito mais fácil compreendermos que a física é uma ciência bastante relevante nos dias de hoje e com muita efervescência. E, portanto, dona de um repertório significativo de fenômenos naturais.

Como aprender Física?

Basicamente, as duas maiores barreiras dos alunos em relação à física é a dificuldade conceitual e a dificuldade com as contas, ou seja, com a matemática.

Estude física mecanica e obtenha um excelente resultado no Enem! Estude cinemática e aprenda tudo sobre o movimento dos corpos!

E nem de longe tente banalizar ambos os pontos! Ter dificuldade para entender os conceitos é algo muito presente no dia a dia do estudante de física, pois existe uma grande falta de proximidade com o conteúdo. Aliar teoria e prática, aproximando o conceito ao contexto da vida do aluno ainda não é nada fácil.

Já os apertos com a matemática, normalmente isso vem lá de trás, quando o aluno ainda construía sua base na disciplina e algumas lacunas começam a pipocar e não são identificadas e sequer sanadas. Quando a complexidade aumenta, o aluno, coitado, pode vir a se sentir perdido em certos momentos.

Aproveite e veja dicas de como obter bons resultados nas aulas de física!

Primeiro Passo: a técnica da manga

A respeito da dificuldade conceitual, existe uma técnica muito fácil que pode ajudar você nesse sentido: a técnica da manga. Aplicando essa técnica, você vai parar de se confundir entre os conceitos físicos e o senso comum. E, como consequência, você irá aprender física de forma muito mais rápida, prática e efetiva!

Relembrando, você já sabe que a Física, recorrentemente ao longo da história, é uma das responsáveis por quebrar vários paradigmas e estabelecer novos conceitos, certo?

O que quase ninguém fala para a gente é que, quando começamos a estudar essa disciplina, trazemos uma bagagem repleta de conceitos fisicamente incorretos! E nem sabemos! É como se você tivesse as ideias de Aristóteles na sua cabeça sendo que as Leis de Newton é que são as corretas, entende?

O grande empecilho de estudar física reside no fato de que, para aprender Física, você precisa, primeiro, se livrar dos conceitos que você tinha – e que são, em sua maioria, fisicamente incorretos. Só, então, a partir daí, você entende e absorve as novas ideias – que são fisicamente corretas.

Confira algumas super técnicas para que você seja capaz de calcular fórmulas de física mentalmente!

Largar mão daquele conhecimento guiado pelo senso comum é um excelente ponto de partida para que você identifique o que é que dificulta seu entendimento sobre os conceitos de Física!

Agora, venha comigo, a fruta manga é como se fosse as ideias (fisicamente errôneas) do senso comum, ao passo que a manga da camisa é como se fosse os conceitos fisicamente aceitáveis. E, para aprender física de verdade, você precisa aprender a diferenciar entre esses dois tipos de ideias!

Por exemplo, reclamamos muito quando estamos com muito calor, pois esse calorão incute uma sensação desagradável. O problema é que quando vamos estudar física, nos deparamos com a definição de calor: é a energia transferida de um corpo que está a uma temperatura maior para outro corpo que está a temperatura menor.

Em outras palavras, o calor é a energia em movimento, energia que está sendo transferida. Portanto, em termos físicos, é impossível um corpo ou objeto “ter calor” ou alguém “estar com calor”, entende?

Comece, portanto, a aplicar a técnica da manga.

Venha ver nossas dicas para que você tenha sucesso com a física!

Segundo Passo: identificar os tipos de fenômenos físicos

Para tudo precisamos de base, de um conhecimento que lance os princípios de determinada disciplina, não é mesmo? No caso da Física, a sua base, os seus fundamentos basilares, encontra-se na Mecânica (Cinemática, Dinâmica e Movimento Circular), Ondulatória, Termodinâmica e no Eletromagnetismo – também conhecidos como Física Clássica.

Em seguida à Física Clássica, temos a Física Moderna, o conjunto de teorias surgidas no início do século XX. Esse repertório teórico despontou com a Mecânica Quântica e a Teoria da Relatividade. Ocorreram muitas alterações no entendimento científico vigente e, destas duas teorias resultaram significativas alterações no entendimento das noções do espaço, tempo, medida, causalidade, simultaneidade, trajetória e localidade.

E aí, você gostaria de saber como ter uma boa nota em física no vestibular?

Um bom exemplo nessa área são os trabalhos de Einstein, que em 1905 publica a Teoria da Relatividade Restrita. Nesse trabalho Einstein abandona a ideia clássica que se tinha sobre a simultaneidade, em decorrência da finitude da velocidade de transmissão das interações eletromagnéticas. A simultaneidade, portanto, passa a depender do referencial que se adota para a análise de determinado fenômeno físico.

Dessa forma, segundo o Wikipedia, a invariância da velocidade da luzcorrespondendo precisamente à velocidade de transmissão das interações – resulta que as noções de espaço e tempo se mesclam em um novo conceito, o espaço-tempo.

Identificar qual das seis grandes áreas da física o enunciado de uma questão aborda é o ponto de partida!

Dito isto, um dos passos mais importantes que todo aluno deve fazer é saber bem identificar qual das grandes áreas da Física relatadas há pouco o enunciado de uma questão aborda. Isso pode parecer algo bem básico ou bobo mas não é e veja o porquê.

Isso tem a ver com a interpretação. Quando não identificamos o que o enunciado quer dizer, fica quase que impossível resolver a questão. Posto de outra forma, se você não sabe qual o assunto que a questão aborda, você não saberá qual o contexto do problema e nem qual a problemática que ele incita.

Portanto, é nessa hora que você deve permanecer muito atento: leia atentamente o enunciado, identifique as palavras-chave, indicativas de qual assunto a questão trata e desenhe o problema.

Observe que o desenho é parte fundamental à resolução da questão. E, de quebra, ele te permite um melhor entendimento do enunciado e diminui sua ansiedade inicial, já que, se você estiver com a matéria em dia, os passos para a resolução começam a pipocar em sua mente.

Até esse passo, a resolução das questões de física dependem apenas do seu conhecimento teórico em relação ao assunto abordado. O que, como já vimos, não é pouca coisa!

Que tal conhecer dicas simples para você progredir em física? Venha conferir!

Após a interpretação do enunciado da questão, o passo seguinte é você buscar nele os dados fornecidos, separando-os e os destacando.

Terceiro passo: identificar as fórmulas de Física para o ENEM

Nesse passo, é muito comum a física interagir com outras disciplinas, criando um contexto interdisciplinar. Por exemplo, questões que envolvem a Biologia, como as de óptica acerca do olho humano, os fenômenos naturais que nele ocorrem para se formar a visão e as possíveis formas de correção de visão. Outro exemplo acontece nas reações químicas, cujos dados de físico-química devem ser identificados e bem trabalhados à luz de conceitos interdisciplinares.

Dito isso, o terceiro passo consiste na coleta de dados fornecidos no enunciado. Note que existem os dados explícitos e implícitos. Todos eles devem ser identificados, separados, e postos no papel. Lembre que esses dados podem também serem apresentados em tabelas, gráficos ou textos.

Em seguida, você deve identificar as fórmulas. Infelizmente esse é um passo pouco percorrido pela maioria dos alunos. Nele você deve separar todas as fórmulas relacionadas àquele assunto identificado no enunciado da questão.

Em outras palavras, quanto mais você repetir essa ação de identificar e separar as fórmulas em cada uma das questões que precisa resolver, mais facilmente você irá memorizar as fórmulas de física para o ENEM.

Funciona assim, depois que você fizer isso 5 ou 7 vezes, você vai notar que terá decorado as fórmulas relacionadas àquele assunto estudado. No entanto, não se esqueça de realizar revisões frequentes do conteúdo para que as fórmulas, de fato, não saiam mais da sua caixola.

Em seguida, é só você aplicar os dados coletados no enunciado às fórmulas identificadas. Desse ponto em diante, para a resolução final da questão, você deve se valer de seus conhecimentos matemáticos, aplicando-os de forma devida.

Muitas vezes é aqui que é identificada outra enorme dificuldade dos alunos: as lacunas na formação de seu conhecimento sobre matemática. Daí que temos mais uma razão para a orientação de um professor particular experiente que facilmente irá identificar essas lacunas na sua formação. Outro ponto de grande importância de a rotina de não se deixar a matéria acumular.

E aí, agora que você já conta com um reflexivo passo a passo para aprender Física sem sofrimento, que tal pô-lo em prática e contar para a gente como tem sido? É só deixar um comentário que agradecemos!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar