"Tocar violão é como fazer amor: você realmente precisa ser estúpido para esquecer como faz depois que aprende." - Franck Zappa (1940-1993)

Fazer acordes e solos de guitarra, dominar ritmo e teoria musical: a verdade é que se você não pratica, esquece.

O número de guitarristas no mundo foi estimado, em 2010, em 50 milhões de pessoas. Entre essa amostra, 16% eram guitarristas profissionais e 43% desses músicos queriam se tornar profissionais.

Mas a estrada é longa para aqueles que desejam fazer da música sua profissão.

Você quer começar a tocar violão? Aqui trazemos uma lição importante para iniciantes: a questão da posição do instrumento!

Pedro
Pedro
Profe de Violão
5.00 5.00 (30) R$80/h
1a aula grátis!
Henrique
Henrique
Profe de Violão
5.00 5.00 (46) R$50/h
1a aula grátis!
Fernando
Fernando
Profe de Violão
5.00 5.00 (48) R$120/h
1a aula grátis!
Felipe
Felipe
Profe de Violão
5.00 5.00 (13) R$65/h
1a aula grátis!
Matheus
Matheus
Profe de Violão
5.00 5.00 (10) R$80/h
1a aula grátis!
Pedro
Pedro
Profe de Violão
5.00 5.00 (16) R$56/h
1a aula grátis!
Jessica
Jessica
Profe de Violão
5.00 5.00 (17) R$70/h
1a aula grátis!
Juliana
Juliana
Profe de Violão
4.76 4.76 (17) R$30/h
1a aula grátis!

Que posição adotar para começar a tocar violão?

Saber segurar o instrumento é fundamental para aprender a tocar violão.

Encontrar a boa postura estabiliza o instrumento e contribui para a coordenação da mão esquerda e da mão direita.

Como aprender guitarra?
Durante suas aulas particulares de violão, qual é a melhor posição para tocar?

A posição muda em função do tipo de instrumento que você deseja tocar: guitarra, violão clássico, violão folk ou flamenco.

Então, você precisa tocar sentado ou em pé?

Em geral, o músico iniciante aprende violão sentado. Por outro lado, guitarristas experientes que tocam em concerto tocam em pé, de frente para o público.

Tocar sentado tem vários benefícios:

  • Limita o risco de lesões e dores musculares: dor nas costas, nos ombros, tendinite do punho,
  • Você tem mais conforto, aperfeiçoa sua prática de acordo com o estilo da música,
  • Adquire mais destreza com os dedos da mão esquerda (no violão destro) ou direita (no violão canhoto),
  • Toca mais, sem se cansar.

Aviso aos iniciantes: no começo, apertar as cordas dói a ponta dos dedos.

Aprender acordes de guitarra ou violão machuca os dedos no início. Mas logo isso passa, depois que os dedos criam pequenos calos protetores.

Na posição sentada, existem várias posturas: a posição clássica e a posição padrão, também chamada de "descontraída".

Na posição clássica, o violão é colocado entre as pernas, com o fundo do instrumento apoiada na perna esquerda. O braço, levantado para cima, fica assim acessível, o que permite mais amplitude.

Além disso, essa posição evita que você fique com as costas curvadas. Mas é uma posição que requer espaço e incentiva você a puxar o pescoço para a frente, para observar onde os dedos estão posicionados.

Na posição padrão, o violão é colocado na coxa direita e o braço é orientado 45 ° em direção ao teto: esta é a posição mais comum, especialmente para tocar mpb, folk, guitarra jazz e rock.

Essa posição facilita a improvisação, tocar os arpejos ou até as pestanas, enquanto sua mão direita dá o ritmo (ou esquerda, no violão canhoto).

Como aprender a tocar em uma aula de violão?

Segure seu violão na posição "clássica"

Tocar sentado permite que você leia com calma as tablaturas de violão e termine suas aulas de violão sem cansar as pernas.

Como tocar um violão?
Entre a posição clássica e a posição popular, o violonista deve escolher o seu posicionamento em função também de suas preferências musicais.

Idealmente, é aconselhável ficar ereto, o busto reto, os cotovelos livres, a cabeça no eixo da coluna vertebral.

Quando sentados, alguns colocam o pé esquerdo em um banquinho para levantar levemente o violão.

O instrumento é pressionado contra a barriga, entre as duas pernas, mas colocado na coxa esquerda do músico.

Quanto ao pulso direito, ele fica dobrado enquanto o pulso esquerdo envolve o braço.

Dizem que esta posição facilita o acesso às cordas, porque o braço do violão é inclinado perpendicularmente ao ombro.

Esta posição é utilizada em geral para tocar violão clássico, principalmente porque favorece a colocação dos dedos da mão esquerda.

No entanto, é menos comum nas aulas de guitarra elétrica e música popular brasileira.

A posição clássica é indicada por professores particulares em violão clássico, flamenco, acústico, folk ou eletroacústico.

Por quê?

Porque pensamos que é a posição que reduz ao máximo as tensões nos músculos do corpo, e porque nos permite tocar da maneira mais relaxada possível.

Violões clássicos são feitos para esta posição, especialmente se o pé esquerdo estiver levantado em um apoio para os pés.

Dessa maneira, o violão é mantido na coxa esquerda.

Resta apenas aprender a ler uma tablatura e aprender os principais acordes básicos, especialmente acordes com pestanas, acordes maiores e menores!

Como segurar seu violão em uma postura "descontraída"?

A posição conhecida como relaxada é a mais popular, mas não é considerada a mais eficaz para iniciar o violão.

Como aprender a tocar violão?
Como aprender música de uma maneira tranquila? Se acomode na chamada postura popular: a posição mais comum para guitarristas e violonistas!

"Pessoalmente, pratico violão como amador há cerca de quinze anos, e essa é a posição que naturalmente me veio à mente quando comecei a tocar jazz".

Saiba que, aprendendo em uma posição popular, você se sentirá como um novato novamente quando você passar para a posição clássica.

A prática do violão em uma posição relaxada às vezes requer levantar a perna direita, colocando o pé em um apoio para os pés.

Também podemos dobrar o pé esquerdo no chão para colocar o pé direito sobre ele, mas cuidado com a tensão muscular se os músculos do pé e dos tornozelos forem frágeis.

A principal diferença entre as duas posições é o posicionamento do braço em relação ao corpo e aos braços.

Numa posição relaxada, o jogador tem mais amplitude e grau de liberdade, mas o violão se move mais, é menos estável nas pernas.

Outro conselho: sente-se em uma cadeira adequada e confortável, sobretudo para ficar descontraído e o menos tenso possível.

Escolha uma cadeira sem braços ou banquinho, um sofá rígido, sem tocar no encosto. Sempre mantenha as costas e os ombros retos.

A mão dominante é aquela com a qual se toca as cordas, no meio da roseta.

Os canhotos às vezes podem usar um violão destro e, em seguida, pressione os trastes com a mão esquerda para produzir o som das notas de violão.

Depois de colocar o instrumento na coxa direita, incline o braço em 45 ° e toque seus estilos preferidos: dessa maneira, os trastes ficam mais acessíveis do que manter o braço paralela ao chão.

Lembre-se de uma coisa: quanto menos você segurar o violão, mais fácil será de tocar.

Para fazer isso, você precisa aprender a tocar com a parte de trás do violão tocando o tronco.

Em seguida, coloque o braço entre o polegar e o indicador: a mão não é usada para segurar o violão, mas para pressionar as seis cordas.

Você segura o instrumento apenas com as coxas e o cotovelo do braço diretivo: o polegar da mão não dominante deve permanecer atrás do braço e os outros dedos estão curvados nas cordas do violão.

Essa postura é útil para dar toda a força necessária para realizar os acordes com a firmeza necessária.

No entanto, alguns músicos - como Jimi Hendrix ou Django Reinhardt - tocam violão envolvendo o polegar no braço, sobretudo para tocar alguns acordes específicos.

Você precisa se posicionar assim para tocar suas músicas favoritas de jazz cigano, por exemplo.

Por fim, o último conselho: é essencial manter as costas bem eretas.

Tocar violão de pé: como fazer?

Aqui está uma posição muito comum, especialmente quando se toca em um grupo musical: a posição em pé.

omo tocar guitarra?
Por que tocar sem estar sentado? Os guitarristas costumam tocar na posição intermediária!

Seja tocando blues, ritmos de rock ou música pop, esta é a posição favorita dos guitarristas em concerto.

Veja, por exemplo, a posição de Mark Knofler neste vídeo gravado durante um concerto de Dire Straits ...

Comece comprando uma correia ajustável.

A correia ajuda logicamente a apoiar o instrumento, que não pode ser colocado nas coxas.

Ao escolher um violão, verifique se ele possui botões para acomodar a correia.

Podemos citar três maneiras de usar seu violão em pé:

  • A posição alta,
  • A posição intermediária,
  • A posição baixa.

O primeiro envolve uma correia mais curta, apoiando o instrumento na altura da barriga.

O violão é colocado acima dos quadris: temos mais acesso ao braço e notas altas do braço.

Não é a posição mais estética para tocar belas melodias, mas ajuda a ser mais preciso.

Um conselho: utilize o metrônomo nas suas primeiras aulas de violão para iniciantes. Em seguida, escolha se você prefere utilizar a palheta ou os dedos.

A posição intermediária é a mais difundida: é um meio termo entre as posições alta e baixa, com o instrumento posicionado na altura nos quadris.

É a posição que busca o compromisso entre estética e amplitude para tocar as músicas mais famosas.

Por fim, a posição baixa.

Ela coloca o violão embaixo dos quadris, com os braços estendidos.

Essa postura não é natural, mas ficou famosa por guitarristas de rock, incluindo Slash, Keith Richards, Jimmy Page ou Zack Wylde.

A posição baixa dá um lado descontraído ao guitarrista. Mas pode causar tensão no pulso, costas, braços e ombros.

Porque na posição baixa, a correia está muito solta e o corpo pode sentir mais o peso do violão.

Aprender a tocar em uma posição baixa corre o risco de gerar tensão: o guitarrista iniciante terá que aprender ainda mais como relaxar.

Agora só falta você aprender a afinar, decifrar e descobrir teoria musical para poder improvisar.

Sem dúvida, depois de alguns meses, você terá adquirido uma postura perfeita para tocar muito bem!

Precisando de um professor de Violão ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Fernanda

Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.