Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Descubra as razões de ensinar a língua portuguesa!

De Carolina, publicado dia 13/07/2019 Blog > Apoio Escolar > Português > Por que se tornar professor de português?

Escolher uma profissão é algo longe de ser uma tarefa fácil. Tal tarefa pode nos levar anos e anos de reflexão e, ainda sim, nos deixar em dúvida se seria isso mesmo que deveríamos fazer.

Quando a gente é estudante, a gente esquece que a profissão de professor pode ser interessante! Ou o contrário, a gente admira tantos nossos professores que queremos ser iguais a eles!

Se você se encontra no caso nº 1, saiba que, sim, é legal ensinar e mesmo primordial!

É verdade que ser professor de português acarreta inúmeras vantagens!

Você acabou de obter o seu diploma de ensino médio? Você ainda está estudando ou já é um profissional, mas quer mudar de profissão? Por que não se tornar professor de português?

  • as vantagens reais de ensinar português.
  • as razões que motivam a se tornar professor de português.
  • a pedagogia certa para ajudar seus alunos a progredir.

Superprof quer responder a todas essas perguntas te dando todas as razões para se tornar professor de português! Venha conferir algumas dicas e sugestões valiosas!

O ensino do português é aberto para os recém-formados

Hoje, infelizmente, o desemprego entre os jovens é muito grande. O medo da precariedade é um fator considerado por muitos jovens na hora de decidir sua futura carreira. Como muitos pensam, é melhor prevenir do que remediar.

Por isso, muitas pessoas ainda optam pela função pública. Nunca se viu tantas pessoas tentarem concursos no Brasil para ter uma vida profissional estável! Sem sobressaltos, sem interrupções, sem apertos financeiros e, sobretudo, com estabilidade empregatícia. Bom, pelo menos é ainda dessa forma que a maioria das pessoas entende o serviço público.

E você, já pensou fazer concurso público para ser professor da rede pública de ensino? Há concursos para ser professor do município e do estado.

Com tantas cidades e estados nesse Brasil, caso esse seja seu objetivo, você com certeza vai encontrar seu lugar sendo professor de português! E também se sentir recompensado por tal escolha!

O número de vagas abertas para os profissionais da educação varia em cada ano. Elas abrem em função da necessidade, das saídas e aposentadorias de outros trabalhadores.

A profissão de professor de português tem mais de 94% de empregabilidade! Essa taxa é muito grande, caso comparada a outras profissões.

Dê aulas de língua portuguesa e melhore nosso globo A educação é a solução para os maiores problemas do mundo.

Por isso, se decidir seguir essa profissão, os riscos de ficar desempregado são pequenos!

Você gosta de português e se pergunta muito sobre a sua orientação?

Ensinar a língua portuguesa é importante e pode ser uma bela perspectiva de carreira para você.

Gramática, ortografia, conjugação, acentuação, regência, análise do discurso, interpretação de textos, redação, literatura, linguística, semiótica, fonologia, análise do discurso, comunicação… Tudo isso pode fazer parte do seu dia a dia como professor de português.

Principalmente porque você pode escolher seu percurso.  Já considerou isso, de poder trilhar seu próprio caminho como professor de português?

Existem várias maneiras de ensinar o português. Professor particular, professor de curso específico, professor de faculdade, professor de ensinos fundamental ou médio, professor de imersão, professor de português como língua estrangeira, professor de escola bilíngue, professor de escola de metodologia específica, como a Montessori ou Waldorf, por exemplo, etc, etc.

Para se qualificar em quaisquer desses cargos, você deve ter, no mínimo, um diploma de graduação.

  1. Tornar-se professor da educação infantil
    Na escola infantil, você é um professor generalista. Mas é nesse momento crucial da escolaridade que você aprende ler e escrever. O português é a disciplina predominante. Além disso, é a única fase da escolaridade que você não precisa fazer um curso superior para dar aulas de portugues. O magistério já basta para ser professor da educação infantil.
  2. Ser professor de português no Ensino Fundamental
    Você pode dar aula da língua para estudantes do 1º ao 9º ano. Para isso, é necessário ter a graduação de Letras, na maioria dos casos.
  3. Ser professor de português no Ensino Médio
    Como para o ensino fundamental, é importante fazer um curso de graduação. Além disso, você precisa estar preparado para lidar com as necessidades dos alunos nessa fase da vida. Eles estão escolhendo seus futuros profissionais e estão se preparando para o vestibular ou Enem. Trata-se de um momento bastante delicado na vida do estudante, por ser uma fase definidora da vida profissional. Portanto, desenvolver uma empatia a mais e ter tato nas interações com os alunos pode ser um diferencial importante.
  4. Ser professor do Ensino Superior
    Aqui, você tem que gostar muito dos estudos da língua portuguesa (quais fazer para ser professor?): gramática, literatura… Isso porque você vai passar sua vida estudando e se atualizando. Nesse caso, o doutorado é no mínimo recomendado. Essa é também uma fase muito importante, já que é nela que você irá se especializar através das pós-graduações, mestrado, doutorado e até mesmo pós-doutorado. Além disso, aqui você terá a chance de inspirar futuros professores da língua e certificar-se de que os mesmos interajam entre si e com os alunos de forma prática, engajada e contextualizada.

O professor de Português é o profissional com diploma de nível superior em Letras (Licenciatura) que oferece aulas sobre Língua Portuguesa nas mais diversas instituições de ensino.

O ensino público e a segurança do emprego

A gente cita sempre a palavra precariedade quando a gente fala sobre a geração Y. A profissão de professor ainda oferece uma segurança e uma estabilidade raras no mercado de trabalho, se comparada à de outras línguas.

O setor público é aquele que simboliza mais a segurança no trabalho atualmente para os estudantes e recém-formados.

É verdade que o status de funcionário público municipal ou estadual oferece várias vantagens:

  • Uma profissão estável em que as demissões são raras.
  • Um salário razoável (Quanto ganha um professor de português?).
  • Uma aposentadoria com certas vantagens baseadas na categoria de classes – mesmo com a nova reforma da Previdência recentemente tramitando no Congresso Federal.

Essa segurança do emprego para toda a vida explica o aumento da procura por esse tipo de profissão.

Ser professor para transmitir a língua de Machado de Assis

Muitas pessoas e também muitos estudiosos consideram a língua portuguesa uma das mais difíceis de se aprender. Contudo, certamente, ela é uma das mais bonitas!

O fato de ser nossa língua materna poderia prejudicar a neutralidade dessa afirmação…

Porém, os estrangeiros dizem que nossa língua é bonita e sexy, pode acreditar!

O português do Brasil (não o de Portugal) tem fama internacional graças à novela, ao carnaval e à música – que teve seu auge de disseminação pelo mundo através da Bossa Nova, seguida pela Tropicália, etc.

Para dar aulas de portugues, é necessário ter uma verdadeira paixão pela língua de Camões!

Seja professor da língua portuguesa e ajude a educar o mundo A base do conhecimento é o português.

Mas como saber se a gente é apaixonado o suficiente para ser capaz de transmitir nosso conhecimento e nosso amor do português para os alunos ou para qualquer outra pessoa interessada?

Caso você

  • ame os livros e mais particularmente a literatura portuguesa.
  • tenha um respeito muito grande pela língua portuguesa, e, em decorrência, também por sua cultura e legado.
  • tenha um bom nível de conhecimentos gerais e goste de se manter informado.
  • conheça e domine as regras gramaticais e da conjugação do português.
  • apresente facilidade em escrever bem, sem que isso seja visto como um fardo, mesmo que não seja algo que você considere fácil – já que escrever, em qualquer língua, é sempre algo complexo.
  • evite, facilmente, os erros ortográficos e domine as normas básicas gramaticais sem precisar de muito esforço – e, através do estudo, passe a dominar as minúcias, exceções e pegadinhas gramaticais da língua.
  • ame traduzir a sua língua materna para outra língua que também domine bem. Essa segunda língua pode ser aperfeiçoada durante a faculdade, em uma modalidade dupla de graduação, ou através de cursos específicos.
  • deseje se tornar um intérprete, e realizar traduções simultâneas – como a que ocorre durante a transmissão em tempo real de eventos ou premiações importantes, como o Oscar, premiação americana voltada ao ramo do cinema – ou traduções consecutivas, nas quais o interlocutor fala durante um tempo e aguarda a realização da tradução para prosseguir com suas exposições e assim sucessivamente até o término da exposição do conteúdo apresentado.
  • ame escrever e escreva por hobby e por amor à língua, independente caso seus textos venham a ser publicados ou não. Existem também os casos mais intensos, onde o autor escreve porque não pode deixar de escrever, porque o ato de escrever faz parte se dua alma e de si próprio.

Pensando nisso, podemos dizer que o professor de português se compromete com uma missão: no mínimo, transmitir as bases fundamentais do português.

Essa missão é de grande importância para todos os alunos, mesmo aqueles que não possuem um perfil literário, já que valoriza nossa cultura enquanto povo e nação em meio a tantas outras.

Mas cuidado, é importante dominar a língua mesmo para aqueles que não gostam muito da matéria. Muitas empresas consideram um bom nível de português na hora da contratação de seus empregados. Currículos com erros de regência e concordância, ou mal escritos, com vocabulário crasso, são mal vistos por qualquer empresa que se considere séria.

Assim, da escola primária ao ensino superior, um professor de língua portuguesa participa em partes da construção do futuro profissional de todos os seus alunos.

Perpetuar o ensino do português é talvez uma das mais belas maneiras de honrar nossa língua e a nossa cultura!

Então, é preciso muita paixão para ajudar as crianças, colegiais, vestibulandos, trabalhadores, alunos de supletivos, e várois outros, a progredirem na língua, em seus estudos e em suas vidas profissionais.

Não duvide, a carreira de professor de Português é uma das com maior empregabilidade no país, cerca de 94,13%, segundo o Ipea – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada.

Ser professor de português: um trabalho útil e enobrecedor

Tornar-se professor de português é exercer um trabalho que podemos considerar de utilidade pública.

A educação é um dos elementos mais importantes da nossa sociedade. Com os pais, ela tem um papel primordial na vida de cada indivíduo. Um indivíduo que recebeu educação é independente e pode trilhar seu próprio caminho, fazendo suas próprias escolhas e não seguindo apenas a modismos ou à opinião de outros.

É por meio da educação, como sabemos, que nos tornamos responsáveis pelas nossas ações e atentos ao que ocorre ao nosso redor. Indivíduos com uma boa formação educacional são mais engajados social e politicamente, além de conhecerem melhor os seus direitos e deveres como cidadãos e agentes influenciadores da comunidade da qual participam.

Pessoas com ótimo nível educacional geralmente possuem um leque maior de escolhas de profissões ou formações profissionais. Isso favorece uma melhor qualidade de vida e também a procura por qualificações constantes, em cursos e atualizações profissionais.

A educação deixa de ser vista como algo enfadonho e inevitável, e de má qualidade e se torna algo almejado e buscado pela própria pessoa, que se qualifica bem e avança em seus estudos e na carreira profissional.

A pedagogia no centro da profissão

A pedagogia é aquilo que resta da escola, aquilo que cada um de nós guarda quando descobrimos ou redescobrimos a emoção de aprender.

Essa frase ilustra a ligação entre o professor pedagógico e a vontade de aprender do indivíduo.

Sendo professor de português, você deve saber ser pedagógico para compartilhar melhor seus conhecimentos com seus alunos.

No entanto, a pedagogia é um conceito difícil de ser definido.

De acordo com o dicionário Priberam, pedagogia quer dizer a ciência da educação ou método para ensinar.

Aprenda a pedagogia e dê aulas de língua portuguesa Ensinar português pode ser uma verdadeira diversão e também um motivo para que você aborde o conteúdo com qualidade e interatividade!

Quer dizer “transmitir” seu conhecimento, saber explicar as coisas de maneira clara e principalmente suscitar o interesse da classe. Digamos “transmitir” em uma concepção mais leiga e geral, já que apreditamos que cada indivíduo é quem constrói o próprio aprendizado.

Se transmitir um ensinamento realmente ocorre, bastaria apenas a exposição a uma aula e esse ensinamento, teoricamente, já deveria de ter sido transmitido, passado, de aluno para professor. E bem sabemos que não é assim que esse processo se dá. É necessário uma atuação ativa por parte do aluno para que ele assimile e memorize tal aprendizado “transmitido”. Sem essa fase fundamental, aprendizado algum ocorre. E fica-se mais na repetição e repetição sem o devido entendimento e assimilação do que foi transmitido e “considerado ensinado”.

A gratidão que pode ter um professor quando ele sente o impacto positivo no seu modo de ensino é incrível! Somente isso já pode justificar a sua escolha de ser professor.

Uma profissão dinâmica

A profissão de professor de português é redundante e tediosa? Muito ao contrário! Ser professor de português, certamente, é evitar uma certa rotina.

Primeiro, a classe muda a cada ano. A gente descobre novos alunos todos os anos, dotados de novos objetivos, sempre.

Depois, o programa evolui constantemente.

Por exemplo, um professor de literatura no ensino médio deve se atualizar todos os anos sobre as obras que serão cobradas no Enem e nos principais vestibulares!

Observe também que o acordo ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, colocado em prática a partir de 2009, e obrigatório em 2016, deve estar na ponta da língua do professor.

E ainda, como consideram muitos profissionais da área, os dias passam e não se parece, quando a gente é professor.

A agenda sempre muda todos os dias! Por isso, é necessário ter uma boa organização e muita energia e disposição!

O altruísmo no centro da profissão

Ser uma pessoa altruísta se define pelo fato de se interessar de maneira desinteressada a outra pessoa.

E se uma profissão ilustra bem essa definição, é bem a de ser professor!

Há muito considerada a profissão mais bela do mundo, o professor deve sempre se colocar em segundo plano para contribuir com o progresso e o sucesso escolar de seus alunos.

É o que define o conjunto da carreira de educador!

O professor de português vai contra a corrente atual do individualismo da nossa sociedade, considerado o mal do século!

Seus esforços são concentrados em um objetivo bem preciso, o de oferecer um aperfeiçoamento da língua portuguesa aos alunos.

Além disso, em muitos países desenvolvidos, como a Alemanha, Suécia, Finlândia, Coreia do Sul, Japão e vários outros, a profissão de professor é, em muitos casos, considerada a profissão mais valorizada que existe. Já que essa carreira visa compartilhar o conhecimento e a bagagem que o professor acumula ao longo dos anos com a comunidade e a sociedade da qual ele pertence. Isso é visto como patrimônio de desenvolvimento humano.

Em países como a Finlândia, por exemplo, atualmente considerado um dos com a melhor qualidade na educação, o vestibular para se tornar um professor é o mais disputado, muito mais do que o de medicina, direito ou engenharia. Somente o topo, os melhores dos melhores alunos, podem se candidatar à vaga como aspirante a professor.

Veja a diferença de mentalidade desses países desenvolvidos e a nossa, onde, infelizmente, ser professor de português ou de qualquer outra modalidade, é visto com descaso e até desrespeito.

Note que o ensino da Língua Portuguesa é tratado de forma transversal no Brasil. Em outras palavras, isso significa que essa disciplina é exigida em todas as etapas da aprendizagem, desde os primeiros anos de ensino fundamental até em cursos superiores como Arquitetura, Medicina ou Engenharia, por exemplo.

Piso Salarial do Professor de Português

Como já mencionamos, o mercado de trabalho para o profissional da língua portuguesa é vasto. O professor pode ser contratado para ensinar nas redes de ensino públicas e particulares dos ensinos médio e fudamental – que, normalmente, são os principais contratantes. E esse profissional também pode encontrar opções de emprego nas universidades, institutos de formação técnica ou tecnológica, nas escolas de idiomas e cursinhos.

Nesse sentido, o piso salariam para todos os professores atuantes nas redes públicas municipais, estaduais e federais é estabelecido pela Leo nº 11.738, de 16 julho de 2008 – curiosamente há quase exatos 11 anos. De acordo com a legistação, o valor mínimo a ser pago a esses profissionais é de R$1917, seguido de reajustes anuais.

A referida lei cobre todos os professores que atuam no setor público brasilero. Essa quantia pode ter seus números alterados, de estado para estado, desde que respeitado esse valor mínimo estabelecido em lei.

Já em relação aos professores que atuam no setor privado, os valores são estipulados em convenções e acordos tramitados nos sindiatos da categoria e podem variar também de região para região e em relação ao tipo de instituição em que o profissional trabalha.

Segundo o site de empregos Catho, o salário médio mínimo de um professor de português gira em torno de R$1100 e o salário médio máximo, R$3200. As escolas de idiomas pagam, em média, R$1886, e os órgãos públicos, a média de R$1612.

No ensino médio, os órgãos públicos são os que melhor pagam, com média salarial de R$2039, se comparado com o mínimo, R$1800 e o máximo, R$3250.

Já no ensino superior, o salário inicial de um professor de português com doutorado e dedicação exclusiva é de cerca de R$8400. No entanto, aqueles com mais tampo de carreira têm vencimentos de R$10.000 em média e, ainda segundo o Catho, um Professor Titular – cargo máximo na carreira de magistério de nível superior – pode vir a receber até R$17.000.

Além disso, a docência na língua portuguesa, juntamente à carreira de professor, é uma das poucas profissões nas quais quanto mais tempo de carreira, mais valorizado o profissional se torna. Veja só um professor com 15 anos de experiência de ensino ou com um pós-doutorado acumulou tamanha bagagem ao longo de sua carreira que se torna um profissional muito bem valorizado em qualquer mercado de trabalho. Observe, no entanto, que isso não é comum em muitas outras profissões.

Seja educador de língua portuguesa O professor ensina a base do conhecimento para as crianças.

Na escola primária, é o professor que ensina a ler e escrever. No colégio, é o professor de português que vai dar as bases fundamentais da língua portuguesa. No ensino médio, é ele ainda que vai participar do desenvolvimento da cultura literária.

E isso tudo sem benefício pessoal a não ser o prazer de ajudar os alunos em suas construções pessoais e profissionais.

A profissão de professor de português merece todos os títulos de nobreza!

Pode ter certeza que essa é uma das profissões mais importantes atualmente para um mundo melhor.

E aí, agora que você já está um pouco mais a par da realidade do profissional de língua portuguesa no Brasil, e se você ama ensinar e a nossa língua, que tal considerar oficializar essa sua paixão e se tornar um professor do idioma?

Você terá toda uma nação a agradecer! Sério, sem exageros!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 3 votos)
Loading...
avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Israel GonçalvesIsa Recent comment authors
Mas recentes Mais antigos Mais populares
Isa
Convidado
Isa

Amo essa disciplina , não vejo a hora de os anos passarem e eu começar a dar aulas !

Israel Gonçalves
Convidado
Israel Gonçalves

Olá! Eu estou no meu último ano do ensino médio e pretendo fazer o curso de letras, mais estou um pouco perdido e meio inseguro. Eu gostaria de saber o que eu faço nessa trajetória para que ocorra tudo bem na minha formação?