A profissão de educador seduz cada vez mais os estudantes com uma alta significativa do número de inscritos nos concursos para profissionais estaduais, municipais ou federais.

A segurança no emprego oferecida pelo Estado, a vontade de transmitir seus conhecimentos e de colocar em prática a sua metodologia explicam em partes o porquê dessa profissão achar tanto a atenção das pessoas.

Entre eles, os apaixonados pela língua portuguesa querem se tornar professores da matéria.

Se você também é apaixonado pelo que falamos no Brasil, sua ortografia, sua sintaxe, sua literatura e que você quer fazer disso o seu trabalho, Superprof vai te fornecer o guia para sua carreira de futuro professor de português.

Conhece o ensino à distância? No Superprof é possível dar curso de portugues online!

Quem pode se tornar professor de português?

Vários concursos permitem de se tornar educador na função pública.

Se quiser ser um profissional para o primário, colégio, ensino médio, você terá que justificar seus estudos de no mínimo uma graduação para fazer concursos.

Um primeiro emprego para estudantes

Essa profissão considerada muito por tempo como "a mais bonita do mundo" representa para muitos uma verdadeira vocação.

Desde o colégio ou ensino médio, o amor pela língua portuguesa e um bom nível de gramática podem suscitar uma verdadeira vontade de ensiná-la.

Se você tem certeza da carreira que deseja seguir, então é melhor fazer suas escolhas de orientação com base nos fatores abaixo:

  • Fazer vestibular para entrar em um curso de letras;
  • Aprender latim para entender melhor a etimologia das palavras;
  • Interessar-se pela literatura e melhorar os seus conhecimentos gerais.

Claro, um estudante que optou por uma formação mais científica pode desistir no meio do caminho e prestar o vestibular ou Enem para nesta faculdade em questão.

Incentive o aprendizado da língua portuguesa
O educador deve motivar sempre o aluno a aprender sua matéria, seja ela português, inglês ou espanhol.

Alguns estudantes descobrem mais tarde o interesse pela matéria e a vocação de professor depois de tentar outra coisa sem nenhuma ligação com a disciplina em questão.

Para esses casos, aulas de portugues em domicílio podem, por exemplo, permitir um nivelamento para os concursos de professor público.

Cada ano, o Ministério da Educação (MEC), as secretarias de educação dos estados e dos municípios abrem novos cargos para educador.

Como funcionam os concursos públicos?

Os concursos para se tornar professor particular acontecem em várias épocas do ano, de acordo com a necessidade do município ou do estado (principais órgãos que contratam profissionais da educação).

Para saber quando vão acontecer, é sempre bom fazer uma pesquisa na internet para saber quais são os próximos concursos que vão acontecer em seu município ou estado. As inscrições podem ser feitas nos órgãos responsáveis ou por internet.

Às vezes, é necessário o pagamento de taxas de inscrição. Os candidatos devem fazer uma prova teórica escrita ou de múltipla escolha. Eles também analisam a experiência, currículo e títulos do profissional.

Em alguns concursos, há também entrevistas com os candidatos.

Escolas, faculdades e universidades particulares

Não se esqueça também das escolas e universidades particulares que sempre abrem vagas para o cargo de professor de português.

Elas não dão a mesma estabilidade que as instituições públicas, mas os salários (quanto ganha um professor de português?) costumam ser melhores nos estabelecimentos privados que públicos.

Basta saber qual te interessa mais!

As condições para dar aulas português

Como já mencionamos acima, prestar um concurso público para ser educador requer no mínimo um diploma de graduação.

Outras condições gerais são exigidas:

  • Ter a nacionalidade brasileira
  • Não ter antecedentes criminais
  • Justificar aptidões físicas exigidas

Se você tiver essas condições, você está apto a prestar o concurso para se tornar professor portugues e já começar a pensar em seus futuros aprendizes.

Mas você sabe, há vários tipos de professores de português.

Você pode escolher qual tipo de aluno você quer dar aulas de portugues:

  • Ser professor na educação infantil: o tutor não é necessariamente dessa matéria específica. Porém, é nesse momento que ensinamos as crianças ler e escrever. Por isso, estamos em contato direto com o vernáculo. Em alguns municípios, é necessário ter o nível de magistério para concorrer ao cargo.
  • Ser professor de português no ensino fundamental: Nesse momento da escolaridade, é necessário ajudar os alunos a obterem o conhecimento das regras gerais da matéria (gramática, conjugação...) mas também de orientar a ter um espírito de síntese e a estruturar textos e suas ideias. É preciso fazer com que eles conheçam mais sobre a literatura e seus conhecimentos gerais. Para se tornar tutor no colégio, é preciso fazer uma graduação em Letras.
  • Ser professor de português no ensino médio: para isso, é preciso ter o diploma superior citado acima. Nessa fase da escolaridade, os aprendizes estão escolhendo suas profissões e se preparando para o vestibular. É preciso prepará-los para as diferentes provas e redações dos principais vestibulares do país.
  • Ser professor de português no ensino superior: sua paixão pela fala, escrita, regras e literatura tem que ser muito grande. Além disso, você tem que ter o interesse de se aprofundar muito em um determinado assunto. Para ser tutor universitário, é necessário ter no mínimo um mestrado. Já para as instituições públicas, você precisa ter um doutorado.
A língua portuguesa pode ser aprendida em qualquer idade
Já pensou em se tornar um profissional na educação infantil?

Qual curso devem fazer os professores de português?

Licenciatura em Letras é a formação mais indicada para fazer como graduação para ser professor de língua portuguesa.

A grade de matérias vai te orientar em questões como gramática, literatura, análise do discurso, execução e tutoria de redação de diferentes tipos de textos, etc.

Além disso, você terá que fazer disciplinas na área da metodologia, didática e aprender questões gerais sobre o ser humano, sociedade, etc.

Veja aqui as matérias da grade curricular do programa de Letras da Universidade Paulista (UNIP) só para você ter uma ideia das matérias a serem estudadas:

  • Análise de Discurso,
  • Ciências Sociais,
  • Comunicação e Expressão,
  • Didática Específica - Letras,
  • Didática Geral,
  • Direitos Humanos,
  • Educação Ambiental,
  • Estágio,
  • Estrutura e Funcionamento da Educação Básica,
  • Estudos Disciplinares,
  • Gêneros Textuais,
  • Gramática Aplicada da Língua Portuguesa,
  • Homem e Sociedade,
  • Interpretação e Produção de Textos,
  • Leitura e Literatura no Contexto Escolar,
  • Letras:
    • Integrada,
    • Interdisciplinar,
  • Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS,
  • Língua e Cultura Latina,
  • Linguística,
  • Linguística Geral,
  • Literatura do Brasil:
    • Poesia,
    • Prosa,
  • Literatura:
    • Comparada,
    • Infanto-Juvenil,
    • Portuguesa: Poesia e Prosa,
  • Literaturas Africanas de Língua Portuguesa,
  • Marketing Pessoal (Optativa),
  • Metodologia do Trabalho Acadêmico,
  • Métodos de Pesquisa,
  • Morfossintaxe e Morfossintaxe Aplicada da Língua Portuguesa,
  • Planejamento e Políticas Públicas de Educação,
  • Prática de Ensino:
    • Introdução à Docência,
    • Integração Escola-Comunidade,
    • Observação e Projetos,
    • Reflexões,
    • Trajetória da Práxis,
    • Vivência do Ambiente Educativo,
  • Práticas como Componente Curricular,
  • Produção de Texto em Língua Portuguesa,
  • Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem,
  • Relação Ciência, Tecnologia e Sociedade,
  • Relações Étnico-Raciais e Afrodescendência (Optativa),
  • Semântica e Pragmática,
  • Semiótica,
  • Teoria da Comunicação,
  • Teoria Literária,
  • Teorias do Texto,
  • Tópicos de Atuação Profissional - Letras,
  • Trabalho de Conclusão de Curso.

Quantas matérias! Mas para quem gosta de literatura e de pedagogia, elas são um prato cheio!

Além das aulas de português, o aluno normalmente opta por uma língua estrangeira. O inglês e o espanhol são as mais escolhidas. Depois delas, o francês, italiano, alemão...

Já as pós graduações como mestrado, doutorado, vão depender das linhas de pesquisa de cada universidade. Para optar pelas universidades certas, você tem que conhecer as linhas de pesquisa das universidade e ver qual é a mais adequada para o seu objeto de pesquisa que quer estudar.

Outras maneiras de dar cursos de português

É preciso saber que existem outros meios de ser professor de português sem necessariamente precisar fazer parte do corpo docente no ensino fundamental ou ensino médio.

Há outras alternativas!

Aulas de idiomas podem ser dadas em todos os níveis
Continue seus estudos e ensine na universidade. Mas fique atento: o português "br" é diferente do português "eur".

Ser educador de cursos técnicos que exijam sessões de português (muito importante para qualquer aprendizado). Normalmente, formações técnicas preparam o profissional diretamente para sua entrada no mercado de trabalho.

Formações técnicas de secretariado, por exemplo, exigem um bom nível de fala e escrita. Por isso, você pode se tornar educador para futuros secretários de instituições, por exemplo.

Dar aulas de português para instituições particulares

As instituições privadas não funcionam como as públicas. Isso quer dizer que, para concorrer a uma vaga no meio, você não precisa passar por um concurso e fazer provas.

Normalmente, a entrada se dá por análise de currículo. É importante fazer pós-graduações, ter experiência no exterior para se diferenciar dos outros profissionais mesmo para atuar no ensino fundamental e médio.

Dar aulas particulares de português

O meio mais flexível para se dar aulas de português. Sempre haverá alunos precisando de aulas particulares na matéria, pode acreditar.

Então, você poderá seguir sua vocação e transmitir seus conhecimentos da língua dando aulas em domicílio. Por que não?

Essa opção tem várias vantagens, por exemplo:

  • Flexibilidade nos horários: você decide o espaço de tempo em que vai dar suas prestações. É claro que você vai ter que se adaptar aos horários de aula de seus alunos. Por exemplo: você vai fazer sessões no período da manhã e no final da tarde para pessoas que têm aulas no período da tarde.
  • Flexibilidade no salário: você define quanto vai ganhar por hora/aula. Isso também vai depender da sua formação e experiência como docente.
  • Você é seu chefe: ninguém vai mandar em você
  • Você pode trabalhar perto de casa ou na sua casa: você pode formar a sua clientela no seu bairro ou oferecer sessões em sua casa. A webcam e programas como Skype também permitem fazer tutoria pela web.
Ensine o idioma para estudantes com dificuldades
Ganhar uma renda extra ensinando alunos em reforços escolares é possível

Professor português língua estrangeira: idioma e cultura do Brasil para estrangeiros

Aprender o vernáculo que falamos no Brasil quando se é estrangeiro pode parecer uma tarefa difícil e uma conquista aparentemente impossível. Ensiná-lo, no entanto, pode parecer ainda mais intimidante. Isso porque tutores de PLE (Português Língua Estrangeira) não se dedicam apenas a dar aula do idioma: eles são também os transmissores da cultura do Brasil para o recém chegado no país. Afinal de contas, idiomas são cultura e um não pode ser dissociada do outro.

Sendo assim, o papel dos educadores de PLE vai além da formação linguística: ele é o responsável por transmitir, entre outros, os valores culturais e sociais dos brasileiros com o objetivo de facilitar a integração do aluno estrangeiro.

Se o seu objetivo é se tornar um profissional que ensine PLE, então você provavelmente deve estar se perguntando quais são as qualidades de um bom profissional, seja para dar aulas portugues exterior para os amantes do Brasil ou ainda para ajudar na integração dos estrangeiros recém desembarcados na Terra Brasilis.

A maioria dos professores sabe que fluência na falar e na escrita, embora seja definitivamente importante, não é um indicador de que o educador é eficaz. Tutores são heróis não celebrados e, como qualquer grande herói, têm qualidades incríveis que influenciam todas as jornadas de aprendizado.

Todos nós temos pelo menos um tutor de quem nos lembramos com carinho. Pelo menos um que teve um grande impacto na formação de nosso aprendizado. Os profissionais que ensinam podem, então, acabar sendo pessoas extraordinárias na vida e na jornada dos seus pupilos. Esses educadores enfrentam um desafio incrível ao ensinar as complexidades de um primeiro, segundo ou mesmo terceiro idioma.

Sendo assim, destacamos a seguir, as características mais memoráveis desses profissionais que ajudam tantos aprendizes a assimilar o que desejam sem desistir do desafio.

Professores portugues estrangeiro podem ser encontrados no mundo inteiro
Seja através de um site www ou uma indicação de um familiar, existem vários caminhos para encontrar um professor PLE que dê aulas de janeiro a janeiro!

Qualidades de bons professores de português para estrangeiros

Aqui estão algumas das qualidades e características que fazem um bom tutor de idiomas.

Competência e Paciência

O requisito de qualquer professor é conhecer bem a sua matéria. No entanto, na maioria dos casos, é vital lembrar que, como educador, você está conduzindo o aluno a novos conhecimentos e ajudando-o a descobrir a matéria que está ensinando.

Isso é especialmente importante na transmissão de conhecimento de idiomas, pois muitos alunos podem entrar no curso como iniciantes - ou ter pouco conhecimento do assunto - e serem dominados por uma imensa falta de confiança.

Como tutor, reconhecer o que o aluno sabe e não sabe é fundamental.

O aprendizado nem sempre acontece rapidamente. Dê espaço e tempo para que isso aconteça. Paciência com o processo de aprendizagem é uma das maiores qualidades de um bom professor.

A paciência inspira confiança no aluno.

A vulnerabilidade é um obstáculo para o aluno. Ter paciência dá ao aluno a coragem de aprender.

Ambiente de aprendizado personalizado

Cada indivíduo aprende de forma diferente. Mudar o ambiente da sala de aula de forma a personalizar o aprendizado pode ser extremamente benéfico para seus pupilos, contribuindo igualmente para o aumento da motivação dos pupilos.

O aprendizado de um idioma pode ser uma tarefa desgastante em si, principalmente quando as atividades usadas para ensinar não são estimulantes ou personalizadas.

Conectar-se com seus alunos para descobrir que maneira de aprendizagem - seja visual, sonora ou mesmo sinestésica - funciona melhor para eles, sem dúvida, ajudará a atingir bons resultados para ambos.

Ter confiança

A melhor maneira de fazer isso é permanecer confiante e se encorajar. Seu nível de confiança é contagiante e inspira os alunos a aprender e a acreditar que podem sim falar e escrever como os brasileiros.

Além de usar dicas apreciativas ou construtivas em sala de aula (exemplos: “Bom trabalho!”; “Ótimo ponto, você pode esclarecer melhor?”; “Fique firme!”; “Você vai conseguir!”; “Você aprendeu tão rápido ! ”;“ Muito bem! ”), profissionais de PLE eficientes são sensíveis ao desânimo dos aprendizes e prontamente apaziguam e validam os sentimentos dos mesmos.

A percepção da sua confiança do tutor pelo aprendiz é crucial, pois impulsiona o aprendizado, mesmo quando ele próprio se sente desmotivado.

A paixão por aprender portugues deve ser igual à paixão que temos pelo ingles por exemplo.
Tutores na escola ou durante a aula particular, quando apaixonados, ganham a motivação dos aprendizes.

Seja apaixonado e gere paixão

Você é obviamente apaixonado por aprender e se comunicar como brasileiros nativos. Sendo assim, é importante que você também use essa paixão com força total ao ensiná-la.

Sessões monótonas e pouco inspiradoras deixam os alunos no mesmo estado. Despertar o interesse pelo PLE é fundamental e isso pode ser feito entendendo as motivações dos aprendizes em seguir suas lições. Comunicar os benefícios e a importância de se falar bem a matéria em questão também pode gerar bons resultados.

Conecte-se com através de atividades em seu programa de ensino

A divisão entre seu conhecimento da matéria e suas habilidades em ensinar é a capacidade de se conectar e formar relacionamentos com seus alunos.

Muitos dos nossos tutores menos memoráveis ​​são geralmente aqueles com quem não tínhamos nenhuma ligação pessoal ou não nos sentíamos compreendidos ou apreciados por eles.

Como um bom professor, seu trabalho é deixar de lado os jargões e aprender a explicar os principais conceitos, padrões e ideias da matéria de maneiras que os pupilos possam se relacionar, desfrutar e aplicar em situações da vida real.

Você pode tentar usar aplicativos sites www que tenham atividades amigáveis ​​ao aluno, que se conectem pessoalmente com cada um deles. É importante dedicar um tempo para entender por que um aluno quer aprender e tentar atender a esse propósito.

Dicas para dar boas aulas particulares online de PLE

Aprender online é difícil, mas aprender um idioma online pode ser um desafio extra. Quando o assunto é PLE, essa realidade pode ser recorrente, já que muitos estrangeiros recorrem à tutores brasileiros antes mesmo de chegar no pais, implicando na impossibilidade de uma sessão de atividades presencial. No entanto, existem algumas estratégias que você pode utilizar para se tornar um grande educador de portugues estrangeiros online e ajudar seus pupilos a ter sucesso.

Janeiro fevereiro Marco abril maio junho julho: pouco importa o mês para se dar aula de português online
Abril, mail, junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro ou dezembro: todo mês é mês para se começar um programa de ensino online! Muitas dicas sobre a prática também podem ser encontradas em sites terminados por "edu" ou "org".

Torne o ensino de PLE algo interativo

A realidade das sessões online é que isso pode ser isolador, tanto para quem ensina quanto para quem aprende.

Quando a maioria dos alunos pensa em aprender online, eles pensam em intermináveis ​​palestras online e módulos de sessões solitárias através do computador. O tutor, nesses casos, pode ser considerado como apenas a pessoa que distribui notas e responde a e-mails periodicamente. A verdade é que essa não é a melhor maneira de aprender, muito menos de aprender idiomas.

Ótimos educadores online encontram maneiras criativas de tornar suas prestações as mais interativas possíveis.

Aprender a falar uma língua estrangeira requer diálogo. O tutor, então, deve ser criativo para descobrir como criar oportunidades para o diálogo em um ambiente online. A criatividade é especialmente importante considerando que muitos aprendizes podem possuir fusos horários diferentes. Uma opção é configurar sessões de Skype ou sessões de FaceTime com os pupilos para dar a eles a chance de praticar conversação.

Dependendo da situação, é possível ainda configurar algumas sessões em horários diferentes durante a semana para atender às necessidades de quem aprende. Afinal de contas, eles precisam de tantas oportunidades de praticar quanto você puder lhes dar!

Transforme a tecnologia em uma aliada

Se você já se dedicou ao PLE em uma sala de aula tradicional, provavelmente teve uma experiência muito íntima de trabalhar com a turma presente. Portanto, ao mudar para prestações online, ele pode lhe parecer bem mais frio em comparação à maneira como você está acostumado a ensinar.

Ao tentar dominar as sessões online, muitos profissionais de PLE acabam entrando em desespero. Se esse for o seu caso, não tenha medo: deixe as ferramentas de tecnologia serem suas amigas.

A edu online pode ganhar o centro de suas atividades
Sites e programas de aula online oferecem tecnologias para te ajudar a se aproximar virtualmente dos seus alunos de PLE. Melhor ficar no centro certo de onde tudo está acontecendo!

Provavelmente, haverá muitas opções durante uma aula online para usar com seus alunos. Pense nelas como formas de tornar sua vida mais fácil, e não mais difícil. Por exemplo, existem ferramentas para rastrear a frequência com que um aluno se conecta à sua classe ou acessa certos exercícios práticos. Use-as a seu favor. O uso do rastreamento o ajudará a identificar os alunos que podem não dominar certos aspectos do que você ensina. Isso te ajudará saber a quem entrar em contato e convidar para sessões 'ao vivo' durante a semana.

Se o suas sessões oferecem testes práticos ou materiais de revisão, então existe também uma maneira de você ver os resultados. Dessa forma, você pode ver os tópicos com os quais os alunos estão tendo mais dificuldade e encontrar recursos extras para ajudá-los a ter sucesso.

Ótimos educadores online usam a tecnologia de que dispõem para intervir e ajudar seus alunos a ter mais sucesso.

E agora, você já está pronto para se lançar neste desafio?

Precisando de um professor de Português ?

Você curtiu esse artigo?

4,00/5 - 5 nota(s)
Loading...

Carolina

Jornalista, pós-graduada em mídias digitais, mestre pela Sorbonne (França) em turismo, patrimônio e meio-ambiente. Minha formação em diferentes áreas permite que eu escreva com liberdade e interesse.