Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Descubra a arte pastel!

De Fernanda, publicado dia 24/08/2018 Blog > Artes e Lazer > Desenho > Como aprender a técnica do pastel?

“Você pinta mais com seu coração e com sua cabeça do que com suas mãos.” Théophile Gautier

Pintura a óleo, aquarela, acrílico, existem diferentes maneiras de pintar. Hoje, apresentamos a você como pintar em pastel e como desenhar com essas ferramentas.

Pintando com pastel: qual material usar?

Pintar na técnica de pastel não é o método mais comum nas aulas de arte. Quando imaginamos uma obra de pintura, pensamos frequentemente em pintura a óleo, acrílica ou aquarela.

No entanto, os pastéis também são considerados como um tipo de pintura.

pastel é um material artístico para pintura e/ou desenho existente em uma barra, bastões cilíndricos ou até em um lápis. Ele é constituído por uma mistura de carbonato de cálcio com pequenas quantidades de tragacanto ou alcatira, que servem como aglutinantes.

A cor do pastel tem opacidades e, consequentemente, transparências características. Isso vai depender dos pigmentos acrescentados na hora da composição do material. Nota-se que a maioria dos pigmentos utilizados são transparentes e o que muda para um nível de opacidade maior é o acréscimo do pigmento branco.

A fim de criar pastéis duros e macios, os pigmentos são moídos em uma pasta com água e um aglutinante de goma e, em seguida, enrolados ou pressionados em palitos. O nome “pastel” vem do latim medieval Pastellum, pasta de malha, ou apenas pasta. A palavra francesa pastel apareceu pela primeira vez em 1662.

A maioria das marcas produz gizes de uma cor, cujo pigmento original tende a ser escuro, desde pigmento puro até quase branco, misturando diferentes quantidades de giz. Esta mistura de pigmentos com gizes é a origem da palavra “pastel” em referência a “cor pálida”, pois é comumente usado em locais cosméticos e de moda. Um pastel é feito deixando os palitos se moverem sobre um solo abrasivo, deixando grãos de cor no papel, tela, etc. Quando totalmente coberto com pastel, o trabalho é chamado de pintura em tons pastel; quando não, um esboço pastel ou desenho.

As pinturas em pastel, sendo feitas em um meio que possui a maior concentração de pigmento de todos, refletem a luz sem refrear o escurecimento, permitindo cores muito saturadas.

O que são pastéis? Pastéis são tinta na forma de bastões.

Existem diferentes tipos de pastéis que você precisa conhecer antes de começar.

Pastéis secos

Existem basicamente dois tipos de pastéis secos:

Primeiro, existem os pastéis suaves. Estas são varas em forma de giz caracterizadas por muito pouca liga. Isso torna pastéis muito pulverulentos, com cores muito densas. Eles são apreciados pelos pintores para dar cores brilhantes e acentuar as linhas.

Na loja de arte, também é possível encontrar pastéis duros. Ao contrário dos pastéis suaves, os pastéis duros e secos contêm mais aglutinantes, o que os torna muito resistentes. Eles geralmente são usados ​​para detalhes, graças à sua forma quadrada. As bordas permitem desenhar linhas finas.

Pastéis oleosos

Mais uma vez, são divididos em duas categorias.

Pastéis a óleo são de forma cilíndrica, como pastéis secos e macios. Eles são uma mistura de pigmentos e óleos e se assemelham fortemente aos gizes da nossa infância.

Estes pastéis podem ser usados ​​diretamente ou servem como base para pintura, podendo ser diluído em água. O pincel também pode ser embebido em álcool branco ou terebintina.

Os pastéis de cera são feitos de cera em vez de óleo. Ao contrário dos anteriores, eles não são feitos para serem misturados com água. Pelo contrário, estes pastéis são por vezes utilizados pelos aquarelistas para esconder partes do desenho que devem permanecer intactos.

Antes de comprar seus pastéis, oleosos ou secos, não hesite em testar na loja ou ou durante suas aulas de desenho. Os diferentes pastéis realmente têm características muito distintas e não têm o mesmo efeito dependendo do seu uso.

Uma vez que seu tipo de pastel for escolhido, tente comprar uma caixa completa com uma ampla gama de cores.

Os pastéis não se misturam como guache ou tinta acrílica. Você tem que ter uma ampla gama de cores para ter sucesso na pintura de tons.

Não se esqueça de comprar papel especial para pastéis e uma prancheta para proteger seus trabalhos. Os pastéis mancham o que tocam. Você pode colocar uma folha de rascunho entre cada desenho para evitar que as cores se misturem.

Técnicas para pintura pastel

Tudo depende do resultado que você deseja obter.

A primeira coisa que você precisa saber é que os pastéis não se misturam de antemão em uma folha em branco ou em um palete. As cores dos pastéis são sobrepostas diretamente na folha de papel Canson para dar algumas cores intermediárias.

A melhor coisa é ter tons suficientes em sua caixa de pastel para cobrir todas as cores desejadas.

Para usá-los no papel, existem maneiras diferentes:

  • Use um lado do bastão para criar maiores áreas de cor. Isso serve para cobrir grandes espaços, como a parte inferior de um desenho ou um fundo.
  • Use a borda ou a ponta (se o pastel estiver cortado) para desenhar linhas precisas.
  • Use a extremidade do pastel para obter uma cor mais espessa.

Depois que a cor é colocada, os artistas têm muitas maneiras de trabalhar.

Você já tentou a pintura a óleo?

O pastel tem algumas técnicas em comum com a pintura, como a mistura, o mascaramento, a construção de camadas de cores, a adição de acentos e destaques e sombreamento. Algumas técnicas são características dos pastéis e dos meios de esboço, como carvão e chumbo, por exemplo, eclosão e cintilação, e gradação.

Outras técnicas são específicas para o pastel:

  • Terrenos coloridos: o uso de uma superfície de trabalho colorida para produzir um efeito, como um amaciamento dos tons pastelos ou um contraste.
  • Lavagem a seco: cobertura de uma área grande usando o lado largo do giz pastel. Uma bola de algodão, uma toalha de papel ou uma escova podem ser usadas para espalhar o pigmento mais fino e uniformemente.
  • Borracha: levantamento de pigmento de uma área usando uma borracha amassada ou outra ferramenta.
  • Impasto: pastel aplicado grosso o suficiente para produzir uma textura ou alívio discernível.

Comece a pintar com pastel

Como pintar com pastel? Descubra as possibilidades artísticas que o pastel pode lhe oferecer.

Como em muitas técnicas pictóricas, a primeira fase da pintura pastel é a criação do fundo.

Com um material como o pastel, é muito fácil ir além das linhas. O pó se espalha por toda parte e você deve ter margem para pintar por cima dele. Ao cuidar do fundo primeiro, fica mais fácil, depois, para traçar as linhas.

Uma vez que o fundo é pintado, você tem de colorir as outras partes, do mais claro ou mais escuro.

Você consegue pintar cores claras sobre cores mais escuras, mas para dar consistência à sua pintura, é melhor começar com cores escuras.

Não abuse da técnica do sombreamento

Uma vez que suas cores são aplicadas, você pode usar a técnica do pó espalhado explicada um pouco mais acima. No entanto, tenha cuidado para não usar essa técnica em todo o seu desenho.

Esfumaçar em excesso traz uma impressão de simplicidade ao seu desenho.

Você pode usar essa técnica para peças como o fundo, se houver um céu, por exemplo. Mas não hesite em adicionar alguns detalhes depois disso.

Reproduza obras ou imagens conhecidas

Antes de ir para as criações pessoais, você pode começar tentando trabalhar obras de grandes pintores como Monet, Picasso, Rembrandt, Braque, Dali, Van Gogh, Manet, Courbet e outros.

Isso permite treinar seu olhar e refinar os movimentos da sua mão. Seus olhos se acostumam a pintar o que você vê. Mas também é uma oportunidade para entender como funciona a pintura em pastel.

Claro, você também pode usar fotos ou outras imagens encontradas na web.

Pratique com regularidade

Para progredir na técnica de pastel, pratique regularmente. Este é o melhor conselho que um artista pode dar a outro. É durante a prática que você percebe as diferentes técnicas de utilização do material e as reações do pastel no papel.

Você pode praticar fazendo aulas de pintura ou até mesmo como autodidata!

Faça aulas de pintura em pastel

Cada pessoa aprende a pintar de maneira diferente. Aulas particulares, aulas em grupo, aulas em casa, oficinas de arte, não há uma maneira ideal para aprender a pintar com pastéis.

É importante que a metodologia de aprendizagem esteja alinhada com seus desejos, sua disponibilidade e seu humor. Não há necessidade de se obrigar a desenhar ou pintar se você não quiser.

A prática artística deve em primeiro lugar ser uma paixão e um hobby, embora alguns decidam fazer disso a sua profissão!

Por que pintar em pastel? O pastel desenvolve a criatividade.

Se o seu desejo é fazer aulas para aprender a pintar em tons pastel, você pode recorrer a escolas de arte, associações, oficinas de arte ou professores particulares de pintura.

Também pode ser um curso especializado em pastel, um curso intensivo ou um curso geral de técnicas de desenho e de pintura (lápis de grafite, tinta a óleo, carvão vegetal, giz, tinta acrílica, aquarela, etc.).

Estes cursos também são uma oportunidade para descobrir métodos para criar uma natureza morta, um retrato, um diário de viagem, um corpo humano, um modelo vivo em movimento, uma paisagem, etc.

Você também pode aproveitar a presença de outros alunos para pedir dicas e truques para progredir e se tornar um verdadeiro pintor!

Borracha, lápis de cor, marcadores, esboços, desenho de lavagem, pincéis, tintas, aerossóis, chassis, papel de aguarela, estêncil, primers, pastéis…. Até que enfim estas palavras não serão mais mistério para você!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar