Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Apenda a falar italiano no país da pizza

De Joseane, publicado dia 25/05/2019 Blog > Idiomas > Italiano > Estudar a língua italiana

O Brasil é o país com o maior número de descendentes fora da Itália, são 25 milhões os brasileiros que são ítalo-descendente. Os descendentes de italiano estão por todo o Brasil, a maior parte estando concentrada em São Paulo. Não à toa o brasileiro é um povo susceptível à cultura italiana.

De forma geral, o brasileiro aprecia e muito a Itália. Gostamos da comida italiana, da música italiana e, esta seria uma das razões pelas quais o brasileiro escolhe a Itália como principal destino turístico na Europa. Atualmente a Itália tem sido também um dos países que mais tem recebido estudantes brasileiros em suas universidades.

Estudar na Itália é um sonho para muitos estudantes universitários brasileiros. Aprender a língua italiana e se integrar na cultura que deixou traços no Brasil ao longo da nossa história é também um dos motivos que velam os estudantes brasileiros a escolher a Itália quando da sua mobilidade acadêmica.

No entanto, ir estudar na Itália não é assim tão óbvio. Burocracias com visto para a Itália, com o processo de aceitação pelas universidades italianas, com a pouca informação e até com o preço de um intercâmbio para a Itália, afastam os brasileiros do seu desejo de passar um ano estudando na terra nostra.

Partir para fazer um intercâmbio na Itália requer bastante preparação. É preciso conhecer o sistema de ensino italiano, possui pelo menos o nível intermediário em italiano, ser fã da cultura italiana e, claro, ser aceito por uma das universidades italianas.

A palavra de ordem é informação! Nesse artigo, o Superprof traz um apanhado com informações úteis para ajudar você a preparar a sua mobilidade acadêmica para a Itália.

Estudar na Itália graças ao programa Erasmus Mundus

O programa de mobilidade Erasmus Mundus é uma excelente oportunidade de estudar em Universidades renomadas na Europa. Através desse programa de mobilidade acadêmica, os brasileiros podem se inscrever para cursar uma universidade na Europa.

Universidade italianas mais conhecidas A felicidade estampada no rosto de quem conseguiu uma bolsa de estudos na Itália!

O importante é estar inscrito em uma universidade no Brasil e ver com quais universidades europeias a sua universidade tem convênio, ou podem se candidatar a fazer o mestrado, doutorado ou pós doutorado em uma universidade na Europa através do programa Erasmus Mundus.

Objetivo:

Assim como o programa oferecido pelo Capes, o objetivo principal do Erasmus Mundus é promover ensino de excelência da educação superior e pesquisa, assim fortalecer os laços acadêmicos com os países de todo o mundo.

Quem pode participar?

Existem vários programas de Erasmus Mundus, por isso você tem que estar atento as diferentes propostas e aplicar para aquela que condiz com o seu projeto de estudo e mobilidade.

Se você já estiver na universidade, deve fazer a inscrição através do gabinete de relações internacionais da sua universidade, ficando atento para a disponibilidade de vagas e também para os requisitos de acordo com a modalidade do programa que você deseja se inscrever.

Para fazer inscrição sem estar cursando a universidade no Brasil, você deve se candidatar diretamente em uma Universidade na Europa, e depois fazer a candidatura para o pedido de bolsa do Erasmus Mundus.

Apesar do Erasmus Mundus estar mais focado em mestrado, algumas instituições ainda mantém parcerias para programas de doutorado. lembre que o conhecimento do idioma italiano faz parte dos requisitos para conseguir uma bolsa de estudo na Itália!

Dicas para o seu intercâmbio linguístico na Itália

Como já mencionamos, a melhor forma de preparar o seu intercâmbio para a Itália é estando bem informado com relação às burocracias daquele país. Conhecer o idioma italiano é o primeiro passo para você que quer passar algum tempo estudando na Itália.

Para começar, que tal testar o seu nível de conhecimento da língua italiana?

Onde aprender italiano E você, como anda o seu nível de italiano?

Estudar na Itália requer o domínio ou pelo menos o conhecimento intermediário de italiano, por isso da importância em fazer um teste para descobrir o seu nível de linguagem.

Ainda que seja possível fazer um curso ministrado em outra língua que a língua local do país, ainda assim é importante conhecer o idioma local para que você possa se integrar mais facilmente a sua nova vida e na cultura do novo país.

Antes de partir para a Itália, os estudantes estrangeiros devem conhecer suas habilidades em italiano. Para tanto, muitas universidades italianas organizam testes de idiomas para estudantes internacionais.

Se você quiser testar seu nível de língua diretamente na Itália, é possível seguir cursos de idiomas ministrados na Universidade com direito a certificado. Para se inscrever nesses exames, é necessário procurar os institutos que assinaram um acordo com as universidades e pagar um valor de inscrição, que fica em torno de 100 euros.

Conheça alguns dos principais testes de italiano:

O CILS

Certificazione di Italiano come Lingua Straniera, da Universidade de Siena, o CILS pretende avaliar a capacidade de uma pessoa não nativa falar e escrever italiano. Esse certificado serve principalmente para aqueles que desejam estudar na Itália ou trabalhar em uma empresa italiana. Desde 1993, cerca de 100 mil pessoas passaram o C.I.L.S na Itália ou em outros lugares do mundo.

Como outros testes de nível de língua, como o TOIEC em inglês, o C.I.L.S enumera seus níveis de acordo com o seu domínio do idioma, variando de A1 para um iniciante e C2 para alguém com muito mais experiência em italiano. São seis níveis no total. Cada um dos seis níveis incluídos no C.I.L.S tem sua própria referência, seus próprios requisitos e permanece autônomo em comparação com os outros cinco.

O CELI

Certificato di Conoscenza della Lingua Italiana, o CELI é muito reconhecido no mundo profissional. Emitido pela Universidade de Perugia, é um trunfo considerável para entrar nas principais escolas e universidades italianas. Muitas empresas e marcas italianas reconhecem o CELI como um recurso necessário para o desenvolvimento de bons relacionamentos comerciais.

Outros testes de italiano reconhecidos

  • PLIDA – Progetto Lingua Italiana Dante Alighieri, pela Sociedade Dante Alighieri, fruto de convênio com o Ministério das Relações Exteriores da Itália
  • CIC – Certificato dell’italiano comercial, pela Università per Stranieri di Perugia.
  • IT – Certificato di italiano come Lingua Straniera, pela Universidade dos Estudos Roma Ter

Os diferentes níveis de certificação estão em conformidade com as orientações estabelecidas pelo Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas.

Formalidades para se inscrever em uma universidade italiana

Como você já deve saber, conseguir uma vaga em uma universidade italiana assim como conseguir um visto para estudar na Itália faz parte de um processo que pode ser mais ou menos longo e inclui algumas formalidades específicas.

Documentos para estudar na Itália Comece a organizar seu dossiê para se candidatar a uma universidade italiana!

Primeiramente saiba que para estudar na Itália e frequentar um curso universitário são necessários 12 anos de escolaridade. Se o aluno termina o ensino médio totalizando 11 anos, ou seja, oito de ensino fundamental e três de ensino médio, é requerido um ano integrativo adicional numa universidade. Porém, desde 2006/2007, com a aplicação da nova lei brasileira, que estendeu para nove anos o ensino fundamental, a partir de 2019, os alunos que terminam o ensino médio já podem se inscrever em uma universidade italiana porque terão atingido os 12 anos de escolaridade!

Depois é preciso ser aceito por uma universidade italiana e em seguida será necessário que você solicite um visto de estudante para a Itália!  O Ministério da Instrução da Itália publicou os procedimentos para a emissão de visto de estudo para o ano acadêmico 2018/2019 e, entre os requisitos, o aluno deve demonstrar ter meios econômicos de subsistência para a estadia planejada não inferior a 453,00 euros por mês, equivalente a 5.889 euros anuais.

O que você deve preparar com antecedência antes de partir para a Itália como estudante?

  • moradia
  • seguro saúde
  • passaporte válido
  • informações sobre a comunidade onde você vai se instalar
  • passagens aéreas
  • roupas adequadas ao clima na Itália
  • desenvolver um gosto particular e aguçado por massas!

Sobre moradias, veja aqui algumas opções mais requisitadas por estudantes estrangeiros na Itália:

  • Cidades universitárias (case dello studente), reservadas para estudantes bolsitas,vagas limitadas.
  • Alojamento públicos (collegi universitari), oferecem pensão completa, além de muitos serviços adicionais, como biblioteca, atividades esportivas, etc. No entanto, você deve ter um excelente dossiê para poder aplicar.
  • República- dividir apartamento com um ou alguns colegas de classe é uma ótima maneira de se integrar. O valor do aluguel se torna acessível e você ainda faz vários amigos!

Como escolher seu curso em uma universidade italiana?

Preparar seu dossiê para estudar na Itália sozinho pode até ser mais trabalhoso porém será mais flexível. Essa opção é sobretudo interessante pelo fato de que você terá ampla escolha sobre qual universidade cursar, o curso, a cidade (obviamente, sujeito à aceitação por parte da universidade).

Onde estudar durante um ano na Itália? Que tal estudar um ano na cidade universitária de Bolonha na Itália?

Escolhendo a universidade na Itália de acordo com a reputação

Se você quer estudar em uma universidade reconhecida mundo a fora, isto é, uma universidade que possui um excelente reputação, o ideal é fazer uma pesquisa para saber quais são as melhores universidades italianas. O quadro abaixo mostra o ranking das universidades italianas mais renomadas segundo a classificação do Shaghai e do Times Higher Education. 

Escolhendo a universidade na Itália de acordo coma  localização

Se você tem parentes no Sul da Itália e quer ficar pertinho deles, certamente você vai querer estudar em uma universidade não muito longe dessa região. O interessante aqui é saber qual curso te interessa de acordo com o seu projeto acadêmico e profissional, e então verificar a lista das universidades que estão na sua cidade de preferência, se candidatar a uma vaga e cruzar os dedos para ser aceito!

Quer se preparar melhor para fazer um intercâmbio na Itália? Faça aulas particulares de italiano!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar