Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Benefícios proporcionados pelo Exame Nacional do Ensino Médio

De Isabella, publicado dia 28/10/2019 Blog > Apoio Escolar > ENEM > Quais as vantagens de fazer a prova do Enem ?

Obter a aprovação no vestibular pode gerar muitos benefícios para o estudante. Isso porque o ingresso no ensino superior pode mudar a vida das pessoas, que conhece um mundo de oportunidades após a entrada na Universidade. Há a possibilidade de entrar na carreira acadêmica, ter grandes oportunidades no mercado de trabalho ou até mesmo abrir o próprio negócio de acordo com a sua especialidade.

E o exame nacional do ensino médio, em especial, gera ainda mais benefícios para o aluno. Afinal, por meio desse vestibular, o aluno consegue obter o financiamento do FIES, bolsas de estudo do ProUni ou vagas nas principais Universidades Públicas do país.

Por conta disso, todos os anos, alunos se preparam durantes meses para ir em busca de conseguir uma boa nota no Enem e a aprovação no curso dos seus sonhos. A fim de explicar todos os benefícios proporcionados pelo exame nacional do ensino médio, preparamos este artigo para listar todas as vantagens geradas por esse vestibular. Continue acompanhando a matéria e saiba mais!

Ingressar no ensino superior graças ao ENEM

ingresso no ensino superior pelo vestibular É possível ingressar no ensino superior de diversas formas quando o aluno realiza o vestibular do Enem!

Atualmente, o Enem é o principal vestibular do Brasil que oferece vagas em Universidades públicas – que são as mais renomadas do país. Além disso, por meio do Enem, estudantes de baixa renda conseguem um percentual (podendo ser integral) de desconto para fazer a faculdade, em Universidades particulares. Portanto, o Enem também oferece bolsas de estudos para os estudantes.

Com o Enem, os estudantes também podem conseguir um financiamento dos estudos por meio do FIES para pagar a faculdade apenas anos depois da formatura. Mas, esses benefícios do Enem são gerados apenas se o estudante conseguir obter uma boa nota no vestibular e não tiver zerado a redação.

Por isso, os estudantes que não possuem interesse em ingressar em uma Universidade pública precisam também realizar o Enem a fim de conseguir uma vaga em uma Universidade particular e receber bolsas de estudos ou financiamentos. Assim é possível conquistar sonhos profissionais com mais facilidade!

Bolsas de estudo com a nota do ENEM ?

bolsa de estudo e vestibular É possível obter bolsas de estudos por meio da realização da prova do Enem. O principal programa do governo que oferece bolsas de estudo é o ProUni.

O mais importante programa de bolsas de estudos do Enem é o ProUni, chamado de Programa Universidade para Todos, que foi criado pelo Governo Federal. Ele oferece bolsas de estudos integrais e parciais para estudantes que desejam ingressar em instituições privadas de ensino superior a alunos que possuem baixa renda.

Desde a sua criação, o ProUni já beneficiou milhões de estudantes que desejam ingressar em um curso de ensino superior e não possuem condições financeiras suficientes para isso. A grande maioria desses estudantes conseguiram um desconto alto de bolsas integrais ou parciais.

Pontuação necessária para concorrer a uma bolsa de estudos do ProUni

Para concorrer a uma bolsa de estudos do ProUni, o estudante deve tirar uma nota de, no mínimo, 450 pontos na prova objetiva e não obter nota zero na redação. Mas apenas essa pontuação não é suficiente para obter a bolsa de estudos do Programa Universidade Para Todos.

Isso porque o ProUni funciona como um processo seletivo e as pessoas que concorrem as vagas e conseguem obter a maior pontuação são as que ganham as bolsas de estudos do ProUni. As notas de corte para conseguir uma vaga pelo ProUni são determinadas de acordo com as notas das pessoas que estão concorrendo pelas vagas de bolsa de estudos.

Essa pontuação pode subir muito em cursos como Medicina, Engenharia Civil e Direito. Esses cursos podem ter uma nota de corte que chega a 800 pontos, por exemplo.

Estudantes que podem concorrer ao ProUni

O Programa Universidade para Todos é destinado para estudantes de baixa renda que desejam ingressar em cursos de ensino superior em Universidades particulares. A depender da nota e do perfil do candidato, ele pode conseguir uma bolsa integral ou parcial (que corresponde a 50% do valor da mensalidade).

Para concorrer a uma bolsa de estudos pelo ProUni, o candidato deve atender a algum destes requisitos listados a seguir:

  • Ter prestado o vestibular do Enem no ano imediatamente anterior, ter conseguido alcançar pelo menos 450 pontos e não ter obtido nota zero na redação;
  • Ter realizado todo o ensino médio em escola pública ou em colégio particular como bolsista integral;
  • Possuir algum tipo de deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino e querer ingressar em cursos superiores de licenciatura.

As bolsas oferecidas pelo ProUni são estas: bolsas integrais e bolsas parciais. As bolsas integrais são destinadas a estudantes que possuem renda mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já as bolsas parciais são destinadas a estudantes que possuem renda mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Para conseguir a bolsa, é necessário se inscrever no processo seletivo de bolsas de estudos do ProUni, que geralmente acontece 2 vezes no ano, no mês de janeiro e junho.

Etapas de seleção para bolsas do ProUni

O processo seletivo do ProUni é composto de duas etapas: processo regular e bolsas remanescentes. O primeiro consiste no processo seletivo comum no qual ocorre o preenchimento de vagas disponíveis. Nessa etapa, grande parte dos estudantes são chamados para ingressar no curso de ensino superior. Já a etapa de bolsas remanescentes consiste no preenchimento de vagas que não são ocupadas na primeira chamada.

Financiamento dos estudos com a nota do ENEM

vestibular e financiamento estudantil O financiamento estudantil (FIES) é uma excelente forma do estudante conseguir ingressar em uma instituição privada de ensino superior e iniciar o pagamento das mensalidades após a conclusão do curso.

É possível também obter o financiamento estudantil – FIES – através do exame nacional do ensino médio, já que esse programa é totalmente vinculado ao Enem. Os estudantes que solicitarem o FIES podem ter o financiamento dos seus estudos com percentuais de 50% ou 100%.

O principal objetivo do FIES é oferecer financiamento para estudantes de baixa renda que desejam ingressar em instituições privadas de ensino superior. O principal requisito para conseguir obter o FIES, é que o estudante tenha obtido pelo menos 450 pontos e uma nota diferente de zero na redação.

O FIES funciona da seguinte forma: o estudante terá que pagar o valor da mensalidade que não foi financiada pelo FIES (nos casos em que o aluno conseguir o financiamento correspondente a 50%). Após concluir a graduação, depois de um período de tempo, o estudante precisará iniciar o pagamento do financiamento dos seus estudos. O pagamento do FIES é descontado diretamente na renda do estudante.

Fazer o ENEM para estudar no estrangeiro

vestibular para estudar no exterior É possível estudar em Universidades no exterior através da prova do Enem! Assim, o aluno pode ingressar em instituições do Reino Unido, França, Estados Unidos e Portugal.

O que muita gente não sabe é que é possível estudar no exterior por meio do exame nacional do ensino médio. Isso porque esse vestibular facilita o ingresso de estudantes em Universidades estrangeiras.

Em Portugal, pelo menos 34 instituições de ensino superior aceitam o Enem como prova para ingresso na Universidade. A Universidade de Coimbra, por exemplo, é uma das principais instituições que aceitam alunos do Brasil que prestaram vestibular por meio do Enem. O Instituto Politécnico de Leiria, a Universidade do Algarve, a Universidade de Lisboa e o Instituto Politécnico do Cávado e do Avre (IPCA) são exemplos de instituições que aceitam o ingresso de estudantes pelo Enem.

Além de Portugal, há Universidades de outros países que também aceitam estudantes brasileiros que prestaram o exame nacional do ensino médio. Países como França, Irlanda, Canadá e Inglaterra aceitam o ingresso de estudantes aceitando a nota do Enem.

No Reino Unido, a prova do Enem é aceita na Universidade de Oxford, de Kingston e Bristol. Para conseguir o ingresso nas Universidades britânicas, é necessário aliar a nota do Enem com o histórico escolar do estudante, a fluência em inglês e as atividades extracurriculares realizadas pelo aluno.

Para ingressar em Universidades da França é necessário passar por um processo seletivo um pouco mais complexo. Para que as instituições de ensino superior francesas aceitem o aluno, é preciso que os candidatos tenham sido aprovados nos mesmos cursos nas instituições brasileiras.

Já a New York University também aceita alunos que tenham prestado vestibular do Enem, assim como outras universidades estadunidenses. Portanto, se o seu objetivo é estudar em Universidades estrangeiras, saiba que é possível ingressar através da prova do enem.

Além disso, se o seu principal objetivo é conseguir financiamento estudantil, usufruir dos benefícios gerados pelo Programa Universidade para Todos ou conseguir uma vaga em uma Universidade pública, saiba que o Enem é o exame ideal para conseguir todos esses objetivos.

Portanto, se você está terminando o ensino médio ou deseja se desenvolver na sua carreira, uma excelente opção para obter mais sucesso profissional é por meio do exame nacional do ensino médio. Não deixe de prestar o vestibular a fim de alcançar saltos maiores em sua carreira e realizar grandes sonhos profissionais!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar