Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Baterista: criar composições próprias

De Camila, publicado dia 26/12/2018 Blog > Música > Bateria > Como compor para bateria

Uma coisa é praticar através de partituras ou fazer exercícios no porão, outra é chegar a um momento de liberação onde você esquece que toca bateria, pois se encontra em perfeita harmonia em seu mundo. Isso é algo de único que parece um estado de graça.
– André Ceccarrelli, baterista de jazz – 

Nos dias de hoje, são muitas as pessoas ao redor do mundo que utilizam a internet para ouvir música. Mas e se, ao invés de ficar só escutando, você também aprendesse a fazer música?

Você já frequenta ou pretende frequentar aulas de bateria para iniciantes para conseguir reproduzir as composições das suas bandas favoritas?

Você faz um curso de bateria online, já consegue tocar um pouco e agora quer se aventurar criando composições próprias?

Na verdade, você só segue a aula de bateria online com esse único objetivo, já que prefere ser autodidata do que trabalhar com um professor de bateria?

Então é bom ter em mente que aprender os fundamentos desse instrumento será útil ao compor suas primeiras faixas de funk, hard rock ou bossa nova.

Superprof preparou algumas dicas para quem faz aula de bateria para iniciante e pretende aprender a compor suas próprias músicas!

E mais: um mini guia sobre estilos musicais a serem tocados na bateria.

Da reprodução à composição

Muitas vezes, quando se faz aulas de bateria iniciantes, guitarra elétrica ou baixo, é comum fazer exercícios reproduzindo partes de músicas já conhecidas. No começo, as escolhas são simples, mas depois vão ficando cada vez mais complicadas.

Ao progredir pouco a pouco, algumas das músicas entram para a lista das favoritas, passando a ser tocadas com frequência pelo aprendiz.

No entanto, com o passar do tempo, o desejo de compor aparece.

Ele pode, primeiramente, se manifestar através do desejo de adaptar esta ou aquela música pop a uma versão mais rock, com o intuito de acelerar o ritmo, adicionar um solo de guitarra ou de bateria.

Muitas vezes, compor uma peça começa com um riff de guitarra ou violão.

Você já imaginou sua composição sendo tocada por uma banda? A composição para a bateria pode ser tocada sozinha ou com uma banda inteira!

A improvisação através da bateria pode ser aprendida, assim como o ato de se fazer uma composição musical.

Seja em uma escola de música ou  de maneira autodidata, existem certas regras e passos a seguir para se atingir o sucesso na hora de compor.

Criar uma música não significa ficar com papel e caneta na mão escrevendo partituras, pois o jeito mais fácil e simples de se fazer isso é colocando a mão na massa, ou seja, tocando um instrumento.

Dicas úteis para executar o básico do rock na sua bateria!

Qual é a fórmula mágica para compor uma música na bateria?

Você deve ter ficado super empolgado ao ler esse título, mas vamos ter que ser bem sinceros: fórmula mágica não existe! No entanto, existem algumas técnicas que permitem com que a tarefa se torne bem mais fácil!

Conhecer as diferenças entre os gêneros musicais

O ritmo de uma música varia muito de um estilo musical para outro.

Sendo assim, antes de começar a compor, revise o básico do que foi aprendido sobre isso.

Cada gênero musical tem códigos específicos relacionados a cada tipo de instrumento e para a bateria não poderia ser diferente.

O tempo, a assinatura rítmica ou a intensidade da força do toque são específicos para cada estilo musical.

Você quer criar um rock? Então escolha uma base de poum-chak para a bateria em ritmo binário.

Sua preferência é jazz? Então tudo no com do chimbal e no ritmo ternário.

Se sua onda for blues , então é preciso mais groove.

Já o reggae será reconhecido principalmente graças à bateria.

Muitas vezes você se pergunta, ao escutar uma composição, sobre qual tipo de gênero musical ela pertence?

Então basta se concentrar no ritmo da bateria para conseguir encontrar a resposta certa.

O que é um bom ritmo?

Muitas músicas possuem um ritmo de bateria.

Tocar bateria é ser o metrônomo de um grupo.

Um ritmo para fazer uma boa peça deve seguir um balanço regular e repetitivo.

Observe as pessoas que dançam em boates: o DJ confia na batida do bumbo para levar as pessoas que estão na pista à loucura!

A simetria também é importante na hora escolha do groove. No rock, o poum-chak responde a uma simetria grave / aguda: O poum corresponde ao toque do bumbo e o chak, ao da caixa clara.

Para construir uma boa música, certifique-se de colocar o chak da caixa, sistematicamente nos tempos 2 e 4. Isso é chamado de “after beat“.

O jazz, no entanto, é mais complicado. O melhor é começar compondo um rock, já que suas bases são mais simples.

Claro que, além da repetitividade, regularidade e simetria, o ouvido humano gosta de se surpreender e ouvir coisas novas.

Isso deixa espaço para sua criatividade correr solta e se livrar das normatividades.

Siga a estrutura de uma composição

Criatividade ou não criatividade: independente de uma composição super original ou inspirada em algo já feito antes, fato é que você perceberá que a maior parte das músicas na bateria têm a mesma estrutura

Ficou curioso? Então confira quais são:

  • Uma introdução com um groove especial
  • Uma estrofe com o ritmo principal,
  • Um pré-refrão,
  • Uma estrofe com o ritmo principal,
  • Um pré-refrão,
  • Um refrão com uma variação do ritmo principal,
  • Uma ponte musical com um novo ritmo
  • Um pré-refrão,
  • Um refrão com uma variação do ritmo principal,
  • Um final.

Uma música geralmente dura 4 minutos e a assinatura rítmica é 4/4. A maioria das partes será em 8 medidas, incluindo versos, pré-coros e refrões.

Algumas partes podem ser mais longas, como a ponte musical e o final.

Quando se começa uma composição rítmica, é possível usar essa base como ela é.

Por outro lado, quebrar as convenções da música pode torná-lo um virtuoso, assim como Keith Moon ou Buddy Rich.

Dicas para auxiliar quem quer aprender jazz na bateria!

Comece a compor pelas bases

Uma peça musical na bateria é construída dentro de um grupo.

Você pode até ser capaz de compor na bateria só para você, mas, para ser relevante, ela precisará ter mais representações solo e espetaculares do que uma peça de música como se ouve nas rádios.

O que é uma música?

  • É primeiro um riff de guitarra
  • Em seguida, um ritmo de bateria entre os ritmos básicos de diferentes gêneros musicais,
  • Baixo e ou contrabaixo são responsáveis por fazer uma “conexão” entre os instrumentos,
  • E finalmente, uma melodia para a música.

A partir desta base, a composição pode ser construída pouco a pouco, adicionando-se um verso aqui, uma pausa ali, um solo no meio e por aí vai.

Para a bateria, é necessário atento a vários pontos

  • Definir um ritmo em cada parte principal (estrofes / refrões),
  • Definir as partes da música a serem apresentadas (refrões),
  • Colocar os preenchimentos que servem como transição entre cada parte,
  • Saber onde colocar os intervalos musicais,
  • Adaptar o ritmo a outros instrumentos: o bumbo e a caixa podem ser sincronizados com o contrabaixo, por exemplo.

Na bateria, lembre-se de adicionar preenchimentos a cada 4 a 8 medidas.

Aprender bateria também é aprender técnicas para fazer uma composição mais pesada (abrindo o chimbal) ou mais suave (mantendo-o fechado).

Já pensou em ter suas criações gravadas por uma banda? Um dia suas composições vão ficar tão boas que você vai poder até gravá-las em um estúdio de música!

Os destaques da composição podem ser marcados por um prato de impacto com a mão direita, mas tenha cuidado para não ficar exagerado.

Cabe a você decidir adicionar um solo de bateria para mostrar suas habilidades.

Aprenda também como tocar o ritmo metal hard rock na bateria!

Escrever uma música para bateria

Esta parte é mais fácil de ser executada quando se tem conhecimento de teoria musical rítmica. No entanto, é possível alcançar progresso no papel usando uma notação menos convencional.

Se você faz aulas de bateria para iniciante, então seu professor, sem dúvida, vai te ensinar como ler uma partitura para o instrumento, assim como a anotar suas invenções criativas (para ter certeza que você as esquecerá!).

Mas também é possível notar suas idéias na forma de tablaturas com os diferentes elementos, mas esse tipo de escrita musical é bem mais complexa.

Faça uma composição para ser tocada na bateria

Se compor uma peça musical é uma abordagem muito pessoal, a música está fadada a ser tocada em público. Por isso, é importante sempre ouvir suas composições.

Sem realmente escutar o que é criado, o compositor pode acabar pensando – e em muitas vezes, de maneira errônea – que a peça criada é algo super fantástico ou algo terrivelmente ruim. Em ambos os casos, ele pode acabar se decepcionando ao apresentá-la em público pela primeira vez caso nunca a tenha escutado na íntegra.

Comece tocando na frente de um público especializado: seu professor de bateria, por exemplo.

Receba as críticas de uma forma construtiva, a fim de melhorar sua criação. Não se trata de “diminuir” sua capacidade criativa, mas de fazer você crescer e progredir.

Um baterista mais experiente pode dar-lhe outras dicas, como arranjos rítmicos, a inversão de tons ou a introdução de sons diferentes, como cross-stick ou rimshots.

E a bateria vai estar brilhando no fundo do palco! No final das contas, o objetivo é poder apresentar suas composições para o grande público!

Por fim, toque a sua composição para uma audiência mais diversificada e não tão especializada, com o objetivo de verificar se o ritmo agrada à maioria deles.

O melhor ainda é testá-la com o acompanhamento de outros instrumentos. Quem sabe esse não será o início da sua carreira musical?!

Lembre-se: não é possível se tornar um baterista do dia para a noite, então não espere que suas composições fiquem excelentes já na primeira tentativa. É preciso trabalho e o melhor é começar desde já a praticar!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar