Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Escalas de violão: o que é o cromatismo?

De Fernanda, publicado dia 24/01/2019 Blog > Música > Violão > Para que serve a escala cromática na guitarra?

“A música seria um fluido misterioso dotado de onipresença ou um filtro mágico que a audição absorve para dispersá-lo em todas as células e nos trazer a fuga?”- Anne Bernard

Quando você quer se tornar um verdadeiro guitarrista, é importante se manter informado sobre coisas novas.

Aprender o violão e a guitarra é um longo processo, mas no final a diversão é garantida!

Escala pentatônica, riff, ritmo, terças, sustenidos… O braço da sua guitarra não pode ser um mistério para você! Você tem que explorá-lo do começo ao fim.

E para ajudá-lo, você pode contar com este nosso artigo sobre a escala cromática!

O que é uma escala cromática?

Quais as escalas de guitarra? Por que aprender a escala cromática no violão? É uma ótima maneira de exercitar seus dedos.

Uma escala cromática é uma escala de passagem. Ela não é muito melódica, mas pode aprimorar sua técnica e render muitos exercícios.

Ela consiste em uma escala cromática de doze graus, cada um separado por um semitom.

As notas são todas separadas pelo mesmo intervalo e é impossível determinar o tom da escala. Uma escala cromática é, portanto, atonal: existe apenas uma.

Uma escala cromática compreende todas as notas e suas alterações até a oitava superior.

A escala cromática de Dó é a seguinte: Dó Dó# Ré R # Mi Fá Fa# Sol Sol# Lá Lá# Si Dó.

Como lembrete, entre Mi e Fá e entre Si e Dó já existe um semitom. Não há necessidade de alterar uma das duas notas neste caso.

Entre cada tonal (aqui Dó) existem 12 notas.

Na realidade, pode-se usar a outra alteração de uma nota em bemol, ou seja, em vez do Dó#, teríamos um Ré bemol. Por convenção, estima-se que ambos são a mesma nota.

No Superprof você encontra aulas de violão para iniciantes!

Qual é a diferença entre a escala cromática e a escala diatônica?

O que é escala cromática? Quais escalas você precisa aprender como guitarrista? Os cromatismos também estão presentes no piano.

A escala diatônica pode servir para entender melhor a teoria musical.

Diatônica vem do grego e significa “quem passa pelos tônicos”. A escala diatônica é aquela que tem as 7 notas naturais da música: Dó Ré Mi Fá Sol Lá Si Dó.

Ela não tem um tom. Só pode ser tocada de uma forma: Dó Ré Mi Fá Sol Lá Si Dó.

A escala diatônica é o outro nome da escala de Dó maior que, por outro lado, pode ser reproduzida em qualquer tom.

É útil entender as noções de harmonia, mas você logo vai esquecer seu nome.

A escala diatônica é uma amostra da escala cromática.

Esta última é composta de semitons cromáticos e diatônicos ao mesmo tempo:

  • Um intervalo entre as mesmas duas notas será um semitom cromático (entre Ré e Ré # por exemplo),
  • Um intervalo entre duas notas diferentes será um semitom diatônico (entre Sol# e Lá, por exemplo).

Como tocar a escala cromática no violão?

O que é a escala cromática? Como tocar guitarra depressa? Toque com o metrônomo e a palheta para treinar as escalas.

A escala cromática tem 12 posições possíveis. Pode ser tocada em violão ou guitarra elétrica.

A princípio, o exercício básico dos cromatismos é tocar quatro notas consecutivas na mesma corda. O objetivo é repetir o exercício em todo o braço, deslocando as notas aos poucos. Por exemplo:

  • Corda do Ré (4ª corda): indicador na casa 5, médio na casa 6, anelar na casa 7, mínimo na casa 8,
  • Corda do Sol (3ª corda): indicador na casa 5, médio na casa 6, anelar na casa 7, mínimo na casa 8,
  • Corda do Si (2ª corda): indicador na casa 5, médio na casa 6, anelar na casa 7, mínimo na casa 8,
  • Corda do Mi agudo (1ª corda): indicador na casa 5, médio na casa 6, anelar na casa 7, mínimo na casa 8,

Você também pode fazer o mesmo exercício movendo em direção aos agudos na mesma corda.

Comece com a corda Mi grave, com o dedo indicador em 4 e depois desça para a corda Mi agudo. Em seguida, mova os dedos uma casa para os agudos e suba. Então toque desse jeito até a casa 10/11. Comece devagar no início e acelere gradualmente.

Você verá, fazendo este exercício todos os dias, o progresso será perceptível e rápido.

Tenha cuidado para não começar nas casas muito graves e treine seu dedo mínimo mesmo que ele esteja fraco. Além disso, treine com a palheta em movimentos para frente e para trás, se possível.

Cada nota deve ter a mesma duração, mesmo quando você muda de corda. Sirva-se de um metrônomo para ajudar.

Além disso, cada nota deve soar corretamente e estar limpa. Faça com calma! É melhor fazê-lo com delicadeza, mas de forma ritmada, em vez de depressa e de maneira rude.

Este exercício permite que você treine sua mão esquerda exercitando e relaxando seus dedos antes de atacar a verdadeira escala cromática. Você vai trabalhar a destreza, a independência, a flexibilidade e a precisão dos dedos.

Encontre aulas de violão no Superprof!

O que são escalas cromáticas? Como progredir como guitarrista? Aqui estão as duas primeiras posições na guitarra.

A posição da mão esquerda

Se a mão direita estiver posicionada naturalmente o suficiente para tocar as seis cordas, não se esqueça de posicionar a mão esquerda corretamente.

Em seguida, dobre um pouco o dedão para arquear bem os dedos da mão esquerda no braço.

Tenha cuidado também ao pressionar as cordas da guitarra com as pontas dos dedos, e não com a última falange ou com o dedo inteiro. Portanto, certifique-se de manter as unhas curtas.

Posicione o dedo bem próximo do traste: se você estiver na casa 7 entre o sexto e o sétimo trastes, você terá que estar perto do sétimo traste. Este é o lugar onde o ponto de pressão é ótimo, desde que claro, não pressione diretamente o traste!

Além disso, não mova a mão para trás e para a frente, mas deixe-a na mesma posição: são os dedos que se movem quando você vai para os agudos ou para os graves. A mão não se mexe, ela mantém sua posição.

É uma ótima maneira de aprender com autonomia e aprender a tocar depressa!

Portanto, preste sempre atenção aos movimentos de sua mão esquerda.

Por fim, mantenha os dedos pressionados à medida que avança: quando tocar com o indicador, largue-o ao mover o dedo médio e assim por diante. O objetivo é desenvolver a força de cada dedo e especialmente o dedo mínimo, em vez de usar a força da mão e do pulso.

Para aprender a guitarra é preciso pensar em muitas coisas. Portanto, é aconselhável fazer pelo menos algumas aulas para iniciantes com um professor de violão antes de começar como autodidata. Isso evitará maus hábitos, mas também permite evoluir rapidamente.

Por que usar a escala cromática?

O que é a escala cromática? Quais são as noções de base para aprender o violão? | Não se esqueça de aquecer os pulsos e as mãos antes de começar!

Tocar guitarra é usar uma multiplicidade de conhecimentos para tocar os acordes básicos, mas também os acordes de pestana.

Se você quer tocar blues, rock, jazz cigano, improvisação ou solos, a escala cromática irá ajudá-lo no domínio do seu instrumento.

Aquecimento com a escala cromática

A mão está cheia de músculos pequenos, poderosos e precisos. Ao tocar guitarra ou violão, o esforço está concentrado nas mãos. Como um esportista, o guitarrista faz um gesto controlado, intenso e repetitivo.

Assim, como antes de qualquer treinamento, é melhor se aquecer antes de ligar a máquina e evitar lesões maiores.

Comece esticando seus dedos e pulsos:

  • Segure o braço na horizontal, dedos para cima. Gentilmente, puxe os dedos para trás e para frente com a outra mão por 5 segundos. Não force e respire devagar. Faça este aquecimento 3 vezes com ambas as mãos,
  • Agora repita o exercício anterior com os dedos apontados para o chão. Três vezes e 5 segundos para cada mão
  • Junte as mãos cruzando os dedos e faça uma dúzia de movimentos circulares com os pulsos,
  • Por fim, para alongar os dedos, coloque cada dedo na palma da outra mão, feche os dedos e puxe-os levemente. Execute o exercício 3 vezes 5 segundos para cada mão.

Agora você pode atacar o cromatismo em séries de três ou quatro, prestando atenção especial aos seus dedos. O objetivo não é ir rápido, mas conseguir fazer os exercícios sem tensão.

A escala cromática como exercício técnico

Como visto anteriormente, treinar o cromatismo é um excelente exercício técnico para aprender o violão.

O exercício cromático permite soltar os dedos, fortalecê-los, mas também ganhar agilidade, destreza, ritmo e economia de movimento.

Se você acha que o exercício anterior é muito fácil, você pode fazer o cromatismo nas casas 5, 6, 7 ou 8.

Aqui está um exemplo de exercício chamado aranha:

Use a escala cromática como um intervalo de passagem

Como a escala cromática é atonal, é possível usá-la para ir de uma escala de referência para outra.

Duas notas que não combinam soam melhor intercalando com cromatismos. Esta técnica é particularmente útil durante a improvisação.

Traga mais nuances quando quiser improvisar

Na improvisação, sobretudo quando somos iniciantes, tendemos a nos apegar a escalas de guitarra e acordes que conhecemos e que dominamos bem.

A incorporação de semitons cromáticos e diatônicos pode mudar isso.

Tenha cuidado ao tocar essas notas com velocidade suficiente para garantir a harmonia da sua improvisação e torná-la mais interessante.

E então, pronto para estudar a escala cromática e enriquecer sua técnica na guitarra?

Que tal se tornar o próximo Kiko Loureiro?

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar