Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Funcionamento básico do programa de tabelas da Microsoft

De Camila, publicado dia 28/05/2019 Blog > Artes e Lazer > Informática > Como utilizar o programa Excel?

“O princípio da evolução é muito mais rápido na computação do que no bípede.”
Jean Dion

De acordo com um estudo da associação Little Brothers of the Poor, pouco mais de um quarto das pessoas com mais de 60 anos nunca utilizou a internet. A distância e a ignorância diante computadores é um grande problema em uma sociedade em que quase tudo é feito em um deles.

Então, para os idosos ou aqueles que nunca tocaram no Microsoft Excel, apresentamos várias dicas que podem ser aprendidas com um curso excel de informatica basica. Quem sabe depois delas você já não vai começar a pensar em fazer um curso excel avançado?

Além de outros softwares do pacote Microsoft Office – como o Word para processamento de texto – o uso do Excel é perfeito para análise de dados e automatização de cálculos.

Planilhas Excel, atalhos de teclado, aplicativos do excel, conta microsoft… tudo isso faz pare do vocabulário que você vai aprender em um curso de informatica. Essa matéria vai te dar o básico para que você saiba como abrir um arquivo excel, como criar um gráfico, como formatar uma tabela do Excel, etc.. Ou seja, todas as informações para usar excel todos os dias que você precisa saber!

Informática básica: como fazer uma planilha excel

Manipulações básicas do excel podem ser aprendidos durante um curso de excel online ou presencial, através de tutoriais ou com a presença de um professor particular.

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Então confira nossas dicas de informática sobre como utilizar o excel!

Utilizar Microsoft Excel para criar uma tabela

Os gráficos criados através deste programa podem ser empregados nas mais diversas áreas do conhecimento, como matemática, economia, ciências em geral. O excel é ainda muito útil para a vida cotidiana, pois ele pode ser uma super ferramenta na hora de organizar e gerir contas e despesas pessoas, por exemplo.

Organizar dados e formatar tabela

Para conseguir montar uma tabela coerente dentro da estrutura apresentada pelo excel, é necessário classificar os dados utilizados em colunas e / ou linhas. Somente dessa maneira a sua planilha fará sentido.

Organizando seus dados

A tabela criada pode ser uma tabela simples ou uma tabela de entrada dupla.

Formatando a tabela

Depois que os dados forem inseridos nas células, a tabela deve ser formatada. Você pode apenas fazer os contornos da tabela com a função “bordas” que está na barra de ferramentas. Essa opção não te dá, no entanto, todas as funções possível a serem executadas em uma tabela.

Escolher o design da planilha do Excel

O design também ajudará as outras pessoas a entenderem melhor a informaçao que você deseja passar. Escolher um bom design para a sua planilha no excel é super importante na hora da apresentação.

Para encontrar todas as ferramentas necessárias para estilisar a sua tabela, clique em “Aparência” ou “Criação“, dependendo da versão do seu software. Essa opção aparece apenas quando você seleciona a tabela.

Em seguida, vá para a seção “Estilos de tabela” ou “Estilos rápidos” para escolher a cor e a aparência que você deseja usar.

Fazer cálculos na tabela do Excel

A maior particularidade da planilha Excel – o que é, de uma maneira ou outra, também a grande responsável pelo seu sucesso – é a possibilidade de facilitar os cálculos matemáticos.

Os símbolos de operação são:

  • Multiplicação: o asterisco *,
  • Subtração: o sinal de menos ,
  • Divisão: a barra /,
  • Porcentagem: o sinal %.

Quanto a uma operação matemática, é possível misturar os símbolos na mesma operação.

Como exportar uma planilha do Excel?

É possível inserir a tabela diretamente em um documento como o Microsoft Wordcopiando a tabela e colando-a no documento de processamento de texto. Isso também é válido para criar um gráfico e inseri-lo. O design da tabela e o seu layout (aparência) são mais facilmente alteráveis uma vez dentro do documento word ou powerpoint.

Excel: utilizar funções de comparação para informática básica

Ficou curioso em saber como usar funções um pouco mais complexas no Excel e, além disso, entender o que é uma função lógica de comparação? Se esse for o seu caso, então esta matéria foi feita para você! Superprof selecionou algumas dicas de como usar fórmulas de excel para gerenciamento de planilha.

Funções de comparação lógica no Excel

As funções SEEOU e NÃO nem sempre são muito conhecidas pelos usuários ocasionais do software de criação de planilhas do Microsoft Office. No entanto, elas podem ser muito úteis na hora da criação de tabelas dentro dos documentos excel. Tais funções permitem comparações lógicas entre dados diferentes, de acordo com várias condições e vários critérios em sua pasta de trabalho.

Eles são parte do que é chamado de Macro.

A função SE de um arquivo excel

O software da microsoft possui várias ferramentas que ajudam seus usuários. São muitas as funções de comparação presentes no excel.

A fórmula básica para usar a função SE é a seguinte:

= SI (Condição; Valor se condição for atendida; Valor se condição não for atendida)

É necessário então usar os chamados operadores lógicos do software Microsoft Excel:

  • é igual a (=),
  • é diferente de (<>),
  • é maior que (>),
  • é maior que ou igual a (> =),
  • é menor que (<),
  • é menor ou igual a (<=).

Ao contrário do que se pode pensar, a resposta dada pela fórmula não está necessariamente em números. Se as respostas fornecerem texto, a fórmula também mostrará um texto. As respostas podem, portanto, ser númerostexto, e/ou células:

  • =SE(B2>=6,5;”Aprovado”;”Reprovado”)

Como a nota é igual a 6,5, então a aluna será aprovada. A tabela acima mostra como a função SE pode ser aplicada para facilitara gerência de boletins de notas escolares, por exemplo.

A primeira célula referente aos resultados, aplique a função =SE(B2>=6,5;”Aprovado”;”Reprovado”), a qual significa que, se o valor da célula B2 for maior ou igual a 6,5, o resultado será Aprovado e, caso contrário, retornará Reprovado.

A função SE usada com a função E

Ao utilizar a função E, a fórmula fica bastante simplificada, pois a função substitui todas as condições adicionadas. O princípio da função E é que a fórmula primeiro verifica todas as condições indicadas pelo E, e só depois usa a função SE (por último, para indicar o resultado). Se uma das condições não for cumprida no conjunto da função E, a resposta será negativa.

Assim, é possível criar uma fórmula da seguinte maneira:

= SE (E (A1 = “verdadeiro”, A2 = “verdadeiro”, A3 = “verdadeiro”) = VERDADEIRO, “tudo é verdade”, “tudo não é verdade”

Função SE em combinação com a função OU

O problema com a função E é que todas as condições devem ser verdadeiras para obter uma resposta positiva à fórmula total. Graças à função OU, é possível que uma única condição entre todas as condições declaradas seja verdadeira.

Aqui está o tipo de fórmula que você pode encontrar:

= SE (OU (A1 = “verdadeiro”, A2 = “verdadeiro”, A3 = “verdadeiro”) = VERDADEIRO, “pelo menos uma condição é verdadeira”, “nada é verdadeiro”)

As funções E e OR também podem ser usadas simultaneamente em uma função SE. Isso permite expandir o número e o tipo de fórmulas possíveis. Assim, é possível combinar as vantagens da função E (todas as condições devem ser provadas) e aquelas da função OU (pelo menos uma condição deve ser provada).

A função NÃO no programa Excel

A função NÃO permite considerar um resultado de acordo com uma condição que não é cumprida. A função SE ainda é usada para introduzir a ideia de condição, mas a função NÃO inverte o papel do resultado. Esta função torna possível dar um resultado positivo se a condição não for comprovada.

É neste ponto, semelhante ao operador lógico, o que significa a diferença: <>.

Assim, a fórmula: = SE (A1 <> “brasileiro”, “estrangeiro”, “sul-americano”) dará o mesmo resultado que = SE (NÃO (A4 = “brasileiro”), “estrangeiro”,”sul-americano”).

Como fazer um gráfico no excel

Um bom utilizador do excel sabe como fazer bons gráficos. Confira nossas dicas e vire um profissional na criação de dados no programa da microsoft.

Você vem se dedicando a cursos de informatica e curso de excel online há um tempo e gostaria de saber mais sobre como criar um gráfico utilizando o programa de planilhas? Então esta é a matéria certa.

Superprof preparou algumas dicas de como criar bons gráficos através do Excel para te ajudar nas suas apresentações!

Qual gráfico escolher no Excel?

Durante as aulas de informática básica do seu curso de excel aprendemos que, antes de criar um gráfico, é preciso saber que vários tipos estão disponíveis no software. Cada um deles pode traduzir graficamente um certo tipo de dados, tais como:

  • Histograma: Esse tipo de gráfico é caracterizado por barras verticais que permitem avaliar um ou mais dados para compará-los. Este gráfico pode ser usado para perceber as diferenças entre dois objetos analisados.
  • Curvas: Este gráfico usa linhas retas ou curvas para mostrar a evolução de uma ou mais características ao longo do tempo.
  • Setores: este é o famoso gráfico “pizza”, amplamente utilizado em livros didáticos ou relatórios profissionais. Eles tornam possível ler a distribuição de dados muito rapidamente graças ao sistema de fração adaptado a um disco.
  • Gráfico hierárquico: gráfico útil quando é necessário manter uma certa hierarquia nos dados.
  • Gráfico estatístico: usado para dados estatísticos.
  • Nuvem de pontos ou gráfico de bolhas: mostra relacionamentos entre vários conjuntos de valores.
  • Cascata: utilizado para representar valores positivos e negativos.
  • Gráfico combinado: usado quando o intervalo de valores ou dados não é ordenado.

Organize seus dados úteis em um gráfico

Para começar o trabalho, você deve primeiro escolher o tipo de dados que você usará para o gráfico, assim como dar a ele um nome, que deve ser digitado na primeira linha da tabela.

coluna A é usada para fornecer o fator tempo. Você pode entrar na caixa A2 “1950“, caixa A3 “1960“, etc. Estes são os rótulos do seu gráfico.

Com as características listadas na tabela, é preciso então dar entrada nos dados que você possui correspondentes aos critérios especificados (ano, número de empregados, número de voluntários, por exemplo).

Quer aprender excel de uma forma mais aprofundada? Um curso excel avançado pode te ajudar !

Crie um gráfico na planilha do Excel

primeiro passo é selecionar todas as células de dados preenchidas na planilha do Excel.

  1. Selecione as células;
  2. Insira os itens;
  3. Dê um título ao gráfico.

Alterar a formatação de um gráfico do Excel

Seu gráfico está pronto!

Mas e agora, como modifica-lo depois de tudo concluído?

Simples: basta clicar no gráfico e, em seguida, ir para a guia “criação“, que aparece quando o gráfico é selecionado. Na nova barra de ferramentas aparecerá um botão chamado “Adicionar elemento gráfico“.

Exportar o gráfico do programa Excel

  • Para Word: basta selecionar o gráfico, clicar com o botão direito do mouse para copiá-lo e colá-lo no local desejado do documento de Word.
  • Salvar em PDF: Para salvar o gráfico em PDF, clique em “arquivo“, em seguida em “salvar como” e escolha o formato PDF no menu que aparecer após essa ação. Pronto!
  • Salvar em JPG: Para manter o gráfico apenas como uma imagem, você pode copiar e colar seu gráfico em um programa como o Paint (também parte integrante do pacote Microsoft Office) e salvá-lo como JPG.

Qual é o objetivo de criar um gráfico no Excel?

O gráfico do Excel é extremamente útil para ilustrar e tornar as informações e dados complicados mais fáceis de ler. Gráficos do Excel podem ser usados para relatar, provar números, mostrar evolução, etc., podendo ser utilizado tanto para apresentações profissionais quanto para auxiliar na organização da vida pessoal.

Atalhos mais utilizados no Excel

Você utiliza muito o excel? Os atalhos são aprendidos à medida que os utilizamos.

Para facilitar ainda mais a sua vida, Superprof preparou esta matéria com dicas sobre atalhos no teclado para Excel que vão fazer você trabalhar muito mais rápido com o programa do pacote Microsoft Office!

Por que usar atalhos de teclado no Excel?

Os atalhos podem ser muito úteis para economizar tempo.

Além disso, pessoas com problemas visuais ou motores podem, portanto, ter uma necessidade real de atalhos para facilitar o uso do software.

Atalhos de teclado básicos do Excel

Aqui está uma pequena lista de atalhos básicos para facilitar sua vida:

  • Fechar a pasta de trabalho e o Excel: ALT + F4
  • Abrir o Editor do Visual Basic (o Editor de Cálculo da Macro): ALT + F11
  • Fazer seleção de corte: CTRL + X
  • Copiar seleção: CTRL + C
  • Colar: CTRL + V
  • Selecionar tudo: CTRL + A
  • Cancelar: CTRL + Z (para cancelar a última manipulação realizada)

Atalhos de teclado para controlar o programa

Para ir mais rápido em todas as suas operações e evitar ter que clicar em “Arquivo” toda vez que você quiser salvar seu trabalho, aqui estão alguns atalhos importantes:

  • Criar uma nova pasta de trabalho: CTRL + N
  • Abrir uma pasta de trabalho: CTRL + O ou CTRL + F12
  • Imprimir o arquivo: CTRL + P
  • Salvar como: F12
  • Salvar: CTRL + S
  • Salvar o documento: CTRL + S ou SHIFT + F12
  • Fechar o documento: CTRL + W ou CTRL + F4

Atalhos de teclado para planilhas

Para te ajudar a manipular planilhas presentes em vários documentos Excel, ou seja, criar uma guia, reproduzir células, etc., aqui estão alguns dos atalhos mais úteis:

  • Criar uma nova guia: SHIFT + F11
  • Ir para a primeira célula usada da planilha: CTRL + HOME
  • Ir para a última célula usada na planilha: CTRL + ESC
  • Validar a célula e ir para a célula abaixo: ENTER
  • Validar a célula e ir para a célula acima: SHIFT + ENTER
  • Validar a célula e ir para a célula à direita: TAB

Atalhos de teclado para células, linhas e colunas

Para evitar tal tipo de dor de cabeça, aqui estão alguns atalhos essenciais para organizar e modificar com sucesso os dados da maneira que você bem desejar:

  • Inserir uma função: SHIFT + F3,
  • Adicionar ou editar comentário de célula: SHIFT + F2,
  • Adicionar um gráfico em uma nova guia: F11,
  • Adicionar um gráfico na folha: ALTF1.

Outros atalhos de teclado usados com frequência

Aqui está a lista de atalhos mais usados com finalidade profissional:

FunçãoAtalho
Converter em porcentagem CTRL + SHIFT +%
Ativar as teclas aceleradorasF10 ou ALT
Abrir a caixa de diálogo para executar ou modificar uma macro ALT + F8
Verificar a ortografiaF7
Recalcular a pasta de trabalhoF9
Recalcular apenas a guia ativaSHIFT + F9
Mostrar ou ocultar a faixa de opçõesCTRL + F1
Gerenciador de nomesCTRL + F3

Conclusão

Criar um arquivo excel, criar um gráfico, formatar uma tabela excel, criar uma tabela dinâmica, inserir fórmulas no excel, utilizar funções excel nas planilhas, diagramar, utilizar macro, mesclar, formatar… O Excel do office pack é um software extremamente completo. Um único curso informatica não seria suficiente para aprender todas as suas funções.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar