"A vida é como o boxe, em 4 palavras: antecipar, , esquivar e progresso." Julien Lorcy

O boxe tem muitos praticantes no Brasil. Um ressurgimento da popularidade, sem dúvida, devido as várias modalidades de lutas marciais de sucesso como UFC (Ultimate Fighting Championship), MMA (Mixed Martial Arts). Esses tipos de lutas misturam diferentes estilos: Jiu Jitsu, Boxe, Wrestling, Muay Thay, Karate e outros.

O boxe ganhou novos praticantes também graças a pessoas que querem recuperar a sua forma física: aula de aeroboxe, por exemplo, ou para defesa pessoal.

Para praticar boxe, no entanto, você não precisa necessariamente obter uma licença da federação brasileira de boxe e praticar em uma academia. Muitos querem seguir o treinamento de um boxeador para melhorar sua condição física ou aprender os movimentos mais populares, saber se defender...

Boxear pode ser doloroso! Aprenda a suportar a dor

Nesse caso, é possível dar aulas particulares de boxe como professores experientes. Neste artigo, você aprenderá mais sobre como funciona uma aula de boxe.

Inscrever-se em uma aula de boxe

Como é uma aula de boxe?

Se o preço das aulas de boxe (saiba como defini-los) variam de uma cidade para outra, as aulas de boxe geralmente são as mesmas. Saiba como elas funcionam!

Para realizar um treinamento boxe, você deve começar procurando professores ou aulas em sua cidade. Após a conclusão dessa etapa, a próxima é se inscrever para os cursos. Você decide entre clube esportivo, aula particular, academia ou centro de boxe. No entanto, algumas regras permanecem comuns.

Por exemplo, o passo essencial é a visita de acompanhamento médico, seja você um professor ou um aluno. De fato, uma visita médica resulta na emissão de um atestado médico, o que permitirá que você pratique boxe com a garantia de que está em excelente forma física e com boa saúde para boxear... sempre com suas luvas, claro!

Então, se você decidir se inscrever em um centro esportivo, geralmente precisa pagar o preço de uma matrícula e acertar o preço de uma mensalidade, ou pagar pelos cursos individualmente. A matrícula pode ser oferecida em alguns clubes ou academias.

Então você está pronto para praticar um treino de kickboxing, aulas de boxe feminino, em uma academia, clube, em casa... Para perder calorias, aprender a boxear ou apenas por diversão!

Em média, um curso custa entre R$50 a R$100, dependendo da cidade em que você está. Porque sim, em São Paulo, Rio de Janeiro, o custo de vida é mais alto que em outros lugares. Dependendo do nível em que você se matricular, o preço pode aumentar, como para o boxe profissional.

Então, pronto para começar o boxe? Você já pensou em se equipar?

Equipamento de boxe

Luvas, protetores bucais, bermudas, tênis, uma aula de boxe (ser um professor de sucesso) está se preparando... Como você pode imaginar, é necessário um pouco de organização! Por isso, é necessário planejar corretamente.

Como quase todos os esportes, o boxe requer equipamentos especializados que determinarão a qualidade do curso, mas também a segurança do praticante. Porque imagine, praticar boxe sem luvas é bem difícil, certo?

Para que uma aula de boxe funcione sem problemas, quais são os equipamentos necessários? É melhor comprar ou alugar? Alguns locais fornecem equipamentos básicos. Não deixe de perguntar antes de se matricular.

O fato é que muitos locais recomendam a compra de seu próprio equipamento. Isso requer um orçamento adicional para o curso do boxe. No entanto, é importante saber quais são os acessórios necessários para uma aula de luta. Entre eles, encontramos:

  • Luvas de boxe,
  • Sob luvas ou luvas,
  • O protetor bucal,
  • O protetor de peito,
  • A caneleira,
  • As joelheiras,
  • As cotoveleiras,
  • Capacete de boxe
  • A concha, para homens, é claro, mas também para mulheres,
  • Sapatos de boxe,
  • Calções de boxe,
  • Uma garrafa de água, porque se hidratar é essencial!

Assim, você está equipado para enfrentar os chutes e outras pancadas. Lembre-se de que, se nem todos esses acessórios forem sempre necessários, este é o kit completo. Você vai acabar precisando de um deles mais cedo ou mais tarde quando quiser treinar boxe.

Quais são as etapas necessárias em uma aula?

Não deixe de perguntar para o seu professor ou ao seu clube mais informações!

Vamos lá, vamos para o curso!

Aquecendo-se para uma aula de boxe

Como se aquecer antes de treinar boxe em casa?

Todos os treinadores devem oferecer um aquecimento aos seus alunos. Mas antes de pensar no aquecimento, você quer umas dicas para conseguir clientes para suas aulas de boxe?

O boxe é um esporte exigente, como todos os esportes de combate e artes marciais. Trabalha o corpo inteiro e requer grande resistência. Assim, a preparação física é essencial antes de iniciar o aprendizado de táticas de combate para iniciantes ou experientes.

No boxe inglês, tailandês ou americano, você deve oferecer um aquecimento completo aos seus alunos para permitir que o corpo se aqueça e os músculos se relaxem.

Essa etapa é essencial para evitar lesões e melhorar o condicionamento físico. Não deixe de fazê-la - pelo menos 15 minutos - ou até meia hora de aquecimento para que a atividade física ocorra sem problemas.

Mas o que é o aquecimento? São principalmente exercícios aeróbicos para preparar o corpo para a atividade. A posição de descanso do pugilista é ficar saltitando no local. Por isso, é melhor ensinar seus alunos a nunca parar desde a primeira aula e estar constantemente em movimento.

Isso melhora seu condicionamento físico e sua respiração. Para isso, você pode começar dizendo ao seu aluno para pular corda por alguns minutos. No começo, não há necessidade de fazer nada complicado, apenas aprender a pular corda sem perder o ritmo. Esse exercício é um excelente aeróbico e explosivo: seus alunos ganham em velocidade e coordenação motora .

Mas o boxe solicita todo o corpo e requer um fortalecimento muscular profundo. Com isso, os boxeadores ganham com movimentos mais precisos e ágeis.

Todos os músculos são utilizados, mas você pode priorizar os glúteos abdominais, oblíquos, deltoides e trapézios nos exercícios para uma boa condição física.

Para isso, pranchas e treinamento com pesos são recomendados. A prancha possibilita exercitar os músculos abdominais de maneira hipopressiva, ou seja, sem exercer pressão sobre o períneo (portanto, sem risco para os órgãos) e trabalhando em profundidade.

Boxear é uma arte e um aprendizado contínuo

Se você ensina boxe, o aprendiz também tem que trabalhar sua flexibilidade nas pernas para poder dar chutes rápidos e precisos sem correr o risco de cair.

Em resumo, o aquecimento consiste em exercícios:

  • Aeróbicos tipo pular corda e saltitar,
  • Fortalecimento muscular baseado em pranchas, abdominais, treinamento de força,
  • Flexibilidade e movimentos ágeis.

Trabalhar a técnica durante o boxe

Como é uma aula de boxe? "Às vezes, a melhor maneira de atacar é recuar." (fonte: Menina de Ouro, filme)

A segunda fase do curso foca na própria técnica de boxe. Pode durar de 30 minutos a mais de uma hora, dependendo da duração total do curso. Como em uma escola de boxe, você ensina ao aluno as diferentes sequências possíveis no boxe para iniciantes.

A primeira técnica para conseguir suas primeiras proezas no boxe é a posição básica de guarda, chamada stance em inglês. Isso envolve posicionar o braço esquerdo na frente e o braço direito mais poderoso nas costas (o oposto para os canhotos). Mas também é uma questão de posicionar bem todo o corpo: as pernas devem estar em flexão, sempre prontas para a ação e o corpo preparado. Se o aluno estiver rígido, ele não ficará estável e será difícil recuperar o equilíbrio se receber um golpe. A posição também desempenha um grande papel na qualidade dos golpes.

Até que seu aluno aprenda esse princípio básico, você terá que repeti-lo em cada aula. Não deixe dar aquele empurrãozinho para mostrar que ele deve estar bem em seus apoios.

Você aprenderá os diferentes golpes: gancho, direto, uppercut, jap, cruzado... e os diferentes chutes se você ensina boxe francês ou boxe tailandês (muay thai aula)...

Você começará mostrando a técnica correta para que sua pupila não se machuque. Depois, use as patas de urso para dar os golpes na pupila. Depois, ensine combinações para que ela encadeie os golpes, primeiro parada e depois em movimento. É também durante esta fase do curso que você ensina aos seus alunos a desviar dos golpes que você pode simular com as patas de urso.

Você está procurando alunos para aulas de boxe na internet? Saiba como encontrá-los!

Aprenda a arte dos golpes tailandês com os melhores

Você pode propor a prática do boxe nas sombras, ou seja, treine contra um oponente imaginário para reproduzir as combinações e esquivas anteriores. É uma boa maneira de fazê-lo trabalhar seus golpes e seus pés.

Parte do curso pode ser dedicada ao saco de pancadas para ganhar energia. Não esqueça de se equipar e ter um saco disponível em casa ou na sala de boxe em que você encontra seu aluno.

No final da parte técnica, o ideal é colocar em prática as combinações aprendidas e se acostumar com o ritmo sustentado de uma luta. Você pode sugerir que ele faça um ataque livre contra você (tenha cuidado para medir sua força) ou contra outro aluno, se for um curso para duas pessoas. O objetivo é obviamente não fazê-los competir em combate real.

Precisando de um professor de Boxe ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Carolina

Quero aprender italiano e espanhol, mas preciso mesmo é do inglês... Leio as plaquinhas nos museus, gosto de música e de cinema dos anos 70. De agora, só o Pablo do arrocha que serve.