Quanto tempo deve ser dedicado para conhecer a capital italiana? Dois dias ou uma visita de três dias, uma semana ou duas semanas...quantos dias são necessários para conhecer a grande Roma?

A cidade de Roma, denominada "Cidade Eterna", abrange 1.285,31 km², uma área relativamente grande e cheia de história por todos os lados!

A capital italiana possui o maior número de museus a céu aberto do mundo: a história de Roma desde os Etruscos até o Império Romano, do barroco ao renascimento faz com que, a cada ano, quase 10 milhões de turistas visitem a cidade.

Para explorar todos os monumentos de Roma, fazer bom uso do seu Roma Pass ou poder fazer todas as excursões que você deseja, você precisará reservar um certo período de tempo para conhecer a capital romana.

Aqui está as nossas dicas sobre o assunto: quanto tempo é preciso para visitar Roma?

Um pouco sobre Roma e sua história

Capital da região do Lácio e da Itália desde 1871, Roma também foi a capital do Império Romano por 357 anos.

Sua área urbana tinha 4.356.403 habitantes em 2016 e 2,87 milhões de pessoas vivem na aglomeração, tornando-a a terceira maior cidade da Europa depois de Moscou e Londres.

curso de italiano online
Não deixe de visitar o Coliseu, cartão postal de Roma.

Inclui o menor estado do mundo: o Vaticano, a capital da Santa Sé da Igreja Católica e da qual o Papa é o soberano.

A história de Roma abrange mais de 28 séculos, desde a sua fundação por Romulus, em 753 aC, ato fundador da República Romana - até hoje.

Devido à hegemonia de que gozava no mundo antigo, é um dos dois berços da civilização européia depois de Atenas.

Considerada uma das mais belas cidades do mundo, Roma é apelidada de "Cidade Eterna" e é um dos maiores sítios arqueológicos do mundo: possui 2.000 pontes e fontes, 900 igrejas e muitas ruínas de edifícios construídos pelos romanos.

O centro histórico de Roma, classificado como Patrimônio Mundial pela UNESCO, inclui incontáveis ​​vestígios da Roma antiga: o Coliseu de Roma - o maior anfiteatro flaviano do mundo -, as casas antigas do Monte Palatino, as catacumbas e o Domus Aurea, o Panteão e sua cúpula, os banhos termais de Caracalla, o Circus Maximus, as ruínas do estádio Domiciano sob a Piazza Navona, entre outros;

A isto devem ser adicionados muitos monumentos e galerias de arte do Renascimento: a Basílica de São Pedro, a Capela Sistina (e os afrescos pintados por Michelangelo), a Fonte de Trevi, os museus do Vaticano ...

Tantos monumentos que tornam a cidade de Roma mundialmente famosa e que explicam por que Roma é um dos principais destinos turísticos do mundo!

Há tanta coisa para ver em uma viagem a Roma, que você obviamente não pode visitar tudo em um fim de semana.

Portanto, sua escolha de visitas dependerá logicamente da área em que você está hospedado e do número de dias que você vai ficar em Roma.

Ninguém tem férias eternas e é normal querer conhecer mais de um país durante uma viagem de férias. Em se tratando de Roma, será necessário prever uma visita várias vezes seguidas e multiplicar as estadias para conhecer todos os cantos da cidade.

Conheça os diferentes bairros de Roma.

Um final de semana para visitar Roma?

Apenas um fim de semana em Roma, infelizmente, não será suficiente para ver todos os locais imperdíveis que a cidade tem a oferecer.

curso de italiano online
Durante sua estada em Roma, faça um passeio noturno!

Mas se você tiver apenas o final de semana para conhecer a Cidade Eterna já é melhor do que nada, não é mesmo?

Em dois ou três dias, a cidade te revelará seus encantos.

Em Roma, o orçamento diário médio por pessoa está por volta dos 100 euros , incluindo acomodação, viagem, comida / bebida e a variada escolha que se tem em relação às visitas.

No entanto, você pode adquirir o Roma Pass de 48 ou 72 horas, que permite, por 28 € ou 38,50 €, otimizar sua rota de visita com acesso gratuito a um ou dois museus, acesso ilimitado ao transporte público, descontos na entrada dos outros museus e um mapa gratuito de Roma.

A isso é adicionado o ingresso poupa fila, para que você não precise mais esperar nas filas de acesso aos monumentos.

No entanto, esta estadia em Roma será uma verdadeira maratona, a menos que você faça apenas duas ou três visitas.

Nós te aconselhamos a se hospedar na área central de Roma e perto de Trastevere: assim poderá otimizar o seu tempo de estadia.

Então, o que fazer durante um final de semana em Roma?

  • 1º dia: o Coliseu, o Fórum Romano, o Monte Palatino, o bairro de Monti, a Piazza Venezia, a Piazza Navona, o Capitólio,
  • 2º dia: o bairro Trastevere, os banhos termais de Caracala, as Catacumbas, a visita ao Vaticano (Museus do Vaticano, Praça de São Pedro, Capela Sistina).

Talvez você nem consiga fazer esse programa e ainda haverá muito o que fazer e ver na cidade!

Planejando uma viagem para Roma? Não deixe de fazer aulas de italiano e ande tranquilamente pelos pontos turísticos mais famosos de Roma...

Visitar Roma em uma semana

Em sete dias de viagem a Roma, você terá tempo para conhecer o básico e um pouco mais.

Uma semana em Roma é , na verdade, o tempo mínimo para conhecer o essencial da capital italiana.

dicas de italiano
Mais um dos locais imperdíveis de Roma!

Claro que passar sete dias em Roma, vai custar mais caro do que passar somente um fim de semana. Mas, com planejamento é possível passar sete dias confortáveis na Cidade Eterna.

Opte por acomodação em casa de família (Airbandb), que ofereça a possibilidade de usar a cozinha e gastar menos com alimentação em restaurante.

Para uma semana em Roma, sem privações, será necessário um budget de aproximadamente dois mil euros por pessoa, incluindo, acomodação, alimentação, entradas nos pontos turísticos e transporte.

Uma dica legal é utilizar o ônibus turístico, que de acordo com a fórmula do hop on hop off, permite que você entre e saia do ônibus em cada parada de acordo com sua vontade: ver um museu do Vaticano, a Galeria Borghese, a Basílica de São João de Latrão , passear na Praça São Pedro, etc.

Você sabia que o obelisco na Praça de São Pedro foi trazido do Egito para Roma pelo imperador Augusto no século I dC, após a Batalha de Actium, em 31 aC, marcando o início da conquista do Egito pelas legiões romanas.

Ele é uma prova direta da era imperial, sendo 2.000 anos mais velho que nós!

Quer aprender italiano antes de viajar? Faça um curso de italiano online!

Visite a cidade no seu próprio ritmo, ou seja, sem tentar fazer tudo de uma vez.

Os monumentos às vezes exigem meio dia ou algumas horas: querer ver tudo corre o risco de não apreciar a atividade turística, não vale a pena visitar "por cima", sem realmente apreciar a visita.

Enquanto passeia pelas ruas do centro em busca de boas opções, você também poderá se inspirar na vida romana atual, passeando talvez nos bairros menos movimentados: o que é chamado de visitar Roma fora dos roteiros mais conhecidos!

A cidade de Roma promete longas caminhadas por seus bairros: com bom tempo (e sem tempo quente), prefira caminhar ao invés de usar os transporte público!

Se você estiver indo ao Vaticano para visitar os museus, a Basílica de São Pedro e a Capela Sistina, é aconselhável ir para lá de manhã cedo, porque mesmo fora da alta temporada, as multidões se aglomeram após as 10h pelos corredores do museu.

No topo da Basílica de São Pedro, tem uma vista imperdível da Praça homônima e da cidade de Roma: a subida a pé é gratuita (mas o elevador é cobrado).

Como você tem mais tempo em Roma, aproveite uma tarde para ir ao mar, para Ostia para ver as ruínas romanas ... Ostia era o porto de Roma na época do Império Romano.

Na volta de suas férias em Roma você terá apenas um desejo: voltar!

Aproveite e descubra quanto se gasta por uma estadia em Roma...

Prolongue sua estadia na cidade de Roma

Você deve estar se perguntando por que passar mais tempo em Roma se a visita à capital da Itália pode ser feita em apenas uma ou duas semanas?

professor de italiano nativo
Vaticano: visita imperdível em Roma

Bem, ficar lá por um longo período permitirá que você conheça a cidade além dos roteiros turísticos... aproveite sua estádia para entender melhor a cultura italiana, o modo de vida dos romanos e, claro, aprender italiano.

Esta é a oportunidade perfeita, na vida de um estudante - por exemplo - ou de um trabalhador freelancer em teletrabalho, para passar alguns meses no exterior e mergulhar com tudo no aprendizado de um idioma e cultura diferentes.

Viva a experiência de ser um expatriado em Roma, ou fazer um ano de Erasmus, por exemplo.

Além disso, você também pode explorar as outras regiões da Itália: Campânia e Nápoles, Apúlia, Emília-Romanha, Toscana, etc.

Você é do tipo que gosta de festa e curtição? Tente alugar um apartamento no centro de Roma para ficar mais perto das atrações turísticas, mas também de áreas onde os jovens festejam.

Roma é uma fonte inesgotável de atividades para fazer e coisas para ver, cada canto é uma caixinha de surpresa.

Pra fechar com chave de ouro, não deixe em hipótese alguma de visitar a Escadaria Espanhola.

É um lugar onde os italianos costumam se reunir, um ponto de encontro entre os jovens que merece ser visitado!

Para aproveitar ainda mais a sua estadia em Roma, faça um curso de italiano. Aqui no Superprof você encontra o professor de italiano ideal!

Precisando de um professor de Italiano ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Joseane

Apaixonada por Línguas e Culturas, sou uma viajante assídua que acredita que viajar é a melhor forma de aprender.