Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Tradução da língua japonesa para a portuguesa: qual app usar?

De Carolina, publicado dia 27/03/2019 Blog > Idiomas > Japonês > Saiba os melhores aplicativos para traduzir japonês

Você sonha em fazer uma viagem a Tóquio? Quer se mudar para o Japão? Ou simplesmente gostaria de progredir na aprendizagem da língua japonesa?

Como chegar lá sem saber nada (ou pouca coisa) sobre a caligrafia japonesa, seus caracteres ou sua linguagem oral?

Com as novas tecnologias, a barreira do idioma definitivamente não é mais um freio para explorar países desconhecidos… Você tem um smartphone? Pode ter certeza de que ele vai te salvar mais de uma vez!

Compreender o que está escrito em um sinal ou pedir instruções sem saber uma palavra de japonês agora é possível graças às novas tecnologias!

Se tiver a oportunidade de fazer um estudo do idioma no país do Sol Nascente, você aproveitará essa imersão na cultura japonesa para enriquecer seu conhecimento, avançar rapidamente e desenvolver a sua capacidade de conduzir uma conversa.

Você descobrirá todas as riquezas desse arquipélago multifacetado, entre tradições milenares e invenções de última geração!

Você ainda não é bilíngue ou autônomo em japonês? Descubra nossa seleção de aplicativos, esses fantásticos apoios para aprender o japonês!

Eles vão te ajudar em muitas situações. Como um bônus, essas ferramentas são um complemento inegável às aulas de japonês, para aprender essa bela e intrincada linguagem.

Iku ze… (Vamos!)

Segurança, elevada qualidade de vida, sólido sentimento de comunidade e de respeito ao espaço individual do próximo, essas são algumas das realidades vivenciadas no país do Sol Nascente!

Por que o Japonês?

Talvez, como já dissemos, você seja simplesmente um curioso a respeito da cultura japonesa ou apenas um turista, que conta com o privilégio de poder visitar o país… Isso não importa, tanto faz as razões pelas quais você se interessa pelo Japão, o fato é que descobrir a sua cultura e a sua língua, é algo que pode mudar sua vida!

Dentre as línguas estranjeiras que o brasileiro tem vontade de aprender, o japonês nem de longe está em primeiro ou segundo lugar. A língua inglesa, por razões óbvias, lidera esse quadro – seguida do espanhol, ou até mesmo o francês. O inglês é a língua mundial dos negócios, da internet e do meio acadêmico, para citar algumas das áreas em que ele se destaca.

No entanto, aprender a língua japonesa sem dúvida pode abrir muitas portas para você e trazer vários benefícios. Primeiro porque o Japão é um dos países mais desenvolvidos do mundo, além de ser um dos mais relevantes e influentes no cenário mundial. Em outras palavras, sua economia e produção acadêmica impactam quase que todos os demais países.

Limpo, muito seguro, com pessoas que respeitam o espaço individual do próximo ao mesmo tempo que carregam, de fato, o sentimento de comunidade, o Japão pode oferecer oportunidades melhores e mais qualificadas de mercado de trabalho. Portanto, investir no aprendizado de japonês é algo que definitivamente vale a pena!

Aqui no Brasil ainda dificilmente temos acesso ao verdadeiro Japão. Normalmente, esse país ainda é mais visto de forma caricaturada, sendo que muitas das matérias que vinculam na mídia brasileira destacam curiosidades, excentricidades, vindas desse país.

Contudo, no cenário internacional, o Japão é um país muito respeitado. A qualidade de vida é elevada e a economia raramente entra em recessão. Ou seja, definitivamente, você galgará novos patamares e terá vários benefícios, tanto em âmbito pessoal quanto profissional, se investir no aprendizado da língua do país do Monte Fuji!

Quadro de Romaji ou ローマ字 (rōmaji), o sistema ocidental de escrita da língua japonesa.

A fascinante escrita japonesa

A intrincada escrita japonesa é tão fascinante que desperta a curiosidade até mesmo daqueles que não se entusiasmam tanto pelo Japão. Basta reparar na quantidade de pessoas que buscam e optam por escrever símbolos japoneses em tattoos no corpo ou em adesivos para o carro.

A escrita japonesa possui três sistemas diferentes: o Hiragana, o Katakana e o Kanji. Todos os três são sempre usados ao mesmo tempo.

Romaji – A escrita

Romaji ou ローマ字 (rōmaji) refere-se ao sistema ocidental de escrita em japonês. Ou seja, nada mais é do que a escrita japonesa grafada com o alfabeto romano. Além disso, não existem regras absolutas para se escrever em romaji. Não existe correto ou incorreto; existem meramente convenções e costumes, todos criados por não-japoneses.

É comum percebermos muitas pessoas preocupadas em escrever romaji corretamente, ou até reprimindo outra que escreveu diferente da forma mais empregada. Tal atitude não faz muito sentido, já que o romaji é apenas uma possível transcrição, em alfabeto ocidental romano, do verdadeiro japonês.

Para exemplificar, peguemos, por exemplo, a letra japonesa ““. Essa letra representa um som, e a maneira mais próxima de representarmos esse mesmo som, em nosso alfabeto, é escrevendo “ka“. No entanto, antes de qualquer outra coisa, a letra  representa um som, e não uma equivalência com a sílaba “ka” do português. Eu poderia representar esse som da forma que eu quiser, como por exemplo, “ca” ou “cá”.

Ou seja, em outras palavras, cada letra japonesa representa um som e não um conjunto de letras do português ou de qualquer outro idioma. Não existe certo ou errado no romaji e você não deve se preocupar com isso!

No entanto, se você deseja aprender japonês, deve abandonar o uso do romaji o quanto antes. Escrever japonês em roimanji serve somente para demonstrar palavras japonesas a pessoas que não sabem a língua ou não se interessam em aprendê-la.

A escrita japonesa é muito bonita, além de ser uma ferramenta para a comunicação, é também uma arte. Sabe aqueles símbolos que são escritos com o pincel, usando tinta nanquim preta em finas folhas de papel de arroz? Isso é uma arte chamada 書道 (shodō), shodou.

Shodō: a arte da caligrafia japonesa originária na China por volta dos séculos VI e VII.

O Hiragana, o Katakana e o Kanji: sistemas de escrita

Como já dito, o Hiragana (ひらがな), o Katakana (かたかな) e o Kanji (かんじ) são os sistemas de escrita da língua japonesa e os três são utilizados ao mesmo tempo. Veja um exemplo simples:

これは山田さんのタイヤです

Tradução: Isto é um pneu do carro do Sr. Yamada.

Em roxo, temos o Hiragana. Em azul, o Kanji e em laranja, temos o Katakana!

O importante até aqui é você entender que todos os sistemas são usados ao mesmo tempo, cada um com a sua devida função.

Desses três sistemas, dois são fonéticos, ou seja, suas letras representam sons, exatamente igual ao alfabeto romano. Na realidade, nós ocidentais estamos acostumados apenas com sistemas de escrita fonéticos.

Os sistemas fonéticos do japonês são o Hiragana e o Katakana, nos quais cada letra representa um som. Isso significa que uma letra, tomada de forma isolada, não possui nenhum significado a não ser o som que ela representa.

Tanto o Hiragana quanto o Katakana são constituídos por 46 letras cada um, onde cada letra representa o equivalente a uma sílada do português.

No entanto, o terceiro sistema de escrita, o Kanji, é um sistema ideográfico. Isso quer dizer que cada letra representa uma ideia, um significado.

Basicamente, Kanji é significado. Cada Kanji detém um significado, uma ideia agregada. Esse sistema provém da China e existem milhares de Kanji, embora nem todos sejam utilizados na língua japonesa.

A língua japonesa é formada por três sistemas de escrita diferentes: o Hiragana, o Katakana e o Kanji. O curioso é que todos os três são usados ao mesmo tempo!

Duas características marcantes da língua japonesa

De início, a língua japonesa pode parecer bastante complicada ou até mesmo um “bicho de sete cabeças” para nós brasileiros. Isso acontece porque ela é bem diferente da língua portuguesa.

Além disso, não temos o costume de vê-la escrita por aí em nossas andanças, como ocorre com o inglês. E o nosso contato com a língua é mesmo bem menos frequente.

1. A falta do gênero

Em português temos a presença dos gêneros muito forte em nossa língua e cultura. Já estamos muito acostumados a atribuir gênero: masculino ou feminino aos substantivos e etc.

Essa é uma das razões que deixa os gringos que querem aprender português completamete malucos! Por exemplo, o ralo é masculino mas a pia é feminina, etc.

Já no japonês, não precisamos de lidar com isso. Preste atenção: além de não se atribuir gênero aos objetos (substantivos), não existe a necessidade de concordância de gênero quando utilizamos os adjetivos. Note o exemplo:

娘は背が高いです。息子も背が高いです。

Romaji: Musume wa se ga takai desu. Musuko mo se ga takai desu.

“Minha filha é alta. Meu filho também é alto.”

Notamos nesse exemplo que a palavra que se refere à altura, 背が高い, não se altera, mesmo que a coloquemos junto a uma palavra que esteja ligada a uma mulher ou a um homem.

Dito isso, na língua japonesa existem palavras próprias e diferentes para se referir a mulheres ou a homens. Veja:

彼氏 (kareshi) – Namorado
彼女 (kanojo) – Namorada

看護婦 (kangofu) – Enfermeira
看護師 (kangoshi) – Enfermeiro (ou enfermeira, em algumas regiões.)

Ou seja, essas palavras não exigem nenhuma –  zero – concordância dos adjetivos e nem dos verbos para serem usadas.

A cultura japonesa é milenar e encanta pessoas de todas as partes do globo. Aqui no Brasil, essa adoração é significativa, pois contamos com a maior comunidade japonesa fora do Japão.

2. A falta do plural

O emprego do plural em japonês é diferente do aplicado em português.  Na nossa língua portuguesa damos atenção demasiada à quantidade das coisas e tudo na frase precisa concordar com a quantidade descrita. Veja abaixo:

私は7時に起きます。
Watashi wa 7 ji ni okimasu.
Eu acordo às 7 horas.

両親は7時に起きます。
Ryoushin wa 7 ji ni okimasu.
Meus pais acordam às 7 horas.

Note que nesse caso, mesmo com a alteração do sujeito do singular para o plural, ou seja, de uma pessoa, “eu”, para duas pessoas, “meus pais”, o verbo acordar ( 起きます) permaneceu o mesmo. Já que os verbos não são afetados por mudança de número.

Tanto a falta de gênero quanto a falta do plural são algumas das características lexicais presentes na língua japonesa. E é bom ter em mente esse estudo, de forma detalhada, para que a língua seja bem compreendida e integrada à vivência que esperamos obter da mesma.

Curso de japonês: Google Tradutor oferece uma tradução fiável, fidedigna?

Quando tentamos traduzir uma palavra, muitas vezes nosso primeiro reflexo é ir consultar o Google… (Seja honesto: quantos hoje ainda vão procurar o significado no dicionário?)

Utilize aplicativos de tradução no Japão Como escolher seu prato em um menu escrito em japonês?

O Google Translator aparece magicamente na parte superior da página do mecanismo de pesquisa e exibe a tradução no idioma solicitado. Muito esperto o Google (já é uma pessoa, não é?), mesmo se você quiser traduzir uma frase completa, ele tem a solução. Também é útil para traduzir um site completo (descubra também nossa seleção de sites para aprender a língua japonesa).

Quanto à aplicação móvel, o Google translator funciona mesmo de forma independente se você não possui wifi. Também é possível traduzir textos de fotos ou através de reconhecimento de voz. Uma característica verdadeiramente perfeita para economizar seu tempo na hora de procurar o seu caminho no meio da rua.

Parece mágico! Porém… a ferramenta de tradução pode ser boa para idiomas como inglês e espanhol, mas para o japonês… Esse não é realmente o caso…

Essa ferramenta pode ajudá-lo a traduzir uma palavra do japonês para o português, mas é melhor não usá-la para interagir com os locais. Você pode acabar em uma situação embaraçosa…

Esse aplicativo pode, no entanto, ser uma opção útil para viajar ou quando estiver em casa revisando seus cursos de japonês. Mas não se esqueça de usá-lo com cuidado e não a utilize para traduzir um texto completo!

iTranslate, aplicativo de tradução grátis em japonês

Como você pôde ver, se você precisar de baixar um aplicativo de tradução para entender o japonês ou pronunciar algumas frases, não é fácil encontrar um que ofereça traduções 100% confiáveis…

Você também pode testar o iTranslate. Líder no setor, é um aplicativo de tradução/dicionário essencial. Embora as traduções sejam de qualidade, elas não são perfeitas…

O japonês é um idioma onde o contexto tem um papel muito importante no significado de uma frase. Os verbos não se conjugam, não há feminino ou plural… Difícil para uma ferramenta de tradução ter em conta todas as sutilezas da língua japonesa para fornecer um texto legível e compreensível. Em todo o caso, os tradutores vão te ajudar a descobrir o significado geral de um texto.

Além do iTranslate, é interessante testar o iTranslate Voice: esse aplicativo traduz seu texto e o converte em voz. Um detalhe muito útil, mas nem sempre é possível aproveitá-lo porque o aplicativo só funciona com uma conexão à internet.

Se você usá-lo durante a viagem, você pode ficar encurralado assim que você tiver acesso ao wifi. No entanto, pode ser muito prático para treinar sua pronúncia.

Faça aulas de japonês e traduza Aprenda sobre os pontos e caracterísitcas mais importantes da língua japonesa.

Você conhece os benefícios de aprender japonês pela webcam?

O aplicativo Japan Goggles para digitalizar em japonês

Uma ferramenta para usar todos os dias caso você for mudar para o Japão ou fazer compras… O Japan Goggles é um aplicativo gratuito disponível na Apple Store ou Google Play.

Ele fornece uma tradução fiável, fidedigna, a partir de uma foto. Porém, esse aplicativo traduz somente do japonês para o inglês e vice-versa… Ele não existe em português.

Você está na frente de um painel escrito em japonês ou não sabe como decifrar um menu? Tire uma foto e o aplicativo vai traduzi-lo!

Até aqueles que estão nas aulas de japonês para iniciantes, que não dominam a leitura de kana e kanji, poderão lidar com a língua mais facilmente. Especialmente porque a tradução para o rômaji permite que as palavras sejam expressadas oralmente.

A única desvantagem com esse aplicativo (sim, há pelo menos um defeito…): as fotos devem ser de boa qualidade para que o aplicativo ofereça uma tradução. Portanto, é essencial ter um smartphone com uma boa câmera para gerenciar a resolução, contraste, foco…

Imiwa: melhor aplicativo de dicionário português-japonês

Você está cansado de andar com o seu dicionário no bolso? Uma coisa é certa: seu smartphone está sempre com você!

Não espere mais. Você pode baixar o Imiwa de os olhos fechados. Ele é uma referência em termos de dicionário português-japonês disponível para tablet e smartphone. Ultra completo, oferece múltiplas possibilidades e vai se tornar rapidamente o seu aplicativo favorito se quiser aprender o idioma japonês.

Com o Imiwa, você não possui apenas definições precisas, mas também exemplos que permitem usar o vocabulário japonês corretamente dependendo do contexto.

Mais do que apenas um dicionário, com o aplicativo você pode:

  • Realizar buscas com vários critérios,
  • Criar listas de vocabulário,
  • Escrever notas,
  • Revisar o JLPT (Japonese Language Proficiency Test – Teste de Proficiência na Língua Japonesa),
  • Aprender a escrever Kanji,
  • E muito mais…

Se os dicionários são essenciais nesse tipo de projeto linguístico, como aprender japonês em vídeo?

PhrasePack Japanese: suas frases traduzidas oralmente para o japonês!

Esse é o guia de conversação que você precisa para mergulhar no coração do Japão!

As traduções revelam tradições japonesas Aprenda sobre a cultura traduzindo o japonês.

Se você precisa se comunicar para pedir instruções ou fazer um pedido no restaurante, esse aplicativo é para você! É definitivamente parte do seu kit de sobrevivência, se você ainda não domina as sutilezas da língua japonesa.

Claramente, PhrasePack Japanese abrange 3.500 frases padrão (incluindo 1.000, na versão gratuita) adaptáveis ​​dependendo da situação (linguagem informal ou formal…). Eles são exibidos em português, em caracteres kana e kanji, mas também em romaji. Então, você pode facilmente repetir as frases desejadas para fazer-se compreendido pelos nativos japoneses. O aplicativo para aprender japonês não exige uma conexão à internet para funcionar.

Você encontrará um menu simples com títulos claros (pessoas, comer, viajar, fazer compras e até mesmo emergências).

Além disso, você terá gravações de áudio para praticar a pronúncia. Você pode salvar as frases que precisa em seus favoritos. Finalmente, graças ao questionário, você aprenderá frases simples em japonês de uma maneira divertida!

Uma coisa é certa, depois de testá-lo durante uma viagem ao Japão, você vai querer ir seriamente ao curso de japonês para voltar com um nível intermediário. Você descobrirá o Japão de maneira lúdica.

Ja Sensei: tradução para o japonês graças aos questionários

Se não é literalmente um tradutor, Ja Sensei é um aplicativo que atrai qualquer pessoa que queira aprender japonês. Se você faz aulas de japonês ou não, é muito útil e particularmente bem feito. Dotado de um menu simples, vários recursos e ferramentas muito práticas:

  • Aulas de japonês,
  • Kana e Kanji,
  • Vocabulário, verbos, adjetivos,
  • Guia de conversação,
  • Gramática,
  • Classificador, etc.

A vantagem desse aplicativo: você pode criar listas pessoais (vocabulário, kana, kanji…). Os muitos questionários permitem que você aprenda a tradução de frases incompletas.

Muito útil para começar a falar japonês!

Obenkyo: aplicativo para aprender a escrever caracteres japoneses

Finalmente, uma vez que você está interessado na linguagem de Mishima, um dos maiores novelistas e dramaturgos japoneses, é útil apresentar o Obenkyo.

Mesmo que esse aplicativo não seja propriamente uma ferramenta de tradução, ele é essencial para progredir em sua aprendizagem da língua japonesa (aproveite e faça curso de japonês online).

Se você fizer uma viagem, você pode baixá-lo para começar a memorizar os silabários Kana (Katakana, Hiragana) e Kanji… e aprender a desenhá-los.

Será um primeiro passo para te desafiar a estudar e memorizar caracteres chineses antes de iniciar a aula de japonês.

Traduzir a língua japonesa é um verdadeiro desafio Faça aulas de japonês ou utilize um tradutor no país.

Você também encontrará um dicionário japonês com 15.000 palavras.

Para avançar, a guia de gramática permite que você aprenda as nuanças das sentenças em japonês. É um aplicativo muito bem feito para aprofundar em seu conhecimento e aprender a falar japonês.

Com essa seleção, longe de explorar todas as ferramentas existentes, você não tem mais uma desculpa para não praticar a língua japonesa todos os dias!

A aprendizagem torna-se mais fácil quando você encontra instantaneamente todas as respostas às suas perguntas. Assim, você pode exercitar-se de forma divertida!

Então, pronto para baixar os aplicativos indispensáveis para ler, escrever e falar em nihongo, a língua nacional japonesa?

Saiba que também é possível aprender japonês com livros! Descubra isso em nossa seleção de livros…

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de4,50 sob 5 de 2 votos)
Loading...
avatar