Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Provas oficiais de domínio da língua francesa

De Camila, publicado dia 18/08/2017 Blog > Idiomas > Francês > Exames do idioma da França: seis diplomas, seis níveis

Fazem anos que você frequenta as aulas de francês e utiliza os recursos disponíveis na internet para complementar seus estudos da língua? O seu nível já é consideravelmente bom, mas você ainda não tem certeza em qual classificação se encontra? A melhor opção é, então, fazer um teste de proficiência do idioma falado na França!

As provas oficiais aplicadas para medir o domínio do francês por um não nativo da língua também são exigidas caso seu objetivo seja entrar na universidade em um país francofônico.

O DELF e o DALF são os diplomas mais reconhecidos quando o assunto é comprovar seu nível do idioma francês. Através de exercícios que testam sua expressão oral, escrita e de escuta, você saberá, após a bateria de provas, se está na categoria A1, A2, B1, B2, C1 ou C2 de fluência da língua francesa.

Superprof preparou uma matéria com as informações necessárias para quem pensa em fazer um teste de proficiência!

O que é um DELF e um DALF?

Antes de mais nada, que diabos significam as siglas DELF e DALF?

DELF é a abreviação de Diplôme d’Études en Langue Française. Já DALF se refere a Diplôme Approfondi de Langue Française. Ambos os diplomas são reconhecidos como comprovantes oficiais de proficiência da língua pelo Ministério da Educação francês, pois eles certificam o nível de domínio do idioma.

Com as provas de proficiência em francês você pode saber em qual nível sua comunicação na língua se encontra. O DELF e o DALF testam seu nível de compreensão e expressão oral na língua francesa.

Outra pergunta que não quer calar: por que eles estão divididos em dois diplomas diferentes?

A resposta é simples: porque existem seis níveis diferentes de provas que constituem o DELF e o DALF. O DELF é concedido àqueles que estão nos primeiros quatro níveis de proficiência: A1, A2, B1 e B2. O DALF é destinado aos níveis mais avançados e é direcionado às pessoas em domínio equivalentes à C1 e C2 da língua.

Se você é bilíngue e nunca fez nenhum teste, não se preocupe, pois não terá que fazer todas as provas. Caso seu domínio na língua seja muito bom, é só se inscrever em um nível avançado de testes de francês.

Confira como é feita a classificação:

Nível DELF Domínio da língua
A1 DELF A1 Básico
A2 DELF A2
B1 DELF B1 Intermediário
B2 DELF B2
 

Nível

 

DALF

 

Domínio da língua

 

C1

 

DALF C1

 

Avançado

 

C2

 

DALF C2

 

  • A1 – Básico: nível de descobrimento da língua que avalia as habilidades iniciais levando em consideração interações simples, como falar de si mesmo e de seu entorno;
  • A2 – Básico: o candidato já é capaz de realizar tarefas básicas da vida quotidiana. Ele consegue utilizar expressões básicas de cortesia e se comunicar oralmente com mais frequência;
  • B1 – Intermediário: neste nível, o candidato é independente. Ele é capaz de interagir com outras pessoas, compreendendo o que é dito e consegue manter uma conversação. Ele consegue também dar conselhos, expressar opiniões e se virar em situações imprevisíveis da vida quotidiana;
  • B2 – Intermediário: aqui, o candidato é completamente independente na utilização do idioma. Ele é capaz de defender sua opinião, demonstrar seu ponto de vista e negociar, além de dominar o discurso social e tem a habilidade de corrigir os próprios erros;
  • C1 – Avançado: candidato extremamente autônomo, capaz de estabelecer uma comunicação fluida e espontânea. Em posse de um repertório lexical amplo, ele elege as expressões mais adequadas ao fazer suas observações. Seu discurso é claro, bem estruturado e sem erros;
  • C2 – Avançado: o domínio da língua, aqui, possui um grau excepcional de precisão, adequação e fluência. O candidato em nível C2 é capaz de realizar tarefas acadêmicas de nível elevado.

As provas de proficiência em francês exigem dedicação. Não é preciso quebrar a cabeça para fazer um DELF/DALF, mas apenas dedicação e preparo.

Quatro diferentes habilidades são avaliadas em cada nível:

  • compreensão escrita: através da leitura de textos, o candidato deve responder por escrito perguntas relacionadas ao que foi lido;
  • expressão escrita: avaliação da precisão ortográfica e da conjugação de verbos, assim como da sintaxe nas construções frasais;
  • compreensão oral: após escutar trechos de gravações – como uma emissão de rádio ou um diálogo entre nativos – o candidato deve responder questões relacionadas ao que ouviu;
  • expressão oral: avaliação da fluência na hora da comunicação oral do candidato, assim como da qualidade da sua pronúncia.

Como você pode ver, fazer um DELF ou um DALF não se trata apenas de uma provinha de múltipla escolha qualquer; eles avaliam as competências linguísticas do candidato em diferentes campos do domínio da língua.

Para que fazer os testes?

Existem vários motivos para se fazer as provas do DELF/DALF. Alguns deles são:

  • avaliar seus conhecimentos da língua: seja para fazer um intercâmbio em um país francofônico, para entrar em uma universidade ou para se tornar professor de francês no Brasil – ou de português na França – é importante ter um comprovante do seu nível do idioma;
  • o diploma é reconhecido no mundo inteiro: seja por empresas (teste de proficiência francês), por câmaras de comércio, estabelecimentos de ensino público e privado, o diploma te permitirá trabalhar ou estudar em países francofônicos;
  • aumentar a confiança no domínio da língua: você está se preparando para uma viagem a um país de língua francesa? Dominar o idioma local te ajudará – e muito – caso se perca ou precise de informações fundamentais para sua estadia. Isso sem contar com a possibilidade de se comunicar, estabelecendo diálogos com pessoas locais.

Como se preparar para as provas?

Seja qual for seu nível de domínio do idioma da França, estar bem preparado(a) na hora de fazer o DELF/DALF é primordial. Suas chances de obter um bom resultado serão infinitamente melhores do que se você chegar para fazer as provas sem ter noção do conteúdo ou sem ter estudado previamente.

O ideal é se preparar aos poucos, com antecedência, para que não chegue desesperado(a) no grande dia e fique olhando com cara de bobo(a) para as questões no papel à sua frente.

Dependendo do nível que pretende alcançar, assim como o tempo disponível diariamente para se dedicar aos estudos, o melhor é começar a se preparar com seis meses de antecedência.

Seis meses é o tempo recomendado para começar a se preparar para as provas. O caminho de preparação para as provas depende de casa aprendiz.

Mas como? Veja algumas dicas abaixo:

  • fazer provas que foram dadas nos anos anteriores: nada melhor do que estudar através de simulados para ter uma noção do que encontrará no dia D. Tais modelos de testes estão disponíveis no site oficial do diploma (www.ciep.fr/delf-dalf);
  • imersão em um universo francês: rodear-se de jornais, revistas, livros, filmes e programas de televisão em língua francesa é um ótimo treino para sua compreensão oral e escrita. Caso tenha amigos que falem o idioma, melhor ainda, pois você poderá, igualmente, praticar sua expressão oral e escrita com eles. Caso contrário, a procura por associações francofônicas na sua cidade ou até mesmo a busca por nativos da língua nas redes sociais pode te dar acesso à pessoas com quem praticar francês.

Um trabalho de dedicação regular te preparará de maneira adequada para o dia da prova, permitindo o enriquecimento do seu vocabulário e das suas habilidades linguísticas.

Onde fazer DELF e DALF?

Como já mencionado nesta matéria, os diplomas DELF e DALF são reconhecidos oficialmente pelo Ministério da Educação francês.

Então, onde se encontram os centros de avaliação?

Na França, claro!

Passar uma temporada tanto na França como em um outro país francofônico será uma boa oportunidade para se familiarizar com a cultura e civilização francofônica.

Caso você não esteja em nenhum país de língua francesa e nem tenha condições de se dirigir a um deles, então outra opção é procurar a Aliança Francesa mais perto de você. Através deste centro de disseminação da língua e cultura francesas, você terá todas as informações necessárias sobre como e onde fazer seu tão sonhado DELF/DALF.

Outra opção é procurar pelos centros de aplicação de prova no Brasil através do site oficial do diploma (www.ciep.fr). Nele você encontrará todos os locais credenciados, assim como endereços e telefones para contato.

A maioria dos locais que aplicam as provas de proficiência em francês também oferecem cursos de francês. Uma imersão nas aulas fornecidas por essas escolas como forma de preparação para os exames também é uma ótima opção para os candidatos.

Mais uma dúvida prática que passa pela cabeça de todos que planejam fazer um DELF/DALF: quanto se desembolsa para fazer os testes?

Os valores de base são fixados pelo CIEP na França. Obviamente, eles serão em euros. Sendo assim, o valor no Brasil dependerá da cotação da moeda na época escolhida para fazer a prova. O preço também varia de acordo com o nível do exame a ser feito. Confira os valores de base abaixo

  • A1: 76,oo euros
  • A2:  98,00 euros
  • B1:  126,00 euros
  • B2:  146,00 euros
  • C1:  200,00 euros
  • C2:  216,00 euros

Veja também onde encontrar centros de exames da Aliança Francesa no Brasil:

  • Aracaju
  • Belém
  • Belo Horizonte
  • Brasília
  • Campinas
  • Curitiba
  • Florianópolis
  • Fortaleza
  • Goiânia
  • João Pessoa
  • Juiz de Fora
  • Londrina
  • Maceió
  • Manaus
  • Natal
  • Niteroi
  • Nova Friburgo
  • Petrópolis
  • Porto Alegre
  • Recife
  • Ribeirão Preto
  • Rio de Janeiro
  • Salvador
  • Santo André
  • Santos
  • São José dos Campos
  • São Paulo
  • Viçosa
  • Vitória

As provas exigem calma e concentração do candidato. É preciso calma e concentração na hora de fazer as provas de francês.

Será que conseguimos te convencer da utilidade de se fazer um DELF ou DALF? Se a resposta for positiva, você já sabe qual caminho seguir. Sendo assim, procure a Aliança Francesa mais próxima de você e se informe sobre a data das provas. Desta maneira você conseguirá planejar seu calendário de estudos para chegar bem preparado na hora dos testes!

Saiba também como encontrar um bom profe para seu curso de francês online!

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar