Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Quais as formações e profissões possíveis para aqueles que gostam de números?

De Fernanda, publicado dia 26/02/2018 Blog > Apoio Escolar > Orientação Vocacional > Orientação vocacional: as ciências exatas e suas carreiras

Pois bem! Você enfim chegou à etapa final do Ensino Médio, e a hora da grande escolha está se aproximando! Você se interessa por cálculos, sempre foi bem em Matemática mas…. Ainda não faz a mínima ideia de qual profissão irá escolher? Não se desespere! O Superprof está aqui para trazer dicas e informações sobre os principais caminhos que você pode seguir na área de exatas.

As exatas estão entre as mais antigas das ciências. Desde a antiguidade, o homem utiliza a matemática para resolver seus problemas e procurar soluções para melhorar as questões sociais.

Registros arqueológicos mostram que a matemática é tanto um fator cultural, quanto parte da história do desenvolvimento da nossa espécie. Ela evoluiu a partir de contagens, medições, cálculos e do estudo sistemático de formas geométricas e movimentos de objetos físicos. Raciocínios mais abstratos que envolvem argumentação lógica surgiram com os matemáticos gregos aproximadamente em 300 a.C., notadamente com a obra Os Elementos, de Euclides. A necessidade de maior rigor foi percebida e estabelecida por volta do início do século XVIII. 

Nesse sentido, ao longo da história, foram as Ciências Exatas que proporcionaram aos antigos egípcios a construção das pirâmides; que os gregos erguessem suas acrópoles e monumentos e também que o homem realizasse a viagem espacial até a lua no século 20.

Nada mal como área do conhecimento, não é mesmo?

No entanto, nos dias de hoje, a área de exatas conheceu uma explosão considerável no que diz respeito à evolução das pesquisas e, consequentemente, provocou o surgimento de novas profissões e subáreas antes inexistentes. Portanto, caso você ainda esteja com dúvidas de qual carreira seguir, o importante agora é obter o maior número de informações possível!

Um especialista em orientação vocacional também poderá te ajudar bastante nessa caminhada.

Os estudos na área de exatas

Quais profissões de exatas existem? Na área de exatas, gênios não faltam! E você, já sabe qual especialidade seguir?

A área de Ciências Exatas é aquela que, em seus estudos, possui as disciplinas de Matemática, Química e Física como parte de sua estrutura principal. A Ciência Exata utiliza os cálculos para alcançar resultados precisos, por meio de métodos rigorosos. Ao contrário das Ciências Humanas, as ciências exatas buscam a precisão como metodologia. A principal característica das carreiras e dos profissionais da área de exatas é o Raciocínio Lógico.

Os cursos na área de exatas de Ensino Superior podem ser subdivididos em:

  • Bacharelado: ao concluir o curso de graduação em diversas áreas, é concedido o título de bacharel aos estudantes. Sua média de duração pode variar de 3 a 6 anos.
  • Licenciatura: o estudante que recebe seu título fica apto a ministrar aulas em escolas do Ensino Médio, Fundamental e Infantil. A demanda de professores cresce a cada dia, visto a necessidade de capacitação dos mesmos para que possam ministrar aulas.
  • Tecnólogo: é uma opção para aqueles que desejam ter um diploma superior mas preferem uma formação mais focada no mercado de trabalho e menos no aspecto acadêmico. Depois de concluir a formação, o estudante recebe o título de tecnólogo e não bacharel. Os cursos, além de serem ofertados na modalidade presencial, são facilmente encontrados na modalidade EAD ou semipresencial. Com uma duração mais curta – em geral 2 anos e meio -, possuem grade curricular voltada para áreas mais específicas da TI. Instituições como Senac, Senai, IFES e UFMS oferecem formações de tecnólogos reconhecidas e de qualidade. Dica: é importante sempre se certificar de que a grade curricular e o diploma seja reconhecido pelo MEC.

Qual é o perfil do estudante da área de exatas?

São muitas as piadas em torno do perfil dos alunos de humanas, exatas ou biológicas, criando verdadeiros estereótipos. Quem nunca associou à imagem do matemático o intelectual de óculos e à do linguista como alguém que aterrizou diretamente de Woodstock? Mas a verdade é que, na área de exatas, há espaço para todos os perfis: desde estudantes que já sabem exatamente o que querem até outros que têm afinidades com diversas áreas e apresentam múltiplos perfis. Experimente fazer um teste vocacional online!

Ao contrário do que se pensa, a área de Ciências Exatas é extremamente ampla. E, nesse sentido, as possibilidades de adequação são infinitas. No entanto, existe uma condição básica e mínima, é claro: você precisa gostar muito de matemática. Mas, por exemplo: se o estudante pretende atuar na área de informática, pode escolher o curso de Sistemas de Informação sem necessariamente ter de se especializar em estudos matemáticos.

Como regra geral, podemos afirmar que aquele que opta por cursos na área de Ciências Exatas é uma pessoa que gosta de resolver problemas, vencer desafios, conviver com a inovação e deseja contribuir para o progresso do país, desenvolvendo novas tecnologias ou atuando como professor que participará da formação desses profissionais que desenvolverão essas novas tecnologias.

Mas atenção, estudantes! É importante saber que o ritmo acelerado de inovações no setor tecnológico exige desses profissionais uma formação adequada e atualização constante. Portanto, é preciso gostar de estudar!

As carreiras relacionadas à área de exatas

Onde estudar matemática? Para algumas pessoas, trabalhar com números é como estudar chinês! Aproveite a sua facilidade com os cálculos e invista em sua carreira!

Já fez o teste vocacional e sua área de interesse é exatas? Que tal conhecer algumas das principais carreiras existentes:

  • Astronomia: ciência natural que estuda corpos celestes (como estrelas, planetas, cometas, nebulosas, aglomerados de estrelas, galáxias) e fenômenos que se originam fora da atmosfera da Terra (como a radiação cósmica de fundo em micro-ondas). Preocupada com a evolução, a física, a química e o movimento de objetos celestes, bem como a formação e o desenvolvimento do universo.
  • Ciência da Computação: o curso estuda o desenvolvimento de sistemas para as múltiplas plataformas e a construção de soluções computacionais para problemas da sociedade. O bacharel formado trabalha com as diversas etapas e abordagens do desenvolvimento de software e está preparado para resolver problemas reais, aplicando soluções que unam a teoria e a prática. Modelar bancos de dados, desenvolver e implementar projetos de software e propor soluções computacionais eficientes e econômicas são apenas algumas de suas atividades. Mas atenção! Este curso é para aqueles que gostam de programação!
  • Engenharia da computação: o conjunto de conhecimentos usados no desenvolvimento de computadores e seus periféricos. O engenheiro da computação projeta e constrói computadores, periféricos e sistemas que integram hardware e software. Produz novas máquinas e equipamentos computacionais para ser utilizados em diversos setores, de acordo com as necessidades do mercado.
  • Estatística: é a ciência que utiliza-se das teorias probabilísticas para explicar a frequência da ocorrência de eventos, tanto em estudos observacionais quanto em experimentos para modelar a aleatoriedade e a incerteza de forma a estimar ou possibilitar a previsão de fenômenos futuros, conforme o caso. Cabe ao estatístico montar bancos de dados para os mais diversos usos, como controle de qualidade da produção de uma indústria, recenseamento populacional e pesquisa eleitoral.
  • Física: é a ciência que estuda a natureza e seus fenômenos em seus aspectos mais gerais. Analisa suas relações e propriedades, além de descrever e explicar a maior parte de suas consequências. Busca a compreensão científica dos comportamentos naturais e gerais do mundo em nosso torno, desde as partículas elementares até o universo como um todo. Com o amparo do método científico e da lógica, e tendo a matemática como linguagem natural, esta ciência descreve a natureza através de modelos científicos. É considerada a ciência fundamental, sinônimo de ciência natural: as ciências naturais, como a química e a biologia, têm raízes na física.
  • Nanotecnologia: a ciência que projeta e desenvolve produtos e processos tecnológicos a partir de partículas minúsculas, na escala de nanômetros (1 milímetro é igual a 1 milhão de nanos), como os átomos. É uma área promissora, mas que dá apenas seus primeiros passos, mostrando, contudo, resultados surpreendentes (na produção de semicondutores, Nanocompósitos, Biomateriais, Chips, entre outros). Criada no Japão, a nanotecnologia busca inovar invenções, aprimorando-as e proporcionando uma melhor vida ao homem.
  • Química: é a ciência que estuda a composição, estrutura, propriedades da matéria, as mudanças sofridas por ela durante as reações químicas e a sua relação com a energia.É considerada, uma ciência exata, e é chamada muitas vezes de ciência central porque é a ponte entre outras ciências naturais como a Física, Matemática e Biologia. A química possui papel fundamental no desenvolvimento tecnológico, pois a utilização dos conceitos e técnicas desta ciência permite a obtenção de novas substâncias, além de preocupar-se com a prevenção de danos e exploração sustentável do meio ambiente.
  • Sistemas de Informação: habilita profissionais altamente qualificados para atuarem no desenvolvimento de produtos e serviços de Sistemas de Informação (TI), organizar os processos de TI nas empresas, analisar e propor o aperfeiçoamento de sistemas existentes e gerenciar equipes de desenvolvimento nos mais diversos níveis. Comparado com as anteriores, espere menos hardware e programação baixo nível.

Outras opções possíveis:

  • Ciências Atuariais
  • Ciências Naturais
  • Desenho Industrial
  • Design de Games
  • Biotecnologia
  • Design Gráfico
  • Matemática
  • Meteorologia
  • Informática Biomédica

Onde estudar Ciências Exatas

Onde estudar exatas no Brasil? Depois de escolher o seu curso, reserve um tempo para decidir em qual universidade pretende estudar.

Confira algumas instituições autorizadas pelo Ministério da Educação e que oferecem cursos na área de Ciências Exatas:

  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA)
  • Centro Universitário UNISEB (UNISEB-Estácio)
  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
  • Universidade de Franca (UNIFRAN)
  • Centro Universitário do Distrito Federal (UDF)
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
  • Faculdade Nordeste (FANOR | DeVry) – em Fortaleza
  • Faculdade Boa Viagem (FBV | DeVry) – em Recife
  • Faculdade Ruy Barbosa (Ruy Barbosa | DeVry) – em Salvador

Saiba que você pode consultar todos os cursos de Ciências Exatas reconhecidos pelo MEC no portal e-mec.

Uma boa preparação

Bom, é claro, além de estudar por conta própria por meio de sites especializados e das muitas opções de cursinho existentes (e que custam bem caro na maioria das vezes!), também é perfeitamente possível fazer aulas particulares com especialistas em apoio escolar. Uma alternativa eficiente e sob medida para aumentar suas chances de sucesso. No Superprof, o preço médio de uma hora de preparação para conseguir passar no vestibular é 58 reais!

Demonstrando pedagogia e habilidades de escuta, o professor particular garante o sucesso de seus alunos ao longo de algumas aulas semanais.

Experimente!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar