"A arte é o elemento que você não pode aprender. Deve ser vivido, caso contrário não existe." - Markus Lüpertz

Em qualquer ambiente de trabalho, estima-se que a maioria dos artistas e designers tenham sido treinados por uma escola. Mais do que o diploma, o treinamento artístico é a base para aprender o trabalho de desenhista. Enquanto alguns escolhem a rota autodidata, muitos ilustradores aprendizes preferem estudar em escolas artísticas. 

Você descobrirá neste artigo todas as formações necessárias para trabalhar no ramo.

O diploma é necessário para se tornar desenhista?

O desenho é uma área que está atraindo cada vez mais jovens ou pessoas em fase de mudança profissional. Torne-se um ilustrador jovem, cartunista ou qualquer coisa relacionada, que lhe permita mostrar sua arte ao mundo. Mas o diploma é obrigatório para acessar esse tipo de profissão?

Embora o diploma não seja necessário para desenhar, não podemos negligenciar o conhecimento adquirido nos cursos.

A resposta é não.

Muitos ilustradores e designers estão entrando no campo artístico sem ter passado por treinamentos e estudos de pós-graduação.

De fato, o desenho é uma atividade artística que pode se manifestar desde tenra idade. Assim, grande parte dos cartunistas profissionais se formou aos poucos e começou sem ter um diploma na mão.

Esses casos são ainda mais frequentes entre os freelancers. Como profissional independente, é inútil mostrar currículos e certificados em potencial aos clientes. Nesta situação, é essencialmente um portfólio que atuará como uma apresentação do artista.

Por outro lado, isso não significa que os diplomas sejam inúteis. Um bom treinamento artístico permite adquirir as bases do desenho e todas as técnicas essenciais ao mercado. Ele também fornece uma estrutura para o trabalho e o progresso, além de aproveitar o apoio dos professores de desenho profissionais para melhorar.

Os diplomas também podem ser necessários ou úteis para se candidatar a vagas de designers em empresas de arte conceitual ou animação. Mas, novamente, há exceções. É perfeitamente possível candidatar-se a uma posição permanente com motivação e boa formação técnica, sem necessariamente ter que apresentar o diploma.

No entanto, o diploma continua sendo uma excelente porta de entrada para a obtenção de estágios e a integração mais fácil à comunidade do desenho.

E tudo pode começar com uma aula de desenho.

Comece agora a fazer cursos de desenho!

Diplomas de design: variados setores

Os diplomas de design são bastante numerosos e podem abranger muitas áreas. A ilustração da juventude, da ciência, das histórias em quadrinhos, dos desenhos animados, do design industrial, do design gráfico, da comunicação visual e dos entusiastas do desenho é permeada pela escolha diante de todos os diplomas disponíveis.

Você já pensou em estudar para produzir estórias em quadrinhos?

Do principiante ao mestre em ilustração, a educação artística é muito ampla.

Os alunos podem iniciar uma educação geral em desenho para obter um pouco de tudo antes de se especializar em uma vertente. Design gráfico, design de movimento, criador de modelos, ilustração, cada campo pode ser objeto de opção para quem se descobre apaixonado pela arte. Os designers aprendizes escolhem suas escolas superiores de acordo com as especialidades de ensino.

Para obter diplomas, os alunos podem escolher entre escolas públicas e particulares. A principal diferença é o custo do treinamento que será maior nas escolas particulares (nas públicas, você somente precisará comprar o material).

No que diz respeito ao diploma, é importante verificar se a escola é reconhecida. Essa é a garantia de que o diploma representará o conhecimento e as técnicas necessárias para o exercício da profissão em questão. Este título pode ser concedido a diplomas de escolas públicas e privadas.

Torne-se um desenhista profissional

Os diplomas para se tornar desenhista são acessíveis a partir do ensino médio. Como exemplo, podemos citar o curso em computação gráfica. Ele prepara os alunos para a execução artística nas áreas de publicidade, comunicação, publicação em editoras, diagramação, etc. É bastante comum continuar os estudos após a obtenção do certificado em Bacharelado Tecnológico ou Profissional.

O curso de artes visuais é um dos caminhos mais conhecidos e escolhidos por perfis artísticos. Misturando assuntos gerais e tecnológicos, esse bacharelado permite aprofundar as bases do desenho e da criação artística de maneira geral.

Dois outros títulos de bacharel ensinam assuntos artísticos:

  • Desenho;
  • Diagramação.

Esses diplomas permitem não fechar as portas, pois é possível entrar na universidade posteriormente, mas também e, acima de tudo, integrar uma escola de arte para continuar aprendendo a arte escolhida.

Também é possível continuar seus estudos com algum outro curso livre, como:

  • Artesanato;
  • Design de comunicação;
  • Design de produtos;
  • Design do interiores;
  • Design de moda;
o design de moda é uma das vertentes de quem deseja se profissionalizar.
  • Design gráfico, comunicação e mídia impressa;
  • Design gráfico para mídia digital;
  • Realização de layout;
  • Realização de um projeto de comunicação, estudos de opção de realização de produtos impressos;
  • Realização de um projeto de comunicação, estudos de opção de realização de produtos plurimídia;
  • Comunicação Visual.

Esses caminhos podem surgir também após a universidade, em forma de pós-graduação e também são uma maneira de crescimento profissional. Alguns alunos decidem seguir para um diploma profissional, outros optam por ingressar nas artes gráficas.

Mas toda essa paixão costuma aparecer depois da primeira aula de desenho.

Sonha em aprender técnicas e desenhar como um verdadeiro artista ? Faça um curso de desenho online !

Torne-se um artista com bacharelado

Como dissemos acima, existem cursos universitários ligados à arte, a partir dos quais é possível dizer que você tem um diploma de artista. Vale lembrar que o diploma só é válido quando acompanhado do conhecimento.

Na pós-graduação, o aluno tem a oportunidade de preparar um projeto prático para apresentar, o que permite o seu primeiro contato com o mundo profissional escolhido.

Mas tudo isso é opcional e o aluno poderá fazer também cursos livres, até se encontrar em uma vertente da arte.

Se considerarmos os níveis de formação em desenho, podemos citar:

  • Arte (pintura, escultura, fotografia);
  • Design (design industrial, têxtil, design gráfico, design espacial);
  • Comunicação (computação gráfica, ilustração, webdesign).

Como se pode ver, trata-se de áreas de atuação bem diferentes. Portanto, certifique-se de escolher aquela que lhe fará feliz com base nas opções oferecidas.

Também é possível treinar em escolas particulares. Cada escola organiza, individualmente, esses diplomas de maneira específica e é aconselhável abordar diversas opções para descobrir suas ofertas de formação.

Para você ter uma ideia, existe curso até para produzir estórias em quadrinhos.

Torne-se um artista renomado

Os cursos universitários no Brasil normalmente seguem a linha licença - mestrado - doutorado. Ao atingir um certo nível, o estudante, além de tornar-se profissional, pode também estender sua carreira a professor universitário.

Entretanto, o seu sucesso como artista virá da combinação formação + talento. Lembre-se de que, para seguir uma carreira artística, é necessário, antes de mais nada, acreditar. Infelizmente, a arte é um setor que recebe pouco incentivo em nosso país e você precisa estar preparado para seguir, muitas vezes, sem o apoio até mesmo da família.

Mas lembre-se de que tudo valerá a pena se você estiver lutando por seus verdadeiros sonhos. Uma vez iniciada a vida profissional, é comum que passemos mais tempo trabalhando do que em momentos de lazer, e seria uma verdadeira tortura trabalhar com algo que não lhe apetece.

Torne-se um profissional de artes cênicas

Você já parou para pensar que é possível se tornar ator / atriz a partir de um curso universitário? Estamos falando do curso de artes cênicas, que é oferecido até por algumas universidades públicas, como a USP. Portanto, se você acha que tem talento para atuar, por que não considerar essa opção?

A boa notícia é que você não precisa partir direto para a formação superior, sob o risco de não gostar do curso. Normalmente, pessoas que desejam seguir essa carreira, começam ainda crianças, a partir de cursos livres de teatro. A partir daí, é possível mensurar se essa é mesmo a sua vontade.

É claro que nem todos os que se formam se tornam atores "Globais", mas pode ser que a sua felicidade resida em viver da arte em peças de teatro, espetáculos de rua e breves atuações em emissoras de menor porte.

E tudo bem. O importante é ser feliz com a sua escolha profissional.

Diplomas para se tornar um designer industrial

O trabalho de desenhista também pode ser encontrado no mundo industrial.

Você pode atuar ainda em um escritório de desenho industrial.

Em um escritório de design, com o design de produtos industriais, em obras públicas, em uma empresa de arquitetura, em engenharia civil, aeronáutica, no funcionário de uma empresa de construção, o trabalho do desenhista é fazer diagramas e encontrar soluções técnicas através do desenho.

As empresas de consultoria recrutam muito nesse campo de atividade. E para se tornar designer, desenhista, gerente de projeto de um escritório de design ou qualquer outro profissional do gênero, os alunos devem treinar não apenas nas técnicas tradicionais de desenho, mas também conhecer as ferramentas de computador, como o software Autocad.

Para treinar em design industrial, você pode fazer um curso técnico que o fará especialista em construções, por exemplo. Para graus mais altos, os estudantes podem cursar engenharia civil e procurar um estágio para conhecer "de perto" a área.  De qualquer forma, esses estudos estão muito distantes da formação profissional e dos diplomas em ilustração e design.

Cabe a você fazer sua escolha!

E se tudo o que você quer é manter algum contato com as possíveis áreas a serem escolhidas antes de partir para a universidade, que tal acessar agora mesmo o Superprof e contratar um professor particular de desenho?

Quais são as maiores escolas de desenho do Brasil?

"A arte é um esforço para criar, ao lado do mundo real, um mundo mais humano." - André Maurois

O MEC (Ministério da Educação e Cultura) reconhece hoje os cursos de Artes Plásticas, Artes Visuais, Desenho de Moda, Desenho Industrial, Design, Design de Interiores e Design de Produto. Isso é suficiente para você acreditar que o seu sonho de se tornar artista faz sentido, afinal trata-se de uma profissão oficialmente reconhecida.

Para concluir um treinamento artístico completo e obter um dos diplomas mencionados acima, cada aluno deve começar escolhendo sua escola de arte superior. Privada ou pública, o importante é que a instituição escolhida ofereça um currículo e cursos alinhados ao seu projeto profissional.

Algumas escolas, mais do que outras, são particularmente reconhecidas e apreciadas no mundo profissional. Aqui está uma lista não exaustiva dessas escolas presentes em nosso país:

  • Escola de Belas Artes de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e outros Estados;

As escolas de Belas Artes diferem das demais universidades que oferecem cursos ligados ao assunto por sua especificidade. Trata-se de um modelo de instituição de ensino que está presente no Brasil e no mundo todo. Há estudantes brasileiros que partem para o exterior em busca de uma dessas escolas, mas é possível acessá-las aqui mesmo no Brasil.

  • Faculdade Paulista de Artes;

Criada em 1998, a FPA é filiada ao MEC desde 2015. Isso significa que a sua formação superior será oficialmente reconhecida.

Hoje, ela busca manter os padrões de qualidade no ensino e conta com 12 cursos de graduação e 8 de pós-graduação, além dos programas específicos, como a formação de docentes. Dentre os principais estudos, podemos citar:

  • Design de moda;
  • Arquitetura;
  • Publicidade e propaganda;
  • Artes visuais;
  • Dança;
  • Música;
  • Teatro.
  • Centro de Artes da Universidade Federal do Espírito Santo;

Em Vitória, capital do Espírito Santo, mais precisamente no campus de Goiabeiras da Universidade Federal do Estado, está localizado o Centro de Artes, com opções de graduação em várias vertentes ligadas ao tema.

Seu antecedente, o Instituto de Belas Artes do Estado, teve apenas um pequeno período de atuação (de 1909 a 1916). Em seguida, vieram outras versões da instituição, mas sempre as atividades eram encerradas por questões políticas ou estruturais.

Mas foi em 1971 que o CAr veio para ficar, oferecendo opções de graduação, pós-graduação e o curso de extensão de arte e pesquisa. Algumas das formações, inclusive, podem ser realizadas na modalidade EaD (ensino à distância).

Hoje em dia, já existe a oportunidade de estudar artes à distância.

O incentivo aos alunos é premissa básica da universidade que oferece até mesmo a possibilidade de uma ajuda de custo para a realização de certas pesquisas e trabalhos de campo.

  • Centro de Artes da UDESC;

Fundado em 1985, dentro da UDESC (Universidade do Estado de Santa Catarina), o Ceart (Centro de Artes) oferece formação superior aos alunos, além de algumas opções de mestrado e doutorado.

Seu diferencial fica por conta do oferecimento de vivências que se assemelham ao mercado de trabalho. Os alunos de Design de moda, por exemplo, têm a oportunidade de participar de uma oficina na empresa júnior de design e moda do centro universitário.

De acordo com o curso, os alunos podem ainda participar de treinos esportivos, apresentações de teatro e recitais, tudo como forma de preparar essas pessoas para o mercado e suas diversas vertentes e oportunidades.

Quantos aos cursos oferecidos, podemos destacar:

  • Artes visuais;
  • Moda;
  • Música;
  • Teatro;
  • Design gráfico;
  • Design industrial.

Também há as opções de pós-graduação.

  • Faculdade de Artes Dulcina de Moraes.

Mantida pela Fundação Brasileira de Teatro (FBT), a faculdade de Artes Dulcina de Moraes, de Brasília, foi criada a partir de um sonho da atriz homônima. Fundada em 1982, a princípio a instituição oferecia apenas cursos de Educação Artística, Artes Cênicas e Música.

Sua principal missão é estimular a criatividade do aluno que descobriu seu talento para a arte e oferecer meios de qualidade para que essas habilidades possam ser desenvolvidas em todo o seu potencial.

Hoje em dia, o curso de Artes Plástica também faz parte do rol de formações oferecidas, sem contar os cursos de extensão, e eventos culturais, como a mostra Dulcina de Moraes, ocorrida em dezembro do ano passado.

Há alunos que partem para a Europa em busca de conhecer escolas de belas artes.

Como se pode ver, as formações em artes estão por toda parte do nosso país e você pode acessá-la procurando uma universidade especializada em seu Estado (ou pode até mudar de Estado se concluir que vale a pena). Além disso, você pode viajar para a Europa para conhecer famosas escolas de belas artes pelo mundo.

E tudo isso pode começar com uma aula de desenho. Que tal começar a procurar pelo seu professor agora mesmo?

Mas como reconhecer uma boa escola de arte?

O fato de a escola ser pública ou privada não afeta a qualidade das aulas oferecidas. Para ajudar os alunos a escolher a escola certa, algumas delas podem solicitar o reconhecimento do Estado. Para obter esse reconhecimento, a escola deve respeitar algumas regras operacionais, especialmente em ofertas de treinamento. Ao ser reconhecida pelo Estado, a instituição pode oferecer certificados oficiais e opções de bolsas aos seus alunos.

Durante os estudos, vá criando o seu portfólio.

Algumas escolas também são reconhecidas pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura).

Todas as principais escolas de arte do Brasil são altamente cobiçadas pelos formandos do Ensino Médio que desejam seguir carreira artística. Para ser bem sucedido nos cursos oferecidos por elas, os alunos podem participar de concursos de artes e práticas artísticas ou apresentar um portfólio com trabalhos artísticos pessoais. Às vezes, o histórico escolar é solicitado para ingresso. Há escolas que também levam em conta a motivação dos candidatos às suas vagas.

Uma vez admitido em uma escola especializada, é aconselhável fazer o máximo para ter sucesso em todo o curso até conquistar o diploma!

Nossas dicas para estudos de design bem-sucedidos!

O primeiro conselho, antes de iniciar seus estudos e ter sucesso em seu currículo artístico é, obviamente, fazer a escolha certa quanto ao estabelecimento da educação artística. Uma má orientação pode fazer você perder a motivação para desenhar e o interesse pela arte em geral. Não participe de um curso de desenho animado, se você ainda não fez uma história em quadrinhos, a menos que a área também lhe interesse.

Muitas pessoas acabam desistindo da carreira dos seus sonhos devido a más experiências em cursos e falta de sensibilidade de certos professores. Isso porque os estudos de arte exigem muita motivação e investimento pessoal. É quase impossível seguir esse treinamento sem ser apaixonado por ele. Ninguém é artista só pelo dinheiro!

Uma vez admitido em uma dessas formações, o primeiro objetivo é fazer de tudo para se preparar bem para a sua saída. Sim, é porque é após a passagem pela escola que começa verdadeiramente a sua carreira. O real objetivo de uma escola de arte não é que você seja um grande destaque. O ensino artístico superior visa dar aos jovens artistas as chaves para iniciar uma carreira profissional, independente ou assalariada.

É necessário, então, montar um portfólio, diferente daquele que você usou para as admissões, para se fazer conhecer no mercado e mostrar do que você é capaz. Este acervo é realizado ao longo da carreira escolar. É por isso que você não deve hesitar em testar novos estilos e novas técnicas. Depois, é só escolher seus melhores trabalhos para mostrá-los ao mundo.

A escola de arte é o lugar perfeito para testar, errar e procurar conselhos de profissionais. Uma vez fora dela, você terá que estar pronto para trabalhar, então aproveite seus estudos para cometer todos os erros possíveis e aprender com eles.

Aproveite a oportunidade de visitar exposições e criar uma cultura artística essencial para um artista, especialmente na história da arte. Em um grupo com seus colegas de classe, os passeios culturais também são uma boa maneira de criar novas amizades e apoiar-se mutuamente em tempos difíceis. Além disso, podem ser o início da sua rede de networking.

Aproveite a época de estudos para visitar museus e exposições.

Ventilar o cérebro e descansar também é a melhor maneira de tornar-se mais disponível para momentos de necessidade. Não se esqueça de relaxar e aproveitar esses belos anos de estudante.

E você? Já começou a se preparar para a sua carreira artística? Ainda não? Então que tal encontrar agora mesmo o seu professor particular de desenho na plataforma Superprof?

"Desenho é a honestidade da arte. Não há possibilidade de trapaça. Ele é bom ou ruim." - Salvador Dali, artista plástico surrealista espanhol

Precisando de um professor de Desenho ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Marcia

Jornalista. Professora. Tradutora. Bailarina. Mãe. Mulher. Dedicada às minhas lutas diárias. Em constante transformação. Quando não há mais nada a dizer, escrevo!!!