Quando decidimos fazer aulas particulares muitos critérios devem ser levados em consideração: idade, grau de escolaridade, a escolha da disciplina, nível de conhecimentos do aluno, entre outros.

Em primeiro lugar, é necessário encontrar um professor adequado às suas necessidades. Este é uma aspecto muito importante, pois dependendo do  grau de conhecimentos na disciplina estudada, o professor precisará adaptar sua metodologia, afinal assim como uma aula muito complexa para alunos iniciantes não servirá para muita coisa, uma aula sobre conceitos básicos para um aluno avançado será uma perda de tempo.

Para evitar este tipo de inconveniente, o aluno precisa ser capaz de analisar suas competências e saber qual nível ele possui. Obviamente, o professor poderá ajudá-lo por meio de uma avaliação, mas antes mesmo de procurar um professor particular, o interessado precisa ser capaz de explicar quais são seus desejos e expectativas com relação às aulas.

Graças à crescente popularidade das aulas individuais, agora é possível contratar um professor particular independentemente do seu nível de conhecimentos em uma disciplina. Longe de ser restritivo, o ensino à domicílio está se tornando cada vez mais aberto e acessível a todos os estudantes.

Que você seja um pai ou uma mãe à procura de aulas de reforço para seu filho, estudante universitário ou mesmo um adulto em busca de aprender uma nova língua, seguindo nossos conselhos você certamente encontrará o professor ideal.

E não deixe de conferir as aulas online!

Rodolfo
Rodolfo
Professor de Solfejo
5.00 5.00 (2) R$60/h
1a aula grátis!
Najla
Najla
Professor de Matemática
5.00 5.00 (74) R$90/h
1a aula grátis!
Marina
Marina
Professor de Espanhol
R$25/h
1a aula grátis!
Diego
Diego
Professor de Alemão
5.00 5.00 (10) R$100/h
1a aula grátis!
Arnaldo
Arnaldo
Professor de Auxílio na redação de dissertações e teses
R$30/h
1a aula grátis!
Mariana
Mariana
Professor de Marketing
5.00 5.00 (2) R$80/h
1a aula grátis!
Sara
Sara
Professor de Matemática
5.00 5.00 (9) R$50/h
1a aula grátis!
Alanna
Alanna
Professor de Dança
5.00 5.00 (5) R$65/h
1a aula grátis!
Jorge
Jorge
Professor de Redação
5.00 5.00 (47) R$50/h
1a aula grátis!
Thaynne
Thaynne
Professor de Pilates
5.00 5.00 (6) R$60/h
1a aula grátis!
Najla
Najla
Professor de Matemática
5.00 5.00 (74) R$90/h
1a aula grátis!
Laissa
Laissa
Professor de Cálculo
R$70/h
1a aula grátis!
Larissa
Larissa
Professor de Reforço escolar
5.00 5.00 (8) R$30/h
1a aula grátis!
Nancy
Nancy
Professor de Espanhol
5.00 5.00 (47) R$50/h
1a aula grátis!
Allex
Allex
Professor de Fotografia
5.00 5.00 (29) R$80/h
1a aula grátis!
Daniel
Daniel
Professor de Física
R$25/h
1a aula grátis!
Arthur
Arthur
Professor de Francês
5.00 5.00 (6) R$40/h
1a aula grátis!

Aulas particulares para crianças na pré-escola

Você já parou para pensar que as aulas particulares podem contribuir para o desenvolvimento intelectual e cognitivo do seu filho? A educação infantil consiste na educação de crianças com idades entre 0 e 5 anos. Nesta fase as crianças são estimuladas a exercitar as suas capacidades e habilidades através de atividades lúdicas, brincadeiras e jogos.

pedagogia adaptada para crianças pequenas
Com uma pedagogia adaptada as crianças aprendem novos conceitos de forma lúdica e divertida.

O objetivo do ensino infantil é garantir que as crianças se desenvolvam da forma correta, estimulando suas potencialidades  emocionais, sociais, físicas, motoras e cognitivas. As aulas particulares à domicílio podem contribuir de maneira muito positiva nestes aspectos.

Além de ajudar seu filho a descobrir o mundo de uma forma lúdica, o professor particular também contribuirá para que a criança adquirira senso de responsabilidade, organização e disciplina. Entretanto, os pais precisam ficar atentos para não sobrecarregar as crianças com atividades que muitas vezes não são adaptadas ao gosto delas. Os pais devem procurar priorizar aquela atividade que melhor atenda à faixa etária e às necessidades do filho.

É importante enfatizar que as aulas à domicílio podem ser uma oportunidade para as crianças mais novas praticarem atividades que estimulem habilidades motoras, artísticas e sensoriais. Se trata de iniciar os pequenos em disciplinas que possam agregar valor ao aprendizado e proporcionar um real momento de lazer.

Existem diferentes pesquisas na área de neurociências que mostram que os primeiros anos de vida da criança são fundamentais para o seu desenvolvimento cerebral, pois é nesta fase que a maioria das conexões neurais se formam. Por isso, é importante propor ao seu filho atividades que estimulem diferentes áreas do cérebro, como aulas de  música, por exemplo.

A iniciação musical durante a educação infantil  ajuda a melhorar a sensibilidade das crianças, a capacidade de concentração e a memória, trazendo benefícios ao processo de alfabetização e ao raciocínio matemático. A música também tem a capacidade de melhorar a linguagem escrita e oral. Outra disciplina que estimula o aprendizado e o desenvolvimento cerebral é a arte. A criança tem uma mentalidade muito semelhante à do artista, pois ambos tem uma grande facilidade em ingressar no universo do faz de conta, usando assim, o dom de fantasiar e de usar a criatividade sem limites.

Além das atividades artísticas, o professor particular também pode introduzir seu filho no mundo das letras e dos números. Através de recursos lúdicos como contação de histórias em voz alta e brincadeiras com rimas e canções a criança pode aprender a ler brincando e se divertido. A matemática também pode ser abordada de forma lúdica, permitindo assim que as crianças desenvolvam de forma espontânea e criativa seus conhecimentos.

O ideal é que a criança experimente novos horizontes e adquira novos conhecimentos sem pressão e sem buscar eficiência. Estas aulas em casa devem ser divertidas, lúdicas e agradáveis. O papel do educador é estimular, encorajar e apreciar o resultado do esforço infantil, sem procurar “erros” para apontá-los ou modificá-los.

Entenda melhor o interesse das aulas particulares para crianças na pré-escola.

Aulas particulares para alunos do ensino fundamental

A transição do ensino infantil para o ensino fundamental é um momento crucial na escolarização das crianças e  as aulas particulares podem contribuir positivamente  para ajudar nesta nova fase da vida escolar do seu filho.

Diferentemente da escola primária, onde seu filho estava acostumado a ter um único professor para todas as matérias durante todo o ano letivo, no ensino fundamental ele terá vários professores diferentes. Sua aprendizagem tomará uma outra importância, o que pode constituir uma fonte de angustias e falta de confiança em si mesmo.

aprender a ser mais independente nos estudos com ajuda do professor particular
No ensino fundamental os alunos precisam ter mais autonomia e dedicar mais tempo aos estudos.

A medida que as aulas se tornarão mais complexas, as dificuldades no aprendizado podem aparecer. As aulas de português, por exemplo, são mais exigentes no ensino fundamental em termos de ortografia e gramática. As redações serão  particularmente difíceis para aqueles que não têm uma boa base e não estão habituados a usar a norma culta da língua com frequência.

É normalmente no ensino fundamental que as crianças começam a estudar línguas estrangeiras também. As mais comuns são inglês e espanhol e o objetivo das aulas é aprofundar as bases gramaticais e dar ênfase à expressão oral. Um desafio a mais que seu filho deverá enfrentar.

Devido à multiplicação do número de matérias estudadas, esta etapa escolar requer maior autonomia e exige do aluno maior senso crítico e analítico, além da capacidade de reflexão e de auto-avaliação.

Com boas aulas de reforço e um acompanhamento personalizado, o estudante será capaz de acompanhar as novas matérias, mesmo aquelas nas quais ele tem mais dificuldades, e conseguirá garantir um bom rendimento escolar. O professor particular à domicílio oferecerá um ensino complementar ao da escola, que ajudará seu filho a desenvolver suas habilidades, organizar os estudos e se sentir mais seguro e confiante.

Veja também: Aulas particulares para alunos do ensino fundamental.

Rodolfo
Rodolfo
Professor de Solfejo
5.00 5.00 (2) R$60/h
1a aula grátis!
Najla
Najla
Professor de Matemática
5.00 5.00 (74) R$90/h
1a aula grátis!
Marina
Marina
Professor de Espanhol
R$25/h
1a aula grátis!
Diego
Diego
Professor de Alemão
5.00 5.00 (10) R$100/h
1a aula grátis!
Arnaldo
Arnaldo
Professor de Auxílio na redação de dissertações e teses
R$30/h
1a aula grátis!
Mariana
Mariana
Professor de Marketing
5.00 5.00 (2) R$80/h
1a aula grátis!
Sara
Sara
Professor de Matemática
5.00 5.00 (9) R$50/h
1a aula grátis!
Alanna
Alanna
Professor de Dança
5.00 5.00 (5) R$65/h
1a aula grátis!
Jorge
Jorge
Professor de Redação
5.00 5.00 (47) R$50/h
1a aula grátis!
Thaynne
Thaynne
Professor de Pilates
5.00 5.00 (6) R$60/h
1a aula grátis!
Najla
Najla
Professor de Matemática
5.00 5.00 (74) R$90/h
1a aula grátis!
Laissa
Laissa
Professor de Cálculo
R$70/h
1a aula grátis!
Larissa
Larissa
Professor de Reforço escolar
5.00 5.00 (8) R$30/h
1a aula grátis!
Nancy
Nancy
Professor de Espanhol
5.00 5.00 (47) R$50/h
1a aula grátis!
Allex
Allex
Professor de Fotografia
5.00 5.00 (29) R$80/h
1a aula grátis!
Daniel
Daniel
Professor de Física
R$25/h
1a aula grátis!
Arthur
Arthur
Professor de Francês
5.00 5.00 (6) R$40/h
1a aula grátis!

Aulas particulares para estudantes do ensino médio

Se você está no ensino médio, provavelmente está se preparando para os vestibulares e para o Enem. Em meio às obrigações com a escola, provas, seminários e o estresse decorrente da carga de tarefas a fazer, fica difícil se organizar e administrar bem o tempo dedicado aos estudos.

Esta nova etapa da  vida escolar demanda mais autonomia e comprometimento da  parte do estudante. É também nesta fase que os jovens precisam escolher suas futuras profissões e as dúvidas e inseguranças começam a aparecer.

Com o suporte de um professor particular, o estudante poderá abordar todas estas questões de forma mais serena, pois além de ajudá-lo com os conteúdos das disciplinas estudadas, o professor também poderá orientá-lo quanto a escolha do curso mais apropriado. Com uma pedagogia adaptada, o educador à domicílio poderá orientar o aluno com a organização das revisões para as provas e para o vestibular.

Fazer lição particular durante o ensino médio ajuda a reforçar os conteúdos aprendidos e a melhorar as habilidades do estudante nos diferentes assuntos ensinados. Todo o conteúdo aprendido nesses 3 anos são quase exclusivamente voltados para o que é pedido nos vestibulares mais famosos do Brasil e no Enem.

Os 3 anos de ensino médio são cruciais na vida estudantil dos jovens alunos. Além de se adaptar a nova rotina de aulas e aos novos conteúdos, eles têm que escolher em qual área do conhecimento gostariam de continuar seus estudos acadêmicos. O professor particular será de grande ajuda neste momento, pois ele poderá avaliar a habilidades do aluno e descobrir qual área é mais apropriada para ele.

Além disso, as aulas particulares são uma oportunidade para fazer um balanço das dificuldades e deficiências encontradas pelo estudante, bem como identificar aspectos que devem ser melhorados.

Um professor particular é capaz de acompanhar o aluno ao longo de todo o ano letivo, dando o suporte necessário para que este recupere as notas e o bom desempenho. Desta forma, o fracasso escolar pode ser evitado através de aulas de reforço que terão por objetivo colocar o aluno de volta nos “trilhos” da aprendizagem e garantir que ele se saia bem nos vestibulares.

Não deixe de ler nosso artigo sobre aulas particulares para alunos do ensino médio.

Aulas particulares para alunos do ensino superior

Assim como os alunos dos ensinos fundamental e médio, alunos de universidades muitas vezes também precisam de aulas de reforço em determinadas matérias. Neste caso, o principal objetivo do professor particular será de ajudar o aluno a obter seu diploma.

aulas de reforço na faculdade
Jovens universitários também podem precisar de uma ajuda extra para melhorar os resultados acadêmicos.

Para garantir os bons resultados, os alunos do ensino superior precisam se dedicar quase que exclusivamente ao estudos. Entretanto, nem sempre é fácil conciliar os estudos com outras atividades e alguns alunos acabem sendo reprovados em diversas matérias. É aí que o professor particular pode intervir, oferecendo aulas de reforço escolar aos estudantes com maiores dificuldades.

A quantidade de leituras, trabalhos e provas que um aluno tem na faculdade pode ser assustadora para os estudantes recém chegados. Além disso, as leituras no ensino superior são muito mais longas e densas do que as que ele estava habituado. Assim, o nível de comprometimento com os estudos deverá ser ainda maior.

Uma das principais razões do mau desempenho dos universitários é a falta de comprometimento com os estudos, em especial no primeiro ano de faculdade. O acúmulo de tarefas, assim como as demais obrigações que o aluno possa ter pode levá-lo a desanimar dos estudos.

O professor particular tem por missão colocar o aluno de volta no “bom caminho”. Para tal, ele usará não apenas de seus conhecimentos, mas também de sua experiência, afinal, um dia o professor também já foi aluno e conhece todos os desafios e dificuldades da vida acadêmica.

O professor, ao orientar o aluno, estará igualmente contribuindo para melhorar sua autonomia, mostrando-o que ele é capaz de progredir com seus próprios recursos. Alguns dos principais motivos de desistência acadêmica são:

  • falta de organização e de assiduidade nas aulas;
  • pouca dedicação da parte do aluno e falta de comprometimento com os estudos;
  • má orientação quanto ao conteúdo do curso;
  • falta de alinhamento do nível do aluno com o nível exigido pela faculdade, entre outros.

Tendo como objetivo promover a melhoria no desempenho acadêmico do estudante, o professor particular poderá ajudar com aulas personalizadas. Seu papel é orientar o aluno e aprofundar os conhecimentos deste em determinadas disciplinas indispensáveis ao entendimento das aulas no ensino superior, de forma a otimizar o aprendizado, suprindo, portanto, possíveis lacunas.

Você já ouviu falar em aulas de reforço para alunos universitários?

Como encontrar o melhor professor para acompanhamento escolar?

O que faz de um profissional da educação um ótimo professor? O ensino é hoje um dos trabalhos mais complicados e, mesmo assim, ainda pouco valorizado.

Ser um bom professor particular exige amplo conhecimento do assunto ensinado assim como do currículo escolar dos aprendizes. Além do mais, é preciso que tutores particulares demonstrem entusiasmo, carinho e amor pelo ensino e aprendizado. Conhecimento de pedagogia e gestão de sala de aula, assim como o desejo de fazer a diferença na vida dos jovens alunos também é essencial. Com todas essas qualidades necessárias, não é de se admirar encontrar ótimos professores possa não ser uma das tarefas mais fáceis, tanto para os alunos quanto para os seus pais.

Tal missão pode ficar um pouco mais fácil quando se conhece um pouco mais sobre o que torna um professor de reforço um profissional ainda melhor. Abaixo apresentamos algumas características de tutores de aula de reforço escolar desenho, matematica, portugues, geografia... ou seja, especialistas em todo e qualquer tipo de matéria!

Alunos sejam nivelados pelo alto

Bons professores são aqueles que estabelecem grandes expectativas para todos os alunos. Tais profissionais esperam que todos os seus alunos, independente das dificuldades, consigam alcançar - e alcancem! - seus objetivos em sala de aula. Bons professores não desistem dos alunos que não conseguem e continuar trabalhando ao lado deles rumo ao sucesso.

Um bom professor deve ajudar seus alunos a encontrar um equilíbrio nos estudos.

Objetivos claros e realísticos

Os bons professores têm objetivos claros e realísticos. Professores de reforço bem sucedidos fazem planos de aula que dão aos alunos uma ideia clara do que eles aprenderão, quais serão os temas abordados e qual é a política de classificação.

Os exercícios têm objetivos de aprendizado e oferecem aos alunos ampla oportunidade de praticar novas habilidades. O professor é consistente na hora de dar as notas e retorna o trabalho em tempo hábil.

Preparados e organizados

Grandes professores são preparados e organizados. Eles estão nas salas de aula cedo e estão prontos para ensinar. Eles apresentam lições de maneira clara e estruturada. Suas salas de aula são organizadas de forma a minimizar as distrações.

Envolvimento dos alunos

Os bons professores envolvem os alunos, fazendo com que eles sejam capazes de analisar os problemas apresentados de várias maneiras.

Professores eficientes e bons de serviço usam exemplos como ponto de partida, não como ponto final. Tais educadores fazem perguntas sobre “porquês”, abordam todos os ângulos possíveis para uma resposta correta e ainda incentivam os alunos a prever o que acontecerá a seguir.

Bons tutores fazem perguntas com frequência para garantir que os alunos estejam acompanhando o ritmo da aula, além de manter os aprendizes motivados com abordagens variadas e animadas. Porque, no final das contas, nada melhor do que aprender se divertindo, não é mesmo?!

Criação laços com os pupilos

Os grandes professores formam um forte relacionamento com seus alunos, mostrando que se preocupam com eles não só como "meninos aprendendo", mas como indivíduos com necessidades e habilidades únicas e distintas.

Os bons professores são calorosos, acessíveis, entusiasmados e atenciosos. Sabe-se que os professores com essas qualidades não ligam de ficar mais tempo na escola depois das aulas, e se colocam à disposição dos alunos e pais que deles precisam. Além do mais, os bons professores são os mais propícios a estarem envolvidos em comitês e atividades no universo educacional, demonstrado comprometimento com a atividade profissional que escolheram.

Quando aluno e professor criam laços, todo mundo sai ganhando!

Domínio da matéria ensinada

Os grandes professores são mestres em seus assuntos. Eles exibem conhecimentos nas matérias que ensinam e passam tempo se dedicando à aquisição de novos conhecimentos em seu campo de especialização. Eles apresentam o material didático de maneira entusiasmada, o que lhes permite instigar seus alunos a aprender mais por conta própria.

Boa comunicação com os pais dos alunos

Bons professores se comunicam frequentemente com os pais dos alunos (ou com os alunos diretamente, no caso de serem adultos). Esses profissionais marcam reuniões informativas e preparam relatórios escritos com frequência, permitindo um melhor acompanhamento do desenvolvimento do aluno.

Bons professores não hesitam em pegar o telefone para entrar em contato com os responsáveis pelo aprendizado do pupilo caso estejam preocupados com um aluno.

Escolha as aulas particulares adequadas ao seu nível

Antes de tomar aulas particulares em qualquer disciplina e encontrar o professor que irá acompanhá-lo ao longo do ano letivo, um primeiro passo é essencial: conhecer o seu nível. Basicamente, para o aprendizado de qualquer disciplina é possível estabelecer uma avaliação a partir de 4 níveis diferentes de conhecimento: iniciante, intermediário, avançado e  especialista.

Vale ressaltar que, esta avaliação não é 100% exata e que muitas vezes você terá a impressão de não se encaixar em nenhum dos níveis ou em vários ao mesmo tempo. No entanto, ela é bem útil para ajudá-lo a determinar quais critérios levar em consideração quando for escolher seu professor e o tipo de aulas que você desejaria ter.

as aulas particulares são para todos os níveis e idades
Conhecer seu nível pode ajudá-lo a escolher as aulas ideais em qualquer idade.

Antes de começar a estudar algo, é interessante fazer uma ou várias aulas de iniciação. Uma aula de iniciação, ou de introdução à uma determinada área do conhecimento tem por objetivo fornecer as primeiras noções e os elementos básicos sobre o assunto em questão.

Saiba porque é importante ter aulas particulares adaptadas ao seu nível!

Quando nos referimos ao ensino escolar, o conceito de nível será aplicado para indicar a etapa do ensino em que o aluno se encontra: pré-escola, ensino fundamental ou médio, ensino superior, etc. O nível também serve para indicar a série do aluno (5° ano do ensino fundamental, 1° ano do ensino médio, etc.).

Nem sempre o nível real do estudante corresponde aos critérios exigidos pela escola. Algumas crianças e adolescentes podem possuir conhecimentos além dos oferecidos pela escola, e outras podem apresentar um atraso. Este último caso é o mais comum. É aí que o professor particular pode intervir. Ele avaliará quais noções do programa escolar o aluno adquiriu e quais ele ainda precisa assimilar.

Quando se trata do ensino de línguas estrangeiras, os critérios de avaliação são determinados pelo CEFR (Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas), um padrão internacional utilizado para descrever habilidades linguísticas. Os conhecimento do aluno são divididos em três categorias: A (falante básico), B (falante independente) e C (falante proficiente).

Quando a disciplina não possui um sistemas de avaliação de níveis muito preciso, você pode se basear nos 4 aspectos que nós mencionamos anteriormente para avaliar suas habilidades.

Nosso conselho é que você seja sincero consigo mesmo e tente avaliar de maneira precisa que tipo de conhecimento você possui naquela área. Assim, você conseguirá explicar para o professor quais são suas necessidades, o que você gostaria de aprender e para que.

Preparamos a tabela abaixo com um breve resumo dos níveis:

Tipo de estudoNíveis
Ensino escolarEnsino Infantil
Ensino Fundamental
Ensino Médio
Ensino de Línguas
(classificação européia)
A1, A2
B1, B2
C1, C2
Ensino de músicaIniciante
Intermediário
Avançado
Especialista
Disciplina sem sistema de avaliaçãoIniciante
Intermediário
Avançado
Especialista

Então, preparado para encontrar o seu professor particular de reforço no Superprof?

Precisando de um professor de ?

Você curtiu esse artigo?

4,50/5, 2 votes
Loading...

Glicia

Mestre em linguistica e fotógrafa. Mineira morando em Paris há quase uma década. Apaixonada por idiomas, fotografia e café.