Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

As melhores universidades de letras português – espanhol

De Marcia, publicado dia 26/04/2019 Blog > Idiomas > Espanhol > Onde estudar para tornar-se professor da língua espanhola?

Além do inglês, que pode ser considerado indispensável para o mercado de trabalho, o espanhol vem conquistando um importante espaço na vida dos brasileiros. O hábito de estudar espanhol, que surgiu como uma segunda opção de língua estrangeira, ou mesmo um terceiro idioma, já se tornou uma prioridade para muitos.

Algumas pessoas preferem estudar o idioma por ele ser mais próximo ao português e outras por acreditarem que, já que o inglês está mais difundido, esse seria o verdadeiro diferencial para o mercado de trabalho. Ambas as linhas de raciocínio são válidas, se pensarmos que o conceito de sucesso na carreira não é o mesmo para todos.

Mas… de que forma essa procura maior por cursos de espanhol impacta na vida de quem deseja tornar-se professor de idiomas?

Ao ingressar em uma faculdade de letras, muitas pessoas não hesitam em escolher o inglês, partindo do princípio de que “todo mundo precisa estudar o idioma” e, dessa forma, alunos não vão faltar. Entretanto, ser professor de espanhol, em uma fase na qual o aprendizado da língua está em expansão pode ser a sua melhor arma para o sucesso profissional.

Formandos em letras A universidade é o caminho para realizar o sonho de dar aulas de espanhol.

Para você, que já decidiu cursar letras com habilitação em espanhol, a escolha da universidade pode soar um tanto difícil. Pensando nisso, preparamos um post especial com as melhores faculdades de letras português – espanhol.

Quer aprender espanhol antes de entrar na faculdade? Veja aqui as melhores aulas de espanhol online!

Melhores universidades para estudar

Para quem deseja se tornar um bom professor (ou mesmo tradutor) do espanhol, é necessária uma boa formação. Na hora de escolher onde estudar, não basta optar pelo local de mais fácil acesso: é preciso pensar na qualidade do ensino. Escolher uma faculdade bem conceituada impacta diretamente nas suas oportunidades no mercado e na qualidade do seu trabalho.

UFRGS – Rio Grande do Sul

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul oferece cursos com bacharelado em letras, habilitação para tradução português – espanhol e licenciatura em letras português – espanhol. Para quem deseja ingressar na área, trata-se de uma boa opção.

Além dos conceitos básicos para tornar-se professor, como psicologia da educação, sociologia e literatura, a grade curricular traz ainda conhecimentos históricos e culturais do espanhol e algumas disciplinas alternativas, como as relacionadas a literatura espanhola.

A UFRGS surgiu com 1895, inicialmente só com os cursos de química, farmácia e engenharia. Com o passar do tempo, ela expandiu suas áreas de atuação, tendo o curso de letras implantado em sua grade por volta de 1934. Hoje, com 84 anos de atuação, representa o sonho de estudos de grande parte dos jovens que desejam ingressar em uma universidade.

E isso não se resume à sua localidade: há quem se desloque de cidade ou mesmo de Estado para ter a oportunidade de estudar por lá, já que além do espanhol, há ainda a opção de habilitar-se em alemão, francês, italiano, grego ou inglês.

UNICASTELO – São Paulo

A UNICASTELO (Universidade Camilo Castelo Branco) tem dois campus: um está localizado no bairro de Itaquera, em São Paulo e o outro na cidade de Fernandópolis.

O curso de letras português – espanhol proporciona ao aluno o contato com o aprendizado da literatura de ambos os idiomas e o habilita para ministrar aulas para o Ensino Fundamental e Médio. Além disso, a partir dos conhecimentos adquiridos, ele pode ainda optar por realizar pesquisas ou tornar-se professor em institutos de idiomas.

Trata-se de uma instituição privada que surgiu em 1968, em meio aos protestos estudantis por uma renovação a nível de ensino e sociedade. Talvez seja por isso que ela conserva, até hoje, uma forte ligação com os avanços nesse sentido em âmbito mundial.

Um dos seus principais objetivos é a democratização do ensino. Não é a toa que já são mais de 27 mil alunos formados em padrões de qualidade elevados, que certamente garantem boas oportunidades de ingresso no mercado profissional.

UFF – Rio de Janeiro

A UFF (Universidade Federal Fluminense) oferece o curso de letras com habilitação em espanhol, ministrado presencialmente em Niterói. Ele abre as portas para o profissional atuar no Ensino Fundamental e Médio, com possibilidades de migrar para o nível universitário.

Para isso, basta continuar os estudos, evoluindo para mestrado e doutorado na área. De qualquer forma, o curso de letras seria o ponto de partida, onde o estudante busca os conhecimentos necessários para iniciar sua carreira e a motivação para prosseguir com o seu sonho profissional.

Tornar-se professor universitário Ser professor de faculdade é uma das metas que pode ser alcançada a partir de muitos estudos.

A duração do curso vai de 9 a 16 semestres e, dentre as principais disciplinas ministradas estão literatura espanhola e outras relacionadas ao desenvolvimento das habilidades docentes.

A UFF surgiu em 1960 e, a partir daí, só cresceu. Hoje, ela conta com campus em 8 municípios do Rio de Janeiro e soma um total de 42 unidades de ensino, sendo 10 faculdades, 25 institutos, 6 escolas e 1 colégio. Isso tudo, sem contar as bibliotecas e laboratórios pertencentes ao grupo.

E não é só isso: o estudante ainda tem a possibilidade de explorar o seu gosto pelas artes, já que há cinema, teatro, galeria de artes, espaço para fotografia, orquestra e coral… um verdadeiro mundo novo que se abre à frente de quem ingressa em um dos cursos oferecidos.

USP – São Paulo

A USP (Universidade de São Paulo) é uma das mais concorridas do Estado. Para alguns alunos, ela representa um verdadeiro sonho. Há quem passe anos fazendo cursinho pré-universitário para garantir sua vaga em um dos cursos. Quando o assunto é a formação em letras, não é diferente.

Com inúmeras opções de idiomas (que incluem até o coreano), o curso tem duração de 8 a 12 semestres e conta com disciplinas obrigatórias e eletivas (dessas, há um mínimo de carga horária a ser cumprido, podendo o aluno escolher com quais assuntos deseja preenchê-lo).

As aulas ministradas incluem latim, história, origem e literatura da língua espanhola e conhecimentos em didática, tornando o aluno habilitado a atuar no ensino do idioma em diversos níveis. Além disso, o fato de ser formado na USP, pode abrir diversas portas profissionais.

A USP surgiu em 1934 e é reconhecida em âmbito mundial pela sua qualidade de ensino. Hoje em dia, com 42 unidades de ensino e pesquisa, ela segue em sua busca por excelência. O curso de letras foi incorporado à sua grade em 1959, inicialmente em Ribeirão Preto e a Editora da USP surgiu em 1962. Na sequência, vieram o hospital, a rádio, a biblioteca, o jornal e o projeto universitário para a terceira idade.

Para completar a sua evolução e inovação social, em 2018, pela primeira vez, uma mulher foi eleita diretora da Escola Politécnica da USP.

Melhores universidades à distância

Como uma alternativa aos cursos presenciais, foi criada, há alguns anos, a modalidade Ead (Ensino à distância). O principal objetivo dessa opção é proporcionar a oportunidade de estudar àquelas pessoas que têm uma rotina muito cheia ou moram em locais muito distantes das universidades.

Ensino à distância É possível estudar à distância, bastando uma boa dose de foco e determinação para isso.

Entretanto, vale lembrar que estudar nessa modalidade não é para todos: é preciso ter muita disciplina, foco e determinação. Se você tem esse perfil, listamos também algumas das melhores faculdades de letras Ead.

UNICSUL – São Paulo

A UNICSUL (Universidade Cruzeiro do Sul) oferece a opção de cursar letras português – espanhol à distância. A partir dos estudos de autores clássicos e contemporâneos, prosa e poesia, literatura e gramática será possível se preparar para entrar nesse mercado de trabalho.

Bem conceituado no MEC, o curso ainda abre portas para o setor de traduções e agências de viagens. Dentre os diferenciais estão os tutores online para tirar dúvidas, a biblioteca virtual que funciona 24 horas e as possibilidades de utilizar a tecnologia para interação e prática do idioma.

A UNICSUL expandiu suas possibilidades de ensino para o âmbito virtual em 2001, com a criação de algumas modalidades semipresenciais, mas foi só em 2008 que surgiram os cursos totalmente à distância, com o credenciamento do MEC para esse modelo.

UNIP – São Paulo

A UNIP (Universidade Paulista) oferece a possibilidade de formar-se em letras português – espanhol na modalidade à distância. As disciplinas se baseiam no contextos histórico e social, bem como as habilidades faladas e escritas do idioma.

O profissional formado na UNIP se torna habilitado a lecionar espanhol para o Ensino Fundamental e Médio, além de especializar-se em pesquisa ou tradução. O ambiente virtual no qual o curso é ministrado é totalmente interativo, de modo a estimular o aluno na busca do conhecimento. As provas são realizadas presencialmente.

O ensino à distância passou a fazer parte da UNIP em 2004. O diploma oferecido por essa formação é o mesmo dos cursos presenciais e o aluno ainda conta com material didático impresso e possibilidades de utilizar as ferramentas online disponíveis 24 horas.

As melhores faculdades de letras português – espanhol segundo o MEC

Por mais que tenhamos referências positivas de determinadas universidades (porque algum conhecido se formou e gostou ou porque a entidade em questão é famosa na sua cidade), existem opiniões que podem ser consideradas realmente “de peso” na hora de fazer a escolha.

Conversar com um professor experiente da sua escola ou mesmo buscar informações em instituições relacionadas ao ensino na sua localidade podem ser boas oportunidades de entrar em contato com quem realmente entende do assunto.

Mas, se você realmente deseja uma opinião relevante quanto às melhores opções para estudar letras português – espanhol, por que não conhecer o ranking de universidades, segundo o MEC (Ministério da Educação e Cultura)?

Relação por quem entende Vale a pena conhecer os melhores cursos listados pelo MEC.

Pensando nisso, disponibilizamos abaixo uma lista das melhores faculdades, conforme o MEC.

PUC – São Paulo

A PUC (Pontifícia Universidade Católica) está presente em alguns Estados brasileiros. Entretanto, o curso de letras oferecido pela unidade de São Paulo está no ranking dos melhores, segundo o MEC. Conforme o espanhol vem ganhando espaço na grade curricular de ensino médio, a necessidade de professores qualificados também vai crescendo.

Eis o objetivo do curso de letras da PUC: formar profissionais qualificados para o ensino do idioma nas escolas. No curso, os conhecimentos humanísticos e científicos são exaltados, de modo que o profissional se torne apto a planejar, organizar, coordenar e executar planos de aulas, sempre visando levar em conta as evoluções em todos os sentidos que ocorrem em nossa sociedade.

Quanto maiores os conhecimentos nesse sentidos, maior pressupomos ser a capacidade do profissional de inovar na educação e oferecer um trabalho de qualidade, sem ferir a ética pedagógica. A pesquisa e investigação científica permite o desenvolvimento de modelos de ensino mais flexíveis e sociais, o que visa passar aos alunos mais que a habilidade de ensinar uma língua estrangeira: tal trabalho é feito em simultâneo com uma formação consciente e social.

UNIOESTE – Paraná

A UNIOESTE (Universidade Estadual do Oeste do Paraná), localizada na cidade de Cascavel também está na lista das melhores universidades que oferecem o curso de letras português – espanhol. Trata-se de uma faculdade pública, mantida pelo governo do Estado.

Estamos falando de um polo completo, onde são administrados os cursos e há até mesmo um Hospital Universitário e Reitoria. Quanto ao curso de letras, podemos dizer que ele prepara o professor para lidar com o aluno de hoje, sempre oferecendo uma formação de qualidade e incentivo constante.

A universidade conta ainda com sede em outras cidades do Paraná, como Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Marechal Cândido Rondon e Toledo. Entretanto, caso você seja de alguma dessas cidades, é necessário informar-se quanto à disponibilidade do curso.

Isso porque as áreas de estudo estão subdivididas entre os diversos polos. Por ser onde está localizada a reitoria, a unidade de Cascavel ganhou destaque no que diz respeito à análise do MEC do curso de letras.

UNISINOS – São Paulo

A Universidade do Vale do Rio dos Sinos está localizada em São Paulo, mais precisamente na cidade de São Leopoldo (quem disse que não existem boas opções para cursar uma universidade no interior?).

Estudar em sua cidade É possível ter acesso a boas universidades, ainda que você more no interior.

A faculdade conta com uma filosofia de ensino que defende o aprendizado em situações práticas, workshops e outros eventos extracurriculares, capazes de conferir ao aluno uma convivência com a área na qual deseja atuar. Tal experiência é positiva, especialmente no que diz respeito à formação para ensino de uma língua estrangeira: o espanhol, no caso.

O aluno da UNISINOS é responsável por construir a carreira que deseja seguir, sendo que a instituição oferece meios para desenvolver-se e adquirir conhecimentos suficientes para isso.

Podemos dizer ainda que trata-se de um curso completo e transformador. Os estudantes ainda contam com alguns benefícios exclusivos, como a possibilidade de conseguir bolsas de estudos na Universidade de Cuyo, na Argentina.

Já imaginou formar-se em uma universidade renomada e ainda complementar seus estudos “direto na fonte”, em uma universidade em um país de língua espanhola? Sim, tudo isso está ao seu alcance, no interior do Estado de São Paulo.

UFSCAR – São Paulo

A UFSCAR (Universidade Federal de São Carlos) é outro exemplo de que podemos encontrar cursos de qualidade, mesmo no interior. No caso do estudo de letras português – espanhol, o aluno sai do curso habilitado para ministrar aulas do idioma em rede pública e particular do ensino fundamental e médio, centros de idiomas e até mesmo institutos especializados em língua e cultura espanholas. Trata-se de uma formação bem completa.

O estudante é estimulado a buscar meios de desenvolver-se na profissão para propagar um ensino que também vise a formação do cidadão, em linhas gerais. O uso de tecnologias, pesquisas e atividades interativas faz parte da integração social do aluno, que deve ser sempre buscada pelo professor.

O aluno sai do curso de letras apto a promover tudo isso, a partir de análises do seu local de atuação. Uma boa dose de sensibilidade faz parte do dia a dia de trabalho de quem se forma por essa universidade. Embora, em um primeiro momento, tal habilidade possa soar como algo que não se aprende na escola, é possível buscar meios de desenvolvê-la, e esse é um dos preceitos do curso.

Em 10 semestres, o aluno se torna capaz de tudo isso. Não é à toa que o curso é reconhecido pelo MEC como um dos melhores do Brasil.

UFFS – Santa Catarina

A UFFS (Universidade Federal da Fronteira do Sul) também é um dos destaques do curso de letras português – espanhol. O ingresso do candidato depende da aprovação em um processo seletivo, para o qual vale a pena se preparar.

O curso de letras que prepara o professor para dar aulas de espanhol é disponibilizado em Chapecó. Após concluir o curso, podemos considerar que temos um profissional habilitado a atuar no ensino fundamental e médio, com possibilidades de migrar até mesmo para o nível universitário (a partir de outros cursos complementares).

Lembre-se de que o professor nunca pára de estudar e que a formação universitária é apenas a porta de entrada para uma vida profissional pautada por muitos estudos.

O curso de letras oferecido por essa entidade visa dois públicos distintos: aqueles que pretendem apenas atuar como professores e aqueles que desejam aprofundar suas pesquisas e ampliar o seu leque profissional na área que escolheram. A continuidade para esse segundo grupo fica por conta do ingresso futuro em um mestrado ou doutorado.

UNAMA – Pará

Sim, há uma universidade paraense que está na lista do MEC, considerada uma das melhores de letras do país. Estamos falando da UNAMA (Universidade da Amazônia). Dessa forma, o público da região não fica desguarnecido de boas oportunidades de estudo, e não se vê obrigado a mudar de Estado para ter acesso a um curso de qualidade.

Curso no Pará Hoje em dia, as opções de bons cursos estão em vários lugares.

A graduação em letras português – espanhol seria um caminho para atuar como professor do idioma em diversas esferas. Tendemos a pensar que há uma carência de ensino de qualidade em determinados Estados, o que nem sempre condiz com a realidade.

A presença de uma universidade que entrou para a lista do MEC como um dos melhores cursos de letras é certamente a prova de que um bom profissional pode ser formado em diversos lugares.

Além disso, o acesso a uma boa universidade é somente o primeiro passo: o que realmente determina o sucesso de um profissional é a sua capacidade de se atualizar e se reinventar, já que o fator humano não é uma ciência exata. Ser professor de espanhol é muito mais que ministrar aulas de uma língua estrangeira: trata-se de uma forma de ampliar a percepção histórica e cultural de outras pessoas.

Para isso, além de uma boa formação, é preciso que o profissional, de fato, acredite no que faz.

Curso presencial X curso à distância

Após conhecer as melhores universidades para cursar letras com habilitação em espanhol pode ser que você se pergunte se é melhor fazer o curso presencialmente ou à distância.

Como dissemos acima, a decisão deve se relacionar ao seu perfil de estudos: nem sempre o que é melhor para o seu primo, o será também para você. Antes de decidir, é importante perguntar-se sobre alguns pontos, como: conseguirei determinar um horário em minha rotina para os estudos? Será que realmente vou me dedicar com a possibilidade de estudar à hora que quiser?

A decisão final deve ser exclusivamente sua, sem interferências ou induções. E, caso você opte por um curso à distância e não consiga se adaptar ou comece a faltar demais no curso presencial por conta de compromissos de trabalho, ainda existe a possibilidade de mudar de modalidade.

Só não aconselhamos você a escolher sem refletir, já pensando nessa mudança. Lembre-se de que, nesse caso, seria necessária uma nova fase de adaptação, o que pode prolongar o tempo para a sua formação.

Há pessoas que necessitam da obrigatoriedade de frequentar um curso e cumprir horários para que os estudos sejam realmente efetivos, enquanto há os autodidatas que são capazes de se organizar para aprender até mesmo sozinhos.

Ir ou não à universidade Para alguns alunos, a obrigatoriedade de ir à faculdade é garantia de dedicação.

O ideal é descobrir qual o seu perfil e optar pelo que mais se adéqua à você.

Então… não perca tempo! Comece agora mesmo a pesquisar e se planejar para cursar a sonhada universidade e tornar-se professor e tradutor de espanhol.

 

 

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar