Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como ser um autodidata com os números?

De Marcia, publicado dia 13/09/2018 Blog > Apoio Escolar > Matemática > É possível aprender matemática sem professor?

“Aprender sem pensar é esforço vão; pensar sem aprender é nocivo.”. A famosa frase de Confúcio faz todo o sentido quando o assunto é estudar matemática. Pode ser que você se sinta um pouco perturbado ao ler isso pela primeira vez, mas podemos dizer que faz todo o sentido.

Assim como os grandes matemáticos da sua época, Confúcio compreendeu a importância de aprender. Mas não estamos falando em aprender de qualquer jeito: o grande segredo é o aprendizado adequado. em busca de algum objetivo.

Quando falamos em aprender matemática, é exatamente assim que funciona. É muito bom poder contar com um bom professor, mas isso não significa que seja impossível aprender sozinho, estudando a partir de seu próprio computador ou smartphone.

Até mesmo aqueles que acreditam não ter o menor talento para autodidatas, quando veem os recursos disponíveis em alguns sites e aplicativos, acabam cedendo aos encantos desse mundo onde a matemática não é tão maçante quanto parece na época da escola.  E é assim que descobrem habilidades que antes nem imaginavam que possuíam.

Seja zeloso com seu computador

Para estudar matemática sozinho, é importante ter em mãos boas ferramentas. É por isso que um computador moderno, com boa conexão à internet pode fazer verdadeiros milagres pelo seu aprendizado. Há ainda pessoas que preferem estudar a partir de seus smartphones. Se é o seu caso, providencie um celular moderno e vá em frente!

Estude online por si mesmo Aprender a partir do computador pode se tornar mais prático e divertido.

A vantagem desses dispositivos móveis é que permitem o estudo a qualquer hora, seja no metrô a caminho do trabalho ou na sala de espera do consultório médico. A partir deles, você pode revisar a matéria já aprendida, conhecer novos conceitos ou mesmo contratar um professor para fazer aulas de reforço à distância.

O importante é entender que nesse caso o objetivo é aprender de forma totalmente autodidata. Seja na aritmética ou na trigonometria, é importante buscar a ferramenta certa. Estudar por si mesmo também demanda uma boa dose de disciplina para dedicar-se às aulas, já que não haverá ninguém para “pegar no seu pé”.

Uma ferramenta mal escolhida, que não condiz com o seu perfil e ramos de interesse pode fazer com que você se sinta desmotivado, assistindo a cada dia menos aulas, até desistir delas de vez. E não é essa a intenção: para realmente aprender matemática, é necessário manter-se continuamente em contato com a matéria.

Fazendo uma boa escolha, será possível:

  • Entender e resolver problemas matemáticos;
  • Aplicar fórmulas e teoremas corretamente, de acordo com a necessidade;
  • Desenvolver um raciocínio lógico-matemático;
  • Memorizar conceitos e preceitos a partir da prática, com exercícios de fixação;
  • Trabalhar com os números em qualquer situação, desde as operações clássicas até as mais complexas, que demandam maiores conhecimentos.

Tais ferramentas virtuais podem se aplicar a todos os estudantes, estejam eles no ensino fundamental, médio ou nível universitário. Basta procurar por aquelas que realmente ofereçam suporte para seus conhecimentos prévios e a busca dos seus objetivos.

O aprendizado acontece no seu ritmo, e você pode organizar-se da maneira que preferir. Sabemos que existem diferenças nos mecanismos de entendimento e fixação de conhecimentos de uma pessoa para outra e é por isso que os estudos online podem ser considerados eficazes para todas as pessoas: é possível adaptá-los de acordo com o ritmo de cada um.

Você deseja atualizar seus conhecimentos, aprimorá-los, preparar-se para concursos e exames específicos ou simplesmente relembrar o básico aprendido nos anos escolares, que foi perdido com o tempo? Independentemente da sua resposta, você poderá escolher ferramentas focadas em habilidades básicas que auxiliam no desenvolvimento de cada vertente de aprendizado.

Encontre jogos de matemática educativos

Os jogos e enigmas são um recurso importante para aprender matemática. A partir deles, é possível aprender aritmética, álgebra, geometria, física, trigonometria e muitas outras questões relacionadas aos números. Para começar, você pode escolher alguns mais básicos, que permitem revisar habilidades como:

  • Números decimais, inteiros, racionais e relativos;
  • Técnicas de adição, subtração, multiplicação e divisão;
  • Formas geométricas, áreas, perímetros e afins.

Brincadeiras em todas as idades Jogos que estimulam a lógica e o raciocínio são ótimos meios de aprender matemática.

Existem jogos focados no desenvolvimento de diferentes aspectos do pensamento. A partir dessas ferramentas, você pode desenvolver o raciocínio lógico, a leitura, a capacidade de calcular, a memória, e até mesmo as aplicações dos números no dia a dia. Tais recursos são importantíssimos, afinal, a participação da matemática e nossa vida começa na fila do caixa do supermercado.

Se os Teoremas de Thales e Pitágoras ainda representam verdadeiros enigmas para você, os jogos podem ser uma boa maneira de aprendê-los com mais descontração e diversão. E o melhor é que você pode fazer uso deles para estudar sozinho, sem a ajuda de um professor, ou mesmo adotá-los como complemento das aulas particulares.

Existem os clássicos como sudoku ou xadrez, aqueles que permitem cálculos e outras ações mais complexas e os que podem ser acessados a partir de seu smartphone ou tablet para revisar as operações matemáticas básicas mais facilmente.

Normalmente, para alunos que estão mais suscetíveis a distrações durante os estudos, os jogos costumam ser uma maneira eficaz de manter-se concentrado. Ainda que se trate da matemática em toda a sua complexidade, é importante contar com esses “auxiliares” que permitem uma visão mais leve e otimista da matéria.

Aprenda matemática rapidamente

Pode ser que você se sinta pressionado a aprender matemática rapidamente, por causa de um objetivo. Pode ser que você deseje submeter-se a exames específicos no tema, fazer um reforço para acompanhar a matéria do próximo semestre, ou mesmo preparar-se para aquela prova da qual depende a sua aprovação.

Embora aprender matemática demande tecnologia, a inserção de desafios no contexto do aprendizado é importantíssima. E você ainda pode reunir seus amigos e trabalhar em um pequeno grupo, mesmo sem professor.

Fazer folhas de revisão, recitar a matéria aprendida em voz alta, testar sua memória e recorrer a atalhos para aprendizagem são mecanismos bem aceitos para obter resultados rápidos e efetivos. Em qualquer caso, é importante ter em mente que a matemática representa mais que um mero assunto da grade escolar: ela permite desenvolver capacidade de raciocínio e outras habilidades que serão úteis em sua vida pessoal e profissional.

Encontre o caminho certo A matemática pode ser aprendida na velocidade da luz quando você se dedica.

A partir dos estudos dos números, você melhora a sua memória a curto e médio prazo, aumenta a capacidade de concentração, desenvolve alguns reflexos cognitivos e até aprende a usar alguns softwares comuns no mundo corporativo.

Para aprender sozinho, o desafio é ainda maior. Será necessário ter uma boa dose de disciplina, rigor e autodidática. E o mais importante: manter-se motivado. Uma vez que você desanima dos estudos, eles se tornam um fardo do qual você desejará livrar-se o mais rápido possível. É aí que as coisa começam a não fluir.

Está aí um bom motivo para investir na habilidade que mais se destaca em você: pessoas auditivas devem estudar repetindo fórmulas e conceitos em voz alta enquanto os mais visuais podem usar folhas de revisão, munidas de cores e formas para facilitar a memorização.

Resumindo: aprender matemática se torna uma tarefa mais leve quando você entende o funcionamento das fórmulas, usa jogos que agem diretamente em sua memória e aproveita as ferramentas e recursos gratuitos que a internet oferece. Até mesmo contratar um professor particular se tornou mais fácil após a criação de plataformas especializadas, como o Superprof.

Os cursos online são desenvolvidos por professores, que entendem como funcionam os mecanismos didáticos e, dessa forma, podem ajudá-lo a desenvolver a capacidade necessária para os avanços que você deseja. Ao final, você perceberá como a matemática não é tão complexa quanto parece.

Aprender matemática é fácil

À primeira vista, essa afirmação pode parecer loucura. Entretanto, a matemática pode se tornar fácil a partir do momento que as ferramentas certas são utilizadas. Fazer um curso adaptado aos seus objetivos e necessidades permite desenvolver uma visão mais positiva do tema. E isso influencia diretamente no aprendizado.

Você pode tomar aulas particulares sem sair de casa, revisar a matéria do dia na escola, fazer um curso preparatório para exames específicos, ou mesmo estudar nas horas livres através de jogos ou aplicativos. A boa notícia é que você pode iniciar uma dessas jornadas a qualquer momento do ano letivo, não é necessário aguardar ocasiões específicas.

Alunos que contam com essas ferramentas de apoio normalmente apresentam melhor desempenho em suas atividades escolares e desenvolvem maior interesse pelos números. O que diferencia as aulas online das aulas convencionais da escola é que, no ambiente virtual, é possível inovar em metodologias, de modo a transmitir conhecimentos de forma mais leve e divertida.

Aprenda com leveza A simplicidade no aprendizado é o caminho para a motivação e dedicação.

Embora aprender seja coisa séria, é possível trazer uma certa leveza para que o processo se torne mais prazeroso. No Superprof, por exemplo, existem professores que trabalham com sessões presenciais e online e cabe a você escolher o que mais se adapta ao seu estilo e necessidade de aprendizado.

Com um pouco de esforço e dedicação, você certamente encontrará a ferramenta adequada para seus estudos e verá que a matemática não é tão complexa quanto parece: basta abrir seu cérebro a ela e contar com professores qualificados e ferramentas específicas para ajudá-lo na absorção do conteúdo.

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar