Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Seja um “craque” em números, sem perder a cabeça

De Marcia, publicado dia 02/09/2018 Blog > Apoio Escolar > Matemática > Aprender matemática facilmente é possível

Já dizia Albert Einstein: “Não se preocupe muito com as suas dificuldades em matemática. Posso assegurar-lhe que as minhas são ainda maiores.”

Mas o que ele quis dizer com isso? Simples: sempre haverá um problema matemático maior que o seu. Para constatar, basta levar em conta a batalha de Galileu Galilei para convencer a seus contemporâneos de que a Terra é redonda e não plana. E Isaac Newton então? Com sua lei da gravitação universal? Entretanto, para que todas essas descobertas se tornassem possíveis, seus autores precisaram aprender matemática.

Ok… entendemos que talvez você não tenha a pretensão de se tornar um famoso inventor contemporâneo ou fazer uma descoberta grandiosa para a humanidade.

Ainda que você acredite que os mistérios do universo devem permanecer meio que subentendidos, a matemática, de alguma forma, faz parte da sua vida. Até para fazer compras no armazém da esquina da sua rua, você precisa saber algo sobre números. Quando você é empresário ou gestor, a necessidade se torna ainda maior: por mais que se conte com os serviços de um escritório de contabilidade, interpretar balanços e planilhas de faturamento são questões necessárias.

Mas como manter-se em harmonia com os números quando tudo que os envolve parece complicado demais para a sua cabeça? Calma… sempre existe um jeito. E é isso que vamos explicar mais adiante.

É fácil mesmo aprender matemática?

Especialmente pessoas que sentem que nasceram para aprender ciências humanas (como eu!), a matemática soa como algo difícil de entender. É como se já crescêssemos tendo em mente que a matéria será uma das mais difíceis da escola e que será impossível algum dia sentir-se confortável com ela. Entretanto, tal pensamento vem carregado de preconceitos e pressupostos.

Pode ser que a essa hora, você esteja se perguntando se serei louca a ponto de dizer que matemática pode ser fácil. Mas eu diria que posso provar: quanto é 25 X 4? Fácil, não? Aposto que nem foi necessário abrir a calculadora do seu computador para fazer essa operação.

Nem tudo é dificuldade A matemática também conta com operações de fácil solução.

Na verdade, não é que a matemática seja de todo cunho difícil. É possível aprendê-la. Todos nós podemos! Basta encontrar o método certo, aquele que fará com que nos sintamos mais familiarizados com ela. Além disso, é importante que a metodologia de ensino seja adaptada á sua real necessidade:

  • Você quer ingressar em uma faculdade relacionada ao tema?
  • Você está se preparando para um exame de matemática com foco em trigonometria ou álgebra?
  • Você está prestes a assumir um cargo ligado ao departamento financeiro e sente que precisará entender melhor essa questão?

Para todas essas situações, existem meios de aprendizagem e preparação.

É importante lembrar também que a matemática se subdivide em diversas vertentes. São elas:

  • Aritmética;
  • Álgebra;
  • Geometria;
  • Trigonometria.

Números e medidas As lições de álgebra e geometria fazem parte da matemática.

É claro que na escola tendemos a obter uma noção de cada um desses setores. Entretanto, aprofundar-se naquele que se enquadra em nossas necessidades pode se tornar questão de sobrevivência.

A boa notícia é que, independentemente da vertente escolhida, você não precisará partir do zero. O Teorema de Pitágoras, os conjuntos numéricos e as noções geométricas certamente já o acompanham desde os anos de escola. É nesse período que também começam a surgir as dificuldades.

É importante entender que somos diferentes uns dos outros e, portanto, pode ser que você e seus amigos encontrem diferentes níveis e pontos de dificuldade para aprender matemática. E isso não representa necessariamente um problema. Conhecer suas limitações pode ser o primeiro passo para encontrar o caminho para superá-las.

Se você anda sentindo necessidade de aprofundar-se em alguma questão matemática, há alguns critérios que podem ser tomados por base na hora de escolher a metodologia:

  • Sua base de conhecimentos (adquirida na escola);
  • Seu nível de motivação para esse estudo;
  • O grau de conhecimento necessário;
  • Sua disponibilidade de tempo;
  • Seus objetivos, como já dissemos.

E por falar em métodos, vamos entender um pouco sobre os principais?

Métodos para aprender matemática facilmente

Nem sempre, a maioria dos estudantes apresenta bom desempenho em matemática, quando da avaliação por exames oficiais. Mas o que isso significa? Será que Einstein não anda mais servindo de inspiração para muita gente? Ou será que a humanidade está “emburrecendo”?

Calma! Não se trata de nada disso! Como já dissemos, todos nós somos capazes de aprender matemática. Entretanto, cada um tem seu ritmo. Talvez o que falta para você é uma metodologia que torne o aprendizado mais fácil. Algumas ferramentas básicas podem ajudá-lo a iniciar.

  • Problemas, para praticar a busca por soluções;
  • Planilhas de Excel, para conhecer decimais;
  • Figuras geométricas, para aprender a diferença entre um triângulo retângulo e um paralelogramo;
  • Estudos de raiz quadrada;
  • Conhecimentos básicos em outras matérias relacionadas, como física e química.

A aplicação dessas ferramentas também depende do professor. Mestres que respondem com altos níveis de entusiasmo (ou de cinismo) quando indagados, tendem a intimidar os alunos, que se sentirão desencorajados a tentar vencer suas dificuldades.

Basicamente, existem duas metodologias para aprender matemática:

  • A partir da contratação de um professor capacitado;
  • De maneira autodidata, estudando a partir de livros e ferramentas online.

Entretanto, as vantagens de estudar com um professor qualificado são inúmeras. Quer ver?

  • Se você está se preparando para um exame focado em matemática ou sua próxima entrevista para um cargo correlato, o professor de matemática oferece exercícios  adaptados, que vão desde o estudo de fução exponencial até o cálculo do seno/cosseno na geometria;
  • Aprender matemática vai muito além de regras e teoremas: é necessário desenvolver um raciocínio lógico matemático. Um bom professor é capaz de fornecer diretrizes para tal desenvolvimento;
  • Os programas desenvolvidos por professores experientes são confiáveis. Eles têm conhecimentos suficientes para analisar suas necessidades e trabalhar de acordo com elas;
  • O professor poderá incorporar elementos curiosos à aula, para que as sessões não se tornem tão maçantes. Quem sabe aprender sobre a história da matemática não inspira você a tomar gosto pela matéria?

Familiaridade com os problemas Desenvolver um raciocínio lógico depende de educar seu cérebro para aprender matemática.

Se o que você precisa é preparar-se para uma prova de certificado, escolha um professor que possui tal certificado. Ele já passou por essa fase e poderá prepará-lo com ainda mais precisão para o que está por vir.

Entretanto, se você é autodidata e está começando a acreditar que essa habilidade não é válida para a matemática, fique tranquilo. Estudar sozinho também tem suas vantagens. Veja só:

  • Você pode estudar em seu próprio ritmo, sem pressões ou cobranças;
  • É possível ter acesso a aulas gratuitas e correção de exercícios, tudo através da internet;
  • Você pode escolher maneiras mais descontraídas de estudar, como jogos e aplicativos;
  • Existem inúmeros exercícios interativos disponíveis, a partir dos quais você pode testar seus conhecimentos e identificar onde ainda é preciso aprimorar-se.

O ponto principal é que você pode recorrer a essas alternativas para vencer suas dificuldades matemáticas, não importa se com ou sem professor.

O caminho para a matemática fácil

Se você não é um gênio em conhecimentos matemáticos, o jeito é encontrar maneiras divertidas e eficazes de aprender conceitos e desenvolver raciocínios. Procure também não se bloquear: o sentimento de incapacidade pode ser um grande adversário. Portanto, confie em você e mãos à obra.

Para ajudá-lo a sentir-se mais confiante, existem cursos online que contam com ferramentas básicas. Elas podem ajudá-lo a motivar-se, ativar a memória e entender a matéria com maior facilidade, dado as soluções propostas. Há exercícios online que utilizarão sua capacidade de memorizar para encontrar a forma mais fácil de realizar os cálculos.

Alguns ajudam a desenvolver habilidades matemáticas:

  • Crianças pequenas podem ser estimuladas a aprender a ver que horas são para começar a conhecer os números;
  • No ensino médio, podemos ver problemas mais complexos;
  • Na universidade, o grau de dificuldade aumenta, a partir de matemática aplicada.

Existem jogos que envolvem matemática, adaptados a todos esses níveis.

  • Os clássicos, como o Sudoku ajudam a treinar a memória e o raciocínio matemático;
  • Os quebra-cabeças de matemática são mais complexos e exigem maior base de conhecimentos e concentração;
  • Os jogos de lógica testam sua capacidade de raciocínio;
  • Os aplicativos permitem interagir com outros estudantes e até mesmo participar de competições e desafios.

Nem tudo é lógica Decorar fórmulas, muitas vezes depende de desenvolver mecanismos que facilitem os estudos.

Além da internet, existem outros materiais que podem ser usados para os estudos. Livros, CDs de áudio, apostilas de exercícios e bancos de dados especializados… todos eles são capazes de facilitar o seu aprendizado.

Como organizar-se para aprender matemática facilmente?

Existe uma regra de três básica para quem deseja aprender matemática:

  • Assimilação do conhecimento;
  • Teste e validação da progressão de conquistas;
  • Revisão permanente para aprofundar a compreensão.

Você precisa de um plano de estudos para não se perder no meio do caminho… especialmente se você estiver estudando sozinho.

Primeiro você precisará avaliar seu nível de conhecimento prévio, depois identificar suas dificuldades e seus pontos fortes. A partir daí, é partir para os exercícios de fixação e revisões. Todo curso de matemática tem um único objetivo: ajudá-lo a progredir de acordo com a sua necessidade.

Resumindo: com ou sem professor, com ou sem suporte online, o estudo de matemática é acessível a todos e todos são capazes de colher bons frutos a partir dele. Tudo o que você precisa é de uma boa dose de motivação e organização. Que tal começar a buscá-la agora mesmo?

 

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar