"A culinária japonesa não é algo que se come, mas algo que se olha." - Junichiro Tanizaki

Classificada em terceiro lugar na lista das melhores cozinhas de acordo com uma pesquisa internacional da Hotels.com, a culinária japonesa continua a atrair o mundo inteiro. Posicionada logo depois da culinária italiana e francesa, a saborosa gastronomia japonesa triunfa pelo paladar e ainda conquista o mundo.

Mas como preparar uma das melhores receitas japonesas: o tempurá?

Este artigo do Superprof faz você descobrir passo a passo todos os segredos dessa delícia nipônica.

O que é o tempurá do Japão?

Sushi tempurá, tempurá de camarão, tempurá de vegetais, etc. Se você já teve a chance de visitar o Japão, deve ter provado esta deliciosa especialidade da culinária nipônica. Mas sabia que sua origem não é japonesa?

De fato, foram os missionários portugueses que trouxeram esta receita para o Japão entre os séculos XVI e XVII.

Aprenda pratos tradicionais japoneses.
Como fazer tempurá? Os tempurás são frequentemente servidos com arroz.

Basicamente tempurá é uma fritura feita com massa para empanar. Os portugueses utilizavam essa massa para empanar peixes.

Os japoneses então adotaram esta excelente receita com diferentes guarnições. Pode ser tanto vegetais, quanto peixes ou frutos do mar. Por fim, qualquer ingrediente pode ser empanado na farinha.

Na terra do sol nascente, é possível pedir uma variedade de tempurás de diferentes sabores ou comprar individualmente. Para se ter uma ideia, no Brasil, é comum encontrar peixes e camarões empanados. Pois bem, isso também é tempurá.

A particularidade do tempurá é que é uma massa bastante fina e em geral menos oleosa do que em outras frituras. Esta receita não pesa no estômago.

No arquipélago japonês, o tempurá costuma ser servido com arroz. É comum também servirem o tempurá acompanhado de uma tigela de molho, oferecendo aos apreciadores a oportunidade de mergulhar o tempurá em uma mistura de soja ou outro molho com temperos.

Para evitar que haja excesso de óleo, é melhor envolver o tempurá em um pedaço de papel toalha antes de servi-lo em um prato.

Quer aprender a fazer natto japonês?

Maurício
Maurício
Profe de Japonês
5.00 5.00 (24) R$60/h
1a aula grátis!
Massumi
Massumi
Profe de Japonês
5.00 5.00 (83) R$50/h
1a aula grátis!
Henry
Henry
Profe de Japonês
5.00 5.00 (9) R$35/h
1a aula grátis!
Tamires yasmin
Tamires yasmin
Profe de Japonês
5.00 5.00 (24) R$70/h
1a aula grátis!
Maru
Maru
Profe de Japonês
5.00 5.00 (16) R$80/h
1a aula grátis!
Tatsuro
Tatsuro
Profe de Japonês
5.00 5.00 (6) R$70/h
1a aula grátis!
Kengi
Kengi
Profe de Japonês
5.00 5.00 (16) R$70/h
1a aula grátis!
Guilherme
Guilherme
Profe de Japonês
5.00 5.00 (4) R$80/h
1a aula grátis!

Como preparar o empanado de tempurá japonês?

Para fazer um tempurá, você deve começar aprendendo a preparar a mistura com a farinha. Do mesmo jeito que com a massa de panqueca, a massa de empanar deve ser deixada em repouso antes de ser utilizada. Mas também é bem possível fazer a fritura diretamente, sem precisar de uma pausa.

Aqui estão os ingredientes utilizados para preparar uma massa para quatro pessoas:

  • 100 g de farinha,
  • 50 g de fécula de batata (ou outro),
  • 1/2 sachet de fermento,
  • 1 colher de chá de sal,
  • 1 gema de ovo,
  • 15 cl de água.

A receita é muito simples!

Escolha uma tigela grande (tipo tigela de salada) e coloque a gema de ovo e 15cl de água (de preferência bem fria). Bata a gema com uma batedeira e adicione a farinha, o amido e o fermento. Para evitar grumos, você pode peneirar a farinha antes de adicioná-la. A massa vai ficar mais fina.

Depois basta misturar tudo com o batedor até obter uma pasta homogênea e sem grumos. Quando a massa estiver bem misturada, não esqueça a colher de chá de sal. Não deve ser incorporada antes, pois você corre o risco de que o sal anule o efeito do fermento.

Como aprender receita japonesa?
Como aprender a cozinhar à maneira japonesa? Pronto para comer o melhor tempurá do mundo?

Você pode então se possível deixar a massa descansar por 30 minutos ou iniciar a fritura imediatamente.

A preparação da massa não deve demorar mais do que 10 a 15 minutos.

Alguns amantes da cozinha nipônica preferem usar água com gás ou cerveja para fazer a massa. As bolhas ajudam a massa a inflar. Tudo depende do gosto pessoal. Por que não tentar as duas versões?

Para obter sucesso com a massa para empanar, saiba que ela deve ser mais líquida do que uma massa de panqueca. O repouso da massa serve mais para esfriar do que para realmente descansar a mistura. É por isso que é aconselhável adicionar água bem fria para que a mistura não demore muito para esfriar.

Procurando por aulas de japonês?

Cozinha japonesa: tempurá de camarão

Depois que a massa para empanar estiver pronta e esfriar bem, você pode começar o cozimento.

A fritura deve ser preparada enchendo uma panela ou frigideira grande com óleo e aquecendo a 180 ° C.

Os japoneses costumam usar óleo de gergelim. Isso dá um gostinho especial ao tempurá. Mas também é possível substituir esse óleo por azeite ou outros. O melhor é escolher um óleo virgem e prensado a frio.

Para verificar se o banho de fritura atingiu a temperatura ideal (180 ° C), experimente colocar um pouco da sua massa no óleo fervente. A massa deve cair no óleo e submergir imediatamente em seguida, crescendo e assumindo sua forma final. Se a ponta da massa ficar imediatamente preta, significa que o óleo está quente demais. Se a massa não subir imediatamente à superfície e ainda permanecer com aspecto de massa crua, isso significa que o seu óleo não aqueceu o suficiente.

O cozimento do tempurá deve ser rápido, para que o óleo não seja absorvido em excesso pela massa e não estrague o sabor dos ingredientes.

É por esse motivo que a massa de tempurá deve estar fria. O choque de temperatura acelera o processo de cozimento.

Quando o óleo estiver quente, simplesmente cubra o camarão (previamente cozido e descascado) na massa e mergulhe tudo no banho de óleo. O tempurá deve subir imediatamente para a superfície, enquanto infla ao mesmo tempo.

Quando você perceber que o preparado estiver dourado, remova-o do banho de óleo e coloque-o em uma toalha para drenar o excesso de óleo. Os bolinhos de camarão são servidos quentes.

Por que não descobrir a cultura culinária na aula de japonês? Você sabe fazer sashimi?

Receita de tempurá de legumes

O tempurá de camarão talvez seja o mais conhecido, mas também é bastante comum substituir o camarão por vegetais, como a abobrinha, por exemplo.

Como fazer cozinha japonesa?
Como servir um tempurá? Também servido no formato de sushi, o tempurá é deve ser degustado sem moderação!

Fazer essa preparação é simples.

Lave e corte a abobrinha em fatias. Depois, seque-as em toalhas de papel, para que as abobrinhas não fiquem muito encharcadas.

Não cozinhe a abobrinha antes.

Faça a sua mistura de massa.

Ao contrário do camarão, a abobrinha tem um sabor bem suave. Por isso, vale caprichar no tempero (pimentas, temperos, gengibre, salsa, ervas frescas, coentro, etc.).

Depois, como no camarão, simplesmente cubra os pedaços de abobrinha de massa e mergulhe-os no banho de óleo. Quando os preparados estiverem dourados, coloque-os em uma toalha e divirta-se!

Descubra toda a cultura do Japão na aula de japonês.

Varie os sabores do tempurá japonês

Receitas da culinária japonesa não faltam! Como prato principal, entrada ou aperitivo, muitos tempurás são feitos por japoneses de acordo com seus gostos pessoais.

Mas as melhores receitas são as que você vai inventar. Camarão, alho-poró, chouriço, aves, fatias de salmão, feijão, espeto de tempurá com cenoura, todas as receitas são possíveis.

A receita da massa nunca muda. Em seguida, basta escolher seus ingredientes e prepará-los cuidadosamente de acordo com sua textura e característica. Alguns vegetais precisam ser descascados, outros não. Com o camarão, por exemplo, é preciso segurar pela cauda para mergulhá-lo na massa, mantendo um espaço para segurar o preparado depois de frito.

As receitas são flexíveis! Delicie-se!

Aqui estão algumas ideias de receitas que você pode fazer de acordo com seus desejos e o que está na sua geladeira:

  • Tempura de frango,
  • Tempura de berinjela,
  • Tempura de aspargos,
  • Tempura de polvo,
  • Tempura de tomate,
  • Etc.

Você já provou onigiri japonês?

Como se tornar um especialista em tempurá?

Para aprender a fazer tempurá é essencial dominar o preparo da massa e os métodos de cozimento.

Você sabe cozinhar como no Japão?
Como cozinhar um tempurá? A base do permanece sempre a mesma, sendo necessário adaptar a receita de acordo com os ingredientes desejados.

Você pode simplesmente aprender a fazer tempurá em sua casa seguindo a receita acima. A vantagem? Você cozinha do jeito que achar melhor. Com ou sem glúten, vegetariano ou não, etc.

Tire uma tarde para não se estressar com o tempo de preparação. E o mais importante, evite convidar amigos críticos para seu primeiro teste (ou convide amigos de confiança).

Você também pode decidir fazer aulas de culinária japonesa.

É claro, não basta apenas aprender a preparar bem a massa, mas também de temperar bem seus ingredientes (sementes de gergelim, ervas de Provença, parmesão, pimentão, mostarda, azeite, pimentas variadas etc.) e pensar em um acompanhamento perfeito para os seus tempurás. Servidos ao lado de uma saborosa tigela de arroz asiático, um creme de legumes, um caldo de frango, um belo macarrão, um omelete, com bolinhos de carne ou uma boa salada de queijo de cabra quente, abobrinha, mostarda e vinagrete, o tempurá pode ficar ainda mais delicioso!

Ao final, você terá uma explosão de sabores e essa experiência gastronômica será uma grande viagem à cultura japonesa!

Então, por que não tentar fazer uma mistura de culinária japonesa e brasileira?

Precisando de um professor de Japonês ?

Você curtiu esse artigo?

0,00/5, 0 votes
Loading...

Fernanda

Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.