Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

10 conteúdos de língua alemã para principiantes

De Camila, publicado dia 27/09/2017 Blog > Idiomas > Alemão > Dez exemplos de lições para iniciantes no idioma da Alemanha

Assim que tomamos a decisão de aprender um idioma estrangeiro e começamos a fazer aulas, nos deparamos com um universo linguístico completamente diferente.

Muitas vezes temos a impressão de termos uma montanha de coisas para aprender e, em determinado ponto, passa pela nossa cabeça que não seremos nunca capazes de dominar a língua em questão.

Com o aprendizado do alemão não é diferente, principalmente por ele não ter quase nada a ver com o nosso bom e velho português. Idioma de origem germânica, a língua falada na Alemanha está muito mais próxima do holandês e do sueco do que do português e do espanhol.

Por onde começar o aprendizado?
Quais matérias abordar primeiro?
Será que eu vou aguentar estudar tudo isso?

Estas são perguntas que passam pela cabeça de todos os aprendizes do idioma de Goethe.

Para conseguir alcançar seu objetivo de dominar a língua, é preciso ter em mente estas três letrinhas: FFD – Força, Foco e Dedicação! É preciso estudar e, sempre que a preguiça ou a desilusão baterem, lembrar-se dos benefícios que este aprendizado trará para seu futuro profissional, pessoal e / ou universitário.

Selecionamos dez conteúdos indispensáveis a serem aprendidos por aqueles que começam as aulas de alemão e desejam progredir no domínio do idioma.

1/ Pronúncia de consoantes e vogais

A primeira lição para começar a se comunicar em alemão é aprender como a língua é pronunciada.

A dicção das vogais e das consoantes em alemão não é a mesma que em português. Mesmo porque, para nós, alguns dos sons produzidos pelos alemães são completamente irreconhecíveis ao primeiro contato, pois não existem na nossa língua.

Consoantes e vogais em alemão não são pronunciadas como em português. Pronto para aprender as diferenças entre consoantes e vogais em alemão?

Para conseguir entender e colocar em prática a maneira correta de se falar as palavras, é preciso levar em consideração algumas informações importantes:

  • Na língua alemã, todas a letras das palavras são pronunciadas;
  • O som das vogais nunca sai pelo nariz (como nosso -ão);
  • Algumas letras podem ser pronunciadas de várias maneiras diferentes. Ex.: a letra “B” tem som de “P” quando está no fim da sílaba, e som de “B” quando está no início.

Outra dica para uma boa pronúncia em alemão é se familiarizar com as sílabas tônicas e com o sotaque que elas evocam.

O som das sílabas tônicas muda de acordo com a palavra. Para memorizar e aprender a lógica de cada tipo de pronúncia, é preciso muito estudo e muita prática. Use e abuse dos filmes, das músicas, das séries e dos noticiários em alemão. Nada melhor do que escutar a língua para se familiarizar com seus “barulhos”.

Esta uma ótima maneira de melhorar suas habilidades linguísticas!

2/ Aprender a se apresentar

Normalmente, um dos primeiros diálogos que praticamos quando aprendemos uma língua estrangeira é aquele no qual nos apresentamos.

Seja na hora de aprender alemão, inglês, francês ou chinês; sempre aprenderemos a dizer como nos chamamos, de onde viemos e quais línguas falamos.

Depois de ter escutado muito áudio para fica íntimo dos diferentes sons de pronúncia do idioma, chegou a hora de colocar “a boca no trombone” e sair falando.

Para conseguir se apresentar, é necessário então que você aprenda a dizer “bom dia”, “como vai?”, “meu nome é…”, “eu venho do Brasil e falo português”.

Confira algumas frases curtas e básicas que vão te ajudar a desenvolver sua primeira conversa:

  • Guten morgen” – bom dia
  • Guten tag” – boa tarde
  • Guten abend” – boa noite
  • Wie geht es dir?” – como vai você?
  • Sehr gut” – tudo bem / tudo vai bem
  • Wie heißt du?“- quem é você? / qual o seu nome?
  • Ich heiße Angela” – eu sou Angela

Estas são algumas das bases da língua na hora de se apresentar para alguém que você acaba de conhecer. Ao longo das aulas e com muita prática (é preciso conversar muito!), você aprenderá novos vocabulários, com outras maneiras de “puxar” conversa de maneira elegante e simpática.

3/ Sintaxe

Para desenvolver seu nível do idioma da Alemanha, é preciso compreender como a língua é estruturada. De antemão, já é bom ficar sabendo que a sintaxe alemã é completamente diferente da sintaxe da língua portuguesa.

É de extrema importância que grande atenção seja dada a esta parte do aprendizado, pois ela também será a base para permitir seu avanço no domínio do idioma.

Primeira dica é nunca tentar traduzir ao pé da letra, palavra por palavra, uma frase do alemão para o português. A estrutura frasal dos dois idiomas não tem nada a ver e isso só dificultará as coisas para você, pois te induzirá diretamente ao erro.

A construção de cada frase muda de acordo com o seu objetivo (afirmativa, exclamativa, imperativa ou interrogativa). A melhor maneira de fixar estas diferenças é fazendo fichas que resumam a construção da sintaxe para cada tipo de expressão.

Bons dicionários podem te ajudar neste processo.

Uma frase afirmativa possui dois tipo de estrutura. Independente de qual ela seja, o verbo sempre será o segundo elemento presente.
Exemplo:
– “A criança brinca no jardim de manhã”
– “Das Kind spielt am Morgen im Garten” ou
 “Am morgen spielt das Kind im Garten

O verbo “spielt” (“brinca”) está localizado exatamente no mesmo lugar da frase nos dois casos apresentados. O sentido da oração, portanto, não muda.

"A criança brinca no jardim de manhã" “Das Kind spielt am Morgen im Garten”

4/ Verbos: infinitivo e radical

Conhecer os verbos no infinitivo é a base para todo o aprendizado da conjugação da língua alemã.

Para conseguir conjugar corretamente as palavras no idioma dos irmãos Grimm, é preciso conhecer a estrutura utilizada pelos germânicos alemães.

Cada radical do verbo possui em sua forma do infinitivo o final “-n” ou “-en“.

O verbo “kommen” (vir) no infinitivo é formado da seguinte maneira: “komm-” é o radical e “-en” o sufixo.

Esta é a regra básica para a formação de verbos no infinitivo na língua alemã. No entanto, é preciso estar ciente que alguns deles podem aparecer com uma estrutura ligeiramente diferente.

É o caso, por exemplo, dos verbos “estudar” e “copiar”: “studieren” e “kopieren“. Ambos terminam com “-ieren“.

5/ Verbos fracos, fortes e mistos

Para evoluir em seus conhecimentos da língua alemã e ser capaz de falá-la fluentemente, é indispensável que o aluno saiba distinguir as diferentes categorias de verbos.

Verbos fracos

Possuem conjugação regular e são todos declinados da mesma forma. Boa notícia é que o radical deste tipo de verbo se mantém sempre o mesmo.

Exemplo: O radical do verbo “machen” (fazer) nunca mudará, sendo sempre “mach-” no passado, no presente e no futuro.

Verbos fortes

Eles são irregulares e precisam ser memorizados, pois não existe nenhuma regra para sua “existência”. O radical muda de acordo com o tempo e a pessoa da conjugação.

Verbos mistos

Como o próprio nome sugere, esta categoria de verbos possui uma mistura das regras (ou das “não regras”) das duas outras categorias acima. Isso porque o radical muda de acordo com o tempo e a pessoa da conjugação – como os verbos fortes -, mas os sufixos são os mesmos utilizados nos verbos fracos.

Devido às suas características, muitas pessoas os chamam de “verbos fracos irregulares”.

Mais uma vez, é memorizando que se aprende…

6/ Declinações

É preciso dominar as declinações para se dominar o idioma falado na Alemanha.

Na maioria dos cursos desenvolvidos para aprendizes iniciantes, este é um dos conteúdos que merece atenção especial, pois saber declinar é essencial para conseguir se expressar corretamente em alemão.

Tal aspecto, por não existir na nossa língua portuguesa, pode assustar um pouco no começo. Mas com a prática, tudo se esclarece!

Você vai rapidinho entender e se acostumar a declinar os artigos, os substantivos, os pronomes e os adjetivos. As declinações acontecem em quatro casos:

  • Acusativo;
  • Genitivo;
  • Nominativo;
  • Dativo.

Boa parte da língua alemã precisa ser memorizada. Não existe outra opção a não ser memorizar alguns conteúdos do alemão.

Para complicar ainda mais (porque as língua germânicas gostam de ser difíceis!), o gênero das palavras declinadas (masculino, feminino, neutro e plural) ainda deve ser levado em consideração, pois eles também interferem na maneira como elas se declinam.

7/ Formas do plural

O plural das palavras em alemão é feito de uma maneira completamente diferente do nosso (só para variar!).

Na maioria dos casos, algumas letrinhas precisam ser acrescentadas no final das palavras, chamados também de sufixos do plural.

Os diferentes sufixos do plural alemão são:

  • -e
  • -en
  • -n
  • -er
  • -s

Existem diversas regras para se colocar palavras no plural e vários fatores a serem analisados. Por exemplo, o “-e” é utilizado na maioria das vezes como o sufixo do plural de substantivos masculinos.

No entanto, os substantivos que terminam em “-chen” e “-ien” no singular não ganham sufixos do plural.

8/ Adjetivos possessivos e numéricos

O conhecimento e o domínio dos adjetivos possessivos e numéricos também é super importante para ter sucesso no aprendizado do alemão.

A utilização correta destas palavras está entre as falhas mais cometidas por debutantes na língua.

A melhor alternativa, neste caso, é providenciar um dicionário de português-alemão para que ele vire seu fiel escudeiro!

Possessivos

Os adjetivos possessivos (ou pronomes possessivos) são relativos à posse de algo por alguém. Eles acompanham, então, um substantivo e são sempre posicionados na frente deles.

Alguns pronomes possessivos podem, inclusive, substituir o substantivo ao qual se referem. Quando isso acontece, os pronomes mudam de forma.

Numéricos

Eles são classificados em duas categorias: cardinais e ordinais.
Mais uma vez, a melhor maneira de aprender esta parte do conteúdo é colocando a memória para funcionar.

9/ Referências espaciais e temporais

Essas referências são feitas através do uso de advérbios de tempo e preposições de lugar.

A maneira mais eficaz, rápida e simples de assimilar todas as regras e informações ligadas à utilização destes advérbios e preposições é praticando frequentemente a língua alemã através de exercícios.

Desta maneira, você se acostumará rapidinho a escutar, ler e escrever “erst” (primeiramente), “selten” (raramente), “auf” (sobre), “hinter” (atrás), dentre outros.

Vídeos no youtube ajudam muito os alunos. O YouTube é sempre um grande aliado daquele que estuda línguas.

10/ Enriquecendo o vocabulário

Não adianta saber utilizar bem as regras de gramática se você não possui vocabulário suficiente para estabelecer uma conversa. Sendo assim, mais uma vez, é hora de colocar a “cuca” para funcionar e memorizar palavras que lhe podem ser úteis.

Comece com aquelas ligadas ao seu dia a dia, à sua casa, ao seu ambiente de trabalho ou a aspectos específicos dos seus estudos.

Tente ler e escutar muito alemão. A internet está aí é para ser utilizada. Procure também vídeos no YouTube. Eles podem ser muito divertidos, além de te ajudar a descontrair na hora da prática.

Encontre uma boa aula de alemão online no Superprof!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar