As bailarinas parecem que estão flutuando no palco !

É quase impossível ir a uma apresentação de dança clássica e não se encantar. As bailarinas estão sempre com um sorriso deslumbrante no rosto, que até parece ser fácil dançar na ponta.

Mas como dançar na ponta ?

As sapatinhas de balé são especialmente desenvolvidas para que as dançarinas clássicas possam dançar na ponta dos pés por um longo período do tempo. As bailarinas iniciantes sonham em flutuar no palco com a mesma leveza, graça e suavidade, com suas sapatinhas e roupas de balé.

No entanto, uma dança de ponta de pé, se iniciada com sapatos inadequados, pode levar a acidentes ou ferimentos que facilitam o surgimento de lesões, e mais tarde, isso pode prejudicar permanentemente o desempenho da bailarina. Sendo assim, nas escolas de dança, as bailarinas iniciantes não podem pular etapas, elas usam um tipo de sapatilha especial para alunos iniciantes de balé.

Quer saber quais são os modelos de sapatinhas mais usados na dança clássica ?

Aqui estão todas as nossas dicas para escolher sua sapatilha de ponta ou meia ponta perfeita  !

Karenina
Karenina
Profe de Dança
5.00 5.00 (23) R$120/h
1a aula grátis!
Bárbara
Bárbara
Profe de Dança
5.00 5.00 (19) R$90/h
1a aula grátis!
Patricia
Patricia
Profe de Dança
5.00 5.00 (18) R$75/h
1a aula grátis!
Priscila
Priscila
Profe de Dança
5.00 5.00 (9) R$120/h
1a aula grátis!
Carolina
Carolina
Profe de Dança
5.00 5.00 (12) R$80/h
1a aula grátis!
Erika
Erika
Profe de Dança
5.00 5.00 (7) R$85/h
1a aula grátis!
Elaine
Elaine
Profe de Dança
5.00 5.00 (5) R$100/h
1a aula grátis!
Kyo
Kyo
Profe de Dança
5.00 5.00 (2) R$60/h
1a aula grátis!

Escolha sua sapatilha de ponta e meia ponta de acordo com seu tipo de pé

A anatomia do seu pé influencia diretamente na escolha da sua sapatilha !

Não basta conhecer todas as marcas, modelos, tamanhos e materiais, é necessário um estudo adequado do formato do seu pé, isto é, a anatomia é quem vai ditar o modelo correto de sapatilha.

Saiba qual é o meu tipo de pé para dançar balé.
O uso de sapatinhas é levado muito a sério na dança clássica !

Se não sabe qual é o seu tipo de pé? Confira nossas dicas :

  • Pé quadrado - é o tipo de pé que apresenta pelo menos três dedos do mesmo tamanho. Normalmente, dedão, e os outros dois dedos seguintes;
  • Pé grego - é aquele pé meio largo que tem o dedo do meio maior que os demais;
  • Pé egípcio - é o tipo de pé em que o dedão é o dedo maior, e os outros dedos vão diminuindo gradualmente como um escadinha;

Obviamente existem outros formatos, mas, basicamente esses três tipos acima são predominantes no balé !

Também é levado em conta outras características, como formato do pés ( largo ou estreito), por exemplo. Além de analisar o seu tipo de arco plantar, em:

  • Pé normal - é o tipo de pé mais comum, ele apresenta pisada neutra;
  • Pé cavo - são pés que apresentam o arco bem acentuado e curvo, podendo causar lesões por sobrecarga. Pode apresentar tendência a supinação;
  • Pé chato - é o tipo arco plantar que possuí o formato plano, ele toca quase por inteiro no chão. O pé chato pode apresentar tendência à pronação;

Quem é a pessoa mais indicada para avaliar os seus pés ?

O ortopedista e o seu professor de dança podem fazer a análise da anatomia dos seus pés. Qual é o mais indicado? O médico fará uma avaliação sob o ponto de vista clínico, uma vez que o ortopedista é uma especialidade médica que visa a prevenção e correção de distúrbios do sistema músculo-esquelético, como as distorções e deformidades dos ossos, das articulações, dos músculos, tendões e nervos.

Enquanto o professor é o profissional capacitado a ensinar as diferentes técnicas de dança. Sua análise dos pés é voltada para melhorar o desempenho do aluno, sabendo reconhecer o tipo de sapatilha mais adequada para cada tipo de pé.

Portanto, para que a saúde dos seus pés esteja em perfeita harmonia, faça acompanhamento com um ortopedista e seja auxiliado por um professor de dança !

Descubra como escolher um collant na dança clássica !

Qual modelo de sapatinha de ponta e meia ponta escolher ?

Certamente, assim que você se matricular na escola de balé, será orientado a iniciar suas aulas com o básico do figurino de dança clássica: collant, meia-calça e sapatinhas. Se não tiver um bom orçamento para comprar tudo de uma vez, a compra da sapatilha deve ser sua prioridade.

Dicas para escolher a sapatilha de balé mais confortável.
O uso de sapatilhas é indispensável na prática de dança clássica!

Como mencionado no tópico anterior, as sapatilhas devem ser escolhidas de acordo com o formato do seu pé. Logo, vamos começar falando dos principais arranjos de sapatilhas: As sapatilhas de meia ponta ( indicada para alunos iniciantes ) e as sapatilhas de ponta ( indicadas para alunos avançados e profissionais de dança). Confira as nossas dicas para escolher a sua:

Sapatilhas de meia ponta

É o modelo de sapatilha mais indicado para bailarinas iniciantes!

São modelos feitos de revestimento que pode ter uma sola inteira ou dois solados, o que permite mais estabilidade aos pés da bailarina. Normalmente, as solas são feitas de couro ou camurça.

A sapatilha de sola inteira cobre todo revestimento, permitindo um bom suporte para os pés e, portanto, uma vez que os pés ficam mais estáveis, a bailarina pode executar os movimentos da dança e ganhar mais força nos tornozelos e pés. Por isso, ele é amplamente recomendado para iniciantes, independente da idade.

As sapatilhas de sola dupla possuem uma sola na parte superior do pé e outra sola no calcanhar. O arco dos pés são deixados livres, permitindo maior flexibilidade dos pés, além de possibilitar o alongamento perfeito do peito do pé. Todavia, é o modelo de sapatilha mais indicado para quem está no nível intermediário.

Sapatilha de pré-ponta

São sapatilhas que contém características de sapatilhas de meia ponta e a de ponta, contudo sua aparência é bem mais parecida com a sapatilha de ponta. É indicada para quem iniciará o trabalho na ponta, mas sua estrutura não suporta o peso do praticante de balé. O objetivo desse tipo de sapatilha é fortalecer os pés antes da iniciar a ponta, acostumando os com a pressão que o box da sapatilha exerce nos pés.

Sapatilhas de ponta

São sapatilhas mais rígidas que possuem box e palmilhas preparados para suportar o peso da praticante de balé e proporcionar maior equilíbrio para dançar na ponta. Existe no mercado modelos macios indicados para bailarinas na transição do nível intermediário para o avançado e mais duros para as bailarinas profissionais. Algumas empresas disponibilizam opções de tamanho do box, dureza e tamanho da palmilha, podendo ela ser inteira ou 3/4.

Karenina
Karenina
Profe de Dança
5.00 5.00 (23) R$120/h
1a aula grátis!
Bárbara
Bárbara
Profe de Dança
5.00 5.00 (19) R$90/h
1a aula grátis!
Patricia
Patricia
Profe de Dança
5.00 5.00 (18) R$75/h
1a aula grátis!
Priscila
Priscila
Profe de Dança
5.00 5.00 (9) R$120/h
1a aula grátis!
Carolina
Carolina
Profe de Dança
5.00 5.00 (12) R$80/h
1a aula grátis!
Erika
Erika
Profe de Dança
5.00 5.00 (7) R$85/h
1a aula grátis!
Elaine
Elaine
Profe de Dança
5.00 5.00 (5) R$100/h
1a aula grátis!
Kyo
Kyo
Profe de Dança
5.00 5.00 (2) R$60/h
1a aula grátis!

Qual material de sapatinha de balé escolher ?

Existem diferentes modelos de sapatilhas, variando o tipo de sola e material. Vamos começar falando dos três tipos de materiais mais usados nas sapatilhas de balé:

  • Sapatilha de lona - sem nenhuma dúvida, é um tipo de material muito frágil, contudo, são mais baratas que as sapatilhas de couro.
  • Sapatilhas de cetim - são as mais encantadoras no balé, seu material agrada alguns dançarinos que gostam de sua aparência. É muito usada em figurinos;
  • Sapatilha de couro - são mais rígidas e exigem mais esforço dos bailarinos no momento de executar seus movimentos, contudo, eles tem uma durabilidade maior que as outras. Uma dica é: escolha um tamanho confortável para seus pés;

As sapatilhas de lona e as de couro costumam ser mais durinhas, enquanto as de cetim são muito usadas por crianças.

Sinta-se à vontade para conhecer outros tipos de dança: aula de forró, aula de zumba, aula de dança de salão, aula de zouk, aula de dança do ventre, etc !

Saiba que orçamento você deve planejar para o traje de bailarina !

Quais são as principais marcas de sapatilha de ponta e meia ponta ?

Agora que já falamos tipos de materiais, segue nosso resumo com algumas das marcas mais conhecidas de sapatilhas de ponta e meia ponta:

SóDança

A SóDança é uma marca brasileira que fornece sapatilhas para o mundo inteiro. São linhas para bailarinas iniciantes, intermediárias, além da linha para bailarinas mais avançadas. Entre os modelos mais conhecidos está o modelo Toshie, em homenagem a mestra Toshie Kobayashi.

Entenda quais são as marcas de sapatilhas de ballet mais famosas na dança clássica.
As sapatilhas Só Dança têm qualidade reconhecida internacionalmente!

Bloch

A Bloch é uma empresa australiana de sapatilhas de ponta de alta qualidade. As sapatilhas da linhas Bloch foram lançadas pela primeira vez em 1932 pelo artesão Jacob Bloch. A marca garante que suas palmilhas podem ser moldadas aos contornos dos pés da bailarina desde sua primeira utilização. A Bloch está sediada em Sydney, com um escritório europeu em Londres. Atualmente, são aproximadamente 30 opções de sapatos de dança, incluindo a queridinha Serenade.

Gamba

A marca de sapatilha de ponta Gamba são feitas pela empresa francesa Repetto. Hoje conta com uma linha de oito modelos, incluindo a famosa ABT, criadas para as bailarinas do American Ballet Theatre.

Capezio

A Capezio é uma das marcas mais conhecidas na dança clássica, ela esteve nos pés de dançarinos famosos, como Anna Pavlova, Gene Kely, Fred Astaire. Mas quem é Salvatore Capezio ? Ele tinha 17 anos quando abriu sua loja em Nova York, 1887, nessa época seu negócio era consertar sapatos de teatro para o Metropolitan Opera. Em 1890, a marca voltou sua atenção para a produção de sapatilhas de ponta. Contudo, atingiu o seu auge quando Anna Pavlova adquiriu sapatilhas para si e toda sua companhia em 1910, o que ajudou muito nos negócios da marca. Atualmente, o modelo Capézio Glisse, lançada em 2003, é a sapatilha mais vendida da marca. Ela tem um formato único, sola arredondada, plataforma estendida para o máximo de apoio dos pés.

Gaynor Minden

Agora estamos diante da sapatilha preferida de muitas bailarinas, elas são sapatilhas projetadas com alta tecnologia que visa a redução de impacto e com amortecedores. Muitas bailarinas iniciantes tendem a escolher a marca, porque afirma que a marca Gaynor Minden tem uma durabilidade maior do que outras marcas.

Freed of London

A marca Freed of London foi fundada na Inglaterra, em 1929, pelo sapateiro Frederick Freed. A marca fornece sapatilhas de ponta para muitas da principais companhias de dança clássica no mundo. Existem seis variedades de sapatilhas Freed, incluindo o modelo mais famoso Classics. Além disso, a marca se orgulha de produzir sapatilhas feitas à mão, há quem diga que não são tão duráveis.

Grishko

A empresa foi criada por Nikolay Grishko, um empresário apaixonado pelo balé, em 1988. A marca Grishko disponibiliza oito diferentes estilos de sapatilhas feitas à mão. Segundo a empresa, as sapatilhas tem bastante durabilidade, graças ao uso de cola para criar extrema resistência. São sete camadas de diferentes de tecidos colados com cola especial para sapatilha de ponta.

Chacott

São sapatilhas de ponta famosas por apresentar curto período de adaptação. Para as bailarinas, isso é um ponto bastante importante.

Sansha

A marca Sansha foi fundada em 1982 pelo francês Franck Raoul-Duval. Atualmente, a empresa fabrica uma variedade de sapatos para aulas de balé, aulas de hip-hop, aulas de jazz, aulas de flamenco, etc. Qual é a vantagem da marca? A empresa desenvolveu um novo conceito de sapatilha de balé, com haste removível no solado possibilitando flexibilidade, permitindo as dançarinas alongar ou encurtar a sapatilha, conforme sua necessidade.

Aprenda a se maquiar para uma apresentação de dança !

As melhores dicas para o praticante de dança clássica

As sapatilhas são produzidas em dois tipos de arranjos: as de meia ponta, normalmente, indicada para iniciantes. E as sapatilhas de ponta, especialmente, indicadas para profissionais na área de dança. Confira as nossas melhores dicas para quem pratica dança clássica:

Fitas e elásticos

Normalmente, a sapatilha de ponta precisa de duas fitas de cetim e um elástico para fixá-las ao pé, são elas que na maior parte do tempo trazem segurança a sapatilha.

Quebrando suas sapatilhas

Quase todas as bailarinas profissionais quebram ou amolecem suas sapatilhas de ponta com a finalidade de melhorar a sua forma e eliminar o desconforto quando elas estão novas. Outras simplesmente toleram o desconforto inicial até que elas sejam naturalmente quebradas. As técnicas para quebrar são as mais variadas, desde golpeá-das com algum objeto até molhar as caixas de dedos. Tenha muito cuidado porque todos esses métodos podem encurtar a vida útil das suas novíssimas sapatilhas.

Saiba como dançar da ponta do pé com a sapatilha certa.
Atenção: quebrar a sapatilha pode encurtar a vida útil dela !

Vida útil das sapatilhas

A vida útil das suas sapatilhas dependerá de muitos fatores, entre eles:

  • Frequência de uso;
  • Peso;
  • Material da palmilha;
  • Processo de quebra;
  • Técnica de dança;
  • Qualidade do piso, etc:

Uso de ponteiras

As ponteiras são acessórios, geralmente, feitas de gel, silicone ou espuma, com a finalidade de minimizar o desconforto causado pela caixa e amortecer o impactos nos dedo. As ponteiras ajudam a proteger seus pés !

Pronto para começar a dançar na ponta com aulas de balé?

Precisando de um professor de Dança ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Ana

"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento." Clarice Lispector