Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Tudo sobre como preparar seu curso de português para estrangeiros

De Fernanda, publicado dia 05/04/2019 Blog > Idiomas > Português para estrangeiros > Como organizar sua primeira aula de PLE?

“Quem quer aprender a língua de um povo não tem que ter medo dele.” Provérbio

Aprender uma língua diferente da sua língua materna é um verdadeiro trunfo na vida. É por isso que, a cada ano, os estudantes vêm estudar no Brasil para aprender mais sobre a língua e sua cultura. Nosso país é um destino turístico e comercial importante na América Latina e no mundo.

Mais um motivo para encontrar facilmente alunos para ensinar a língua portuguesa. Aqui estão algumas dicas sobre como se preparar e elaborar o conteúdo da suas primeira aula de português para estrangeiros.

Organize o espaço de trabalho para o primeiro curso de PLE

A primeira aula de português como língua estrangeira é importante tanto para o aluno como para o professor, porque ela funciona como uma pequena amostra do programa completo. Esta primeira hora de troca permite ao aluno ter uma ideia do tipo de curso esperado.

Para o professor, esta é uma oportunidade para testar um pouco o aluno e saber qual direção dar ao curso.

Onde dar aulas de PLE? Onde dar o seu curso de PLE? Encontre um espaço tranquilo para ensinar o português.

Durante uma primeira aula na escola ou em qualquer outro curso, você provavelmente já disse a si mesmo “vamos esperar para ver como é a primeira aula e como é a professora”. É por isso que muitos professores do Superprof oferecem a primeira hora de curso gratuitamente. Isso permite que o aluno e o professor vejam se há sintonia, comunicação e se as expectativas são atendidas.

Caso contrário, é sempre possível parar por aí e escolher outro professor ou metodologia.

Para que o primeiro curso ocorra nas melhores condições possíveis, é importante que o espaço de trabalho seja otimizado para o bom funcionamento dessa troca.

Como professor de PLE, você pode escolher ensinar em casa ou na casa do aluno. Os alunos às vezes preferem ficar em casa para trabalhar em um ambiente que conhecem e evitar o deslocamento. No entanto, cabe a você definir as regras.

Se você se deslocar até a sua casa, certifique-se de reservar um lugar tranquilo e arrumado para ministrar seu curso. Peça ao seu aluno para escolher um local e de organizá-lo minimamente. A bagunça, embora por vezes produtiva, muitas vezes confunde os espíritos e algumas pessoas podem ter dificuldade em se concentrar.

Caso a aula aconteça em sua própria casa, será mais fácil de organizar um local apropriado para você e adequado ao seu tipo de curso. Se você organizar atividades que exijam espaço (dinâmicas de grupo etc.), você pode deslocar sua própria mobília, por exemplo.

Uma organização mais difícil de reproduzir na casa do aluno…

Pense também em criar um ambiente silencioso com, por exemplo, um pouco de música suave ou escolha uma sala não muito exposta ao barulho da rua.

Um pequeno conselho: sente-se ao lado do aluno, não na frente. Ter seu professor na frente às vezes pode impressionar o aluno e colocá-lo sob pressão!

Elaborando atividades para o primeiro curso de PLE

Para que seu curso seja executado em boas condições, o espaço de trabalho não é suficiente. É preciso pensar no conteúdo.

A vantagem de ser um professor particular é que você pode decidir por si mesmo o programa e o tipo de aula que você quer dar. Se você quer passar um filme em português, você tem a possibilidade! Tudo o que lhe pareça educativo e lúdico pode ser usado, da sua maneira. Mas faça com metodologia e prepare tudo com antecedência.

O primeiro passo é escolher o tipo de curso que você deseja elaborar. O estilo escolhido deve ser apresentado ao aluno desde o início para que ele saiba o que esperar antes de se comprometer permanentemente.

Onde aprender PLE? Como ensinar a língua portuguesa? Por que não assistir a um filme brasileiro? Auto da Compadecida é uma boa indicação!

Você pode oferecer cursos intensivos, aulas discursivas clássicas, cursos temáticos, cursos com atividades adaptadas, cursos específicos para solicitações particulares, etc.

Por exemplo, algumas pessoas querem se preparar para o Celpe-Bras. Essas solicitações muito específicas devem ser tratadas em profundidade e focadas no nível desejado do aluno (quando possível).

Além disso, você pode, por exemplo, oferecer um workshop de escrita, aulas de culinária, desenvolvendo receitas da culinária brasileira, estudar uma obra da literatura, tradução de poesia ou canções.

Nada é mais motivador do que trabalhar e nos divertir ao mesmo tempo. Por isso é importante definir temas e metodologias dos quais gostamos bastante.

“Como grande fã da Shakira, eu dei meus primeiros passos em espanhol traduzindo as letras de suas músicas. Eficiência garantida!”

Para trabalhar a fonética, a expressão oral, a expressão escrita, a compreensão auditiva ou a compreensão escrita, você pode criar jogos.

O curso deve ser atraente para o aluno, mas também para o professor de PLE. Faça cursos que se pareçam com você e dos quais você tenha orgulho.

Se você se diverte na elaboração e preparação dos cursos, isso será sentido durante as conversas com o aluno. Esta é a diferença que pode haver em relação aos cursos mais tradicionais nas escolas de idioma ou nos cursos de extensão em universidades, por exemplo. Aproveite o fato de poder se divertir e ensinar do jeito que mais gosta!

Ensinar cultura e civilização brasileira a não-falantes de português, como os estudantes estrangeiros, é um verdadeiro prazer. Para organizar suas aulas de maneira que elas não se pareçam apenas com sessões de jogos, você pode criar pequenas fichas pedagógicas. Isso ajudará a estruturar suas aulas e fazer seus alunos trabalharem.

Primeiro curso de PLE: conheça seu aluno

Aprender uma língua que não é seu idioma materno requer motivação! No entanto, o ensino de línguas é muito benéfico para todos os alunos. Isso ajuda a despertar a abertura de espírito e a descobrir o mundo.

É por isso que muitos pais querem que seus filhos façam aulas de língua estrangeira. Esse pode ser o caso do PLE. Se você leciona fora dos países de língua portuguesa, seu aluno pode estar com você porque ele não tem escolha.

Estas condições podem dificultar o ensino adequado da língua portuguesa. Para evitar isso, faça todas as perguntas para o aluno já na primeira aula, de modo a não embarcar num curso que não leve a nada.

Onde dar aulas de PLE? Por onde começar a sua primeira aula? Comece conversando com o aluno para conhecê-lo melhor.

Portanto, isso significa conhecer o aluno e simplesmente perguntar por que ele quer aprender o português. Pode ser para a preparação de exames, para se integrar na sociedade brasileira, para escrever poemas, para viajar a um país de língua portuguesa ou apenas porque o estudante considera o português belo.

A motivação desempenha um papel importante no aprimoramento das habilidades linguísticas de um aluno.

Seja como for, certifique-se de que o processo venha dele e não de um terceiro.

Se a sua motivação for comprovada, é igualmente importante conhecer os objetivos do aluno. Qual nível estabelecido pelo Celpe-Bras ou pelo Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas que o aluno deseja alcançar ?

Usar essas referências ajuda a esclarecer certos elementos para o aluno. Estes são níveis utilizados para todas as línguas vivas ensinadas internacionalmente. Portanto, é muito útil identificar a posição do aluno entre todos esses níveis.

Conhecer o aluno não significa apenas falar sobre as expectativas do curso.

Tente conversar com ele sobre suas paixões, seus gostos musicais, cinematográficos, etc. Criar uma conexão ajuda o aluno a se sentir mais confortável e o professor a ensinar de maneira mais espontânea.

Qual o preço de um curso de PLE?

Primeira aula de PLE: avalie o nível do aluno

Para conversar com seu aluno, você deve, naturalmente, poder falar em um idioma comum. Alguns de seus alunos já terão um nível muito bom em português. A comunicação não vai ser um problema.

Outros podem ter mais dificuldades e ser ótimos aprendizes iniciantes. Ensinar português para estrangeiros faz então sentido e cabe a você se adaptar ao seu aluno.

Você precisa, portanto, logo na primeira hora de aula, avaliar o nível do seu aluno de acordo com os diferentes níveis do Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas ou Celpe-Bras.

Onde aprender PLE? Como saber se ele fala bem o português? Faça jogos para conhecer as habilidades de linguagem do seu aluno.

Elabore exercícios divertidos e fáceis de entender para um iniciante. Isso pode ser na forma de jogos, por exemplo. O aluno pode tentar colocar etiquetas de palavras nas fotos.

Os exercícios divertidos não são reservados apenas para crianças.

Depois de avaliar seu nível, você pode configurar um programa de progressão individualizado.

O professor de português deve acompanhar os alunos para que eles evoluam da maneira mais eficaz possível. Em seguida, escolha uma frequência que corresponda à sua disponibilidade e a do seu aluno. Entre cada aula, os alunos devem ser capazes de digerir o que estudaram no encontro anterior.

Ser professor de português e dar aulas particulares é, portanto, um trabalho em equipe. A primeira hora de aula é essencial para formar uma boa equipe, não se esqueça disso!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar