Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Quanto se gasta para viajar para terras russas?

De Camila, publicado dia 14/04/2019 Blog > Idiomas > Russo > Qual o orçamento para visitar a Rússia?

“Viajar é a única coisa que você compra que te torna mais rico.”
Autor desconhecido

A Rússia de hoje é muito mais turística do que há 20 anos, logo após a queda do Muro de Berlim e o colapso do comunismo. Hoje em dia pode-se viajar pelas regiões mais selvagens da Federação Russa, seja com o Transiberiano ou de avião, sem nenhum receio. De acordo com o Relatório de Viagens & Turismo de 2017, o turismo na Rússia gerou 860 bilhões de rublos no PIB russo, um número que vem aumentando constantemente desde 2000.

É muito bom que o turismo traga dinheiro para o país, pois algumas pessoas realmente gastam muito durante a viagem!

Você se lançou na aventura de fazer um curso de russo online ou aulas de russo com um professor particular, sonha em ir passar uma temporada no país dos czares, mas não faz a menor ideia de quanto dinheiro precisa juntar?

Se você anda se dedicando muito ao curso russo e ainda não preparou seu orçamento para a viagem à Rússia, não analisou os procedimentos consulares, despesas fixas ou as variáveis financeiras que podem aparecer durante a visita, então nós te damos uma mão amiga.

Não basta apenas fazer aula de russo para ficar pronto para ir para a Rússia! Por isso Superprof te dá dicas de como planejar um orçamento ideal para viajar para solo russo!

Obs: Os preços comunicados nesta matéria são passados em Dólares americanos, para não comprometer a veracidade das informações com a mudança do câmbio com o Real.

Confira ainda nosso guia para preparar uma viagem para Rússia!

Hospedagem na Rússia, a maior despesa da viagem

Um orçamento de uma viagem para a Rússia pode ser facilmente colocado no papel. No entanto, para evitar surpresas desagradáveis, é preciso considerar os custos com hospedagem como sendo “custos fixos“. Isto significa que não importa o que você faça, seja qual for o seu plano para conseguir descontos nas atrações turísticas, você deverá pagar pela acomodação. Portanto, alguns critérios para reservar sua acomodação na Rússia devem ser levados em consideração:

  • O tipo de habitação,
  • O lugar ou o bairro do alojamento,
  • O nível esperado de benefícios,
  • O conforto procurado.

Estes critérios podem alterar enormemente o preço da diária de um quarto duplo. O mesmo vale se você optar por um pensão completa ou meia pensão.

A pergunta a ser feita é a seguinte: “Eu estou indo à Rússia em busca de experiência cultural, em busca de uma estadia confortável ou procurando gastar o mínimo possível?”

Os hostels são mais baratos, mas podem acabar sendo uma furada. Alugar um apartamento via Airbnb pode acabar apresentando o melhor custo benefício para a sua viagem à Rússia.

Para relaxar

Se você quiser ficar na Rússia com o objectivo de relaxamento, você pode optar por um hotel com um spa, como Azimut Hotel Olympic Moscou ou o Hotel Cosmos VDNK. Em geral, os hotéis são mais barato na Rússia do que em outras destinações famosas da Europa, como Holanda e França. Tal diferença se acentua ainda mais se você sair do circuito das grandes metrópoles, como Moscou, São Petersburgo e Kazan.

Dica: Os preços dos hotéis acima são realmente bons se levarmos em conta o nível do serviço oferecido. Isso sem contar com a vista deslumbrante que eles proporcionam aos seus hóspedes!

Para economizar moderadamente

Para economizar dinheiro, você também pode escolher reservar um Airbnb, no centro da cidade ou num local um pouco mais inusitado, como uma “datcha” (casa de campo russa). Isso é ideal se você estiver viajando com um grupo maior pela Sibéria ou pela capital imperial, pois é possível compartilhar os custos.

Muitas casas e apartamentos russos possuem vários cômodos, permitindo que você acomode facilmente 4, 5 ou até 6 pessoas no mesmo local! Certifique-se de verificar se as taxas de inscrição estão incluídas na sua reserva (pergunte ao proprietário).

Preparamos também uma lista com as cidades mais famosas da Rússia!

Para economizar o máximo possível

Para orçamentos apertados e aventureiros, albergues ou “hostels” são a acomodação ideal. Com preços a partir de 1 ou 2 dólares por noite, é difícil encontrar preço melhor na terra dos czares! Existem quase 200 albergues só em Moscou, sem contar com as várias dezenas presentes nas outras grandes cidades da Rússia.

Dica

Evite hostels em cidades periféricas. Ele são, muitas vezes, usados ​​como habitação não declarada para imigrantes ilegais. Sendo assim, os hóspedes correr grande risco de passar por controle policial, o que nunca é agradável.

Alimentação durante a estadia em terra russa

Se você quer uma boa notícia, saiba que podemos comer bem – muito bem! – na Rússia sem gastar muito. Por outro lado, é necessário sair um pouco da zona de conforto e ousar na hora de pedir os pratos nos restaurantes típicos, em meio a menus escritos em língua russa.

Mas por que ousar?

É preciso ter um espírito desbravador na hora de escolher um restaurante, pois é muito fácil encontrar cadeias de fast-food internacionais, como McDonalds ou Dunkin’Donuts, por preços bem atrativos (5 dólares o combo). Mas é tão empobrecedor ir a um país com uma identidade culinária tão rica sem tirar proveito disso. Especialmente porque existem milhares de bons restaurantes à sua disposição!

Este é apenas um dos vários pratos típicos que podem ser encontrados na Rússia. Que tal uma sopa borscht russa?

Dica

Prefira sentar e comer comida em restaurantes. Para elas não há taxa de serviço como na Itália, por exemplo, e os preços são líquidos em rublo. Você é livre para deixar (ou não) uma gorjeta, já que o sistema não é tão rigoroso quanto nos Estados Unidos.

Entre as cadeias de restaurantes russas mais famosas e essenciais para se provar a comida ou para fazer uma refeição de rei, encontram-se:

  • Teremok, o equivalente a um fast-food de produtos tradicionais (incluindo panquecas),
  • Lepim y Varim, especializado em pelmenis,
  • Pelmenya, que também oferece pelmenis,
  • Varenychna N ° 1, que oferece todas as especialidades com o melhor preço (há uma ao lado da Praça Vermelha!).

As especialidades russas são numerosas e você não pode deixar de provar pelo menos estas aqui:

  • Borscht, uma sopa típica de beterraba e cebola,
  • Strogonoff de carne, um clássico,
  • Pelmeni e vareniki, tipos de ravioli com uma massa mais grossa,
  • Shashlikss, espetos de carne,
  • Pieroshki, pastéis recheados,
  • Sirkis, sobremesas ficam entre panquecas e donuts,
  • Vodka, pois nada melhor para terminar uma refeição, não é mesmo?!

Muitos turistas ficam fãs do Pelmeni, pois ele é encontrado em praticamente todos os restaurantes, em versões que agradam à maioria das pessoas e com preços para todos os bolsos!

Preços

E o quanto aos preços: de 1,50 dólares para um pieroshki comido na rua a 4 dólares para uma refeição com cerveja e pelmeni, não se gasta muito comendo bem na Rússia. Por outro lado, esses preços podem triplicar ou mesmo quadruplicar se você optar por restaurantes urbanos chiques como o Dr. Jivago ou o Beluga.

Assim, um orçamento de 20 dólares por pessoa por dia permite comer e fazer lanches sem problema. Para os mais gulosos, separe 30 dólares por pessoa por dia.

Veja alguns dos principais monumentos na Rússia!

Quanto dinheiro levar para fazer passeios e se divertir na Rússia?

Afinal de contas, o ballet russo é imbatível! Ir ao ballet Bolshoi é apenas uma das várias opções de atividades na Rússia.

Atividades culturais, esportes, entretenimento popular, turismo… Atividades é o que não falta na Rússia. Afinal de contas, estamos falando do maior país do mundo em termos de área!

Somente em Moscou, 2.902 atividades são listadas. Já em São Petersburgo encontramos 2.024 e em Kazan, 399 (fonte: TripAdvisor). Ou seja, ninguém fica sem ter nada para fazer!

Mas tudo isso, claro, tem um custo. Mas quanto? Nossa resposta: tudo depende! Não há limite, pois alguns escolhem gastar mais em atividades durante cinco dias do que outros durante dez dias.

Por outro lado, algumas despesas básicas podem ajudá-lo a orçamentar a sua viagem à Rússia feita sob medida:

  • Opte por cartões turísticos, como o Moscow Pass: 40 museus e 3 excursões por 51 dólares (3 dias). Vale a pena!
  • Escolha de 2 a 3 atividades obrigatórias a serem feitas durante a sua estadia, como o Museu Hermitage ou a Fortaleza do Kremlin,
  • Defina um limite de orçamento a não ser excedido para atividades secundárias típicas, como um mosteiro ortodoxo, um passeio de 4 × 4 na tundra ou estepes ou um cruzeiro na Rússia.

Se você fizer um tour pela Rússia, será melhor antecipar todas as despesas em termos de atividades. As operadoras de turismo apostam pesado na originalidade dos passeios para oferecer atividades exclusivas, o que acaba tornando a escolha de poucas atividades ainda mais difícil. Por exemplo, durante a noite branca de São Petersburgo, você pode ir para a Finlândia com cruzeiros fluviais para admirar os arredores. Preço: cerca de 90 dólares por pessoa.

  • Ao redor do Lago Baikal, é possível fazer trenó puxado por cães (55 dólares por pessoa) ou snowmobile (60 dólares).
  • Uma visita ao Museu Hermitage com um guia falando português vai custa em torno de 40 dólares por pessoa (é caro, mas vale a pena!).
  • O turismo no Mar Negro não lhe custará nada além do preço de acesso às praias.

Exemplo de um orçamento global para ir para a Rússia

Que tal planejar as despesas das atividades de lazer antes de ir? Aprender a fazer bonecas russas na Rússia pode ser uma ótima atividade, mas vai custar um certo preço.

Nós falamos sobre hospedagem, alimentação e lazer, que formam a espinha dorsal de um orçamento para fazer uma viagem. No entanto, não mencionamos as outras despesas adicionais para ir para a Rússia, tais como:

  • Vários procedimentos administrativos,
  • Taxas de inscrição no local,
  • Despesas relacionadas ao transporte,
  • Despesas diversas.

Despesas variáveis

A taxa de inscrição é de cerca de 40 dólares, enquanto o transporte custa entre 1 dólar (o bilhete) e 20 dólares (o cartão ilimitado na rede de Moscovo durante 7 dias). Outras despesas diversas incluem o seguro de repatriamento (até 30.000 dólares) e outros documentos, como seguro de viagem. Conte de 16 a 45 dólares extra para obtê-los.

No total, você precisará adicionar por volta de 275 dólares de despesas extras à sua estadia (além dos gastos obrigatórios com hospedagem, alimentação e lazer, claro!).

Que tal informações sobre as melhores alternativas de hospedagem na Rússia?

Despesas fixas

Existem, ainda, despesas obrigatórias que precisam ser levadas em conta, tais como:

  • Um visto de turista, que pode variar de 60 a 160 dólares,
  • A passagem de avião ida e volta, que vai variar muito de acordo com onde você se encontrar e em qual época deseja viajar.

Em geral, para uma viagem barata à Rússia, é melhor não passar por uma agência de viagens, pois fica mais em conta reservar tudo sozinho. Você ganhará até 24% do preço total.

Então, o seu orçamento para ir para a Rússia está pronto? Sinta-se à vontade para compartilhar suas experiências nos comentários!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar