Os médicos e especialistas afirmam: dançar faz bem! Faz bem pra saúde, a autoestima, para o corpo e para a mente. Dançar é ótimo para fazer amigos, se divertir, se exercitar. Entre jovens, adultos e idosos, quem não gosta de dançar ao ritmo da sua música preferida, ao lado das pessoas que você gosta?

Se você já possui liberação do seu médico para realizar alguma prática esportiva ou para prática da dança, uma ótima opção para dançar na terceira idade são os bailes. Espalhados pelo Brasil afora, os bailes da terceira idade tem um público fiel e assíduo. Os frequentadores sabem dos benefícios que dançar traz para a saúde e o bem estar.

Estar em um ambiente familiar, com pessoas da mesma faixa etária que a sua, que tem as mesmas dificuldades, limitações e gostos musicais, é um ótimo atrativo para ir a um baile. Com músicas para idosos dançarem, você certamente vai se divertir muito em um lugar próprio para o seu público.

No entanto, caso ainda não se sinta pronto para entrar na pista de dança, que tal começar antes fazendo aulas de dança? Aqui, na SuperProf, temos diversos professores particulares disponíveis para te ensinar os primeiros passos. Escolha seu ritmo e entre para o universo da dança.

Os melhores professores de Dança disponíveis
Bárbara
5
5 (25 avaliações)
Bárbara
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Mychelle
5
5 (29 avaliações)
Mychelle
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alvaro luiz
5
5 (17 avaliações)
Alvaro luiz
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gregory
5
5 (23 avaliações)
Gregory
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Karenina
5
5 (23 avaliações)
Karenina
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Erika
5
5 (14 avaliações)
Erika
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Carolina
5
5 (15 avaliações)
Carolina
R$95
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Patricia
5
5 (18 avaliações)
Patricia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Bárbara
5
5 (25 avaliações)
Bárbara
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Mychelle
5
5 (29 avaliações)
Mychelle
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alvaro luiz
5
5 (17 avaliações)
Alvaro luiz
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gregory
5
5 (23 avaliações)
Gregory
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Karenina
5
5 (23 avaliações)
Karenina
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Erika
5
5 (14 avaliações)
Erika
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Carolina
5
5 (15 avaliações)
Carolina
R$95
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Patricia
5
5 (18 avaliações)
Patricia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Quando são realizados os bailes para a terceira idade?

Os bailes são atividades que proporcionam as pessoas acima dos 60 anos momentos de descontração, um pouco de exercício e movimentação, encontro e interação com outras pessoas. Acontecem normalmente ao fim do dia, início da noite ou aos finais de semana, mas sempre em horários que não atrapalhe a rotina de sono dos mais velhos.

Aula de dança para idosos
Ao frequentar bailes, os idosos sentem-se mais alegres e fazem novas amizades. | Imagem: Unsplash

São ótimas opções para melhorar a socialização e a autoestima da pessoa idosa. Promove integração e ajuda a colocar os mais velhos em movimento. Os idosos sentem-se incentivados a aprender novos passos e tomar aulas de dança, o que faz com que exercitem-se com maior frequência.

Como ninguém quer fazer feio na pista de dança, acaba sendo uma motivação para treinar e incluir na rotina uma atividade física, como aulas de dança de salão ou outro ritmo. Como já diria o velho ditado: "A prática leva a perfeição!" e a melhor maneira de praticar é fazendo um curso com um professor qualificado para orientar e ensinar.

Procure saber quando acontecem os bailes na sua cidade, quais são os horários e onde são realizados. Vá conhecer e se encantar com este evento tão charmoso e animado. Certamente você vai querer voltar outras vezes para se divertir. E quem sabe não se empolgue e comece também uma aula de dança?

Onde costumam ser realizados os bailes de dança para a melhor idade?

O bailes devem acontecer em lugares de fácil acesso, que não tenha muitas escadas ou obstáculos que dificultem a chegada das pessoas com menor mobilidade. Acessibilidade é a chave do sucesso para esse evento. Por isso os organizadores precisam planejar bem o horário, local e quais as músicas serão tocadas.

Pesquise quais os locais da sua cidade realizam este tipo de evento. Algumas associações ou mesmo casas de show promovem bailes de dança para idosos. Você pode buscar na internet ou pesquisar com seus amigos e vizinhos quais opções mais próximas a sua casa.

Há também as associações de manutenção da cultura tradicional, que realizam bailes para repassar as pessoas mais jovens as danças típicas de uma determinada região. Como é o caso do Carimbó no Pará e da Chimarrita ou Fandango no Rio Grande do Sul. Se você domina este estilo típico, pode informar-se para ser um dos tutores e repassar o que sabe sobre a cultura tradicional da sua região.

Dança para idosos
Seja na rua ou em casa, só não deixe de dançar e se exercitar. | Imagem: StockSnap

Se você ainda é um iniciante, pode procurar um professor ou professora particular, um estúdio de dança, uma academia ou escola que possa te ajudar a aprender os primeiros passos. Algumas escolas de dança também promovem bailes para seus alunos e até para público externo.

É importante ter a liberação do seu médico para iniciar qualquer atividade física. Apresente o atestado de liberação para a prática de atividade física para seu professor ou preparador físico. Informe quais são suas limitações e principais queixas. É importante fazer também exercícios de alongamento e fortalecimento muscular, associado às aulas de dança.

Do clássico ao moderno, do samba ao tango, tradicional ou não, o importante é colocar o corpo em movimento. Escolha já seu tipo de dança favorito e comece a movimentar-se.

Quais músicas são mais populares nos bailes da melhor idade?

A preferência dos 60+ são ritmos como forró e bolero. Mas as músicas que tocam fazem parte de um repertório que resgata boas memórias, o que incentiva os idosos a dançarem como nos seus tempos áureos da juventude. Muitos idosos ficam felizes ao ouvir as músicas do seu tempo.

As músicas para idosos dançarem são normalmente aquelas que tocaram e fizeram sucesso nos anos 60, 70 e 80.  O samba, bolero e o forró são queridinhos entre os membros da melhor idade. Ritmos que embalam a dança de salão também são muito tocados.

Dança para a terceira idade
Os bailes são importantes para promover socialização entre os idosos. | Imagem: Pixabay

Mas não há praticamente nenhuma limitação de ritmo, os idosos podem dançar samba de gafieira, jazz, ballet, tango, sapateado. O único ritmo que não é muito orientado aos idosos é o zouk, pois as rotações com a cabeça podem causar tonturas e desequilíbrio. A também uma nova modalidade, a dança sênior, voltada exclusivamente para o público idoso.

De qualquer maneira, é importante conversar com o seu médico ou cardiologista antes de começar a rodopiar nas pistas de dança dos bailes. Faça um checkup e converse com um especialista. Veja quais ritmos são mais adequados para o seu quadro clínico atual. A dança precisa ser benéfica e não prejudicial à saúde. Melhorar o bem-estar geral dos sêniores é o objetivo principal.

Os tipos de música também podem variar conforme a região do país que você vive. No nordeste, o forró e o xote dominam os bailes. No sul, o fandango e a rancheira são os ritmos mais comuns. No norte, o carimbó e o jacundá. A cultura brasileira é muito rica e cheia de estilos e preferências diferentes. Temos influências da Europa, dos Estados Unidos, África e América Latina nos nossos estilos musicais. Além dos estilos originalmente brasileiros, como é o caso do forró e do samba.

Pandemia: quais os requisitos para a volta aos bailes da terceira idade?

Sabemos que a arte da dança trabalha vários sentidos. Memória, para gravar os passos, noção de espaço na pista de dança, equilíbrio, audição, visão. Há uma melhora das funções cognitivas e motoras, ajuda a combater a depressão, melhora a autoestima. Mas durante algum tempo, danças coletivas e bailes ficaram restritos devido à pandemia e o risco de contaminação e disseminação do vírus SARS-CoV 19.

A pandemia de COVID 19 trouxe diversas limitações, principalmente para os idosos, que fazem parte do grupo de risco. Durante muito tempo os bailes ficaram proibidos, como forma de evitar a contaminação e a superlotação dos hospitais. Devido as comorbidades que costumam acometer a pessoa idosa, como hipertensão, obesidade e diabetes, o vírus da COVID pode causar sintomas graves, e por isso é tão importante tomar todos os cuidados para não ser contaminado com o vírus.

Aula de dança para idosos
No período de pandemia, dê preferência as atividades ao ar livre e use máscaras. Só retorne aos bailes quando liberado pelas autoridades. | Imagem: StockSnap

O exercício mais recomendado durante o período de pandemia era a caminhada ao ar livre e sempre usando máscara ou as aulas de dança em casa, aulas de exercícios dadas de maneira online. Os cursos online foram uma boa alternativa para todos neste período, não só para o jovem, como também para o adulto e idoso.

Agora que a maior parte da população está vacinada e com menor risco de desenvolver sintomas graves da doença, a vida começa a retomar a normalidade. Muitas prefeituras e estados já estão liberando a realização de eventos, festas e aglomerações. Alguns bailes da terceira idade já começam a retomar para aqueles que já se vacinaram com duas ou mais doses.

Fique atento as exigência para frequentar os bailes, e não deixe de aproveitar essa oportunidade de se divertir. Com a vacina no braço, a máscara no rosto cobrindo nariz e boca e todos os cuidados já tão divulgados, o retorno pode ser seguro. Esteja atento às regras do seu município e tão logo esteja liberado, volte a exercer esse hábito tão divertido que é frequentar bailes para a terceira idade.

Mas se você ainda não sente segurança em sair, está tudo bem. Ainda temos diversos professores que continuam com as aulas online e você pode ter aula de dança em casa, como toda a segurança. Que tal fazer contato com um dos nossos professores, agende sua aula experimental e seja um aluno da SuperProf. Conheça nossos cursos de dança.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Camila

Administradora, mineira, mãe, cursando Mestrado em Economia e Gestão da Inovação em Portugal. Apaixonada por viagens e pela vida, me arrisco na cozinha, amo conhecer pessoas e passear em dias frios com sol.