Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

De que forma o violino aparece no cinema?

De Marcia, publicado dia 17/10/2018 Blog > Música > Violino > Violinistas são personagens inspiradores em filmes

“Quem canta, seus males espanta”. Se pararmos para pensar, veremos que o famoso ditado popular faz algum sentido. Prova disso é a sensação prazerosa que vem à nós a cada vez que ouvimos certos acordes. Para quem gosta de música clássica, o violino é uma prova evidente dessa relação.

Se você perguntar em seu círculo de amigos, certamente encontrará muitas divergências de gosto musical, mas dificilmente um amigo dirá que não gosta de música. Trata-se de um forte elemento cultural que ganhou espaço em diversas vertentes, até mesmo no cinema e na televisão. Existem hoje diversas premiações, para melhor música de filme e trilhas sonoras de novelas e séries.

É por isso que o cinema dá tanta importância à música-tema das estreias que estão por vir. No que diz respeito ao violino, vários foram os filmes e livros feitos em sua homenagem. Se você se interessa por cinema e violino, continue lendo. Preparamos abaixo um especial sobre a relação entre esses dois importantes elementos culturais.

Música e cinema unificados

Um maestro, uma atmosfera sinfônica, um pianista, grandes compositores, uma orquestra filarmônica… aqui está uma lista de elementos simples e eficazes para a encenação musical através do violino em uma grande obra do cinema.

Um violinista está sempre bem representado nas telonas, entre concertos, orquestras sinfônicas e a idade de ouro da música. Sem questionar se é possível desafiar o espectador, o diretor coloca o violino como acessório, mas ao mesmo tempo, quase como protagonista de uma saga musical, ajudado pelo talento de algum grande compositor, como Stravinsky, Wagner, Vivaldi ou Tchaikovsky.

 

Violino no cinema Vários filmes abordam a relação de artistas com seus violinos.

Enquanto estamos aqui falando em dois temas que são praticamente universais (música e cinema), podemos dizer que eles se misturam maravilhosamente. Além disso, o violino é aquele tipo de instrumento de cordas que a maioria de nós gosta, e alguns até admiram, seja pelo profissionalismo de seus músicos, seja pelo som harmônico que ele produz.

É, portanto, válido dizer que é fácil e inspirador tomar o violino como ferramenta principal e como suporte para um cenário encantador no cinema. Pode ser que você se pergunte o que o predispôs a se tornar a estrela de alguns grandes filmes, especialmente na França, mas o fato de ele ter se tornado universal realmente permite que ele se encaixe em qualquer formato de filme, seja um long-metragem, um documentário ou mera ficção. Mas então, quais são os filmes que ganharam destaque, tendo o violino como tema principal ou acessório complementar?

Filmes que contêm violino

Tanto no cinema nacional quanto internacional, podemos citar alguns títulos que fizeram sucesso junto ao público. Para você, que está pensando em tomar aulas de violino, trata-se de uma ótima maneira para se inspirar. Pensando nisso, preparamos uma lista especial.

Tudo o que aprendemos juntos

Trata-se de um filme brasileiro, bastante recente (lançado em 2015). A obra traz uma história bastante simples, muito bonita e incrivelmente inspiradora, através da música contemporânea. Uma melodia que é acompanhada por um grande jogo de atuação, compondo um cenário inesquecível para o expectador.

O filme conta a história de Laerte, um talentoso violinista, que falha no exame de admissão da orquestra sinfônica de São Paulo, petrificado pelo medo do palco. A partir daí, os eventos se sucedem, e Laerte passa a ensinar violino a jovens e crianças em uma favela brasileira, para ajudar essas pessoas a conquistar novas oportunidades de vida futura.

O papel da música O violino é capaz de aproximar pessoas: é o que mostra esse filme com Lázaro Ramos.

Embora esse ambiente seja bastante difícil e triste, ele consegue construir relacionamentos sólidos com alguns de seus alunos. Tudo isso obviamente surge em torno do violino, que consegue reunir dois universos totalmente distintos, até mesmo opostos, e, novamente, suavizar as divergências!

Assistir a esse filme pode ser tão inspirador quanto ler citações que se relacionam ao violino.

Frango com ameixas

Lançado em 2011, a partir da adaptação de um quadrinho de Marjane Satrapi, Frango com ameixas é um filme bastante forte sobre o poder da música (neste caso, o violino) e do amor pelo instrumento. Essa obra tem o objetivo de fazer com que você desperte esse amor que certamente já existe em seu íntimo.

Trata-se do tipo de filme que vale a pena ver, especialmente porque o violino, contextualizado em Teerã na década de 1950 é abordado como um objeto presente na história desde o início até o final do filme. O protagonista chega a preferir a morte a ficar sem o seu amado violino. O final encanta e apaixona.

O Solista

Este longa-metragem representa o tipo de história que gostaríamos de ver com mais frequência em nosso repertório cinematográfico, especialmente pela forma a partir da qual a música é abordada . Dirigido por Joe Wright, e lançado em 2009, O Solista é baseado em uma história real, a de Steve Lopez, colunista do Los Angeles Times .

Ele fica fascinado pela música produzida por um sem-teto com um violino de duas cordas, encontra-o, descobre-o e constrói com ele um importante vínculo de amizade e confiança. Ele descobre que este homem estudou violoncelo por muitos anos em uma escola respeitável, e então começa a escrever um artigo sobre sua vida. Em paralelo, ele tenta trazer o homem de volta à vida ativa, através dessa nova amizade e da música, que continua sendo o motor da história.

Trata-se de um bom filme no que diz respeito à abordagem da música, do violino e da arte de modo geral. Ele fala sobre a técnica, mas também sobre as relações humanas que podem ser construídas a partir da música, mais precisamente de como ela tem o poder de unir as pessoas.

Prova disso são também os romances que envolvem o violino.

O Concerto

Lançado em 2009, O Concerto é um filme interpretado por Mélanie Laurent, através da visão da Orquestra Bolshoi, que lidera sua principal narrativa. O Concerto é uma história de viagens, da União Soviética à França, da música às emoções, personificadas por um grande grupo de atores.

Assistir a filmes como esse é essencial para quem já é apaixonado por arte, já que precisamente todos os nossos sentidos são colocados à prova. De fato, ao longo da história, podemos distinguir a música em toda a sua beleza, incluindo o instrumento que nos interessa hoje: o violino, tocado sem enfeites e com grande talento. É inegável como, quando a música faz parte de um filme, nos sintamos extremamente felizes após assistir a ele!

O violino

Lançado em 2007, O Violino mais se assemelha a um drama mexicano, encenado em um cenário de terror político. De fato, os personagens principais, um pai e seu filho, levam uma vida dupla, entre guerrilheiros para tentar derrubar o governo e a dedicação à música em sua pequena fazenda.

Paixão e luta O contraste entre uma cruel realidade política e a leveza da música fazem parte dessa obra.

A partir daí, acontecerão muitos eventos, todos em sintonia com uma realidade cruel, cuja música continuará sendo o pivô, o pilar principal e, mais uma vez, um grande acessório para dar peso aos valores humanos, bons sentimentos e momentos de descontração durante o filme. Será que, além do violino, mais alguém se descobre interessado no México?

A Melodia

Lançado em 2017, este filme dirigido por Rachid Hami, incluindo Kad Merad e Samir Guesmi, tem como personagem principal (adivinhem!) o violino, bem tocado, é claro! Trata-se de uma história fictícia de um violinista um pouco desiludido, que encontra um professor de música (de violino, mais precisamente), que vem enfrentando uma classe relativamente difícil.

No entanto, uma criança muito tímida se destaca, e descobre uma paixão, até mesmo um talento nato, para o violino. Tal descoberta leva todos consigo, incluindo o professor e suas memórias musicais. E se a promessa de tocar na Philarmonie pudesse ser realizada?

Temos aqui a prova de que o violino pode ser suficiente para realizar um filme do começo ao fim, com um bônus de emoções e eventos dignos de um romance real.  Trata-se de um filme muito bom sobre o poder da música, sua força unificadora e seu caráter universal, capaz de juntar todas as pessoas, apesar de todos os eventos negativos que podem acontecer e as tensões que podem surgir entre os homens.

O violino vermelho

O Violino Vermelho é um filme lançado em 1998, que conta a história de Nicolo Bussotti, um luthier que, apesar da morte de sua esposa e filho, decidiu terminar o curso de violino que estava fazendo. Depois disso, esse mesmo artista viajará pelo mundo e viverá histórias cheias de emoção, que o espectador seguirá avidamente.

Esta é a prova de que a representação da música, que pode ser considerada universal, é capaz de viajar através do tempo e do espaço, sem conhecer ou deixar-se frear por qualquer barreira. Para coroar toda essa história, este filme recebeu o Oscar de melhor música!

Talento musical e cinema Que tal se inspirar para desenvolver seu talento musical a partir de algum filme?

Viu só como existem opções de filmes que envolvem o violino? O objetivo dessa seleção que preparamos é mostrar o universo de possibilidades que se abrem a partir de uma habilidade ou paixão musical. Podemos perceber, inclusive que, além de ser um belo instrumento, ele é muito unificador, e permite levar a cultura de forma mais sensível, harmoniosa e universal à pessoas que vivem realidades diferentes. Isso é tudo o que precisamos!

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar