Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

As formações ideais para dar aulas de italiano

De Carolina, publicado dia 13/09/2017 Blog > Idiomas > Italiano > Quais estudos fazer para ser professor de língua italiana?

Escola de idiomas, aulas particulares, autodidata?

Muitos cursos estão disponíveis para ter aulas de italiano e se tornar um professor da língua de Dante. Do ensino superior, passando pela graduação, mestrado, doutorado…

De acordo com um estudo, a paixão pela disciplina é o que atrai a maioria dos jovens a se tornar professor ou professor nas escolas.

Formar-se na profissão docente não é uma questão simples. Do jardim de infância ao ensino superior, você precisa de assistir a muitas aulas sentado na cadeira da sala de aula antes de ter os diplomas necessários. Entre provas, provas finais, Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), concursos internos e externos, agregações… o percurso pode ser bem longo.

Mas o sucesso depende apenas de você!

As formações ideais para dar aulas de italiano Os intercâmbios podem ser feitos durante a escola para aprender a língua italiana

A preparação para concursos de professores de escolas públicas deve ser feita com bastante antecedência.

Não espere até o último minuto para começar. Trabalhe suas expressões orais, escritas e de compreensão. A profissão de docente exige muito investimento!

Mas qual é o currículo mais razoável para se tornar um professor da língua de Dante Alighieri?

É bastante legítimo fazer a pergunta e ainda mais se essa vocação o acompanha desde a sua juventude. Afinal, um bom pedagogo é acima de tudo um verdadeiro apaixonado pelo conhecimento que transmite!

E para atingir seu objetivo, você certamente tem que passar pela vida acadêmica. Alguns diplomas como o de Letras são obrigatórios para tentar um concurso público. No entanto, ainda existe a possibilidade de se tornar um professor de línguas sem passar por um exame ou obter diplomas…

Cabe a cada um de nós escolher, no momento apropriado, o caminho mais adequado para nossa realização profissional.

É possível aprender italiano na escola primária?

Sua vocação apareceu muito jovem?

Desde a escola primária, a Itália e toda a sua cultura é uma quase religião para você?

A história romana e seu império influenciaram muitas vocações! Pois é na escola primária que se descobre a história da Itália e todas as suas conquistas, uma mais incrível que a outra!

No entanto, no nível primário, não é o italiano que prevalece, mas aprender as matérias básicas como português, matemática, ciências, geografia, história. Se uma língua estrangeira é ensinada nesse período escolar, certamente ela é o inglês e em segundo caso o espanhol.

Línguas como o italiano, francês e outras são deixadas em terceiro plano.

A não ser que a criança faça uma escola internacional como a Scuola Italiana Eugenio Montale em São Paulo, capital e a Fundação Torino em Belo Horizonte, MG. As duas escolas ensinam todas as matérias básicas em italiano.

A maioria dessas escolas foram lançadas para atender descendentes de italianos ou empregados de empresas italianas que se instalaram no Brasil.

Italiano desde os primeiros anos de escola a gente só conhece nessas escolas internacionais!

Pode ser que os pais matricularam seus filhos em escolas de línguas especializadas para crianças desde cedo. Assim, os pequenos também podem criar gosto e se expressar em italiano!

Por que escolher italiano na faculdade? É mais fácil aprender um idioma estrangeiro desde cedo que depois de adulto

Infelizmente, nas escolas tradicionais particulares e públicas, é muito raro ter cursos de italiano!

Mas é certo que a criança integra melhor as sonoridades e o aprendizado de uma língua. A idade afeta muito a facilidade de aprender uma língua estrangeira, você sabia?

Mas enfim, não quer dizer que um adolescente ou um adulto não possa aprender uma língua que não seja a sua materna. Pelo contrário, claro que é possível.

Porém, teremos mais dificuldades de aprender o vocabulário e de pronunciar as palavras da outra língua sem sotaque.

Precisamos de alguns meses para alcançar o nível A1, ou seja, falar devagar e entender uma pessoa que articula muito bem na hora de falar.

Infelizmente, é complicado começar a estudar um idioma diferente do inglês em uma escola particular, quanto mais pública…

Embora mais e mais estabelecimentos incorporem um idioma diferente do idioma de Shakespeare em escolhas linguísticas, muito poucos oferecem italiano.

Devemos voltar para as escolas particulares como as internacionais que citamos acima. Mas essas escolas muitas vezes custam muito caro e poucas pessoas têm condições de pagar suas mensalidades. Nem todos podem se dar ao luxo de pagar essa educação, infelizmente.

Para compensar essa falta de diversidade na educação, os pais podem recorrer a professores particulares que ensinam em casa. O professor (aliás, como se tornar um de italiano no Brasil?) vai certificar-se de ensinar o italiano de forma divertida aos jovens aprendizes.

Você também pode comprar livros didáticos para seu filho. Muitos livros educacionais são dirigidos a um público jovem.

Aprenda italiano na faculdade de Letras

Pode ser que sua vocação de ensino venha alguns anos depois!

Saiba tudo para ensinar a língua italiana É importante estudar regularmente para aprender o italiano

Depois de chegar à faculdade, você é obrigado a escolher uma segunda língua estrangeira.

E escolher italiano na faculdade também é possivelmente a chance de desfrutar de um período escolar no exterior. Na faculdade, cabe aos professores propor a organização de um intercâmbio linguístico.

Ou se não, você mesmo pode procurar saber como fazer esse intercâmbio e ir para a Itália. É possível ser professor de italiano sem morar no país?

Essa escolha, obviamente, pode depender da administração da instituição e das parcerias que sua universidade tem com outras internacionais. Mas claro que o mais importante é a motivação do aluno.

Essas estadias são muitas vezes a oportunidade de descobrir o idioma italiano além das simples regras de ortografia e conjugação. Visitar Roma, Nápoles ou Pompéia vai permitir que você compreenda melhor a cultura latina em que os italianos estão constantemente imersos.

Já pensou em ir para Itália e assistir a aulas de geografia em italiano ou outro tema que não seja seu objeto de estudo na faculdade? Deve ser muito legal, não é? Por isso, se tiver a oportunidade e condições financeiras para tal, não deixe de ter uma experiência no país da língua! Seu progresso será deslumbrante!

Você vai ouvir a pronúncia quase todos os dias e a sua vai melhorar por conta própria ao participar da vida na Itália.

Para aumentar suas chances de participar dessa permanência linguística, escolha a opção “Latim”!

Eu sei, nem sempre é fácil auto-impor-se algumas horas por semana além das aulas, mas o jogo vale o esforço. A aprendizagem do latim permitirá que você compreenda as bases linguísticas do vocabulário italiano.

Você também aprenderá a história do país e descobrirá as emocionantes disciplinas da história da arte e da arqueologia.

Nessa altura do campeonato, você já poderá dar aulas do idioma de Dante em seu domicílio através de aulas de italiano online ou presencial!

Italiano como segunda língua no curso de Letras

Algumas faculdades oferecem português e outra língua estrangeira. As mais escolhidas são inglês e espanhol.

No entanto, se esse não for o seu caso, é essencial escolher o italiano como segunda língua.

Assim, você poderá aprender todas as nuanças da língua e sua literatura no ensino superior.

Não desista!

É fácil durante seus anos de faculdade encontrar associações ou institutos para praticar o italiano regularmente. Conheça os nativos nos cafés e converse! O fato de ter discussões reais em italiano com pessoas cuja língua materna é o italiano só será benéfico!

Quanto mais você se envolver em sua aprendizagem, mais fácil será falar essa língua!

Mas quem diz o curso de Letras, também diz diploma de bacharel ou licenciatura.

Durante os anos superiores, você terá essas duas escolhas. O Bacharel é indicado para pessoas que querem principalmente trabalhar com traduções, no ramo editorial, com empresas.

Já a licenciatura é indicada para pessoas que querem dar aula de italiano (é o seu caso?). Assim, você terá matérias como psicologia, pedagogia, metodologia para planejar e dar suas aulas nas melhores condições!

Para obter uma boa pontuação nesses cursos, é essencial estudar regularmente ao longo do ano. Não pense que algumas revisões antes do exame bastarão para ter bons resultados.

Se você quiser aprender italiano, uma boa nota em seu histórico só vai ajudá-lo.

O diploma de graduação em Letras não é o suficiente?

Se você já se considera quase um italiano devido aos anos de estudos dedicadas a essa língua, cultura e história, por que não escolher uma especialização no idioma?

Como se tornar professor do idioma de Dante? Como aprender a língua italiana de forma eficaz?

É realmente possível, no Brasil,  passar para os estudos de pós-graduação Latus Sensu ou Stricto Sensu (mestrado, doutorado).

Para isso, é preciso que você tenha um diploma de graduação, preferencialmente em Letras ou algum curso de Humanas.

Você já terminou a graduação? Parabéns! Agora você está pronto para entrar na pós-graduação.

Estudar italiano na faculdade é essencial para sua carreira profissional. No entanto, você tem que escolher a universidade em que vai fazer seus estudos de pós-graduação de acordo com a linha de pesquisa que te interessa.

Já é um desafio por si só escolher o objeto e a linha de pesquisa. Para isso, você tem que levar em conta quais foram suas matérias preferidas na graduação: literatura? tradução? sintaxe? gramática?

Além disso, é muito importante você considerar o estudo da arte de seu TCC. Você acha que ele ainda dá pano para manga? Quer estudar mais sobre esse tema? Esse tema não foi esgotado? O que já foi publicado sobre ele?

O próximo passo é saber se vai fazer uma pós Latu Sensu ou Stricto Sensu. A pós-graduação Latu Sensu pode ser considerada uma especialização. Normalmente ela dura um ano e é focada para as pessoas que querem trabalhar no comércio internacional, tradução… Já Stricto Sensu, ou seja, mestrado, doutorado, pós-doutorado são direcionadas para as pessoas que querem seguir carreira acadêmica.

É necessário um bom nível de antecedência, bem como uma boa cultura geral. Nelas, você poderá mergulhar nas origens da língua e nas civilizações envolvidas.

Se não, se não quiser ter diplomas de Letras, é possível ser professor de italiano sem sair de casa? É só se inscrever no Superprof e começar a divulgar suas aulas ou seu curso de italiano online!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar