Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Os dez bateras mais conhecidos

De Carolina, publicado dia 04/12/2018 Blog > Música > Bateria > Top 10 dos bateristas famosos

“O baterista é toda a máquina: o condutor, o motor, aquele que toma as decisões… Se o baterista parar, tudo para!” Bernard Purdie

O baterista é certamente um dos membros mais importantes de uma banda. Guardião do ritmo, talento na improvisação e solista em seu tempo livre, o baterista é muitas vezes colocado em segundo plano.

Vamos fazer o teste. Você sabe quem é o baterista do U2, The Police ou Coldplay?

Faça aulas de música Ser bom não é fácil, mas vale a pena se esforçar como baterista

No entanto, você pode me dizer que Bono é o líder, cantor e guitarrista do U2, Sting, o cantor de The Police e Chris Martin, o de Coldplay.

Vamos colocar os bateristas de volta ao palco, mesmo que eles estejam escondidos atrás de seus tom-tons, de seu bumbo e de seu chimbau!

John Bonham, um exemplo fundador

John Bonham é certamente o baterista mais copiado de todos os tempos. Ele participou da ascensão do grupo Led Zeppelin, que é uma das bandas de rock mais importantes de todos os tempos!

Faça aulas de bateria Os músicos dos tambores são o coração da banda!

John Bonham tem uma técnica impar, além de ser poderosa. Podemos ter a impressão que ele toca de qualquer jeito, mas ele mantém perfeito controle de seu tocar. Seu senso de groove está bem estabelecido e ele assina um dos mais famosos solos de bateria do mundo, o de Moby Dick.

John Bonham começou como percussionista desde muito cedo, batendo potes e panelas com paus, copiando seus ídolos Buddy Rich e Gene Krupa. Você sabia que ele usava 4 baquetas em algumas músicas?

Bonzo, como era chamado, morreu jovem, com apenas 32 anos depois de 12 anos no grupo Led Zeppelin.

Descubra os diferentes filmes de bateria!

Keith Moon, o energético

Chamado Moon the Loon, o icônico baterista do The Who, era excêntrico e autodestrutivo. Conhecido tanto por seus excessos quanto por sua maneira de tocar técnica e anárquica, ele se movia atrás de uma bateria gigantesca com vários tom-tons e um bumbo duplo.

Rolamentos de tom-tons e pratos faziam parte de sua maneira de tocar.

Quem são os maiores bateristas? É preciso muita energia para tocar bateria!

Seu poder estava bem estabelecido: ele conseguiu seu lugar no The Who esmagando o bumbo do baterista anterior, porque ele tocava muito mais forte…

Inovador e exuberante, ele também ficou conhecido por pular dentro de uma piscina dirigindo um carro. Seu estilo energético nunca foi igualado por seus sucessores no The Who após sua morte.

Joey Jordison, o número 1

Baterista de metal da banda Slipknot, ele é considerado o melhor baterista do mundo por muitos, mesmo que isso seja discutível. Ele também tocou nos grupos Metallica, Korn e Rob Zombie.

Apelidado de Cactus, ele é o número 1 em sua banda Slipknot porque ele é o primeiro a ensaiar e subir ao palco. Ele carrega tudo em seus ombros: mesmo quando o baixo e a guitarra não tocam, a bateria está ativa.

Um jornalista uma vez perguntou o que ele achava desse primeiro lugar, ele respondeu modestamente:

“Eu realmente não sei o que dizer para você. Isso me lembra todos os dias porque faço o que faço.”

Sua virtuosidade e sua força na hora de tocar fazem dele um baterista essencial. E ele poderia humilhar os músicos que zombavam dele na escola de música por causa de seu tamanho (1,60 m).

Dave Lombardo, o groove do metal

Quem são os melhores bateristas de todos os tempos? O estilo de música metal requer um baterista exigente e rápido.

Dave Lombardo é o baterista da banda Slayer (thrash metal com pitadas de punk). Ele é um dos únicos bateristas de metal que sabe combinar efetivamente violência, técnica e groove.

Ele é o autor de complicadas sequências que devem ser ouvidas várias vezes para ser entendidas. Ele também traz, contra todas as probabilidades, um lado dançante para algumas músicas do grupo. Outra característica dele, sua rapidez no manuseio do bumbo duplo.

Um ex-entregador de pizza, ele treinou sozinho na bateria e tem mais de 30 CDs gravados com seus créditos.

Para surpresa de muitos, ele é um canhoto que toca com uma bateria destra.

Buddy Rich, músico de jazz autodidata

Não podemos nos esquecer dos bateristas de jazz que deram o básico para toda a técnica da bateria. Buddy Rich é um precursor com uma técnica, poder, velocidade e capacidade de improvisar fora do comum para a época.

“Eu fiz um pouco de bateria quando era adolescente, mas como um grande fã de dança, lutei para me motivar a continuar. Por outro lado, meu pai toca bateria há 33 anos e, para ele, Buddy Rich é o melhor. Por quê? Porque “é um precursor para solos de bateria e é monstruoso no ritmo!”

Faça aulas e fique craque na batera Os bateristas de sucesso não mediram esforços!

Qual estilo de música influenciou os bateristas? Um monumento de jazz!

Buddy Rich estava do lado de Frank Sinatra quando ele começou, gravou ao lado de Nat King Cole e saiu em turnê com Oscar Peterson para citar alguns. Ele também é conhecido por seu arranjo de Amor Sublime Amor (West Side Story).

Seu lado explosivo, especialmente como líder do grupo, também deixou suas marcas!

Travis Barker, o original

Um membro da banda Blink 182, Travis Barker é um baterista rápido e energético, mas também é conhecido por seu visual peculiar: moicano e tatuagens em todo o corpo.

Sua mãe comprou sua primeira bateria aos 4 anos de idade e Travis Barker começou suas primeiras aulas de música com um professor de jazz.

Tem a distinção de não estar preso em um estilo rock, mas participa de muitos projetos com vários estilos musicais: hip hop, punk rock, rock alternativo, pop, rap e até country.

Para seu quadro de curiosidades, ele é um dos dois únicos sobreviventes do acidente de um jato particular em 2008. Ele também foi professor de bateria de Rihanna em 2010.

Ele faz solos incríveis!

Chad Smith, o grande baterista

Chad Smith é o famoso baterista do Red Hot Chili Peppers desde 1988. Gênio do groove, ele levou o grupo ao lendário panteão do hard rock.

Sua audição na banda foi bem estranha: o vocalista Anthony Kiedis disse a ele “próximo” antes mesmo de ouvi-lo.

Atordoado, Chad Smith não desmonta e mostra todo o seu poder enquanto toca insanidades para os três membros do grupo, hilário. Chad Smith diz:

“Então, eu cheguei com minhas caixas e decidi colocar tudo para quebrar. Quando terminei de tocar, eles estavam deitados no chão, duros de tanto rir. Eu pensei que tinha que fazer as malas e ir para casa. Mas, finalmente, eles me quiseram.”

O fato é que os membros do grupo ficaram realmente impressionados com esse baterista grande, peludo e poderoso.

Como tocar como os maiores bateristas? Chad Smith é tão louco quanto o resto do grupo!

Gene Krupa, o maestro baterista

Nascido no ano da invenção do pedal do bumbo (1909), Gene Krupa começou a trabalhar em uma loja de música com a idade de 9 anos.

Ele começa a tocar saxofone na escola, mas toca bateria aos 11 anos porque é o instrumento mais barato da época.

Gene Krupa é considerado o primeiro baterista solo da história da bateria. Ele influenciou muitos bateristas e sua bateria se tornou a referência para a criação de baterias modernas.

Sua velocidade em alternar a mão direita e a mão esquerda era incrível e ele também foi capaz de criar melodias com tom-tons.

Procure na internet uma batalha de bateria entre Gene Krupa e Buddy Rich, dois monstros da bateria de jazz!

Ginger Baker, o influenciador

Primeiro a usar um bumbo duplo, Ginger Baker tocou no grupo Cream ao lado de Eric Clapton. Muito técnico, com influências africanas, defende um estilo muito inovador para a época.

Um baterista de jazz e blues rock, Ginger Baker influenciou todos os bateristas do mundo e foi o mais influente dos anos 60.

Ele também tem qualidades incríveis de showman.

Quais bateristas podem servir como modelos? Os renomados bateristas de jazz? De rock?

Stewart Copeland, uma mão de ferro com luvas de couro

Na década de 1970, todos os bateristas punk tocavam rápido e forte.

Stewart Copeland tinha uma maneira fina de tocar com influências de reggae dentro do grupo The Police. Mas isso não o impediu de ter um soco poderoso, nervoso e à frente do seu tempo.

“Eu descobri recentemente algo sobre a bateria: não importa o quanto eu sou criticado, quando eu erro, eu não me importo. […] Pelo menos, eu tentei fazer alguma coisa, brincar com a minha coragem, ir sem restrições.”

Sua inventividade não tem limites!

Significados “bateristas famosos”

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre bateristas lendários, é hora de melhorar seu vocabulário musical.

Aprenda a tocar com os feras da música Conheça os melhores bateristas para se inspirar

O que é um tom-tom?

Um tom-tom é um elemento da bateria. É um tambor no qual é esticada uma pele de plástico. Os tom-tons servem para dar aquele toque nos solos de bateria.

O que é groove?

O termo vem naturalmente do inglês “in the groove”. Ele significa estar no ritmo para os antigos músicos de jazz. Primeiramente usado para designar um ritmo regular, o termo retorna gradualmente para se tornar um verdadeiro estilo musical, misturando funk, dança e soul.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar