Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como escolher seus lápis para desenhar?

De Carolina, publicado dia 24/01/2018 Blog > Artes e Lazer > Desenho > Quais são os equipamentos para o desenhador?

As boas ferramentas fazem bons trabalhadores.

E os lápis bons fazem bons designers?

Não somente… Você não encontrará um lápis mágico para aprender desenho sem fazer aulas de desenho online, mas ter os lápis certos disponíveis vai ajudá-lo a aprender os conceitos básicos de desenho.

Para aprender a desenhar, você deve ter as ferramentas certas.

  • Qual material escolher para começar a desenhar?
  • Qual lápis? Qual borracha?
  • Como fazer um contorno? Um grafite gráfico ou um carvão?

Tantas questões vão surgir para alguém que começa a aprender desenho através de aulas convencionais ou de um curso de desenho artistico… Posteriormente, cada designer desenvolverá suas próprias técnicas de desenho e saberá quais serão seus lápis favoritos. É importante lembrar os conceitos básicos para escolher o grafite certo de acordo com o desenho. E quanto custa uma tela?

A história do lápis

Vamos voltar um pouco no tempo… Para saber como escolher um lápis, vamos lembrar primeiro como é feito. O lápis de grafite como o conhecemos hoje, um grafite inserido em um pedaço de madeira, apareceu no século 16 na Inglaterra.

É preciso ter amor pela pintura também Desenhar significa colocar seus sentimentos no papel ou superfície desenhável

Konrad Steiner imaginou o conceito do lápis em 1565 após a descoberta de minas de grafite puro, plumbago. Posteriormente, sofreu melhorias significativas.

Os grandes nomes do lápis foram:

  • Nicolas-Jacques Conte: em 1794, a grafite puro era difícil de obter por causa de um bloqueio com a Inglaterra. Ele inventa um “grafite” obtido pela mistura de grafite e argila comuns, cozidos sob pressão a uma temperatura muito alta. Ainda hoje, ela é a receita para produzir lápis. Ele arquivou a patente da sua receita e começou a produzir lápis em sua fábrica. Os lápis Conté ainda hoje estão entre as principais marcas de lápis.
  • Lothar Faber: Alguns anos depois, em 1840, esse foi outro grande nome do lápis que permitiu algumas melhorias do conceito. Lothar Faber tentou trabalhar com a dureza dos grafites. Ele desenvolveu diferentes receitas. Foi também ele quem deu a vara de madeira do lápis sua forma hexagonal, evitando que os lápis rolassem nas mesas.

O lápis colorido só apareceu no início do século XX. Anteriormente, usávamos pastéis coloridos que podiam ser feitos com ponta e afiados à base de óleo. Eles foram inventados por Johann Sebastian Staedtler em 1834.

Mesmo se hoje os tablets digitais são uma realidade para o desenho, nada vai substituir um bom lápis!

Então, quais são as ferramentas essenciais para fazer um desenho realista? Não se esqueça que, para desenhar bem, é importante estar bem equipado… E bem instalado!

Qual tipo de lápis escolher para desenhar?

Ainda hoje, o lápis de grafite é a ferramenta indispensável em muitos desenhos.

Escolha o material adequado para cada tipo de desenho Para desenhar formas e contornos, a ponta dura é mais eficaz

Os lápis de grafite são classificados de acordo com sua dureza:

  • H (Hard): esses são os lápis de ponta dura, chamados de seco. Eles permitem traços precisos, são muito duráveis, mas os traços obtidos são escuros. Sua cor varia de cinza claro a cinza médio. O lápis H é facilmente apagável,
  • B (preto): é um lápis gorduroso com uma ponta suave. Esses lápis oferecem traçados escuros, mas seu grafite macio se desgasta rapidamente. Eles são difíceis de apagar, os desenhistas corrigem as linhas feitas com esses lápis graças a uma goma flexível,
  • HB (Hard Black): são lápis de médio porte, comumente usados ​​pelo público em geral. Os traços obtidos podem ser facilmente apagados,
  • F (Fine Point): esses são os lápis que estão entre o HB e o H por seu nível de dureza.

Você vai ver, há muitas opções de lápis! É certo que o problema é mais fácil de solucionar com um web board para desenho… As minas tipo H são utilizadas para o desenho técnico. Um lápis de ponta B é ideal para uso artístico.

Aprender a desenhar também significa aprender a usar o lápis direito. Para fazer um retrato, por exemplo, você pode escolher o carvão ou um lápis macio.

Até então, tudo é claro?  A coisa complica quando é preciso escolher entre um lápis para desenhar 2B ou 9B ou quando temos vários  lápis de marcas diferentes.

  • Lápis rígido (H) -10H, 9H, 8H, 7H, 6H, 5H, 4H, 3H, 2H, H – Quanto maior o número, mais a ponta será seca.
  • Os lápis macios (B) – B, 2B, 3B, 4B, 5B, 6B, 7B, 8B, 9B, 10B – Quanto maior o número, mais macia será a ponta. Ideal para colorir.

Para os designers e ilustradores, é importante tê-los entre seus vários materiais necessários para desenhar.

Os lápis B são difíceis de apagar, podemos usar uma ponta dura, tipo 2H, para fazer um primeiro esboço. Os lápis H são compatíveis com o uso de uma borracha branca. Podemos corrigir facilmente seus desenhos antes de avançar para o desenho artístico. Mas é justamente para essa modalidade que escolheremos um lápis B, mais ou menos macio, dependendo do resultado desejado.

Não há nenhuma regra definitiva para o assunto. Cada desenhista tem suas preferências. A vantagem do lápis B é que você pode trabalhar facilmente em suas linhas e seu desenho. Dependendo da inclinação do lápis, da força exercida sobre o grafite, você terá movimentos mais ou menos grandes e mais ou menos sombrios. Com um lápis tipo B, você pode obter tons de cinza a preto. Por outro lado, você não poderá apagá-lo com uma borracha comum. Você precisará de uma borracha flexível.

Saiba mais sobre como fazer aulas de desenho!

Lápis para desenhar: as marcas de lápis

É importante escolher a marca de seus lápis para desenhar para ter uma ferramenta de qualidade.

Desenhar desde novo é um ótimo exercício Os pequenos devem ter atenção redobrada com seus utensílios

Alguns grafites podem conter grãos mais duros que fazem marcas na folha. Um lápis de má qualidade vai quebrar facilmente. Um lápis de grafite de qualidade deve ter um grafite homogêneo e resistente para oferecer qualidade de desenho consistente.

Além disso, de acordo com o fabricante, dois lápis do mesmo tipo não terão a mesma dureza. Portanto, é importante conhecer seus modelos favoritos para testar antes de comprar. Recomenda-se comprar uma primeira vez em uma loja de material artístico. Você poderá testar seus lápis, mas também se beneficiará dos conselhos dos vendedores.

Para o desenho artístico, pode-se citar marcas que também propõem pincéis (aliás, saiba também como escolhê-los para a pintura). Elas normalmente são muito boas:

  • Faber Castell: modelos Castell 9000 (de 6H a 8B) fazem parte das referências para desenho,
  • Derwent: também oferece lápis de grafite de qualidade. Os lápis derwent gráfico estão disponíveis de 8H a 9B,
  • Staedler: modelos Mars Lumograph são lápis de excelente qualidade, de 6H a 8B,
  • Koh-i-Noor: também uma marca bem conhecida de desenhistas. Sua gama de 1500 faz parte dos lápis de grafite de boa qualidade para desenho.

Só para esclarecer, os lápis permitem realizar todos os tipos de desenhos. Cada lápis tem sua utilidade: ponta dura para esboço e ponta grossa e macia para desenho.

Outros lápis para desenhar

Se o lápis de grafite é obrigatório para o desenho, você também encontrará outras ferramentas para obter resultados diferentes e para apresentá-lo a outras técnicas de desenho. De carvão a giz vermelho, descubra alguns lápis que todos os desenhistas devem ter à mão.

  • A sanguínea
    A sanguínea é uma cor obtida da hematita, uma rocha contendo óxido de ferro que lhe dá a cor característica. A cor do sangue varia de ocre a bege, passando pelo laranja. Você vai encontrar lápis sanguínea , mas também pastéis ou gizes. Usado em particular para retratos ou desenhos de modelo vivo, é interessante no nível artístico porque permite enfatizar os contornos e os volumes. Muitos esboços de Leonardo da Vinci foram feitos com a sanguínea. Por que não ter suas pinturas emolduradas para inspirar você?
  • O carvão
    Indispensável no desenho: desenhe um retrato de carvão. Como o nome sugere, o carvão é produzido a partir de um ramo de carvão, carbonizado isoladamente. Esse bastão de carvão também pode ser apresentado sob a forma de lápis. O carvão torna possível linhas pretas com muita facilidade. Dependendo da técnica utilizada, é possível obter linhas finas ou trabalhar em grandes áreas. Com carvão, você pode trabalhar os jogos de sombra e luz facilmente graças às técnicas de superposição. O carvão permite obter um desenho realista e trabalhar expressões faciais. Uma vez concluído, você precisará usar um spray de cabelo para manter o desenho no tempo. A principal desvantagem do carvão vegetal? É a bagunça.

    Faça desenhos que mostrem seus sentimentos Depois do contorno, você vai poder passar para as cores e outros materiais

  • A pedra negra
    A pedra preta é geralmente em forma de um lápis. Dá uma profundidade preta, escura e fosca. Usado na técnica de três lápis (combinando pedra negra, sanguínea e giz branco), foi uma ferramenta de desenho muito comum no Renascimento. Usado para desenho artístico, é comparável ao carvão vegetal com relação ao seu resultado sujando menos e oferecendo mais precisão.
  • O lápis azul
    O lápis de grafite azul tem a particularidade de desaparecer de um scanner ou fotocopiadora. É a ferramenta de predileção dos cartunistas de cartoons ou desenhos animados. Os desenhos feitos para esboçar um desenho tornam-se invisíveis quando são escaneados para retrabalhar em um computador, por exemplo. Os cartunistas desenham seus esboços com o lápis azul, antes de gravar e digitá-los. A outra vantagem do lápis azul? É fácil apagar e desaparecer completamente.
  • A lapiseira
    O lápis mecânico pode ser uma alternativa ao lápis de grafite. Há grafites com diferentes durezas e espessuras. Novamente, é uma questão de preferência. A longo prazo, a lapiseira pode ser mais cara que o lápis de grafite.

Enfim, para conservar os seus lápis, não se esqueça de investir em um bom apontador, mas também uma ferramenta para borrar, borrachas adequadas e um caderno de esboços.

Com esse material de desenho, você será capaz de desenhar uma paisagem, desenhar um rosto, desenhar animais, desenhar o corpo humano…

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar