Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

O que você precisa saber antes de ir à Sicília?

De Marcia, publicado dia 07/11/2019 Blog > Idiomas > Italiano > Nossas melhores dicas para uma viagem italiana

“Não se pode ter uma idéia da Itália sem ver a Sicília. A Sicília é a chave de tudo” – Johann Wolfgang Von Goethe

A Itália é um dos países mais atraentes do mundo, e não apenas porque é o embaixador da “dolce vita”. Ela o é também por seus muitos tesouros, começando pelas ilhas, como a Sicília! Todos os anos, o local recebe visitas do mundo inteiro, dentre as quais os brasileiros merecem destaque. Uma prova de que suas praias e sua herança não são passageiras, mas sempre serão uma boa opção para você viajar. E então, já está se preparando?

Você também sonha com férias italianas à beira do Mediterrâneo? Você não sabe quando ir, de fato? O que é melhor visitar? Como se organizar para não gastar muito e aproveitar bem a viagem? Aqui estão nossas dicas para organizar a viagem ideal da Sicília!

Sicília: qual a melhor época para ir?

Não é preciso dizer: quando pensamos na Sicília, também chamada de “Pérola do Mediterrâneo”, apenas uma coisa nos vem à mente: as praias paradisíacas. E é verdade que a Sicília tem centenas ou milhares de praias e enseadas, mas apenas cinquenta delas são conhecidas pelo público em geral. Elas também são muito frequentados durante a temporada turística, então tome suas precauções!

Conheça a Sicília, desde o luxo até os locais mais simples.

Se a Sicília é uma terra eminentemente marítima, isso significa que ela é visitável o ano todo. Seu clima ameno e ensolarado faz dela um destino de escolha para os brasileiros, seja na época de férias ou mesmo na baixa temporada.

Além disso, você ainda tem outros destinos interessantes na Sicília, fora das praias.

Para ir à Sicília, você precisa saber o que esperar. Por esse motivo, aqui estão algumas dicas gerais sobre o clima local:

  • É possível ir o ano inteiro à Sicília, e aproveitar o melhor de cada estação;
  • Os períodos mais ensolarados (e mais turísticos) são de abril a outubro, de acordo com as cidades da Sicília;
  • Em julho e agosto, as temperaturas podem subir para 34 graus.

Se você quer saber quando visitar a Sicília, aqui estão algumas dicas:

  • No verão, as temperaturas são quentes e o clima é seco, o que não é apreciável para as atividades mais agitadas;
  • No inverno, as temperaturas permanecem moderadas (entre 6 e 18 graus), mas há muita precipitação no norte, tornando as atividades ao ar livre mais complicadas.

Por esse motivo, visitar a histórica cidade em novembro é uma boa opção se você estiver procurando um pouco de ar fresco em um ambiente relaxante. Juntar estância balneária e passeios culturais é a combinação perfeita para descansar!

Em geral, é aconselhável ir à Sicília entre abril e junho ou setembro e outubro, para evitar transtornos enquanto desfruta de tudo o que a ilha tem a oferecer. Para aproveitar ainda mais a viagem, você pode aprender um pouco do idioma local em um curso de italiano.

Agora que você conhece melhor o clima da Sicília, qual será o seu destino para a próxima viagem?

Aliás, você já visitou a Sardenha?

Escolha o seu destino na Sicília

A Sicília é conhecida por sua beleza, mas também por sua diversidade de paisagens: norte ou sul, não vemos as mesmas coisas! Embora o clima influencie bastante sua data de partida, muitos brasileiros vão para lá durante as férias escolares, em janeiro, fevereiro, julho ou dezembro. Portanto, escolher um destino na Sicília durante esse período não é complicado.

Você sabia que a Sicília é a maior ilha do Mediterrâneo?

Um itinerário de viagem clássico ao norte da ilha o levará de Palermo a Catania, passando por Tindari, Tormina ou Etna. Tantos passos em sua jornada farão você descobrir a beleza da ilha da Sicília! Essas cidades são famosas por diferentes razões:

  • Palermo é a capital invejada da Sicília, borbulhante e emocionante;
  • Cefalù é conhecida por sua praia, catedral e vida noturna;
  • Tindari é uma cidade greco-romana localizada no coração de olivais;
  • Taormina é famosa por sua arquitetura única e colorida;
  • Etna é uma parada obrigatória na Sicília, por causa do vulcão que abriga;
  • Catania é uma rica cidade universitária, a segunda maior da Sicília.

Você precisa conhecer Etna e seu vulcão.

Saber disso faz você querer viajar? É recomendável planejar 10 dias para uma rota entre essas cidades.

Se você for para o sul da ilha, irá de Marsala a Siracusa, para ver outras belezas da Sicília:

  • Marsala é muito famosa por seus vinhos;
  • O lado do vale dos templos tem seus templos históricos inscritos no patrimônio da UNESCO;
  • Próximo passo: a Villa Romana de Casale, onde há mosaicos históricos;
  • Ragusa, a cidade barroca por excelência, com um panorama magnífico;
  • Cavagrande, que oferece um cenário natural suntuoso para caminhadas;
  • Siracusa, a ilha dos famosos Arquimedes.

O que reúne-se aqui são, obviamente, atrações locais! Descubra o essencial para aproveitar ao máximo a sua estadia.

Descubra também Capri na Itália.

E você pode fazer um curso online de italiano para se preparar antes da viagem.

As atrações imperdíveis da Sicília

Vamos falar um pouco mais sobre a principal atração da Sicília, suas praias: não é um mito, são realmente suntuosas. A primeira coisa a ver / fazer na Sicília é ir à praia ou realizar atividades aquáticas. Aqui estão alguns nomes de praias ou enseadas que você não pode perder durante uma estadia na Sicília:

  • A de Mondello, não muito longe de Palermo;
  • As de Favignana, um tesouro no sul da ilha;
  • A do Scala dei Turchi, que apresenta-se ao longo de um penhasco de rochas brancas;
  • As de Stromboli, lugares únicos na zona rural da Sicília.

A propósito, você sabia que a Sicília encerra a ilha de Stromboli, onde fica o vulcão de mesmo nome? Este último entrou em erupção em agosto de 2019 e, por enquanto, é recomendável evitar ir para lá.

Permanecemos em espírito natural, com a Reserva Natural de Zingaro, uma beleza incomparável localizada na Sicília. Existem mais de 650 espécies animais e vegetais em mais de 1700 hectares. Um paraíso para os amantes da natureza! Ela está localizada em Castellemare, no norte da ilha.

Caso contrário, as atrações também são terrestres. Assim, qualquer bom turista que se preze não deve perder uma visita em:

  • Catedral de Palermo, no coração de muitas influências arquitetônicas;
  • O histórico teatro grego de Taormina;
  • O Duomo de Catania, em Catania;
  • A fonte de Aretusa, em Siracusa;
  • Noto, Modiga e Ragusa, cidades barrocas agradáveis ​​de se ver.

Entre praias e catedrais, você precisa conhecer a Itália.

Entre história, cultura e relaxamento, a sua estadia na Sicília promete ser perfeita!

A maioria dos foliões gosta de ir a Cefalù, para curtir a vida noturna, que é única, enquanto as famílias se divertem ao na Catania, um dos resorts calmos da ilha.

Então, que destino é o ideal para você na Sicília?

Dicas para economizar no seu orçamento de viagem para a Sicília

Se a Sicília e a Itália como um todo são conhecidas por sua gastronomia, esse tipo de viagem também pode prejudicar a sua carteira. De fato, restaurantes gourmet, especialmente localizados na costa da Sicília, podem custar entre 40 e 59 euros por refeição .

E lembre-se: na Itália, o modelo de funcionamento dos restaurantes difere do Brasil: pão e água são pagos, e você tem a boa surpresa de ter taxas por cada serviço utilizado (geralmente entre 2 e 5 euros) na sua conta. Tudo isso sem aviso prévio, já que se pressupõe que todos entendem que seja assim.

Quanto à gastronomia, experimente massas com pistache, é uma especialidade local. Sem esquecer a tradição da ilha … o aperitivo, a qualquer hora da tarde!

A massa siciliana é famosa no mundo e vai encantar o seu paladar.

Portanto, encontrar bons planos de acomodação, alimentação e locomoção mais barata será de suma importância em sua preparação

Outra questão surgirá rapidamente: como se hospedar de acordo com o seu destino siciliano? Se a taxa de reserva dos quartos do habitante (via organizações privadas ou Airbnb) explodiu, é por causa dos preços atraentes relacionados à autenticidade desse modo de estadia. Pequenos hotéis típicos ou pousadas também são populares, mais especialmente ao sul da ilha. Para ajudar você a escolher, aqui está um resumo com os preços cobrados pelo alojamento em albergues na Sicília:

  • Em Palermo: entre 12 e 18 euros por diária;
  • Em Catania: entre 11 e 15,50 euros por diária;
  • Em Taormina: entre 17 e 24 euros por diária.

De modo geral, os preços podem variar de 15 a 100 euros por noite, de acordo com a situação e os itens disponíveis do local escolhido.

Assim, para economizar dinheiro, é aconselhável deixar a entressafra (mas sua estadia será mais natureza e esportes) ou organizar sua estadia com várias semanas de antecedência. Os preços de última hora podem economizar 15 a 20% do total, mas sair da estação pode economizar até 40%!

Última dica: aprenda algumas palavras em italiano. Se o inglês ainda é bastante comum em áreas turísticas, é melhor saber se expressar com a população local em caso de dificuldade durante sua viagem. Além disso, você causará boa impressão se trocar algumas palavras em italiano, antes de perguntar se pode se comunicar em inglês.

Para isso, você pode acessar a página do Superprof e procurar por um professor particular de italiano. Você verá como tudo vai parecer mais fácil após as primeiras aulas.

E então, tudo pronto para a sua ida à Sicília? Só podemos desejar uma boa viagem!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar