"O que a música causa em nós, é difícil saber; o que é certo é que ela toca uma área tão profunda que a própria loucura não consegue penetrá-la". Emil Cioran

Você conhece alguém que nunca tenha baixado uma música pela internet? Posso apostar que até mesmo o seu avô ou aquela vizinha avessa à tecnologia já se renderam a esse novo método de ouvir suas músicas preferidas, sejam elas antigas ou atuais.

Muito mais que comprar CDs, as pessoas escolhem suas músicas na internet e utilizam programas específicos para baixá-las. Trata-se também de uma forma de descobrir novos ritmos e canções e tomar gosto por eles.

Para quem toca, essa vertente pode trazer a possibilidade de gravar suas composições e disponibilizá-las na rede para outros usuários baixarem. Se é o seu caso, este post é para você. Preparamos abaixo um especial com dicas de como gravar e oferecer suas músicas na web.

Como capturar o som da sua guitarra?

Existem diferentes maneiras de capturar o som da sua guitarra, mas tudo depende primeiro de seu tipo de instrumento de corda:

  • Se você tem um violão, um violão clássico ou um violão seco, você não terá escolha a não ser usar um microfone (o do seu computador ou uma porta USB);
  • Se você tem um violão elétrico ou uma guitarra elétrica, pode usar um microfone ou conectar seu amplificador diretamente ao computador usando uma tomada e uma placa de som / pré-amplificador.
Captura para gravação
Um microfone pode captar os sons da sua guitarra para gravá-los no computador.

Você também tem a técnica de mini gravador que se conecta diretamente ao violão que usa um cabo ou é colocado perto do som da sua guitarra.

O mini gravador é leve, facilmente transportável e a gravação é feita em um cartão de memória. Por outro lado, ele não permite gravar em multitrack.

A melhor solução se você tem dinheiro e quer oferecer som de qualidade e gravações profissionais é o home studio. Este certamente não é o método mais comum, e por uma boa razão requer espaço e equipamento, portanto, será necessário investir dinheiro.

Só a interface de áudio demanda um bom investimento e, para suportar a sua potência, será necessário investir em um computador mais potente. Além disso, nenhum software livre será bom o suficiente para fazer uma edição bem elaborada dos seus sons.

Finalmente, os alto-falantes para computador terão que ser comprados, de preferência aqueles modelos que transmitem um som o mais neutro possível,sem edições. Mais um investimento.

Procurando por uma aula de violão de qualidade?

Comprando o suficiente
Você não precisa gastar todo o seu salário em lojas de som para gravar a sua guitarra.

Você vai entender, se você começar a misturar seus sons, quando você não quer se tornar profissional, que não há necessidade de gastar milhares de reais em lojas de música para poder gravar a sua guitarra.

Três passos para gravar sua guitarra no Mac

E se você fizer uma aula de violão para iniciante?

Para se inscrever no Mac, apenas conectar sua guitarra ao computador não é suficiente! Existem vários passos a seguir.

1. Inicie o software de gravação e edição

Vamos ver abaixo os vários softwares gratuitos e pagos disponíveis no Mac. Mas, em qualquer caso, antes mesmo de começar, você precisa abrir o software e iniciar um novo projeto.

Tomemos como exemplo o Logic Pro. Para fazer uma gravação, você terá que ir para Áudio > criar uma faixa de áudio.

A partir do momento da criação, você pode salvar o seu projeto (e faça-o regularmente durante o seu trabalho de edição).

2. Escolha o tipo de entrada da sua placa de som

Vamos supor que você use uma placa de som que dará um aspecto muito mais qualitativo à sua gravação. Mas se você não tiver uma, não importa! Esta etapa não é necessária e o simples ato de conectar o seu microfone pode ser suficiente.

Quando você grava os acordes da sua guitarra, você terá que escolher a entrada "instrumento" na sua placa de som. Isso pode ser feito diretamente na placa de som, com a ajuda de um botão ou numericamente, escolhendo a opção no software de gravação.

Em seguida, conecte seu instrumento à sua placa de som.

3. Configure o software e inicie a gravação

Neste ponto, você está quase pronto para a gravação. Faltam apenas algumas poucas ações:

  • Selecione a entrada correta na trilha de áudio do software;
  • Selecione a frequência de amostragem;
  • Defina a bufferização;
  • Ative o monitoramento e comece a gravar!

Você pode então ouvir sua produção de som. Se o seu som estiver saturado ou muito fraco, você não só deve aumentar ou diminuir o volume da faixa de áudio no software, mas também precisa fazê-lo na placa de som. Este é o nível de entrada que precisa ser alterado.

Quer aprender a tocar ? Faça uma aula de violão online hoje mesmo !

Gravador de som Garage Band

Estamos falando de um software muito abrangente para gravação, mixagem e compartilhamento de músicas. E o melhor é que o Garage Band está disponível gratuitamente.

Para gravar o som, você pode conectar o seu microfone ou placa de som diretamente ao Mac ou desfrutar de um dos instrumentos virtuais que podem ser usados, ​​com o seu teclado ou um teclado MIDI.

Uma vez terminada a gravação, é possível processar o som, adicionar efeitos de guitarra ou criar alguns efeitos especiais que serão inseridos na sua música.

Existem centenas de loops de áudio, mas é possível adicionar amostras pessoais ou baixadas na Apple.

Até 255 faixas de áudio podem ser suportadas, o que é realmente muita coisa! Mas, é claro, é possível misturar vários instrumentos para criar músicas de qualidade.

É então possível compartilhar sua música em redes sociais ou na plataforma Apple Music Connect, a partir de uma interface limpa e intuitiva.

As possibilidades de gravação no Cubase

Essencial no campo de gravações musicais,  o Cubase possui diversos recursos e módulos para atender às expectativas dos músicos profissionais.

Você pode compor no violão, gravar através de um amplificador de guitarra, editar e mixar suas próprias músicas. Para compor, o sequenciamento MIDI e o editor de teclado permitem gravar suas melodias e partituras.

Escolhendo como gravar
Configure o melhor software para suas gravações.

Muitos efeitos estão disponíveis, assim como opções de instrumentos musicais e plugins. Mas o Cubase não é apenas para profissionais, pois está disponível em várias versões: Iniciantes, artistas e uma especial para músicos profissionais.

Antes de escolher, consulte os preços para as versões mais simples.

Logic Pro X para gravar a sua guitarra no Mac

O Logic Pro X é potente  e destinado muito mais a um guitarrista profissional do que a um amador. Ele permite que você crie faixas de música desde a gravação até o estágio de edição e mixagem.

Cerca de 250 faixas de áudio estão disponíveis para gravar a sua própria composição ou utilizar com um dos instrumentos virtuais disponíveis.

Mais de 3000 sons, mais de 1800 correções de áudio e mais de 3600 loops de áudio estão disponíveis no sintetizador, bem como uma infinidade de efeitos e módulos. A ferramenta também suporta a conversão de arquivos MIDI para partições, conforme necessário.

Para economizar tempo na mixagem, a ferramenta propõe a automação de certas modificações.

O Logic Pro X é destinado a um público informado, mas possui uma interface fácil de dominar e especial para iniciantes, refinando alguns recursos mais complexos.

Compondo sua música com o Ableton

O software é dedicado à composição e gravação ao vivo.

Duas interfaces estão disponíveis na ferramenta e podem ser usadas em duas telas diferentes: uma Session para gerenciar os sets e organizá-los e um arranjo para gravar as cenas ao vivo e organizá-las de acordo com os efeitos, os módulos e os plugins.

Muitos instrumentos virtuais estão disponíveis para adicionar amostras de qualidade às suas criações de áudio.

Três versões são possíveis: uma Intro para começar, uma Standard e uma Suite mais avançada. Cada versão oferece vários GB de sons. É possível experimentar uma das versões por 30 dias gratuitamente.

Grave no Mac com o Reason

O software é projetado tanto para a fase de produção quanto para o live.

É diferente de outros softwares e oferece uma interface com instrumentos e efeitos utilizáveis. Nenhum plug-in externo é aceito, para garantir estabilidade incomparável do seqüenciador.

Com o Reason, você pode gravar e processar seus arquivos, mas também misturá-los com um mixer de alta qualidade e com muitos racks.

É melhor ter várias telas para usar essa ferramenta incrível em todas as janelas importantes e contar com um teclado MIDI é altamente recomendável.

O software é um pouco confuso no início, mas as possibilidades são ilimitadas. Ele permite que você personalize seus sons ao infinito.

A versão experimental é muito limitada e será necessário pagar para adquirir a versão profissional completa deste software.

Use o Pro Tools para gravar a sua guitarra

Muitas vezes visto como uma referência no mundo da música computadorizada, o Pro Tools permite gravar, editar e mixar suas músicas, assim como os demais programas apresentados aqui.

Mexa suas cordas de guitarra, crie seu próprio ritmo com ou sem distorção e, em seguida, verifique os sons e adicione o efeito que você deseja para torná-lo sua peça única.

Mude o andamento, adicione transições ou até mesmo instrumentos como um clarinete, trompete ou saxofone.

Escolha do programa de edição
Com um computador, um bom programa e muita imaginação, fica fácil gravar a sua guitarra.

Liberte sua imaginação através de um software fácil de usar em sua versão gratuita.

Então, que tal começar agora mesmo a escolher um software para gravar seus acordes?

 

 

Precisando de um professor de Violão ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 2 votes
Loading...

Marcia

Jornalista. Professora. Tradutora. Bailarina. Mãe. Mulher. Dedicada às minhas lutas diárias. Em constante transformação. Escrevo para vencer as inquietações e incertezas da vida.