Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Faça aulas de violino no conservatório musical

De Fernando, publicado dia 10/10/2018 Blog > Música > Violino > Aprenda o menor dos instrumentos de cordas em uma escola de prestígio

Aprender a tocar violino é muitas vezes considerado um processo longo e difícil, especialmente porque o trabalho de precisão do principiante, quando tocado em um ambiente sem o devido tratamento acústico, pode causar muitas tensões na vizinhança.

Mas se o seu treinamento musical é feito em um conservatório, certamente o percurso será mais tranquilo. Uma formação mais completa e organizada de maneira mais formal, esse espaço de aprendizado traz a tradição de ensinar grandes instrumentistas.

E estudar em um conservatório não é algo exclusivo, ele está acessível para todos que seja aprovados nos processos seletivos e conquistem uma vaga nas suas aulas. Pode não ser tão fácil, mas certamente não é impossível. Alguns possuem aulas para crianças, o que facilita todo o percurso.

E se aprender o violino te fascina, eis como aprender violino no conservatório, o caminho real da prática musical.

o rigor da escola musical A formação clássica do músico passa pelo conservatório

O que é um conservatório para aprender o violino?

Conservatórios são instituições focadas no ensino e difusão da música, envolvendo canto, teoria e instrumentos. Muitas vezes, os seus estudantes estão aprendendo mais de uma modalidade e recebem certificações reconhecidas pelo mercado.

Esses grupos costumam ter um certo prestígio entre os músicos profissionais pela sua didática e pela formação global dos estudantes, desde a infância até a profissionalização e atualização de conhecimentos.

Formações em música

Cada escola de música possui ciclos diferenciados de acordo com os seus métodos de ensino, mas podemos separar algumas categorias que são mais comuns:

  • Estudos musicais: também pode ser chamado de básico, infantil ou musicalização. É a primeira fase, apresentando as primeiras noções musicais, como ritmo, harmonia, introdução à música e aos instrumentos. Essa é a etapa de aprender como a música é formada e dar uma base para os próximos aprendizados;
  • Teorias da Música: agora em um nível intermediário, os estudantes já começam a estudar mais a história da música, leitura formal de partituras e os primeiros passos para a composição. Agora o aluno já está mais apto a trabalhar um instrumento com mais dedicação e foco em seu desenvolvimento completo;
  • Instrumental: com uma ou mais escolhas, os envolvidos se dedicam a estudar o som e as dinâmicas de instrumentos específicos. Violino, viola, violoncelo, baixo, guitarra, violão, saxofone, piano, oboé, percussão, bandolin, clarinete, flauta… As opções variam de acordo com a região e o foco dos conservatórios;
  • Canto: somado ou não aos instrumentos, essa é a escolha para quem quer trabalhar bem a voz. Os já iniciados no despertar musical ou em teorias musicais conseguem compreender os timbres, tipos e alcances, mas quem escolhe essa modalidade busca um treino específico e bem focado na arte de cantar;
  • Profissionalização: a escolha para quem quer fazer da música seu ofício, tanto como musicista quanto como professor. É a hora de trabalhar as minúcias de cada área, focar em certificações e dedicar ao que cada estudo pode oferecer para o seu futuro;
  • Cursos livres: podem ser frequentados por qualquer pessoa, depende muito de cada programação do conservatório e do que é ofertado.

Não podemos detalhar bem como funciona para cada conservatório, assim como a organização dos diferentes cursos de música, mas já conseguimos criar um panorama geral para as suas primeiras pesquisas na sua região.

aprenda a tocar outros estilos Conhecer outras possibilidades musicais também é possível no conservatório

Por que aprender violino no conservatório?

Reconhecido por seu caráter seletivo e pelo alto nível que reina ali, o conservatório de música é o lugar reconhecido por excelência para aprender a tocar piano, violino ou cantar.

As vagas limitadas para ser admitido e o volume intenso de treinamento necessário para se manter entre os estudantes muitas vezes justificam a constante competição entre os alunos, o que garante que eles seguirão um treinamento de alta qualidade.

No conservatório, você aprende a teoria da música antes de ir para o violino: assim somos levados à compreensão geral de toda a música como um todo antes de praticar seu instrumento, permitindo a compor e improvisar, duas habilidades muito importantes para qualquer músico que quer ir além de apenas repetir canções e peças que já existem.

Com efeito, é o solfejo que permite o conhecimento de toda a teoria musical, intervalos, de cada nota, que estimula o ouvido musical (de modo que se ouve cada nota certa ou errada) e até a percepção de um ouvido absoluto.

Ao longo dos estudos musicais, o aluno deve passar por vários exames, permitindo trabalhar os critérios necessários para a progressão intensamente, sem descontinuidade ou mudanças de foco.

Ser admitido em um conservatório pode também permitir que você aprenda a tocar violino e receba uma bolsa de estudos oferecidas por algumas instituições. E isso pode acirrar ainda mais a competição pelas já restritas vagas.

Encontrando um conservatório musical

Os conservatórios são espaços de aprendizado menos comuns que as escolas de música para aprender violino ou que o volume de professores particulares, mas ainda assim é possível encontrar locais de referência e prestígio em todas as regiões brasileiras.

Muitas vezes eles estão mais próximos das capitais ou dos grandes centros regionais, mas isso depende muito também das tradições de cada cidade.

Aqui estão algumas oportunidades que podem ser bons pontos iniciais para sua pesquisa:

  • Conservatório Brasileiro de Música, no Rio de Janeiro-RJ;
  • Conservatório Pernanbucano de Música, em Recife-PE;
  • Fundação de Educação Artística, em Belo Horizonte – MG;
  • Conservatório de Música e Artes, em Brasília-DF;
  • Conservatório de Música do Amazonas, em Manaus-AM;
  • Instituto Estadual Carlos Gomes, em Belém-PA;
  • Conservatório de Música Popular de Itajaí-SC.

Você pode pesquisar na internet, redes sociais, espaços culturais e em lojas de música ou oficinas de luthier. Essas referências são importantes para que você tenha uma noção das possibilidades da sua área.

Se preferir, é possível aprender o violino em uma associação ou ONG.

bons músicos conhecem bem as partituras A teoria musical é parte essencial do conservatório

Como se registrar no conservatório de música?

A maioria dos conservatórios de música abre suas aulas para crianças a partir dos 5 ou 6 anos, o que corresponde aos primeiros anos do ensino fundamental.

Este primeiro ano trabalha para introduzir os mais jovens a aprender teoria musical, ler cada nota, às noções de ritmo, bem como descobrir a prática instrumental do violino e outros instrumentos: é um período de despertar musical.

Mais tarde, a criança escolherá sua ferramenta favorita de estudo,que é para o caso abordado por aqui, o violino.

E como alguém pode se inscrever no conservatório de sua cidade e, especialmente, qual escolher?

Deve-se notar desde o início que os conservatórios municipais e estaduais são destinados para todos os tipos de crianças, adolescentes e adultos, desde a prática amadora até a formação de profissionais.

Os processos seletivos

Se alguém deseja se tornar um violinista virtuoso e tocar concertos de violino em um nível profissional, será necessário atingir vários níveis de aprendizado, mas precisará passar por um filtro na entrada de cada etapa: a seleção é feita pela competição, em processos seletivos bem concorridos.

As datas de inscrição e lançamento das aulas pode variar, assim como nas escolas de música para aprender violino, mas, em geral no Brasil, os cursos são abertos no início do ano. Então fique de olho nos sites e presencialmente nos conservatórios de seu interesse.

Os testes para os níveis mais avançados contêm avaliações em que os músicos são convidados a tocar peças de violino, por exemplo, em uma performance na qual a interpretação e a técnica serão julgadas. Às vezes você pode ser solicitado a ler uma partitura ou decifrar uma peça musical.

Não há necessidade de lembrar que você deve sempre treinar para progredir, mas este imperativo deve ser um prazer, porque você é apaixonado por violino!

De fato, muitos conservatórios perdem quase metade de seus alunos após algum tempo de treinamento, já que o nível de rigor e dedicação fica cada vez mais alto. Também será necessário ser muito perseverante, porque durante este aprendizado, os cursos de teoria musical ocupam um lugar dominante durante anos de prática.

Os aplicativos de violino existem para ajudá-lo a progredir nas suas habilidades.

Estude com alunos de várias idades e níveis A experiência dos conservatórios é muito rica

Criando relações no conservatório de violino

O conservatório é também um lugar onde a rede de contatos da área é tecida, onde a socialização musical é mantida e onde os futuros músicos profissionais e docentes são formados e recrutados.

Um dançarino, diretor teatral ou maestro, por exemplo, podem precisar de um violinista para realizar seus shows e nos conservatórios estarão algumas boas opções para essa participação.

A música é uma arte que é tocada em grupos, o que não é muito fácil quando se toma aulas particulares em casa, sem o contato com outros alunos.

E mesmo se você não faz aulas coletivas, nenhum treinamento profissional de violinista é feito sozinho.

Por esta razão, destacamos o interesse crucial de um estudante de conservatório em integrar uma banda ou orquestra para explorar cada um dos estilos mais populares de música, assim como é interessante para o cantor fazer parte de um coral.

Saber trabalhar harmonia é praticamente obrigatório para o bom músico e esse um trabalho comum dentro de um conservatório musical. Esse relacionamento é constante e pode enriquecer muito a sua percepção musical.

Se você quer uma carreira sólida como violinista ou uma formação sólida na área da música, encontrar um Conservatório pode ser uma ótimo oportunidade.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar