"A única maneira de fazer um excelente trabalho é amando o que se faz. Se ainda não o encontrou, continue a procura. Não se acomode."
Steve Jobs (1878-1937)

Encontrar um emprego dentro de um contexto onde vários candidatos são colocados em competição uns com os outros durante intermináveis processos de seleção não é uma tarefa fácil: ter sucesso em uma entrevista de trabalho pode acabar sendo pior que uma prova de obstáculos!

De acordo com um estudo conduzido pela empresa de recrutamento Robert Walters, cada empresa precisa encontrar no mínimo 3 pessoas durante um processo de recrutamento.

Também foi constatado que, em cerca de 50% dos casos, são necessárias três entrevistas antes que um candidato receba uma oferta de emprego.

Por isso, é necessário utilizar todas as ferramentas ao seu alcance para conseguir causar uma boa impressão e se destacar dos outros candidatos que estão concorrendo à mesma vaga que você!

Para te ajudar nesta empreitada de processos seletivos, Superprof preparou algumas dicas que contribuirão para o seu sucesso nas entrevistas de recrutamento!

Veja também nosso guia para se destacar em entrevistas de emprego.

Coach curso online: prepare-se para a entrevista analisando a descrição do trabalho

Após escrever um currículo e uma carta de apresentação, a entrevista de emprego é a próxima etapa a ser cuidadosamente preparada quando se deseja conquistar uma vaga de trabalho.

O que é uma entrevista de trabalho?

Do ponto de vista gerencial, a entrevista individual visa reduzir as assimetrias de informação existentes naturalmente entre duas pessoas que não possuem o mesmo nível hierárquico: um candidato que deseja encontrar um emprego e o empregador que tenta descobrir profissionais capacitados para a vaga oferecida.

É importante ter as informações contidas no seu CV na ponta da língua na hora de uma entrevista de emprego.

Como podemos ser convocados para um processo seletivo?

A convocação para uma entrevista de emprego pode ser feita tanto por e-mail quanto por ligação telefônica. Quer um exemplo?

"Olá, obrigado pelo seu interesse em nossa empresa. Sua inscrição chamou nossa atenção e gostaríamos de encontrá-lo na terça-feira, 9 de abril de 2019, às 10h. Agradecemos antecipadamente por confirmar sua disponibilidade."

Dicas para se preparar para uma entrevista de emprego em dois dias

Preparar-se para uma entrevista requer tempo. No entanto, pode acontecer que você esteja com a agenda apertada. Como, então, preparar sua entrevista de emprego em um ou dois dias? Aqui estão algumas dicas.

A primeira providência a ser tomada é estudar a descrição do trabalho para o qual se fará a entrevista. Isso te permitirá consolidar os elementos importantes da oferta de emprego.

Isso ainda o ajudará a ter um conhecimento detalhado do tipo de cargo oferecido:

  • a natureza da posição proposta,
  • as missões,
  • as habilidades profissionais necessárias,
  • o treinamento desejado,
  • a experiência procurada,
  • o número de horas trabalhadas,
  • a remuneração oferecida,
  • etc.

Em essência, este passo básico permitirá que você enumere seus pontos fortes e fracos para se ater aos requisitos exigidos. Um exemplo?

  • capacidade de trabalho em equipe,
  • resistência ao estresse,
  • habilidades interpessoais,
  • rigor,
  • autonomia,
  • habilidades de escrita,
  • habilidades de mídia social,
  • conhecimento em web marketing,
  • boa cultura corporativa,
  • excelente nível de inglês,
  • etc.

Para um cargo em gestão de turismo, por exemplo, destacar seu conhecimento de várias línguas, autonomia, gosto de viajar, marketing, etc. podem fazer toda a diferença!
Descubra dicas para que você passe por suas entrevistas de emprego com sucesso.

Se prepare e faça a si mesmo as perguntas certas

Pense nos obstáculos que você pode encontrar durante a entrevista. Ter o medo de se apresentar em um palco é normal, quase biológico, mas o que é realmente preocupante durante uma entrevista?

É verdade que um recrutador tem o poder de promover ou não o desenvolvimento de carreira de um indivíduo, deixá-lo desempregado ou tirá-lo da rotina. E isso pode assustar e intimidar muitos candidatos.

O que é mais perturbador:

  • O medo de ser julgado?
  • O medo de ficar desempregado?
  • O medo de não estar à altura do cargo oferecido? (Se você é chamado para uma entrevista, é porque você tem as habilidades para a posição),
  • O medo de ter um currículo insuficiente?

Recomenda-se criar e ensaiar seu discurso de apresentação para acalmar sua mente.

Realizar uma simulação de entrevista ajuda a reduzir o estresse, pois o medo do "palco" acontece por causa da ansiedade de antecipação. Ter uma boa preparação ajuda a não tropeçar em suas respostas, fazendo-o argumentar melhor durante o momento certo.

Parece besteira? Pode até parecer, mas você verá que isso vai fazer toda a diferença!

Saiba mais sobre a empresa que recruta

Próximo passo: explorar os bastidores da empresa.

Notícias, redes sociais (Facebook, Twitter, LinkedIn), fóruns e sites podem fornecer muitos dados sobre a empresa para a qual você fará uma entrevista de trabalho,  tais como faturamento, data de fundação, situação econômica e mercados de atuação.

A Internet provavelmente lhe dará informações férteis sobre a vida da empresa!

Muitas vezes, o nome da empresa que desejamos integrar é conhecido, o que facilita um pouco mais a preparação, já que não precisamos procurar informações gerais sobre grandes grupos como Nestlé, L'Oreal, Carrefour, etc.

A espera que precede a entrevista de emprego pode ser tensa e por isso é melhor chegar preparado.

Pesquisa na internet: o que procurar sobre a empresa?

Consultar o site da empresa é sempre ideal para consolidar as informações que possuímos sobre elas.

Durante sua pesquisa, liste todos os produtos e serviços que ela oferece, os projetos em andamento, os clientes que ela teve, os nomes dos responsáveis ​​pela administração.

Preste atenção a informações que respondam, por exemplo, às seguintes perguntas:

  • É um site de e-commerce?
  • Existem várias agências?
  • Quantas lojas no Brasil? E no exterior?
  • Quais são os volumes de importação e exportação (se houver)?
  • Houve fusões, aquisições e/ou investimentos diretos no exterior (para grupos grandes)?

Além disso, é comum que uma revista de comunicação interna seja produzida e disponibilizada na web. Blogs e artigos de imprensa também podem fornecer informações sobre o ambiente da empresa. Ao consultar tais mídias, fique atento a informações como:

  • As pessoas listadas na revista são as mesmas listadas no site?
  • Nas fotos, os integrantes da empresa se apresentam de terno e gravata ou eles estão com roupas mais casuais?

Pesquisa com pessoas próximas

Depois da pesquisa na internet, a próxima etapa da sua preparação é dar um olhada na rede corporativa da empresa.

De maneira direta ou indireta, pode acontecer de você conhecer pessoas que trabalhem ou já trabalharam na mesma posição ou na mesma empresa para a qual você fará a entrevista. Essas pessoas podem ser muito importantes na hora da sua preparação, pois elas poderão te contar sobre a vida corporativa dentro desta instituição, sobre o ambiente de trabalho, a gestão, os salários, a política de recrutamento, etc.

O impacto das redes sociais: "a força dos elos fracos"

Mark Granovetter, um sociólogo americano (nascido em 1943) é famoso por teorizar o impacto das redes sociais - mais tarde adotado por P. Bourdieu (1930-2002) na busca por emprego.

Essa teoria é chamada de "a força dos elos fracos".

Segundo ele, pessoas remotas em uma rede de contatos são as mais propensas a fornecer informações para conseguir um emprego, ao invés de pessoas de um círculo próximo (família e amigos), pois a informação é muito redundante em uma rede de links fortes.

Esta uma maneira bem simplificada de explicar como funciona a ideia da força dos elos fracos (isto é, distantes).

Tudo isso para dizer que não devemos negligenciar os contatos de pessoas relacionadas à empresa que pouco conhecemos: eles podem ser essenciais na hora de ajudar a ter sucesso em uma entrevista de emprego!

Apresentar-se motivado e vestido adequadamente é o primeiro passo para causar uma boa impressão no dia da entrevista de trabalho.

Veja também várias dicas sobre como se vestir durante uma entrevista profissional.

Reflita sobre seus pontos fortes e fracos

Para obter o trabalho desejado, um bom exercício preparatório a ser feito é o de retornar ao currículo enviado ao recrutador e  listar objetivamente os pontos fracos e pontos fortes de sua personalidade.

Pergunte a si mesmo as perguntas certas

Saber fazer uma autorreflexão e se questionar de maneira produtiva é essencial!

  • Quais experiências deixam você confortável com esse trabalho?
  • Quais são as vantagens de negociar seu salário o mais alto possível?
  • Como convencer o recrutador da sua legitimidade?

A empatia (ou seja, colocar-se no lugar do recrutador) é uma parte importante do processo de recrutamento: quais são os elementos que podem fazer com que ele o recrute em detrimento a outra pessoa?

Mostre sua personalidade: atividades extra-profissionais e hobbies

Fazer uma entrevista é uma oportunidade para o recrutador descobrir a personalidade dos candidatos interessados na vaga oferecida pela empresa. Ou seja, é chegada a hora de se concentrar nas atividades extra-profissionais e nos hobbies dos concorrentes: voluntariado, esporte, música, idiomas falados, etc.

Independente do que você faça, não hesite em mencionar todas as atividades que você desfruta fora do ambiente de trabalho: experiências de vida no exterior, idiomas falados, ligação a uma associação, hobbies, experiências de gestão (ensino, gestão de equipe, etc.).

Na maioria das vezes, a brecha para você falar sobre esse assunto chegará na hora em que o recrutador disser a famosa frase: "Conte-me sobre você".

É importante também estar ciente de suas fraquezas

Reconhecer suas fraquezas não quer dizer que você tenha que verbalizá-las durante a entrevista. No entanto, estar ciente delas significa que você não será desestabilizado durante perguntas embaraçosas, o que permitirá que contorne a situação e passe a discutir sobre suas qualidades.

Por exemplo: "Minha experiência é realmente fraca em marketing de produto, mas eu conheço todas as técnicas de SEO (SEO, SEA, SMO) e isso não afeta minha determinação em trazer minha experiência para sua empresa."

E ainda: fique por dentro sobre como chegar pronto a uma entrevista de emprego!

Curso de coaching: faça uma simulação de entrevista

Um aperto de mão firme e confiante também é importante para causar uma boa impressão.

Ao se preparar para apresentações orais, é altamente recomendável praticar o que se deseja falar na hora da entrevista, seja em casa com familiares ou em outro lugar com os amigos.

Isso por um motivo simples: preparar um parágrafo para se apresentar e relembrar brevemente sua formação e experiências evitará que você gagueje. Quando improvisamos, as chances de não nos expressarmos claramente é muito maior.

Essa técnica funciona um pouco como um músico que pratica a sua parte antes de um concerto.

Esta entrevista de emprego é projetada para analisar seu discurso, sua linguagem corporal, sua autoconfiança... Por isso, durante os primeiros segundos contato com o recrutador é preciso passar uma primeira impressão positiva.

A maneira como gesticulamos também é fundamental: um aperto de mão firme (sem mãos suadas!), a atitude (sorrir um pouco, estar certo e ter as mãos abertas sobre a mesa) são linguagens corporais que mostram se você está desconfortável ou bastante seguro de si durante o processo de seleção.]

Mini guia de gestos e atitudes positivos

Aqui está um mini guia sobre alguns gestos e atitudes que podem contribuir para o sucesso da sua entrevista: sentar-se corretamente na cadeira, com o tronco ereto e um pouco inclinado para a frente, as coxas e os pés paralelos ao chão.

Não tenha medo de fazer gestos com as mãos para acompanhar suas observações: o recrutador provavelmente procurará interpretar essa linguagem não verbal.

Braços cruzados são sinônimo de falta de interesse e falta de confiança.

Por outro lado, braços abertos, espaçados e comunicativos enviam o sinal de que falamos com facilidade, eloquentemente. No entanto, não exagere!

Durante a conversa, também é aconselhável prestar atenção na respiração, pois ela ajudar a administrar o estresse.

Atenção deve igualmente ser dada ao seu interlocutor enquanto vocês dialogam. Isso porque se ele fizer perguntas abertas e você reagir gaguejando, apresentado-lhe uma resposta fechada, isso será logicamente percebido como uma estratégia de sua parte para colocar um fim na comunicação (e isso não é o que você deseja!).

É melhor detalhar suas respostas se as perguntas da entrevista os convide a fazê-lo. Por exemplo, a famosa questão "fale-me sobre você".

Como se apresentar durante uma entrevista de emprego

É chegado o grande dia! Lembre-se de um dos aspectos mais fundamentais na hora H: a pontualidade.

Como ter sucesso em uma entrevista de emprego e como convencer alguém de que você é um bom profissional se você não é pontual?

Chegar atrasado é um dos pontos fracos, um sinal de falta de seriedade, que pode ser crucial.

Para todos os compromissos importantes - seja um recrutamento, uma reunião de condomínio ou até mesmo um encontro amoroso - é melhor planejar um tempo de deslocamento mais longo do que o habitual para ter certeza de chegar na hora certa.

Ao chegar ao local marcado, o recrutador te dará as boas-vindas e a conversa começará.

Você provavelmente tem o coração pulsando a 2.000 batimentos por minuto. Esse estresse geralmente desaparece se você tiver uma boa preparação da entrevista.

Quando estamos estressados, acabamos falando mais do que o necessário. Isso sem contar que adotamos gestos que entregam nosso estado de espírito, tais como esfregar as coxas enquanto falamos, tremer ou ainda ofegar durante o diálogo. Tais atitudes podem acabar fazendo com que o recrutador perca o interesse em contratar.

Treinar em casa para relaxar é uma ótima opção para minimizar tais gestos. Para tal, recomendamos fazer exercícios de respiração e meditação.

Curso de desenvolvimento profissional: antecipe perguntas maliciosas

E não, não acabou. Preparar-se para uma entrevista de emprego também envolve antecipar problemas que possam ser encontrados.

Aqui estão alguns exemplos concretos de perguntas que podem aparecer durante o diálogo com o recrutador:

  • Qual é seu maior ponto negativo?
  • Qual é a sua maior qualidade? ou Apresente 10 qualidades e 10 defeitos seus,
  • O que te interessa na nossa sociedade?
  • Estamos em 2025 ou 2030: onde você se vê?
  • O que você poderia fazer melhor do que um outro candidato?
  • Por que você acha que devemos recrutá-lo?
  • Quais são as suas expectativas salariais?
Refletir sobre respostas para perguntas maliciosas te ajudará a gerir momentos difíceis durante a entrevista de emprego com maestria!

Após a entrevista, não hesite em enviar um e-mail de agradecimento no dia seguinte à reunião: este pequeno gesto pode ser apreciado.

Finalmente, aproveite a oportunidade para lembrar os entrevistadores e recrutadores da sua determinação, seu interesse e sua disposição de se juntar à equipe em questão!

Dicas para escolher roupas para a entrevista: maiores chances de conseguir um bom emprego

Para criar uma primeira impressão positiva durante uma entrevista de recrutamento, escolher o estilo de roupa certo é fundamental.

Aqui estão algumas dicas para saber como se vestir.

Dependendo do tipo de emprego procurado, a escolha da roupa ideal para a entrevista pode ser um desafio.

Critérios para se vestir

Ficar natural e autêntico: roupas que restringem sua linguagem corporal devem ser evitadas.

Se você sorri e faz perguntas sem ser prepotente ou arrogante, você ganha pontos: ser simpático na medida certa é uma forma de argumentação.

A escolha das cores: recomenda-se escolher cores neutras (bege, cinza, preto, branco, azul marinho), pois elas não chocam a intersubjetividade dos gostos.

A parte de cima - a camisa ou camiseta -  de cor clara, coberta por um paletó azul marinho, por exemplo.

Dicas para roupas femininas

É aconselhável que as mulheres usem roupas clássicas e sóbrias. Os cortes apertados, saias muito curtas e cores muito chamativas devem ser evitadas.

Dê preferência a uma calça escura e uma camisa clara (bem passada, obviamente).

Vale ter em mente que as cores claras remetem à imagem de um temperamento alegre, enquanto as cores escuras evocam firmeza, austeridade e rigor.

As cores dependem, portanto, do tipo de trabalho procurado e dos sinais de empregabilidade que se deseja enviar ao recrutador.

Dicas para roupas masculinas

Para os homens, o estilo de vestimenta ideal é menos diversificado do que o das mulheres.

A roupa clássica, composta por calças, paletó escuro e camisa leve, é um coringa. Às vezes, o uso da gravata pode ser adicionado (verifique se os outros candidatos usam um ou não, para evitar que você fique muito fora do padrão).

Saber se diferenciar hierarquicamente de acordo com a maneira que se veste é apreciado no local de trabalho (exceto quando praticado de forma excessiva!).

Dedique-se a passar as roupas no dia anterior à entrevista. Encerar os sapatos (de cor clara se as calças forem escuras e vice-versa) um dia antes também é fundamental, pois isso agregará um ar mais refinado ao seu look.

Independente do tipo de emprego procurado e do sexo do candidato, ser pontual, sorridente e discreto - não faça uma chegada estrondosa - é ainda melhor se você souber como combinar a sobriedade do estilo de roupa sem precisar se estressar!

Coaching curso: roupas a evitar em processos de seleção!

Seria uma pena perder um posto por causa de roupas ou acessórios mal escolhidos e não adaptados aos códigos da empresa que você deseja integrar.

Aqui estão as algumas roupas A EVITAR:

  • Roupas muito justas,
  • Saias muito curtas,
  • Jeans e moletom,
  • Decotes muito cavados,
  • Cores muito vibrantes,
  • Tênis,
  • Camiseta de malha,
  • Maquiagem muito pesada,
  • Saltos muito altos,
  • Jóias muito chamativas.

É melhor evitar de usar mais de três cores diferentes, assim como de passar muito perfume (os recrutadores procuram um profissional qualificado e não um pedaço de incenso que deixe seu cheiro pela sala de reunião!).

Opte por cores sóbrias, evitando tons muito chamativos no dia do primeiro contato com o empregador.

Evite roupas com babados: elas passam uma imagem não profissional na maioria dos ambientes de trabalho.

É aconselhável vestir-se bem, mas em tecidos confortáveis, de modo a permanecer relaxado em seus gestos.

Outro conselho: dependendo da posição para a qual você faz entrevista, você pode vir com uma bolsa (para mulheres) ou uma pasta (para homens).

Além de se apresentar bem vestido no "Dia D", lembre-se também levar com você todos os documentos necessários para uma entrevista de emprego: um laptop, um pequeno caderno para a tomada de notas, cópias de CV, canetas...

Precisando de um professor de Desenvolvimento pessoal ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Camila

Aventureira linguística, curiosa por natureza, artista por opção, viajante apaixonada e redatora por vocação.