"Nada é mais perigoso que um bom conselho com um mau exemplo."
Madame de Sablé (1599-1678)

A missão de um curso de líder coach às vezes é complicada: o coaching ajuda os outros a terem resultados concretos no sucesso de seus objetivos profissionais, fornecendo apoio pessoal para lutar pelo bem-estar no trabalho.

De acordo com um Estudo Global de Coaching da ICF 2016, realizado em 137 países em todo o mundo, existem cerca de 53.300 pessoas que atuam como professor coach em todo o mundo.

Seja para melhorar a experiência de trabalho, para preparar-se para o desenvolvimento profissional, recuperar a autoconfiança, gerenciar o estresse, gerenciar emoções ou ainda aprender como atuar em um novo emprego, muitas pessoas recorrem a cursos de coaching, independente da área de atuação.

Mas antes de se lançar como um profissional de cursos de coach online ou presencial - ou antes de solicitar um - é preciso dar um passo importante: compreender quais são as expectativas de quem procura por tal serviço!

Aqui estão nossas dicas para estabelecer metas para aulas de coach antes de se lançar neste desafio.

Confira ainda dicas para te ajudar a definir a melhor aula de coach para o seu perfil.

Coaching: o que é?

Um coach profissional, um coach coorporativo ou um coach de desenvolvimento de carreira é uma pessoa cuja missão consiste no acompanhamento profissional de uma pessoa ou grupo que procura seus serviços.

O que é coaching?
Coaching com colaboradores: como fazer isso? | Designer gráfico e designer, também sou um coach profissional para ajudar meus clientes a mudarem de profissão.

Tanto na modalidade individual quanto na coletiva, o coaching profissional tem a intenção de acompanhar indivíduos ou grupos na realização de seus objetivos, ou seja, colaborar para que eles se se orientem rumo ao seu sucesso profissional.

Assim, podem ser sessões individuais para se preparar para uma nova profissão, apoio pessoal para se adaptar a uma nova política gerencial, sessões para acompanhar uma mudança...

Também pode ser um coaching executivo: um serviço exclusivo para um executivo  ou colaborador sênior da empresa com o objetivo de gerenciar o estresse ou dominar a comunicação interpessoal (voz, gestos, entonação) em entrevistas ou conferências de imprensa.

Por fim, o coaching profissional também pode consistir em sessões de coaching de equipe, a fim de otimizar o desenvolvimento de habilidades profissionais relacionadas a uma determinada empresa.

Esta nova profissão ainda tem muitos propósitos. De fato, há tantos objetivos de coaching profissional quanto pessoas, porque cada situação é diferente.

O personal coach é aquele que consegue se adaptar às demandas e à situação de seus clientes.

O coaching coorporativo é uma medida tomada por um profissional em um determinado ponto da carreira, a fim de resolver uma situação preocupante - gerenciamento de estresse, autoconfiança, gerenciamento emocional, gerenciamento de conflitos, comunicação não violenta, coaching de mudança, etc. - ou se adaptar a um estilo de gerenciamento.

O público-alvo dos coachs profissionais é, portanto, logicamente, diretores, gerentes e seus colaboradores.

Os líderes empresariais podem ter dificuldade em lidar com situações muito delicadas (tomada de decisão rápida, pressão, pesquisa de mercado, competitividade e adaptabilidade à concorrência) e precisam de especialização em gestão de recursos humanos (por exemplo).

No entanto, não é obrigatório estar em dificuldade para usar os serviços de um coach profissional.

É como ir a um psicólogo: não é porque você está procurando por uma terapia que sofra de uma doença mental.

Da mesma forma, podemos procurar um coach profissional para fazer uma avaliação de habilidades ou otimizar as principais habilidades de uma determinada profissão.

O trabalho tem um pouco esse aspecto de faz-tudo, que pode promover o ambiente profissional de toda a população ativa!

Expectativas dos clientes de um curso coach

Começar um negócio, gerenciar um portfólio ou carteira de clientes em uma empresa multinacional, controlar o estresse quando se está em posição de gerência, trabalhar a inteligência emocional: todas essas são causas que levam pessoas ativas no mercado de trabalho a procurarem curso de desenvolvimento pessoal e profissional.

Um coach profissional precisa saber como ser empático, assim como ser um expert em ouvir ativamente os problemas de cada pessoa. Afinal de contas, esta é uma das maiores expectativas apresentadas por clientes que procuram por este tipo de orientação e acompanhamento.

Ser flexível e saber se adaptar às situações apresentadas, ou seja, ser um profissional "camaleão", permitirá uma melhor compreensão geral das dificuldades enfrentadas pelos clientes.

Um bom coach tenta entender um pouco da maneira de pensar do seu cliente.

Entre a análise do pedido do cliente e a implantação de ferramentas de coaching para avançar em sua situação, uma obra titânica na encruzilhada entre psicologia e sociologia deve ser realizada.

Resumindo: é necessário entrar no cérebro do cliente para conhecer sua postura.

Uma empresa de coaching não recebe tal denominação sem antes conhecer a demanda dos seus clientes, principalmente quando eles estão cientes que as taxas cobradas pelos profissionais da área podem acabar representando uma soma considerável do orçamento de cada um deles.

O que se espera de um coach?

Aqui está uma lista do que pode ser esperado de um coach certificado:

  • Escuta ativa,
  • Capacidade de se questionar,
  • Saber como reorientar seus dispositivos,
  • Ser sincero sobre a viabilidade ou não do projeto de vida do cliente,
  • Encontrar a pergunta certa,
  • Ser capaz de enfatizar as potencialidades.

Em suma, o gerenciamento de carreira por meio de coaching individual ou coaching de negócios - por exemplo - requer uma característica que todo coach deve ter: objetividade.

Como abordar as expectativas do cliente da aula coach?

O curso de coach deve, teoricamente, motivar os clientes, pois assim eles terão a sensação de que algum progresso foi feito.

Para isso, um professor de coaching terá que confrontar os objetivos do cliente com exercícios práticos concretos, tais como:

  • Conversação,
  • Tomada de decisão,
  • Gestão de conflitos,
  • Comunicação não violenta,
  • Etc.

Por quê?

Simplesmente para ver se a abordagem metodológica do coaching produziu frutos para atender às expectativas iniciais.

Conheça a sua situação antes de procurar um professor coach

Não se desespere, pois entender o porquê de se fazer um coaching não é uma tarefa difícil.

Após ler tudo isso você deve estar pensando: "OK, tudo isso funciona quando já se conhece os objetivos pessoais".

Claro que dentro de um plano ideal, o melhor é sabermos o que desejamos alcançar a partir de um coaching curso: ter um melhor conhecimento de si mesmo; ser capaz de se atualizar profissionalmente visando as profissões do futuro; receber um coaching administrativo para alcançar os objetivos impostos por sua direção; etc.

No entanto, existem ainda um enorme número de metas estabelecidas como expectativas de resultado de um plano de curso coach que não dependem do profissional encarregado de fornecer o treinamento.

Isso porque o treinador não é um gênio que sai de uma lâmpada quando a esfregamos, pronto para realizar nossos desejos em um passe de mágicas.

O cliente - você mesmo - deve ser capaz de descrever um conjunto de coisas que gostaria de alcançar.

Pode ser bom nesta fase estabelecer uma lista de critérios e desejos. Entregá-la ao futuro treinador pode ser uma boa alternativa para ajudá-lo a colocar em prática sessões de coaching ainda mais eficazes.

A definição dos objetivos e as metas a serem alcançados são os elementos fundamentais que preparam o sucesso do futuro programa de coaching pessoal e profissional.

Isso significa que você deve se dedicar a pensar nos problemas que te afligem no momento presente, questões que permanecem sem resposta e que poderiam ser resolvidas com a ajuda de uma pessoa externa que tenha experiência nesse tipo de desafios.

Para alcançar tal resultado, colocar-se questões específicas ligadas a falta de assertividade, dificuldades na tomada de decisões, problemas de gerenciamento de tempo, gerenciamento de estresse, etc., pode ser de grande ajuda.

Guarde em mente que o profissional de coaching, na maioria das vezes, dispõe de recursos para encontrar respostas às suas perguntas. Isso não quer dizer que suas aulas de coach serão iguais a uma sessão de terapia, pois não existe nenhuma psicopatologia a ser diagnosticada. Trata-se simplesmente de um acompanhamento de pessoas em dificuldade temporária.

Este suporte - suporte para mudança, suporte para executivos, estratégia de marketing, pesquisa de mercado, etc. - visa "transportar" o cliente em busca de coaching de uma situação para outra.

Então, pergunte a si mesmo se você é capaz de seguir um programa de coaching com uma duração de 6 meses a um ano, com diligência e compromisso pessoal suficiente para obter um benefício significativo, assim como um bom retorno sobre o investimento.

Veja ainda uma breve análise de diferentes perfis de curso coach!

Curso de desenvolvimento profissional: identificando metas alcançáveis

Lembre-se de determinar objetivos que podem ser alcançados durante um curso de coach.

Obviamente, devemos estabelecer metas razoáveis e, antes de tudo, alcançáveis ​.

Se você é um agente imobiliário freelancer, a criação de sua própria agência imobiliária obviamente será um objetivo mais viável de ser atingido que o de se tornar um ministro ou presidente da república (embora já tenhamos testemunhado tal feitio nos Estados Unidos da América nesta última década...).

Eixos para definir metas

Três eixos principais permitem definir os objetivos acima mencionados:

  • Os objetivos relacionados a personalidade,
  • Os objetivos relacionados a dinâmica da equipe,
  • Os objetivos relacionados a relacionamentos interpessoais.

Coaching pessoal

O objetivo do coaching pode primeiramente ser relacionado a um traço da pessoa que precisa ser melhorado. Para tal, trabalhar em exercícios de timidez, relaxamento e respiração para falar melhor em público, ou ainda conseguir administrar melhor a vida profissional à vida em família podem ser algumas das alternativas apresentadas.

Muitos coaches ainda se deparam com clientes que desejam adquirir ferramentas para melhor compreender as relações humanas em sua empresa e melhorar as habilidades de liderança, ou ainda dominar uma maneira de comunicar o desligamento de funcionários da melhor maneira possível para ambas as partes.

Coaching corporativo

Nos casos em que um coach corporativo é necessário, os problemas de gerenciamento de equipe podem ser cruciais para o futuro de um grupo, empresa ou corporação.

De fato, o coaching corporativo pode diminuir e até mesmo acabar com os atritos existentes na comunicação interpessoal. Para tal, treinamento em comunicação não-violenta ou sessões individuais para colocar as pessoas em uma posição de mediador são utilizados para minimizar os conflitos internos e servem até mesmo para recompor o caráter social do grupo.

Quando membros de uma equipe não possuem habilidades profissionais no campo da resolução de conflitos, pode ser muito difícil garantir uma boa gestão do grupo.

Sendo assim, durante a coach aula, os problemas encontrados serão utilizados para induzirem os objetivos, levando a equipe a encontrar as melhores soluções para cada caso!

Descubra também quanto custa um curso de coach!

Aulas de coaching: um sucesso pode esconder outro!

Cursos de desenvolvimento podem trazer resultados surpresas aos profissionais.

Definir expectativas compatíveis com sua personalidade e o ambiente profissional antes de dar início a um treinamento com aula coaching também é muito importante para a motivação na hora de seguir todo o programa.

Mirar muito alto pode criar um desafio a ser alcançado, mas a perspectiva de um fracasso pode desapontar rapidamente e ter um efeito contraprodutivo.

Durante um curso de desenvolvimento profissional, um conjunto de benefícios e efeitos virtuosos às vezes ocorrem, mesmo sem que eles tenham sido previamente previstos.

Isso é chamado, em macroeconomia, de externalidades positivas.

Quer um exemplo?

Ao treinarmos fisicamente para conseguir uma melhor respiração para uma melhor comunicação na hora de falar em público, assim como treinar para se sentir melhor enquanto em pé na frente de "espectadores", alcançamos também um fortalecimento muscular e uma redução dos riscos cardiovasculares. Ou seja, resultados positivos que não havíamos previsto, mas que são igualmente obtidos!

Seguir um curso de coaching dedicado ao desenvolvimento profissional e pessoal pode servir ao propósito de mudar o rumo da sua carreira e / ou ser melhor remunerado. Como consequência, ao atingir a meta estabelecida, podemos sentir menos pressão, menos estresse e finalmente terminar por encontrar uma atmosfera mais adequada dentro da equipe de trabalho.

Ou seja, o sucesso nas sessões de coach pode ir muito além dos primeiros propósitos desejados.

Pronto para se lançar na tarefa de estabelecer seus objetivos antes de iniciar seu curso de coaching?

Quanto custa um curso de coach?

Interessado em fazer um curso com um coaching, mas ainda não sabe se tal investimento cabe no seu orçamento e quer saber quanto custa um curso de coach?

Saiba mais sobre os preços que os clientes podem pagar, em média, para encontrar um coach e mudar sua vida profissional.

Cursos de coaching: por que tal serviço?

Qualquer um pode, uma vez ou outra, ser confrontado com dificuldades de gestão de carreira, tais como:

  • Obstáculos para encontrar seu caminho quando terminada a universidade;
  • Criar sua própria empresa;
  • Regular carga emocional relacionada a um trabalho inútil;
  • A falta de autoconfiança

Existem ainda muitos outros problemas que impedem o progresso na vida profissional.

Um coach fará perguntas e mobilizará ferramentas de coaching – PNL, abordagem sistêmica, análise transacional – para mudar uma determinada situação.

Pagar um preço elevado para se obter um apoio que gere mudanças pode, às vezes, ser compensador, pois pode acabar sendo rapidamente reembolsado se o benefício esperado for maior (por exemplo, triplicando seu salário).

Cursos de coach individual no Superprof: tarifas

Na plataforma do Superprof é possível encontrar vários coaches prontos para ajudar. Isso porque qualquer pessoa competente suficiente pode se aventurar a se tornar professor coaching: não existe nenhum tipo de treinamento ou formação específica para se tornar um, já que esta ainda não é uma profissão reconhecida oficialmente no Brasil.

Em São Paulo, por exemplo, um serviço de coaching profissional custa, em média, 105,00 reais por hora.

A vantagem de se fazer aulas de coach particulares é que, em várias ocasiões, não há necessidade de muitas sessões individuais para a obtenção de resultados concretos.

As tarifas em São Paulo variam de 15,00 a 320,00 reais por hora com uma infinidade de perfis em torno de 100,00 a 150 reais por hora.

Preços de aulas de coaching em empresas

Em média, o preço de uma sessão pode chegar a custar mais de 1.000,00 reais quando uma empresa utiliza uma companhia especializada em coaching para orientar um grupo de funcionários.

O intervalo de preços vai de 100,00 a 1.000,00 reais por sessão. Essa é uma faixa de preço bastante ampla, pois cada provedor é livre para definir seus próprios preços e é impossível fazermos um inventário exaustivo de todos os preços cobrados.

Ao final do plano de ação, um plano de consultas com  um coach pode chegar rapidamente a quantias substanciais: um profissional certificado cobra geralmente entre 4.000 e 8.000 reais por um coaching empresarial completo para funcionários. Quando se trata de oferecer coaching para cargos elevados como gerentes e diretores, os preços podem atingir de 20 a 30.000 reais por módulo, dependendo do período de experiência do profissional encarregado pelo coach curso.

O preço da sessão da aula coaching vai variar de acordo com a demanda do aluno e a experiência do professor.

Quanto custa um curso de desenvolvimento pessoal e profissional particular?

Não fique horrorizado ou entre em pânico ao se deparar com de tarifas de três dígitos: na maioria das vezes, o programa de treinamento de coaching gira em torno de 4 ou 5 sessões de duas horas.

Se fizermos as contas, o valor fica igual ou até mesmo abaixo, em termos monetários, das horas de aula particular para um estudante durante um ano letivo inteiro.

Em São Paulo e no Rio de Janeiro, as taxas ainda são mais altas do que em outros lugares do Brasil, já que os imóveis e o custo de vida são mais altos.

Esta é a razão pela qual, em média, encontramos taxas que variam de 50 a 320 reais a sessão de coaching pessoal (financiado por um indivíduo) em São Paulo, e entre 30 e 200 reais em outras regiões.

Por exemplo, um plano de treinamento em Belo Horizonte pode custar entre 350 e 1.000 reais: o equivalente a um aluguel, um imposto sobre moradia.

Isto é certamente um sacrifício, mas não necessariamente um empobrecimento.

Na verdade, as sessões individuais de coaching devem ser consideradas como um investimento para garantir uma melhor renda em um futuro próximo.

O papel do coach durante uma sessão de coaching!

"Excitação, atenção, medo, dúvida, apreensão, curiosidade, estresse, incerteza, a primeira sessão é uma experiência sutil e forte, onde as emoções dançam. "

Esta frase é retirada de um livro de autoria de Jean-Marc Parizet e Sophie Berger, cujo título é Sucesso na primeira sessão de coaching, um verdadeiro guia com mapas, benchmarks, questionários e ferramentas publicado em 2014.

O que é coach?
Como preparar um acompanhamento para uma mudança de profissão efetiva?
Seria o coach profissional um influenciador a serviço do bem-estar?

A primeira sessão é sempre a vencedora no quesito "apreensões".

O papel principal do coach pessoal é criar uma relação de confiança na qual o cliente possa transmitir todas as informações necessárias para resolver seus problemas.

Pode haver problemas relacionados à esfera emocional, que remetam a traumas ou dores familiares ou ainda a barreiras psicológicas.

Assim, o coach deve ser empático, ouvir ativamente o seu cliente e, acima de tudo, nunca julgá-lo em nada.

Para tirar seu cliente de sua zona de conforto e ajudá-lo a atingir seus objetivos, o coach deve ser capaz de fazer um bom questionamento: fazer as perguntas certas ajuda a esclarecer, ampliar um campo de visão, mudar a perspectiva, etc.

Saiba que isso não é improviso: isso é teoria, aprendemos esses pilares do coaching em escolas de formação, como a ICF, a International Coach Federation.

É uma questão de saber como fazer girar a chave, e de permitir que o cliente encontre as soluções por conta própria.

Em segundo lugar, o coach desempenha um papel de liderança na avaliação da validade e viabilidade das estratégias previstas: aprender a falar mais no trabalho, ou se passar por um conciliador, ajuda, por exemplo, no desenvolvimento da carreira por para confrontar os outros.

Utilizar um conjunto de técnicas e ferramentas de coaching para realizar uma supervisão eficaz: para facilitar esse despertar, o coach estabelece as regras de como responder ao questionamento (pela programação neuro linguística (PNL), a abordagem sistêmica, a análise transacional, etc. .).

Por fim, podemos dizer que estas são as principais fases do processo de coaching nas empresas, e que os resultados vão depender do comprometimento do coach e dos seus clientes em fazer o seu melhor para conquistar plenamente seu estado desejado e o sucesso que a organização buscava ao contratar este serviço para seus profissionais e líderes.

Precisando de um professor de Desenvolvimento pessoal ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Camila

Aventureira linguística, curiosa por natureza, artista por opção, viajante apaixonada e redatora por vocação.