"A arte é um esforço para criar, ao lado do mundo real, um mundo mais humano."
André Maurois

Pintura e desenho são atividades relaxantes e criativas. É por esse motivo que a venda de livros de colorir para adultos explodiu nos últimos anos. Segundo o G1, este é um segmento levantou o mercado editorial em 2015. Ainda segundo eles, as vendas de exemplares do gênero ultrapassaram os 25 milhões de reais, além de terem influenciado no aumento da venda de lápis de cor.

Tanto a pintura quanto o desenho são maneiras de ver o mundo e transcrevê-lo com outros olhos, com outra percepção.

Como inspiração para essas práticas, o cenário de um horizonte com montanhas pode ser um sonho para aspirantes a desenhistas e pintores! Então, por que não aprender a desenhá-la? Com lápis de cor, tinta a óleo ou grafite, a montanha coberta de vegetação não guardará mais segredos para seus talentos artísticos depois das nossas dicas!

Retire seus lápis e pincéis e aprenda a desenhar montanhas seguindo nossos conselhos!

Uma dica extra: consulte também nosso guia com tudo sobre como desenhar paisagens!

Curso de desenho realista: observe bem a montanha

Aprender a desenhar um elemento real é, acima de tudo, um exercício de observação. Ao contrário do desenho imaginativo ou criativo, representar uma montanha requer atenção aos detalhes, pois são eles que tornarão seu desenho bem-sucedido e realista.

Olhar para uma paisagem real

É claro que o melhor é se posicionar em frente a uma montanha real. Nesse caso, os desenhos de observação tem maiores chances de ficarem realistas. Ao escolher esse método, reserve um tempo para contemplar a paisagem.

Além disso, o desenhista ou pintor estará diretamente imerso no universo das montanhas. Tal método pode ajudar a sentir a atmosfera e a energia do local, contribuindo para o desenho final. Desenhar é uma atividade artística, que, portanto, requer o uso de todos os seus sentidos. Estar em um local real e ser capaz de observar a montanha o ajudará a sentir o que deseja desenhar.

Que tal uma imersão em um paisagem natural para desenhar e pintar uma linda montanha?

Para desenhar em boas condições, coloque-se em um local confortável, com uma prancha de madeira para apoio e uma folha de papel para desenho. Não há necessidade de se sobrecarregar com muito material de desenho. Apenas um ou dois lápis grafite podem ser suficientes para iniciar se esboço.

O exercício consiste em tentar reproduzir as formas da montanha e suas proporções no papel.

Copiar imagens impressas ou na internet: uma boa alternativa

Se você não tiver sorte o suficiente para poder desenhar imerso em um ambiente montanhoso, escolha uma foto online ou em uma revista. Também é possível copiar algum outro desenho que você goste.

Mas tenha cuidado! Você não tem o direito de assinar e distribuir o desenho como sendo seu se ele for uma cópia!

Que tal descobrir também como fazer o desenho de uma casa?

Que técnica usar para desenhar um monte?

As técnicas que podem ser utilizadas para fazer a sua tão sonhada cadeia montanhosa são infinitas:

  • Grafite,
  • Aquarela,
  • Guache,
  • Tinta a óleo,
  • Nanquim,
  • Tinta acrílica,
  • Pastel à óleo,
  • Pastel seco,
  • Carvão...

O céu é o limite quando se trata de técnicas de desenho e pintura!

Para iniciantes em desenho, é bastante recomendável começar usando um lápis de grafite. Isso torna possível apagar no caso de um erro e, assim, sentir-se mais livre ao fazer o esboço.

Mas é claro que não há regras quanto à escolha de técnicas para desenhar uma montanha. No entanto, qualquer que seja o seu nível de pintura ou desenho, fazer uma excursão à montanha com uma tela de tecido e uma caixa de tinta a óleo não é algo fácil.

O material mais adequado para se levar em um viagem quando se deseja pintar natureza no local desta mesma é a aquarela. Pequenas paletas de aquarela estão à venda em lojas de arte por toda a parte.

Uma vez que seu desenho for feito, seja olhando para uma montanha real ou em uma foto, é chegada a hora de definir a cor para poder dar um acabamento mais fino, desta vez no silêncio da sua casa. Portanto, não se preocupe muito com a escolha da técnica em primeiro lugar.

Desenhar uma montanha passo a passo

Quando você estiver bem posicionado em frente à sua montanha ou, na falta dela, em frente à sua foto, é hora de começar a desenhar.

1/ Faça o esboço desenhando os contornos

Seja para iniciantes ou desenhistas experientes, o desenho geralmente começa através de um esboço. Alguns profissionais pular essa etapa. No entanto, ela ainda assim é reconfortante, principalmente para quem está começando, já que permite que erros sejam apagados facilmente.

O esboço é uma espécie de rascunho da forma da montanha. Você deve começar desenhando os contornos dos diferentes vértices aparentes. Para um desenho mais realista, as proporções devem ser respeitadas entre as diferentes montagens.

O esboço a lápis é o primeiro passo para um bom desenho ou pintura.

Além de marcar os contornos, também é importante, durante esta etapa, traçar os limites que separam as diferentes montanhas presentes na paisagem, principalmente se elas formam uma cordilheira.

Ao fazer o esboço, a mão deve ser flexível. Sinta-se livre para desenhar várias linhas em um só lugar. Você escolherá a melhor opção dentre elas no momento de passar a limpo, seja à tinta acrílica ou com lapis de cor. Enquanto isso, o objetivo é liberar sua mão e desenhar pelo sentimento. É assim que você terá sucesso nos seus desenhos de observação.

Mesmo que seu desenho não seja totalmente preciso em comparação com a realidade, tente relaxar e deixar os traços fluírem. Você se surpreenderá com os resultados!

2/ Desenhe os relevos

Depois que o contorno é desenhado, é hora de dar um pouco de relevo ao seu desenho. Este passo também pode ser realizado com grafite. Sua borracha ainda não está longe, se for necessário apagar algo.

Você deve ter notado que as montanhas não são lisas. Não se trata apenas de desenhar vários triângulos um ao lado do outro para fazer com que seus traços pareçam uma cadeia de montanhosa.

Para dar relevo ao desenho, você deve, portanto, identificar as áreas sombreadas. As montanhas possuem rachaduras ou mais lugares afundados. É então uma questão de preencher esses espaços com seu lápis cinza, fazendo hachuras ou então colorindo completamente a áreas mais escuras. Isso dará à sua montanha um pouco mais de personalidade.

Não hesite em adicionar traços de vegetação, como árvores, por exemplo.

3/ Colora seu desenho

Você pode optar por manter o desenho em preto e branco ou pode colori-lo.

Como explicado anteriormente, em termos de técnicas para acrescentar cor, um grande leque de opções está ao seu alcance:

  • Tinta acrílica,
  • Giz pastéis,
  • Canetas hidrográfica,
  • Lápis de cor...

Você pode até mesmo colorir seu desenho no computador se tiver um scanner!

A etapa de adição de cor pode ser realizada de maneira realista, respeitando as cores observadas, ou de forma totalmente criativa, imaginando cores fictícias para sua montanha. De qualquer forma, continue usando o jogo de luz e sombra para dar relevo ao desenho. Para fazer isso, basta usar tons mais escuros de cores em lugares mais profundos.

Pronto, seu desenho está terminado!

O desenho da sua montanha pode ser realista ou vir da sua imaginação, ser colorido ou preto e branco, ser finalizado digitalmente ou com tinta à óleo.

Resumindo...

É muito complicado dar indicações muito precisas nas linhas para conseguir desenhar uma montanha. Alguns querem um desenho muito realista, enquanto outros preferem um desenho um pouco mais criativo. O estilo de cada artista é diferente.

As montanhas desenhadas pelas crianças são às vezes tão reconhecíveis quanto um desenho hiper-realista. A cada um o seu estilo, de acordo com as técnicas de pintura utilizadas e de acordo com as inspirações do momento.

O conselho mais importante é se divertir ao pintar e desenhar.

Descubra ainda tudo o que você precisa para desenhar um jardim facilmente!

Encontrando modelos de colinas

Quando você não mora nas montanhas, é necessário encontrar alguns modelos de montanhas, colinas, montes e cordilheiras para poder representá-las. Para encontrar uma paisagem naturalista para aprender desenho e pintura, nada melhor do que usar a internet!

Você pode começar olhando na parte de imagens do Google. Escolha uma foto, preferencialmente sem direitos autorais e de livre utilização, e pratique reproduzi-la através das suas habilidades de desenho.

As redes sociais também são uma fonte infalível para encontrar uma paisagem de montanha já que os usuários e influenciadores compartilham alegremente as fotos dos seus mais recentes destinos de viagem.

O Pinterest e o Instagram são as plataformas sociais mais ricas em imagens com montanhas. Nelas você ainda pode encontrar uma ilustração, pinturas co diversos materiais e técnicas, etc. Uma ótima oportunidade de inspirar-se em através de milhares de trabalhos em apenas alguns cliques.

Confira ainda nossas dicas sobre como desenhar uma praia.

Aulas de desenho: praticar para aprender

Fica o seu critério optar por uma imersão na natureza ou captar uma imagem via internet!

A melhor maneira de fazer bonitos desenhos de montanhas é praticar repetidamente. Qualquer ilustrador, artista ou designer lhe dirá que esse é o segredo para desenhar bem. Enquanto você treina, seu pulso e sua mão recebem reflexos essenciais para desenhar.

Copiar ou criar representações de montanhas todos os dias é garantia de progresso em apenas algumas semanas.

Mas se você não quiser aprender por conta própria, ainda há a possibilidade de chamar um professor de desenho ou se inscrever em uma oficina coletiva de pintura.

Existem também cursos de desenho de observação de natureza. As aulas de pintura e desenho também são importantes para aprender o básico do desenho, como:

  • Perspectiva,
  • Luz e sombra,
  • Proporções,
  • Natureza morta,
  • Modelo vivo,
  • etc.

Você aprenderá a se desapegar aos poucos do desenho simples para colorir.

Pronto para se lançar no desafio de desenhar uma cordilheira inteira?

Precisando de um professor de Dança ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Camila

Aventureira linguística, curiosa por natureza, artista por opção, viajante apaixonada e redatora por vocação.