Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Quais são os passos a serem tomados para se tornar um falante árabe em imersão?

De Ana, publicado dia 27/06/2019 Blog > Idiomas > Árabe > Formalidades para estudar nos países árabes!

“A educação exige os maiores cuidados, porque influi sobre toda a vida.” Sêneca

Você pode aprender árabe de diferentes maneiras, seja com aulas de árabe online, em domicílio, em imersão, sozinho ou em grupo com um professor particular.

Mas de todas as opções, a imersão linguística é a mais aconselhada para quem almeja aprender um segundo idioma rapidamente, segundo especialistas.

Em total imersão o estudante aprende outro idioma naturalmente.

Acredita-se que em imersão o estudante fique em contato direto com falantes nativos e se concentre 100 % em aprender a pensar, falar e ouvir 24 horas do dia outra língua, pois a técnica consiste no aprofundamento da língua estrangeira

Confira nossas dicas para aprender árabe mais depressa, estudando nos países do Magreb e da Península Arábica.

Qual país árabe escolher?

Primeiramente tire da cabeça essa impressão negativa que algumas pessoas têm sobre os países árabes.

Nem tudo que é apontado pela mídia corresponde a realidade de todos os países.

Sabemos que os conflitos no Iraque, a guerra no Golfo, conflito na Síria e o um possível terrorismo islâmico assustam, mas nem todos os países árabes encontram-se em situação de conflito.

Você pode aprender árabe em Dubai. Muitas vezes, os meios de comunicação nos mostra um mundo árabe hostil, mas nem todos os países são assim.

Qual país escolher?

A língua árabe pertence a família das línguas semíticas falada, principalmente, no norte da África e Península Arábica.

Existe uma variedade de dialetos árabes: o árabe da Arábia, do Marrocos, do Iraque, do Egito …

O árabe egípcio é o dialeto mais falado de todos

Os diversos dialetos árabes regionais são bastante diferentes entre si. Entretanto, essas línguas regionais têm em comum um idioma escrito: o árabe padrão. Ele é usado uniformemente em todo mundo árabe.

Provavelmente, você deve ter ouvido falar que o Egito e os Emirados Árabes são os dois destinos de viagem preferido dos estudantes que almejam aprender árabe, principalmente o árabe egípcio.

Acontece que o árabe egípcio é o mais perto do árabe literário compreendido pela maioria das pessoas.

Candidate-se aos países com menos possibilidade de conflito: Marrocos, Tunísia, Emirados Árabes Unidos, Jordânia, Líbano …

E lembre-se, o árabe é uma das línguas oficiais das Nações Unidas, assim como o inglês, o Russo, o Francês, o Chinês, o Espanhol.

Com tantos países que falam árabe no mundo, fica muito difícil escolher apenas um..

Formalidade para tirar visto para estudar em um país árabe

Graças ao acordo bilateral entre o Brasil e os Emirados Árabes, os viajantes brasileiras ganharam a oportunidade viajar para os Emirados Árabes sem se preocupar com a obtenção de visto.

O acordo bilateral entre o Brasil e o Emirados Árabes visa facilitar o fluxo de turistas entre os dois países, assim como aumentar o interesse dos brasileiros pela cultura árabe.

Os Emirados Árabes oferecem infraestrutura de boa qualidade. Dubai é o coração pulsante dos Emirados Árabes.

Entretanto, o visto tem duração de 90 dias, e só é válido para visitas de negócios e turismo nas cidades de Dubai e Abu Dhabi.

O Ministro das Relações Exteriores informa que os viajantes precisam se atentar para uma única exigência estabelecido pelo acordo: os brasileiros precisam apresentar passaporte com pelo menos seis meses de validade pela frente.

Infelizmente, a isenção não é valida para trabalho ou estudo, o viajante que desejar ter visto para um desses casos, precisa buscar autorização específica.

Mas ainda assim, essa mudança apresenta um avanço, em pouco tempo é possível perceber o número de pessoas interessadas em buscar o Emirados Árabes como destino de férias ou fazer conexões para outros países.

Essa grande procura pode aumentar mais e mais, uma vez que as pessoas que viajaram para os países árabes tem falado muito bem do lugar.

A isenção de pedido de visto para turismo torna o Emirados Árabes Unidos um  lugar mais acessível.

Embora a isenção de visto ainda não atenda aos viajantes que desejam estudar ou trabalhar, acredita-se que ainda assim os países árabes tem sido o destino de viagem de muitos estudantes para intercâmbio.

A Jordânia tem ótimas escolas e universidades

A Arábia Saudita apresenta algumas vantagens para quem almeja estudar, sendo possível solicitar visto de longa permanência para estudar, mesmo sendo considerado muito fechado.

Por que Dubai é o lugar que mais atrai estudantes de árabe?

Dubai é o melhor em qualidade de vida, possui um excelente sistema de saúde, infraestrutura de boa qualidade, temperatura agradável e alto padrão de vida.

Como solicitar um visto de estudante?

Para obter um visto para estudar nos Emirados Árabes é preciso:

  • Obter um patrocinador, que pode ser a universidade de acolhimento ou escola privada;
  • Cópia da carta de admissão em uma universidade;
  • Passaporte válido;
  • Formulário de pedido de visto;
  • Um documento com foto;
  • Seguro médico internacional, válido para o território dos Emirados Árabes Unidos:

Vale frisar que o visto para estudar em Dubai ou Abu Dhabi tem validade de 12 meses. Diferente da Jordânia, lá o estudante pode solicitar um visto de turista ou de negócios e modificá-lo depois, quando estiver no país.

Como se candidatar a uma bolsa de estudos para países árabes?

Estudar no exterior pode ter um custo de vida um pouco elevado para alguns estudantes de idiomas. Por isso, muitos estudantes buscam o empréstimo estudantil ou se candidatam a bolsas de estudos.

Embora o empréstimo estudantil tenha juros mais baixos do que outra forma de empréstimo, ainda assim o estudante pode se enrolar para arcar com essa despesa. Nesse sentido, muitos estudantes optam pelas bolsas de estudos.

Na maioria das vezes, essas bolsas são concedidas pelas universidades para estudantes que se destacam por mérito: alunos com boas notas ou menções a diplomas.

Aproveite nossas dicas para se candidatar a uma vaga nas universidades em Doha. Que tal estudar em Doha, esse lugar paradisíaco.

Geralmente, essas bolsas são concedidas por entidades públicas, privadas ou por famílias árabes bem ricas.

Você também pode estudar árabe no Catar!

A universidade do Qatar tem um programa de bolsas de estudos para não nativos na língua que desejam melhorar as suas habilidades linguísticas em árabe.

O programa é destinado para estudantes que almejam aumentar suas competências linguísticas em escrita árabe, aprender a ler da direita para esquerda com desenvoltura e descobrir a riqueza da cultura árabe.

Quem pode concorrer?

O estudante que deseja participar do programa deve possuir os seguintes requisitos:

  • Ter entre 18 a 40 anos;
  • Possuir o Ensino Médio completo, mas a preferência é para o estudante universitário;
  • Ter conhecimentos básicos no idioma;
  • Ter habilidade para conseguir se comunicar em árabe básico ou em inglês;
  • Nunca ter sido beneficiado com uma bolsa de estudo de árabe antes:

Quando concorrer?

Infelizmente, as inscrições de 2019 foram até o dia 21 de março, mas não desanime, isso significa que terá mais tempo para se dedicar aos estudos da língua árabe, e se candidatar ano que vem.

Anualmente, a universidade do Catar oferece benefícios para candidatos qualificados, os selecionas podem se inscrever em um dos centros voltados para o aprendizado de árabe a alunos estrangeiros para cursos de um ano.

O intuito das instituições de ensino superior do Qatar é construir uma ponte entre a cultura árabe e as diferentes culturas dos mais diversos países do mundo.

A bolsa para estudar árabe em Doha, universidade do Qatar, inclui:

  • Visto de estudante;
  • Autorização de residência;
  • Matrícula no curso;
  • Livros didáticos;
  • Acomodação no dormitórios da universidade;
  • Acesso a lavanderia, internet, biblioteca, sala de estudo da universidade;
  • Alimentação com direito a três refeições diárias;
  • Bilhete de ida e volta para seu campus:

Como mencionado acima, todo o processo é feito em árabe ou inglês. Então, o estudante deve ser capaz de se comunicar basicamente em uma dessas línguas com a administração do curso.

Outros programas de bolsas:

Você também pode solicitar uma bolsa de estudos na Jordânia, Egito, Marrocos, Líbano, Tunisia ou Emirados Árabes.

Assim como no Catar existe outros programas de estudos destinado a alunos estrangeiros que almejam aprender árabe.

São programas voltados para estudantes matriculados no curso de bacharelado ou mestrado que fazem pesquisa sobre o mundo árabe ou desejam se especializar para ensinar árabe.

Como estudar nos países do Magrebe?

São inúmeros os países que falam árabe como língua oficial ou segundo idioma: Argélia, Egito, Barein, Djibuti, Iraque, Eritreia, Israel, Jordânia, Comores, Catar, Kuwait, Líbano, Líbia, Mauritania, Oma, Marrocos, Arábia Saudita, Somália, Sudão, Síria, Chade, Tunísia, Emirados Árabes Unidos, Saara Ocidental e os Territórios palestinos.

Entre esses países estão os países do Magrebe.

O que é Magreb?

Magrebe é a região noroeste da África. Para os árabes a região Magreb é a parte oriental do mundo árabe.

Fazem parte dessa região o Marrocos, Argélia, Tunísia, Mauritânia e Líbia. Esses países são excelentes destinos de viagem para aprender árabe como idioma estrangeiro.

Aprenda árabe se jogando no deserto do Marrocos. No Magreb é possível ter uma educação reconhecida e de qualidade.

O que é preciso para estudar em países do Magreb?

O estudante estrangeiro que deseja ter aulas de árabe no Marrocos precisa atestar bons resultados no bacharelado e montar um arquivo  para enviar a Agência Marroquina de Cooperação Internacional – AMCI.

Nesse arquivo deve conter:

  • A candidatura, especificando o curso e a universidade desejada;
  • Formulário de inscrição emitido pela AMCI;
  • Fotocópias do diploma e boletins comprovando seu bom desempenho:

Se a inscrição receber o aceite da universidade, o estudante receba um e-mail especificando o resto do procedimento que ele deve seguir.

Optando por estudar na Tunísia, o estudante terá contato com a língua árabe e alguns falantes de língua francesa.

Confira o que é preciso para estudar na Tunísia:

  • Ser admitido em uma universidade tunisiana;
  • Solicitar o visto;
  • Ter permissão de residência no país:

Como conseguir autorização de residência para estudar na Tunísia?

Segue alguns dos documentos solicitados para obter a permissão de residência:

  • Certificado de registro na universidade;
  • Comprovar que tem recurso financeiro;
  • Dois selos fiscais ;
  • Um certificado de seguro de saúde
  • Contrato de locação …

Estudar árabe seja nos países do Magreb ou nos outros países árabes desenvolve a capacidade do estudante de ter contato com uma língua rica em beleza e cultura.

Em sua viagem de intercâmbio ao mundo árabe, o estudante pode se beneficiar de um custo de vida muito mais baixo do que em outros países.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar