"A linguagem é como um mapa de uma cultura. Ela indica de onde vem e para onde vai." Rita Mae Brown, escritora norte-americana.

Na verdade, dominar uma língua é conhecer o outro. Estudar uma fala estrangeira é despertar a curiosidade, é mergulhar em um novo país, em uma cultura diferente...

Dominar um idioma estrangeiro é uma atividade intelectual que estimula a sua capacidade mental.

Segundo o site brainfacts, a massa cinzenta de falantes bilíngues é mais densa do que de outras pessoas. A massa cinzenta, na verdade, contém muitas fibras e células que processam as informações. Quanto mais você praticar, mais seu cérebro vai funcionar. Além disso, perceba os benefícios principais de saber fluentemente um idioma diferente do seu:

  • ter uma mente aberta,
  • ter mais respeito pelo outro
  • enriquecer a sua identidade.

Saber espanhol, o árabe, o sueco ou o francês pode abrir a sua mente, mas também pode ajudá-lo a trabalhar fora do país, explorar novos territórios...

Para isso, antes de mais nada é preciso escolher qual idioma você quer conhecer! E isso vai depender dos seus objetivos de vida, claro.

Para dominar um idioma, você precisa injetar dedicação e estudar constantemente. É necessário também:

  1. Muitas vezes dominar um novo alfabeto;
  2. Mergulhar fundo na cultura do país;
  3. Aprimorar a sua pronúncia. 

Qual o objetivo principal? Ser um verdadeiro bilíngue!

Nesse artigo você vai descobrir quais são as sete línguas mais úteis hoje em dia.

O inglês: aprenda a ler língua internacional

As vantagens de falar a língua inglesa. Uma bandeira dos EUA no campo de futebol.
The best of english: torne-se um aluno, aprenda inglês e fale com o globo inteiro. 

Para entender por que o inglês se difundiu tanto no globo, é preciso remontar à história da Inglaterra.

Graças ao seu poder econômico, militar e industrial, o império britânico contribuiu fortemente para a predominância do inglês.

Durante essa colonização, o inglês foi propagado nos diferentes continentes: África, Oceania, Ásia...

Mas foi principalmente graças a uma antiga colônia inglesa que o idioma ganhou força internacional: os Estados Unidos. Foi a utilização do inglês na América do Norte que semeou as bases do universo anglófono.

Hoje em dia, o inglês conquistou uma grande familiaridade junto aos brasileiros. Isso acontece porque a cultura norte-americana está muito presente no nosso dia a dia: marcas, roupas, alimentação, filmes, músicas... Os jovens também desenvolvem com mais facilidade, pois o imaginário americano é poderoso.

As palavras em inglês parecem mais simples e fáceis: criativas e sonoras.

How about you? Are you speaking english? Learn with your teacher speaking and grammar! Por que fazer aulas de ingles particulares?

Será que você tem razões suficientes para começar a estudar a língua inglesa?

O inglês é o idioma da revolução tecnológica e da internet. Tudo o que acontece dentro das redes e mídias digitais contam com a presença do inglês. Os Estados Unidos ainda é um dos países mais inovadores no plano tecnológico.

What is your level in english? Procure já um bom curso de ingles online com os professores do Superprof!

O alemão: descobrindo a língua dos negócios

Por que estudar a lingua alemã?
Aprenda a ler alemão e realize seus objetivos profissionais!

O alemão é uma das línguas mais influentes hoje. Descobrir suas nuances é mergulhar nesse universo germânico.

Como adoramos passar informações concretas e fazer pequenas listas sobre diversos assuntos, separamos alguns dados úteis que mostram como vale a pena se lançar no aprendizado do alemão!

  • O alemão é a segunda mais utilizada no planeta para textos científicos, ficando atrás apenas do inglês;
  • Em termos de patentes científicas, a Alemanha é a terceira que mais faz demandas no planeta;
  • Mais de 110 milhões de pessoas possuem o alemão como língua materna;
  • Falada na Alemanha, Áustria, Suíça e Luxemburgo, se tornando, assim, o idioma mais falado na Europa;
  • 10% dos livros impressos mundialmente são em alemão.

União Europeia: o alemão é uma das 23 línguas oficiais que servem de base de comunicação nas instituições dos países membros da União Europeia. Se você deseja ingressar uma instituição europeia, já sabe que precisa dominar o alemão.

Linguagem científica: especialmente influente no meio científico, o alemão sempre foi muito utilizado nas ciências naturais. Aprendê-la pode fazer a diferença no seu currículo e dar aquela turbinada na sua carreira.

A fala dos negócios: o alemão é extremamente relevante para os negócios, perto de outras línguas. Muito utilizado em negociações, o alemão para negócios tem um vocabulário específico e profissional, além de ter um léxico próprio para o mercado financeiro.

Começar a fazer aulas de alemão poderá ajudá-lo a ingressar nos negócios. Se você estava procurando por uma razão para dominar o vernáculo de Goethe, esta é mais do que suficiente, não? $)

Para que serve estudar a língua espanhola? Tapas e vinhos.
Falar espanhol abre as portas para uma cultura 100% mediterrânea.

No final do século XIX, 60 milhões de pessoas falavam o espanhol ao redor do globo. Hoje, são quase 500 milhões no total!

O espanhol é ainda a língua materna de quase 388 milhões de indivíduos espalhados em 21 países. É a segunda mais utilizada nas transações internacionais. Se você pretende trabalhar com comércio, precisa obrigatoriamente dominar o espanhol.

Qual o papel do idioma espanhol na economia? Sabia que a população hispânica nos Estados Unidos aumentou cerca de 6o% em somente uma década? Cerca de 29 milhões de habitantes falam espanhol em suas casas nos EUA. Isso representa um americano a cada dez! Incrível...!

"O mundo está se tornando cada vez mais poliglota, e o espanhol e o árabe são as línguas do futuro." Esse é o ponto de vista de David Graddol, linguista.

Dominar o espanhol traz um diferencial importante no seu CV. Hoje em dia, dominar mais de duas, três línguas estrangeiras faz brilhar os olhos dos recrutadores de grandes e pequenas empresas.

Os países latino-americanos estão cada vez mais ganhando espaço na economia global. O Mercosur e demais tratados americanos são exemplos da importância da cultura e política hispânica.

Última questão: será que um aluno consegue dominar o espanhol em apenas três meses? O Superprof diz que sim! Aula online por vídeos, presencial com seu professor, sala de aula virtual, conteúdo exclusivo e personalizado, dicas de conversação: encontre o melhor professor para você! Muitos professores oferecem a primeira aula gratis!

O português: a beleza do idioma e a nostalgia lusitana

Por que aprender português é importante? Bondinho de Lisboa.
Lisboa, capital do fado e do bacalhau, sangue de nossos ancestrais.

Você tem a certeza de dominar o português como deveria? Que tal se aprofundar nos estudos de sua história, da gramática, das regras e exceções, das variações linguísticas que não aprendeu nos textos da escola?

O fato é que poucos brasileiros detêm o domínio de sua própria língua materna, e muitos dão pouco valor para isso.

É o idioma oficial de 9 países no planeta e uma das línguas oficiais da União Europeia, do Mercosul, da União de Nações Sul-Americanas, da Organização dos Estados Americanos, da União Africana e dos Países Lusófonos.

A história do português remonta a Era dos Descobrimentos, na qual viajantes portugueses levavam o seu idioma para lugares distantes e, posteriormente, com o objetivo de expandir o Império Português durante o período colonial. Apesar de o Brasil e Portugal serem os dois únicos países cuja língua primária é o português, também é praticada oficialmente em Moçambique, Angola, Cabo Verde, Guiné Equatorial, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Macau e Goa.

Tido como cantado, o português leva o lirismo com músicas e poemas para todas as localidades, com a Bossa Nova, o Fado, o Samba e a MPB.

Mesmo você fala e escreve o português, é fundamental dominá-lo com perfeição. Hoje em dia, apesar de tudo, são poucos os brasileiros que não cometem erros na escrita e na fala. Isso conta negativamente para a vida profissional, acadêmica e pessoal. Portanto, vale a pena investir, aprimorar e entender todas as nuances de seu próprio vernáculo.

Agora, se não é seu idioma materno, que tal começar a fazer aulas de Português para Estrangeiros?

Procurando por aula ou cursos particulares para crianças? No Superprof você encontra os melhores professores particulares para seu curso de ingles!

Francês: a língua da cultura e dos estudos

Você não vai aprender o francês apenas para ficar mais charmoso. Sabia que, atualmente, mais de 200 milhões de pessoas falam o idioma nos 5 continentes? O francês é considerado como uma das línguas mais importantes na comunicação e nas relações internacionais (Nações Unidas, UNESCO, Comitê Olímpico Internacional e FIFA)... É a segunda linguagem estrangeira ensinada no planeta depois do inglês e o idioma oficial de 32 nações e governos.

Vida acadêmica

Ao falar a linguagem de l'amour, você terá portas abertas para universidades, escolas e instituições de Ensino Superior em quase todos os países. Só na França, há muitas universidades de reputação mundial, além de grandes Escolas de Comércio e de Engenharia, que se situam entre os estabelecimentos mais bem qualificados da Europa e do globo. Dominar o francês também permite concorrer a bolsas de estudos oferecidas pelo governo francês.

Além disso, os países que falam francês têm estado à frente em áreas como a tecnologia, a ciência e a medicina. Pesquisadores de diferentes nações todo escrevem e publicam artigos nesse idioma. Por isso, se você pretende ter acesso a bons conteúdos e ao trabalho de cientistas de ponta, precisa dominar o francês.

Por que aprender francês? Catedral de Notre Dame em Paris.
França: um universo de possibilidades culturais e históricas.

Uma cultura à parte

De Napoleão a Brigitte Bardot, de François Truffaut a Amélie Poulain, da Notre-Dame de Paris à Provence, do croissant ao boeuf bourguignon... A França é uma civilização que exala cultura e história. Suas referências culturais, gastronômicas, artísticas e históricas são infinitas. Aprender o idioma é partir numa viagem fabulosa de conhecimento. Isso se falarmos apenas no território francês. E as outras nações francófonas? Só nas Américas, são mais de 33 milhões falantes - que tal conhecer Quebec, St. Martinique, Guadalupe, Haiti, Guiana Francesa...?

O árabe: língua que abre portas para o Oriente Médio

Por que aprender o árabe?
O idioma árabe é falado em uma centena de países.

O árabe é um vernáculo semita central, parente próxima do hebraico e das línguas neo-aramaicas, falada por cerca de 400 milhões de pessoas. Podemos distinguir sobretudo duas variantes do idioma:

Árabe dialetal ou coloquial: resultado da fragmentação do árabe do século VII e da fusão de outros dialetos assimilados nas conquistas militares e na mistura de povos de outras línguas. Ele se refere principalmente às diversas variantes nacionais ou regionais que formam a oralidade.

O Árabe clássico ou literário é ensinado oficialmente. É também tida como sagrada, do Corão e do Profeta Muçulmano, Maomé.

Os países árabes são reunidos em uma espécie de federação chamada Liga árabe, fundada no Egito em 22 de março de 1945.  São países fundadores: o Egito, o Iraque, o Líbano, a Arábia Saudita, a Síria, a Jordânia e o Iêmen, além de representantes árabes palestinos.

O árabe e a África

Onze países na África (norte, nordeste e litoral do "Chifre") falam o idioma. O árabe magrebino é muito diferente do árabe do Médio Oriente. O Egito, a Líbia e a Tunísia tem o árabe como única língua. Na Argélia, são 83% da população de falantes, 65% no Marrocos, 66% na Mauritânia e 65% no Sudão.

O mandarim: a língua mais falada no planeta

Por que falar chinês? Muralha da China.
Se expressar em mandarim é falar como centenas de milhões de pessoas!

Se você está interessado em uma carreira em negócios, você não pode mais ignorar este mercado em crescimento! É preciso fazer aulas de chinês! Um bom motivo se você quiser descobrir o vernáculo mais falado no mundo!

Por que o mandarim?
O primeiro motivo é para melhorar o seu currículo e ganhar uma vantagem nos negócios.
Desde que a China se tornou um importante ator na economia global, a demanda por profissionais experientes que dominam o chinês tem aumentado dramaticamente. Para aqueles que fazem seus primeiros passos no mercado de trabalho, é importante se diferenciar de outros. Dominar chinês (mandarim e cantonês, em particular) irá trazer uma excelente oportunidade para se destacar e chamar a atenção de seu futuro empregador.

Embora o inglês seja a linguagem dos negócios, uma mudança lenta mas duradoura está ocorrendo.
A China está gradualmente substituindo os EUA como maior economia do planeta; naturalmente o chinês mandarim terá um papel cada vez mais no comércio internacional.

No desafio de aprender chinês, você não só vai ser capaz de comunicar com os chineses, mas com outros asiáticos que preferem cada vez mais falar o chinês como língua estrangeira.

Além desses motivos, o país mais populoso do mundo tem mais de um truque na bolsa!

É também uma maneira de se abrir para a grande cultura chinesa e suas complexidades que, às vezes, são difíceis para os não iniciados.

O aprendizado da cultura virá naturalmente, pelo ensino dos signos chineses, por exemplo: com o tempo, os alunos entendem a virada dos personagens e suas origens antigas.

Graças às aulas de chines, você pode descobrir:

  • Cozinha chinesa,
  • Filosofia chinesa,
  • A ética do trabalho
  • Religiões chinesas e asiáticas,
  • Artes marciais chinesas,
  • Acupuntura e medicina chinesa,
  • Tradições chinesas, etc.

"A felicidade nasce da tristeza, a tristeza está escondida na felicidade", como disse Lao Zi.

É até possível ter aulas de chinês online via videos e webcam: uma maneira de se tornar um verdadeiro bilíngue chinês - português na sala da sua própria casa!

Aprender japonês: descubra um novo universo

Por que aprender o idioma do Japão? Sushi
Sabores exóticos e diferentes... Que tal aprender japonês?

Aprender japonês é aprender as tradições, outra cultura, outra maneira de viver.
Sabia que para simplesmente dizer "eu", há cerca de 14 formas diferentes?

Japão e sua cultura
O Japão recebe milhões de turistas todos os anos (em 2014, mais de 13 milhões de visitantes). Sua cultura é fascinante para muitos: o respeito pelo outro e pelos mais velhos, a delicadeza do japonês em gestos e linguagem, o serviço impecável, as artes indígenas, as artes marciais japonesas... Os templos, estátuas de divindades, as flores de cerejeira, sem contar os muitos patrimônios nacionais como o Monte Fuji e a aldeia de Shirakawa-go. Ter aulas de japonês pode ser uma experiência única!

A cultura nipônica é rica em tradição e modernidade.

Como explica um artigo escrito por Kondô Seeichi, atual Comissário da Agência para Assuntos Culturais do Japão, os japoneses têm uma relação especial com a natureza.

"Se apenas uma particularidade do pensamento japonês fosse mencionada, seria a visão da natureza. No Ocidente, considera-se que o que faz a nobreza do homem é a sua capacidade de raciocinar [...] Os japoneses acreditam que o homem é apenas parte da natureza, que dominar a natureza é presunçoso, e é necessário colocar-se no mesmo nível da natureza para viver em osmose com ela."

Aqui estão algumas das artes culturais que farão você querer aprender japonês (o que você está esperando?), pelo menos é o que desejamos (!):

  • O teatro noh: uma mistura de canto e dança com temas tratados num tom trágico.
  • O kabuki: desenvolvido e interpretado por homens, o kabuki é a forma épica do teatro tradicional japonês. "Distingue-se pela composição elaborada de atores e a abundância de dispositivos cênicos destinados a destacar os paroxismos e reversões da peça", segundo a Wikipedia.
  • A arte do jardim japonês: é feito como uma verdadeira obra de arte que reúne montanhas, mar, rios e lagos em miniatura. Para visitar imperativamente durante uma viagem ao Japão ou para fazer um curso de japones in loco.
  • O sumô: eles são quase inevitáveis ​​na arte desse país. Esses lutadores imponentes, de fato atletas, são elevados ao nível de semideuses. Não perca os ritos tradicionais que acompanham os combates.
  • Musica: a música do Japão inclui uma grande variedade de estilos distintos tanto tradicionais quanto modernos. Uma boa oportunidade para conhecer os clássicos karaokês e ouvir a expressão local.

E não esqueçamos que as artes marciais como o judô e o aikido nasceram no Japão ou mesmo o origami, a arte do dobramento de papel, que agora é conhecida por todos.

E que tal conhecer um museu no Japão?

Estudar italiano: riqueza em gastronomia e cultura

Hoje temos 70 milhões de falantes nativos italianos ao redor do planeta. E pode parecer estranho, mas sim: o italiano é a terceira língua materna mais falada da União Europeia. O que não é nada!

Em frente ao francês (4º com os números de 60 milhões), o italiano faz sua aparição com quase 63 milhões de falantes na UE. A grande maioria desses falantes de italiano estão na Itália, mas alguns estão escondidos na Suíça, no Vaticano, em San Marino e em Malta.

A gastronomia italiana é sem dúvida uma das mais reputadas junto com a da França. Ele seduzirá amantes de massa, pizzas finas e peixe.

Bruschetta com azeite, antipasti, spaghetti frutti di mare, mozarella burrata, pesto, tantos pratos que encantarão seu paladar!

Itália: um parceiro comercial privilegiado do Brasil

No mercado de trabalho brasileiro, geralmente encontramos pouca diversidade nas línguas faladas pelos candidatos às vagas de emprego. Quando falam línguas estrangeiras, eles sabem normalmente o inglês e ou o espanhol.

Fale a língua italiana e vá para Veneza
As cidades da Itália são as mais belas também!

Dominar italiano e apresentar um bom nível torna-se um diferencial mais que interessante e significativa muito hoje! Especialmente porque a Itália é um parceiro comercial privilegiado do Brasil.

Aprender italiano, mesmo do zero, pode ter um significado real para a sua carreira.

Uma cultura radiante

Começar a aprender o italiano também é abraçar sua cultura, não é? Alunos de línguas também aprendem sobre civilização, cultura e história!

Outra razão para aprender italiano a partir de 0: aproximar-se da incrível cultura italiana. É a diversidade e a criatividade reunidas e a seu favor para te motivar no seu aprendizado!

A civilização italiana é uma das mais ricas da Europa. Quem, de fato, nunca ouviu sobre Michelangelo, Raphael ou até mesmo Leonardo da Vinci? Pintor, escultor e poeta, Michelangelo é o autor da famosa pintura da Capela Sistina no Vaticano.

O famoso Leonardo da Vinci, pintor, engenheiro, astrônomo é, entre outros, mundialmente famoso por duas de suas obras: a Monalisa e a Última Ceia. Sem esquecer do seu desenho do Homem Vitruviano!

Desde a antiguidade, os italianos nunca deixaram de produzir artistas excepcionais: pintores, escritores, escultores cujas obras são exibidas em museus ao redor do globo.

Os poucos colecionadores que têm a sorte de comprar obras-primas italianas, muitas vezes fundações ou bilionários, estão grudados em leilões de arte de grande prestígio. Um verdadeiro berço da civilização moderna, a Itália é um dos países mais visitados e também possui o patrimônio cultural mais rico e denso (51 lugares classificados pela UNESCO) do planeta azul!

Viajar na Itália, fazer um curso de línguas para aprender italiano na Itália, ou simplesmente viver o dolce vita, permitirá que você descubra a história da arte e da cultura enquanto desenvolve o idioma.

Futuro aluno: desmotivado com os cursos de gramática e vocabulário da escola? Que tal obter dicas de conversação e fala desses idiomas com seu professor particular? Superprof: a melhor plataforma de aula particular!

Precisando de um professor de Inglês ?

Você curtiu esse artigo?

3,83/5 - 23 nota(s)
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.