"Se foi pra desfazer, por que é que fez? Mas não tem nada, não. Tenho o meu violão." - Vinicius de Moraes

Aprender a tocar violão ou guitarra está ao alcance de todos, crianças e adultos.

Os futuros alunos fazem muitas perguntas para os professores. Normal, eles querem se programar para começar as aulas de violão ou guitarra!

E as perguntas mais comuns são:

  • Quanto tempo demora para dominar violão ou guitarra?
  • Quanto tempo demora para saber tocar uma música?
  • Quanto tempo leva para ser bom?
  • Quanto tempo demora para assimilar tal técnica de violão ou guitarra?
  • E principalmente, quando tocar o violão ou a guitarra?
O tempo gasto para tocar violão ou guitarra depende de várias coisas
Quantas horas de cursos de violão ou guitarra são necessárias?

Essas questões são muito pertinentes e entendemos perfeitamente porque as pessoas perguntam isso, mas não há respostas concretas para elas.

Na verdade, a resposta é simples e imediata: não há resposta.

De fato, é impossível respondê-las concretamente simplesmente porque cada caso é um caso. O que todos os profissionais de música dizem é que a gente pode sempre se aperfeiçoar, independente do nível de estudo que temos. Além disso, como há vários estilos, é preciso treino e tempo para aprender ao menos aqueles que te interessam. É por isso também que a prática do violão ou da guitarra é tão sedutora, porque é paixão infinita!

Para não ficar muito agoniado, não se esqueça de olhar para trás e ver toda sua evolução.

É melhor olhar e perceber nossos progressos que pensar naquilo que ainda não aprendemos e que não podemos alcançar nesse momento.

Toque devagar mas sempre! E treine seus dedos...

Os melhores professores de Violão disponíveis
1a aula grátis!
Murilo
5
5 (43 avaliações)
Murilo
R$89
/h
1a aula grátis!
Lucas
5
5 (22 avaliações)
Lucas
R$50
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (32 avaliações)
Matheus
R$55
/h
1a aula grátis!
Pedro
5
5 (34 avaliações)
Pedro
R$100
/h
1a aula grátis!
Éverton
5
5 (52 avaliações)
Éverton
R$50
/h
1a aula grátis!
Danilo
5
5 (45 avaliações)
Danilo
R$75
/h
1a aula grátis!
João carlos
5
5 (26 avaliações)
João carlos
R$70
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (16 avaliações)
Matheus
R$80
/h
1a aula grátis!
Murilo
5
5 (43 avaliações)
Murilo
R$89
/h
1a aula grátis!
Lucas
5
5 (22 avaliações)
Lucas
R$50
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (32 avaliações)
Matheus
R$55
/h
1a aula grátis!
Pedro
5
5 (34 avaliações)
Pedro
R$100
/h
1a aula grátis!
Éverton
5
5 (52 avaliações)
Éverton
R$50
/h
1a aula grátis!
Danilo
5
5 (45 avaliações)
Danilo
R$75
/h
1a aula grátis!
João carlos
5
5 (26 avaliações)
João carlos
R$70
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (16 avaliações)
Matheus
R$80
/h
1ª aula gratuita>

Aprenda a tocar violão: escolha bem seu instrumento!

Sim, antes de mais nada, para embarcar no estudo da guitarra, é melhor saber qual é seu objetivo.

Você só quer tocar por diversão? Ou pretende se tornar um profissional? Quer participar de uma banda?

Pergunte a si mesmo o que você gostaria de dominar: Bach ou Metallica? Você vai cantar também? Você quer fazer solos? Ou prefere fazer samba?

O estilo de música que você quer determina o tipo de instrumento de cordas que você vai precisar. E aqui esse passo é fundamental! Pois caso escolha um objeto inadequado, você corre o risco de atrasar o tempo de seu estudos. Se escolher uma guitarra voltada para o hard rock, dificilmente conseguira tirar boas notas de bossa nova.

E além disso, o mais importante é experimentar seu violão antes de comprá-lo. Você tem que se sentir confortável, nada pode te machucar. Se for muito grande ou se não gostar da cor, escolha outro.

Você vai passar muitas horas estudando, portanto escolha um que você goste e que combine com você!

Faça antes uma pesquisa na internet para ter certeza de fazer a escolha certa em termos de qualidade x preço. Mas saiba que um violão para iniciantes deve custar entre 200 e 500 reais.

Aprenda os acordes: uma questão de meios

A resposta dessa questão varia de acordo com o perfil de cada pessoa. Não podemos respondê-la de um modo geral. Mesmo se o professor tenta se colocar no lugar do aluno, avalia seus pontos positivos e negativos. Acredite, é muito difícil concluir algo. Somente a experiência de cada um e o tempo podem dizer isso com precisão! Ainda quer uma resposta? Então, vamos tentar respondê-la de novo: "Quanto tempo demora para aprender violão ou guitarra?"

Parta do princípio que isso não é uma questão de tempo, mas sobretudo de meios.

De fato, somos todos diferentes, não é mesmo? Não há uma regra universal, uma receita de bolo que possa explicar isso de uma maneira mais simplificada. Se você bem novo ou mais velho, sempre é capaz de aprender a tocar! Porém, há um método para otimizar o tempo de aprendizado. Se ele é perfeitamente adaptado a você, ele permite avaliar seus avanços e assim, chegar perto da resposta da pergunta acima.

Portanto, aprenda violão ou guitarra rápido: utilize o método OTPM.

Calma, não tem nada a ver com menstruação, minha gente. Nesse caso, o "O" significa o seu objetivo com seus estudos, o "TP" quer dizer treinamento pessoal e o "M" indica a sua motivação.

São essas variantes OTPM que vão determinar em quanto tempo você vai assimilar e dominar o que estudo. Por isso, cada caso é um caso diferente!

Os melhores professores de Violão disponíveis
1a aula grátis!
Murilo
5
5 (43 avaliações)
Murilo
R$89
/h
1a aula grátis!
Lucas
5
5 (22 avaliações)
Lucas
R$50
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (32 avaliações)
Matheus
R$55
/h
1a aula grátis!
Pedro
5
5 (34 avaliações)
Pedro
R$100
/h
1a aula grátis!
Éverton
5
5 (52 avaliações)
Éverton
R$50
/h
1a aula grátis!
Danilo
5
5 (45 avaliações)
Danilo
R$75
/h
1a aula grátis!
João carlos
5
5 (26 avaliações)
João carlos
R$70
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (16 avaliações)
Matheus
R$80
/h
1a aula grátis!
Murilo
5
5 (43 avaliações)
Murilo
R$89
/h
1a aula grátis!
Lucas
5
5 (22 avaliações)
Lucas
R$50
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (32 avaliações)
Matheus
R$55
/h
1a aula grátis!
Pedro
5
5 (34 avaliações)
Pedro
R$100
/h
1a aula grátis!
Éverton
5
5 (52 avaliações)
Éverton
R$50
/h
1a aula grátis!
Danilo
5
5 (45 avaliações)
Danilo
R$75
/h
1a aula grátis!
João carlos
5
5 (26 avaliações)
João carlos
R$70
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (16 avaliações)
Matheus
R$80
/h
1ª aula gratuita>

Dicas para tocar violão ou guitarra rápido

1 - OBJETIVOS para aprender o violão

Comece aprendendo a "cutucar" seu violão

Alguns determinam como objetivo aprender as primeiras bases e os primeiros acordes para dedilhar algumas baladas simples, músicas de folk, pop rock fáceis ou mesmo para acompanhar o canto. (No Woman No Cry de Bob Marley, What´s Up das 4 Non Blondes e Knockin'On Heaven's Door de Bob Dylan e Jimmy de Moriarty, entre muitos outros).

Uma banda de rock: ninguém aprende a tocar violão ou guitarra da noite para o dia
Os grupos do futuro não aprendem música do dia para noite

A gente pode citar diversos outros exemplos, mas a lista é muito longa... As músicas acima, por si mesmas, já são difíceis de executar inteiras e de uma maneira estruturada.

Para se ter uma ideia de quanto tempo e quantas aulas particulares são necessárias para assimilar o básico, perguntamos para um de nossos professores e ele nos deu um exemplo: ele faz um pacote de 12 aulas com duração de 1 hora cada para ensinar o mínimo para o aluno conseguir executar algo razoavelmente bem. Atenção!  Isso porque não é só ir à aula de violão para iniciantes ou avançado. É preciso treinar regularmente em casa e manter sua motivação em alta o tempo todo e todo o tempo. Dedicação é mais importante que tudo! O papel do professor particular é somente o de te acompanhar em sua aprendizagem e de ajudá-lo a encontrar o melhor caminho a seguir e guiá-lo neste percurso. Isso, obviamente, não quer dizer que ele faz milagres para fazê-lo tocar bem! Lembre-se que a sua determinação é algo de extrema importância, mesmo crucial para dominar este belo instrumento de cordas.

Cada caso é um caso também porque há alunos que têm mais tempo e facilidade que outros, isso é evidente. Isso depende também da idade do guitarrista ou violonista. Sim, porém nunca é tarde para estudar violão. Pode até ser que alguém mais velho tenha que prestar mais atenção na hora de assimilar uma nova linguagem, mas todos podem fazê-lo!

Para as pessoas que são muito comprometidas e motivadas, um trimestre é um tempo suficientemente bom para começar a bem dedilhar o violão.

Começar a tocar solos de violão ou guitarra

Para alguns, o objetivo vai mais longo do que para outros. Eles querem músicas mais complexas, com muitos arpejos elaborados, ritmos complicados ou até solos! Calma lá! Aí a história é outra!

Para isso, o professor recomenda pelo menos 1 ano de aulas regulares de violão para começar a dominar esses tipos de técnica.

Claro, essa duração vale somente para os alunos muito motivados e que dedicam bastante tempo para o violão ou a guitarra.

A expressão "cada caso é um caso" é muito válida porque para "Pedro" pode demorar um mês, para "Fernanda" um ano e para "Felipe" várias décadas. Isso também depende do estilo de violão ou guitarra que a pessoa quer dominar e a determinação que o aluno mostrará.

2 - Treinamento pessoal: seguir e respeitar seus objetivos

Todos nós temos uma vida e organizamos nossas tarefas de jeitos diferentes.

De um modo geral, cada um de nós tem um namorada(o), esposa(o), filho(a)s, trabalho, aulas e muitas outras obrigações...

Cada um investe um determinado tempo para cada atividade. Os professores particulares estão acostumados a escutar de seus alunos: "desculpe, não tive tempo nem de encostar no meu violão".

Pode ficar tranquilo, eles não ficam magoados com isso, pelo contrário, vão querer te ajudar. Eles entendem perfeitamente. É uma realidade!

Porém, saiba que o "para casa", "tarefa", "dever de casa" é duas, três vezes mais importante que a aula de violão. Por isso, dê preferência aos treinos em casa. Separe um tempo só para isso, se isole e toque! A metade da resposta da questão "em quanto tempo vou dominar violão ou guitarra" depende desse treinamento, do tempo que você dedica sozinho para a sua aprendizagem.

Normalmente, é preciso pelo menos 30 minutos de treino diário!

Pratique seu violão todos os dias

Dominar o violão não é fácil. Como todos os instrumentos musicais, iniciar o violão requer tempo e prática regular.

A armadilha de quando você começa a harpejar guitarra é dizer "eu posso estudar quando bem entender".

Se seguir este passo, você não vai progredir. Mesmo se este momento durar de 2 a 3 horas. Se você não fizer nada por uma semana ou duas, seus esforços serão inúteis!

Por outro lado, se você estudar um pouco todos os dias, a memória muscular é exercitada e o progresso se torna mais fácil.

Se você quiser progredir nas cordas acústicas ou elétricas, tem que fazer isso todos os dias.

E mesmo que seja apenas 10 ou 15 minutos por dia.

Claro, o ideal é praticar pelo menos 30 minutos por dia para progredir ainda mais rápido. Mas saiba que mesmo com apenas 15 minutos, você ainda vai progredir.

Outra dica é escolher um local bem ventilado, iluminado e silencioso para sua prática. Use uma cadeira ou poltrona confortável e adequada. Para conseguir manter a concentração, faça um favor a si mesmo: feche chats, redes sociais e deixe o celular no silencioso. A curtida no Instagram ou no Facebook, bem como aquela mensagem do grupo do WhatsApp, pode esperar!

Estabeleça um plano de estudos em casa

Antes de estabelecer sua rotina de estudos, defina uma meta específica:

  • Fazer uma improvisação em uma determinada escala,
  • Usar as seis cordas para inventar um acorde,
  • Aumentar a velocidade de execução de uma música,
  • Melhorar sua destreza,
  • Progredir nos solos ...

Uma rotina de trabalho deve incluir três etapas importantes: aquecer os dedos da mão (especialmente no inverno), exercícios técnicos para progredir e praticar uma música específica.

Reserve 2-3 minutos no final para tocar sem pensar, apenas para relaxar.

A palavra rotina pode parecer depreciativa para alguns, mas para progredir, é essencial estabelecer uma repetição.

O problema está justamente nessa repetição, que pode ser prejudicial para alguns. Para evitar o tédio, é importante variar os exercícios técnicos.

Não faça o mesmo exercício por mais de 15 dias. Se você já dominou a técnica, mude o exercício para torná-lo mais complicado. Se este não for o caso, deixe-o de lado por uma ou duas semanas.

Se você tiver apenas 5 ou 10 minutos para trabalhar, concentre-se no mais importante, mas nunca deixe de estudar. Melhor estudar pouco e com mais frequência do que nunca ou muito de uma vez só.

3 - Motivação para aprender a tocar violão ou guitarra rápido

É através da motivação que percebemos o quanto tudo isso está ligado. Atingir seu objetivo depende diretamente do tempo que você dedica para o aprendizado e isso está ligado essencialmente a sua motivação.

Não há mistérios para essa ponto... Quanto mais motivação tiver, mais rápido você vai saber.

Nunca abandone o violão em caso de dificuldade

Um jovem angustiado: desistir não é o caminho para se aprender violão ou guitarra
A gente não pode desistir do dos estudos nas primeiras dificuldades

3 meses é o mínimo para aprender tocar violão ou guitarra

Naturalmente, as crianças e os adolescentes têm uma capacidade de memorização e uma rapidez de aprendizagem superiores a nossa. Isso é mais que conhecido.

É comum ouvirmos dizer que as crianças aprendem muito mais rápido e, quanto mais a gente envelhece, mais é difícil de assimilar novos conhecimentos.

Mas mesmo que você aprenda mais lentamente, mesmo se o esforço for um pouco maior, o fato é que você aprende do mesmo jeito, e isso é importante sublinhar: você é sempre capaz de assimilar novas coisas e saber dedilhar violão

Isso pode demorar um pouco, mas você sabe o que dizem por aí: "Roma não foi construída em um dia"!

Além disso, os adultos têm outras vantagens que as crianças não têm...

Mas você entendeu: a questão não é quanto tempo demora para aprender a dominar violão ou guitarra, mas quanto você vai investir de você mesmo para descobrir como harpejar bem seu violão. Temos que otimizar ao máximo nossa aprendizagem para reduzir o tempo e assim estudar do jeito que a gente gosta.

Porém, as dicas e informações deste post não são um consenso entre todos os professores particulares de violão ou guitarra. Por isso, não são verdades absolutas, ok? Somente uma noção..

Mesmo se tiver entendido bem o papel do OTPM (Objetivo, Treinamento Pessoal, Motivação), não temos todos a mesma capacidade de aplicá-los.

Então, é sempre melhor começar através de músicas, acompanhamentos fáceis, com acordes e ritmos simples, acompanhar o canto. Três meses é um período razoável para conseguir fazer isso, sem esquecer de treinar bastante e ter muita motivação.

Se preferir as músicas bem mais complexas, arpejos elaborados, estruturas complexas ou até solos simples, um ano é um bom período (mais ou menos 40 horas de aula de violão ou guitarra).

Guitarrista: não tenha pressa para aprender bem o violão ou a guitarra
Treine bastante antes de fazer solos no violão ou na guitarra

E quanto tempo demora para reproduzir tudo que a gente quiser?

A magia da música é que a gente aprende durante toda vida. É o que a torna mais apaixonante!

Para não desanimar, não esqueça de olhar para trás e ver o seu progresso.

Isso também vai te ajudar a definir qual é o melhor momento para praticar o violão ou a guitarra.

É melhor ver seu avanço, avaliar de onde começou e onde está agora que lamentar do que ainda não é capaz de fazer.

Toque devagar e sempre, sem esquecer de malhar seus dedos!

Não esqueça que também há a possibilidade de se fazer um bom curso de violão online!

O que estudar para aprender rápido o violão?

Selecionamos uma dica valiosa de estudos no portal do Cifraclub. Confira:

Você pode organizar seus estudos dividindo-os nas seguintes categorias:

  • Exercícios motores e técnicos: tipo de exercício que é voltado para o trabalho da musculatura envolvida em cada movimento e seus reflexos. São exercícios que trabalham a técnica. Alguns exemplos são: digitações, ligados (hammer-on, slide, pull-off), técnicas de mão direita (pizzicato, palhetada alternada, palhetada híbrida, dedilhado, sweep picking, levadas rítmicas), dentre outros. Nos primeiros momentos, o ideal é priorizar a busca por uma sonoridade mais limpa e nítida. A velocidade você vai conquistando com prática. Lembre-se: a técnica está a serviço da música, e nunca o contrário!
  • Teoria musical: fazer um som com a galera sempre é legal, mas é importante entender o que está por trás de toda a prática. E é aí que entra o estudo aplicado da teoria musical, que vai te ajudar a compreender conceitos aplicáveis na criação de linhas de acompanhamento, harmonização, composição de solos e improvisos, dentre outros. Associar o estudo da teoria musical com o estudo de sua percepção auditiva é um termômetro para você mensurar sua evolução.
  • Repertório: segundo a sabedoria popular, “não se começa uma casa pelo teto”. Por isso, você deve ter cuidado no momento de escolher o seu repertório de estudo. O ideal é escolher algo que te desafie, te motive e te instigue a desenvolver bem a técnica, a digitação, a sonoridade e a divisão rítmica! Por isso, um iniciante não precisa começar necessariamente com a clássica “Parabéns pra você”, mas pode começar com músicas que tenham de dois a quatro acordes. É altamente recomendável que você estude a música por partes, isto é, comece pela introdução e avance para a primeira parte somente quando a intro estiver com a sonoridade bacana. Ao estudar a música por etapas, pouco a pouco você vai juntando as partes e no fim das contas terá a canção na ponta dos dedos!

Confira esse video:

Atenção: não desanime com os níveis de dificuldade da música! E lembre-se que “temos nosso próprio tempo”, como diz o rock da Legião. Por isso, pode ser que seu amigo aprenda a fazer um som antes de você e vice-versa. Leve o tempo que precisar para fazer seu repertório pessoal de forma natural. À medida que você for treinando, é natural que as notas e acordes transitem mais rápido de seus ouvidos para seus dedos!

Última dica para dominar violão: seja perseverante!

Professor de violão tocando seu instrumento
Saiba que quanto mais exercícios você fizer, mais rápido você avançará no modulo basico dos seus cursos online.

Quando você começa a estudar um dos instrumentos - seja ele violão, guitarra, piano ou saxofone - é normal se sentir um pouco perdido ou desanimado em alguns momentos. O que acontece é que, muitas vezes, criamos expectativas a curto prazo e acabamos fazendo comparações impossíveis entre como estamos tocando e nossos desejos reais.

Quem nunca chegou a até ficar com raiva do seu próprio violão, depois de horas de estudo e de sentir seus dedos latejando, cheio de calos! Isso é uma realidade!

Acalme-se! Até Eric Clapton levou alguns anos para chegar onde chegou!

Que tal treinar com um guitarrista melhor do que você? Vai lhe ajudar muito e você vai aproveitar os conselhos dele. Por exemplo, no jazz, os músicos aprendiam muito com os guitarristas que eram melhores do que eles e assim assimilavam os conselhos mais valiosos.

Além disso, aceite o fato de que é impossível planejar tudo, avançar linearmente e dominar tudo de uma hora para outra. Às vezes você se engana, perde tempo ou simplesmente aprende coisas desnecessárias. Faz parte de todo e qualquer processo de ensino aprendizagem.

Você comete erros, isso faz parte dos estudos: é preciso de tempo para aprimorar e evoluir. Você não vai conseguir concluir todos os exercícios, fazer um solo fabuloso ou encadear aquela sequência de acordes incrível na primeira vez. E isso é normal!

Mas não desanime. Com estudo regular, seus esforços serão recompensados!

"Perseverar é aprender,
aprender é praticar,
praticar é repetir,
repetir é ganhar experiência,
experiência é crise,
crise é prova,
prova é fortalecimento,
fortalecimento é liberdade,
liberdade é criar do nada,
criar do nada é transformar,
transformar é caminho e fim ao mesmo tempo.”
– Rudolf Steiner.
Pois bem, está pronto para pegar seu artefato musical e partir para uma intensa jornada de ensino e autoaprendizagem?
Precisando de um professor de Violão ?

Você curtiu esse artigo?

4,43/5 - 14 nota(s)
Loading...

Carolina

Jornalista, pós-graduada em mídias digitais, mestre pela Sorbonne (França) em turismo, patrimônio e meio-ambiente. Minha formação em diferentes áreas permite que eu escreva com liberdade e interesse.