Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como estudar a língua japonesa em Sampa?

De Carolina, publicado dia 08/03/2019 Blog > Idiomas > Japonês > Onde aprender japonês em São Paulo?

Você já deve saber que São Paulo é uma das cidades brasileiras que mais recebeu imigrantes japoneses no Brasil, certo?

Mas você sabia que a cidade acolhe a maior comunidade japonesa fora do Japão? Isso mesmo, do início do século XX até meados dos anos 70, a cidade foi o polo da chegada dos japoneses pelo porto de Santos.

Hoje, os japoneses e descendentes de japoneses são mais de 1,5 milhão no Brasil. Pode ter certeza que a maioria se concentra na capital e nas cidades metropolitanas de São Paulo!

Um bairro é especialmente dedicado a essa comunidade perto do centro da cidade, o bairro Liberdade!

Lá, você encontra lojas, mercados, produtos, restaurantes, arquitetura, decoração, tudo com ares nipônicos! Você já deu uma voltinha?

Então, Sampa e Japão têm tudo a ver! Então, por que não aproveitar dessa conexão histórica tão importante e fazer aulas de japonês na cidade da garoa?

Para ficar craque na língua japonesa (nas principais cidades do Brasil), você pode fazer aulas em escolas especializadas no idioma, centros culturais, através de curso de japonês online e, principalmente, com professores particulares!

Aprenda a falar o idioma do Japão A língua japonesa também vem acompanhada de sua cultura

Sim, há muitos professores na capital que amam ensinar os mistérios do japonês (aprenda também no Rio de Janeiro) para estudantes como você!

Por isso, não perca mais tempo! Veja logo onde e com quem você poderá fazer aulas de japones em São Paulo!

Centros culturais de japonês em SP

São Paulo, sem sombras de dúvidas, é a melhor cidade do Brasil para se aprender japones. Por ter a maior comunidade japonesa fora do Japão, a cidade tem vários centros culturais e escolas especializadas na língua nipônica.

Veja aqui as opções das melhores escolas e centros culturais japoneses em (BH) Sampa!

Aliança Cultural Brasil – Japão
Centro de Língua Japonesa (Fundação Japão)

O centro cultural tem uma parceria com a Fundação Japão em São Paulo e oferece vários tipos de aula de japonês e para vários níveis: Beabá do Nihongo, Marugoto Fundação Japão, Marugoto Aliança, Japonês Intermediário (Hikari), Japonês avançado (Nozomi), Grupos Especiais.

Veja aqui as descrições do curso Marugoto Fundação Japão disponíveis no site da Aliança Cultural Brasil – Japão:

“O curso utiliza os livros Marugoto Língua e Cultura, utilizados nos 28 países em que é ministrado, proporcionando aos alunos diretrizes consideradas referência para o ensino, aprendizado e avaliação do idioma. Este material didático é elaborado especialmente por professores da The Japan Foundation, fundamentado no JF Standard for Japanese-Language Education.

Esta metodologia é voltada a alunos a partir de 18 anos de idade e inclui não apenas o aprendizado do idioma, mas também atividades sobre a cultura, o dia a dia, os costumes e as tradições dos japoneses.

Neste semestre, dois novos módulos foram inaugurados. O Introdutório Rikai, às quartas-feiras, das 14h às 16h, voltado àqueles que não tenham nenhum conhecimento do idioma, bem como o Intermediário 2-B, o módulo mais avançado do curso, para alunos que já conhecem os alfabetos, com boa fluência de leitura e conversação.

O dinamismo das aulas e a abordagem de todos estes assuntos, sempre atualizados, são alguns dos diferenciais do curso, que triplicou o número de alunos em seus cinco anos de existência.

Desde 2012, com a primeira turma, o curso vem recebendo grande procura não apenas de descendentes de japoneses, mas também de pessoas de todas as idades e origens, por diversas razões, desde interesse em mangás, animes ou artes marciais japonesas, até funcionários de empresas japonesas ou pessoas que sonham, um dia, em fazer uma viagem à Terra do Sol Nascente.”

Centro Brasileiro de Língua Japonesa – CBLJ

O Centro Brasileiro de Língua Japonesa é uma entidade civil sem fins lucrativos, políticos ou econômicos. Foi fundado em 1985 e oficializado em 1988, pelas seguintes entidades:

  • Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social;
  • Aliança Cultural Brasil e Japão e
  • Federação das Escolas de Língua Japonesa no Brasil.

Seus principais objetivos são:

  1. contribuir para a formação educacional e cultural dos professores e dos alunos das escolas e dos cursos de ensino da língua japonesa no Brasil;
  2. contribuir para a formação e aperfeiçoamento didático e pedagógico dos professores de língua japonesa, realizando cursos, seminários, conferências e outros eventos;
  3. desenvolver pesquisas, estudos, publicar livros e materiais didáticos, e outras atividades objetivando a divulgação da língua e cultura japonesa;
  4. difundir a língua japonesa, de modo que haja melhor compreensão e assimilação da cultura japonesa;
  5. incentivar e promover a participação das comunidades educacionais no desenvolvimento da pesquisa e do estudo, objetivando a difusão da língua e cultura japonesa no País;
  6. editar e divulgar livros e materiais didáticos de língua japonesa;
  7. manter biblioteca com acervo de livros e materiais de língua japonesa;
  8. promover intercâmbio de alunos e professores de língua japonesa com entidades culturais e educacionais, públicas ou privadas, no país e no exterior.

Aprenda a falar o idioma nipônico As tradições e suas belezas vão te aproximar cada vez mais da língua!

O CBLJ oferece os seguintes cursos e bolsas:

  • Bolsas para Professores de Língua Japonesa (JICA)
  • Curso de Formação de Professores da Língua Japonesa
  • Curso de Língua Japonesa à Distância
  • Seminário Brasileiro de Professores de Língua Japonesa
  • Seminário Pan-americano dos Professores de Língua Japonesa
  • Seminário dos Jovens Professores de Língua Japonesa
  • Bolsa para alunos de Língua Japonesa
  • Programa de Treinamento de Nikkeis no Japão

O Centro também aplica o  Exame de Língua Japonesa do CBLJ – Antigo Kodomo Test e Exame de Proficiência em Língua Japonesa.

CIATE – Centro de Informação e Apoio ao Trabalhador no Exterior

O CIATE tem por objetivo prestar serviços de informação e de orientação, sobre os mais variados aspectos da sociedade e cultura japonesa, aos nipo-brasileiros, a seus cônjuges e filhos. A atuação do CIATE é desenvolvida nas três fases que envolvem a migração de trabalhadores brasileiros ao Japão: antes da sua ida, no período de sua permanência e após o seu retorno.

O CIATE é um órgão reconhecido pelos governos do Brasil e do Japão e tem apoio da Associação de Japoneses e Nikkeis Residentes no Exterior.

O curso de japonês do CIATE é direcionado para as pessoas que queiram trabalhar no Japão: o CIATE não é uma escola de língua japonesa. Este curso de japonês é um dos itens das atividades preparatórias para as pessoas que estão interessadas em trabalhar no Japão. Os professores do curso de japonês do CIATE elaboraram apostilas denominados “Módulos” exclusivamente para o público “decasségui”.

Conheça a cultura japonesa Quer trabalhar no Japão? Uma boa dica é o curso do CIATE.

Para informar/orientar sobre a vida cotidiana do Japão, há textos sobre os costumes, visando facilitar a convivência com os japoneses.

O curso possui uma restrição de idade de 18 anos a 55 anos, devido à faixa etária que o mercado de trabalho do Japão procura.

Independente do módulo, todos possuem duração de 6 semanas (5 aulas e 1 prova) – 1 vez por semana com 3 horas de duração.

  • Aulas de Gramática: Divididos em 8 módulos: Módulo 1 – escrita básica (hiragana e katakana); Módulo 2 até o Módulo 8 correspondem a parte de gramática.
  • Aulas de Kanji: Divididos em 6 módulos (total de 300 Kanjis)

Para as pessoas que tem noção tanto da escrita básica como de Kanji, é necessário realizar um teste de nível para saber em qual nível prosseguir.

Faça curso de japonês em escolas de SP

Confira algumas sugestões de instituições educacionais privadas onde você pode estudar a língua nipônica:

Wizard curso de japonês

A rede de línguas estrangeiras existe em todo o país! Ou pelo menos, nas principais capitais do Brasil. Ela também dispõe curso de japones (em Brasília) em algumas de suas unidades. Em São Paulo, ela oferece aula de japones nas unidades: Aclimação, Aeroporto, Água Fria, Alto de Pinheiros, Arpoador e Artur Alvim.

Faça aulas do idioma do Japão em Sampa Como aprender a língua japonesa em São Paulo?

A escola também disponibiliza os testes de proficiência na língua japonesa. Veja mais detalhes (informações retiradas no site da rede):

“EXAMES DE PROFICIÊNCIA EM JAPONÊS

Testes de proficiência de idiomas estrangeiros são uma das exigências para ingressar em cursos de graduação no exterior ou concorrer a bolsas de estudos.

A Avaliação de Proficiência na Língua Japonesa, Japanese Language Proficiency Test (日本語能力試験, nihongo nōryoku shiken) ou JLPT, foi criado para avaliar e certificar a proficiência no idioma japonês aos não nativos. Ele é realizado duas vezes ao ano na Ásia Oriental e uma vez por ano nas outras regiões.

A Fundação Japão estima que são necessários aproximadamente 150 horas de estudo para passar no exame de Nível 4 e 900 horas de estudo para passar no exame de Nível 1. Em 2008, o governo japonês anunciou que iria utilizar o JLPT para os estrangeiros que desejam ter um visto de longo prazo e para serem residentes permanentes!”

Kumon – aula de japonês

A rede é presente nas principais cidades brasileiras. Ela é conhecida justamente por utilizar um método de aprendizado japonês para matemática, português e também para a língua japonesa (em Porto Alegre). Quer fazer curso de japonês no Kumon? Veja as características do curso da língua de acordo com as informações do site da instituição:

“Com o Método Kumon, o aluno aprende com quem é referência no ensino da língua japonesa. Criado no Japão, o método incentiva o aprendizado de maneira autodidata para que ele chegue às conclusões sozinho, desenvolvendo também a sua capacidade de raciocínio. E com a nova ferramenta Kumon Audiobook, o aluno ganha mais autonomia para ampliar seu vocabulário, a leitura e desvendar todos os segredos desta cultura fascinante.”

Aprenda a escrever japonês A escrita do Japão passou por várias mudanças.

Curso de japonês: Universidade de São Paulo – USP

Como falamos acima, São Paulo é a cidade onde encontramos mais descendentes de japoneses e japoneses no Brasil. Então, nada mais natural que a Universidade de São Paulo (USP) ofereça um curso superior de língua japonesa.

Sem contar que a USP é a universidade mais respeitada do Brasil, não é mesmo?

Então, vamos para os detalhes sobre o curso de Letras com habilitação em japonês da instituição.

No site, veja o que eles dizem sobre o curso de Bacharelado de Letras com habilitação em japonês:

“Os alunos do Curso de Letras – Habilitação em Japonês deverão cursar o total de 178 créditos, sendo 32 créditos em disciplinas obrigatórias do Ciclo Básico, 84 créditos em disciplinas obrigatórias do Japonês e 62 créditos em disciplinas optativas livres oferecidas pelos Departamentos do Curso de Letras. Do total de 62 créditos em disciplinas optativas livres, o aluno poderá cursar até 20 créditos em disciplinas oferecidas pela FFLCH (incluindo Letras) e até 12 créditos em disciplinas oferecidas por outras Unidades, Museus e Institutos Especializados da USP (incluindo FFLCH e Letras) nos termos da Res. CoG 4749 de 17/04/2000. A Habilitação simples em Japonês tem a duração ideal de 08 (oito) semestres.” 

Matérias:

  • Introdução aos Estudos Clássicos I
  • Introdução ao Estudo da Língua Portuguesa I
  • Elementos de Lingüística I
  • Introdução aos Estudos Literários I
  • Introdução aos Estudos Clássicos II
  • Introdução ao Estudo da Língua Portuguesa II
  • Elementos de Lingüística II
  • Introdução aos Estudos Literários II
  • Língua Japonesa Moderna I
    Objetivos:
    “Introduzir a escrita (hiragana, katakana e kanji).
    Propiciar a aquisição de estruturas frasais e textuais da língua japonesa moderna.
    Propiciar a habilidade para leitura, intelecção e análise de textos, através de ensaios, artigos miscelâneos, obras literários de autores modernos e contemporâneos.”
  • Cultura Japonesa I
  • Língua Japonesa Moderna II
  • Língua Japonesa Moderna I
  • Cultura Japonesa II
  • Cultura Japonesa I
    Objetivos:“Apresentar um perfil dos principais aspectos históricos e culturais do Japão, bem como, através de sua inter-relação com a língua e literatura; servir de base para a compreensão do Japão contemporâneo.”

Saiba sobre a civilização milenar e o japonês Kimono, história, conheça as várias tradições japonesas por meio dos cursos superiores!…

  • Língua Japonesa Moderna III
  • Língua Japonesa Moderna II
  • Literatura Japonesa I
    Objetivos:
    “Inicialmente, propiciar uma visão panorâmica da literatura japonesa. Após isso, analisar e discutir as características literárias das principais escolas literárias do século XX.”
  • Língua Japonesa Moderna IV
  • Língua Japonesa Moderna III
  • Literatura Japonesa II
  • Língua Japonesa Clássica
    Objetivos:
    “Capacitar à leitura e intelecção de textos dos séculos X a XVIII, principalmente literários, através de estudos de morfologia e sintaxe da língua.”
  • Língua Japonesa Moderna III
  • Literatura Japonesa Clássica I
    Objetivos:
    “Analisar os gêneros representativos da literatura japonesa referente aos períodos clássicos (séc. X-XVIII)”
  • Literatura Japonesa III
  • Literatura Japonesa II
  • Língua Japonesa Moderna V
  • Língua Japonesa Moderna IV
  • Literatura Japonesa Clássica II
  • Literatura Japonesa Clássica I
  • Literatura Japonesa IV
  • Literatura Japonesa III
  • Língua Japonesa Moderna VI
  • Língua Japonesa Moderna IV

Curso de japonês: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

O curso de Letras é oferecido no campus de Assis. No primeiro semestre, são dadas noções gerais dos idiomas e, a partir do segundo, um deles é escolhido para a habilitação. O estudante pode participar de projetos de iniciação científica ligados a grupos de pesquisa e laboratórios didáticos. Há também estudos relacionados aos acervos da unidade. Em muitos casos, o graduado pode obter bolsas assistenciais ou acadêmicas, além de ter oportunidade de intercâmbios internos, nacionais e internacionais.

A nova estrutura curricular do curso de Licenciatura em Letras da FCL/Assis, a ser integralizado com pelo menos 214 créditos, é composta pelos módulos Nuclear e Complementar. O primeiro contempla as disciplinas de Formação Geral Básica, as disciplinas de Formação Especializada Integrada, as disciplinas de Prática (como componente curricular) e as disciplinas de Estágio Curricular Supervisionado.

Curso de japonês: Universidade Cruzeiro do Sul

A Cruzeiro do Sul oferece o curso de graduação de Letras com habilitação em japonês na opção Licenciatura, modalidade a distância (EAD).

Faça aulas de japonês para conhecer a cultura Você gosta da arte do Japão? Então, aprenda a língua para saber mais sobre ela!

Segundo o site da Instituição:

Estudar a linguagem é sempre muito instigante: conhecer sua história, decifrar os sons das palavras e analisar como se formam, compreender os sentidos e as formas de dizer. Para os apaixonados pelas Letras, leitura, produção e interpretação de textos são atividades vitais, que serão desenvolvidas, no curso, por meio do estudo de aspectos da linguagem, como gramática, história da língua, crítica literária e estilística. E realmente quem escolhe esse curso respira os autores clássicos e contemporâneos, mestres da prosa e da poesia, doutores da língua e da arte literária. Por ser uma Licenciatura, disciplinas como didática, metodologia e práticas de ensino de línguas e suas respectivas literaturas vão preparar você para as salas de aula. O curso contempla estudo dos aspectos histórico-culturais da língua japonesa oral e escrita nos sistemas hiragana, katakana e kanji, e textos e obras de autores da literatura japonesa clássica e contemporânea.

A área de atuação do licenciado em Letras – Português e Japonês não se restringe só ao magistério nos Ensinos Fundamental e Médio, em institutos de idiomas e cursos particulares. Você também poderá atuar como roteirista de cinema, TV e teatro, secretário bilíngue, tradutor e revisor de textos, dentre outros. Ainda no setor editorial, poderá escrever e analisar livros didáticos e paradidáticos, produzir material pedagógico e conteúdo para softwares aplicados à educação. Como tradutor, há oportunidades em agências de viagem e no setor hoteleiro e de turismo.

Professores particulares de japonês do Superprof

Você já ouviu falar do Superprof? É uma plataforma online em que você pode encontrar vários professores particulares para inúmeras modalidades, inclusive, claro, o japonês.

Nela, você encontra o professor ideal para todos os gostos e bolsos! E com uma grande vantagem: pertinho de onde você quer ter as aulas: casa, escritório, trabalho, universidade, escola, etc. O Superprof tem a ferramenta de geolocalização que facilita a vida de todos: professor e aluno!

Você tem também a opção de fazer aulas via webcam! Veja as melhores professores que dão curso de japonês (em Recife) online através do site!

Aqui, selecionamos alguns professores de japonês da plataforma que dão aulas particulares em São Paulo:

Marcia

“Japonês dinâmico escrita e oral para iniciantes até intermediário, aulas realizadas conforme o perfil de cada aluno.

Metodo de ensino dinâmico, respeitando o tempo do aluno e suas expectativas, mediante a aulas presenciais ou online.
Foco na conversação e escrita.
Formando alunos com segurança no idioma, experiências na atuação como profissional e estudantes no Japão, metodo de conversação e escuta compreensível com repetição na língua nativa, conversação do cotidiano para iniciantes, escrita com palavras simplificadas e frases iniciais para compreensão.”

Guilherme

Professor de Japonês particular em São Paulo! Método exclusivo para iniciantes 😉 

Olá, tudo bom com você?

Sou professor de japonês há mais de 6 anos e venho montando meu próprio método de ensino de acordo com minha experiência de vida com a língua japonesa 🙂 

Aprenda a culinária japonesa Quer aprender como fazer sushi e maki também?

Estudo a língua japonesa há mais de 10 anos e aprendi tudo que sei praticamente sozinho. Fiz curso de língua japonesa também na Aliança Cultural Brasil Japão e aulas particulares específicas além de trabalhar em empresas japonesas onde tive a oportunidade de me aprofundar tanto na língua quanto na cultura. 

Tenho minha própria metodologia, monto meus próprios materiais e também uso livros como Minna no Nihongo, Nihongo Sou Matome e Genki para ministrar as aulas. 
Além de ensinar japonês desenvolvo materiais didáticos os quais facilitam o aprendizado dos alunos iniciantes. Também organizo eventos com os alunos onde crio a oportunidade de cada um colocar em pratica tudo que é ensinado em aula.

“Por que aprender japonês com não nativos?” 
“Porque sabemos qual é a melhor maneira de ensinar e o meio mais rápido para chegar a fluência!” ;D 

Trabalho com material exclusivo e ministro as aulas de acordo com a necessidade do aluno! Ofereço aula para todas as idades!
Primeira aula experimental grátis! :D”

Vanessa

“Professora de japonês em São Paulo com 10 anos de experiência 🙂

O curso regular inclui alfabetização (hiragana, katakana, kanji) e comunicação desenvolvida nas quatro habilidades (compreensão auditiva, leitura, produção oral e escrita). Além do curso regular, faço preparação para viagens a lazer, estudo ou trabalho, aulas temáticas sobre cultura japonesa e preparação para Teste de Proficiência em Língua Japonesa (JLPT).

Cancelamento de aula: se feito até 1 dia antes da aula marcada (até 23:59 do dia anterior), a aula poderá ser reposta em outro dia a ser combinado; caso seja feito no dia da aula marcada, a mesma não será reposta.”

Aprenda a língua japonesa em São Paulo Como andar nas ruas de Tóquio sem saber japonês?

Junior

Sou estudante da USP e morei no Japão durante 16 anos, possuo proficiência em japonês nível máximo ( ikyuu). Experiência em educação popular.
A minha metodologia se baseia em ensinar o idioma (gramática, conversação e interpretação de textos), em conjunto com a cultura nipônica”

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 2 votos)
Loading...
avatar