Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Japonês: descubra os principais livros

De Carolina, publicado dia 23/08/2018 Blog > Idiomas > Japonês > As obras primas da literatura japonesa

A literatura japonesa raramente é honrada no início da temporada literária. Quando pensamos em literatura estrangeira, é verdade que raramente pensamos em romances da terra do sol nascente.

A literatura russa é frequentemente vista como a literatura estrangeira por excelência a ser descoberta com Tolstoi, Dostoiévski ou Franz Kafka. Já na literatura francesa, temos escritores como Zola, Maupassant ou Flaubert.

O Japão é mais conhecido em japonês por seu poema japonês, o famoso haiku (poema curto) ou mangá, bastante ligado à literatura juvenil. Nós a conhecemos ainda mais através do estúdio Ghibli e seus filmes de animação japoneses, suas artes marciais que pelos seus romancistas!

No entanto, o Japão tem algumas pepitas. Além disso, a tradução do português para o japonês é bastante complexa. Resultado: você tem certeza de que os livros japoneses apresentados em sua livraria são romances excepcionais.

Para aqueles que desejam aprender japonês, também é uma ótima maneira de ter uma ideia da cultura e melhor entendê-la para poder morar no Japão. E quando você é um brasileiro no Japão, é melhor conhecer alguns elementos da cultura japonesa e não apenas ter visto ou lido As Memórias de Uma Gueixa!

Inicie-se na leitura nipônica Descubra as principais obras literárias do Japão

Descubra os melhores romances japoneses selecionados pelo Superprof.

Por que escolher a literatura japonesa?

Por que escolher a literatura japonesa? Uma vasta gama de romances está disponível para você!

Existem várias razões pelas quais você pode descobrir romances japoneses contemporâneos ou antigos:

  • Você conhece de cor e salteado as obras primas da literatura brasileira como as dos autores Machado de Assis, Graciliano Ramos, Mário de Andrade, José Lins do Rego, Euclides da Cunha, José de Alencar, Lima Barreto, João Guimarães Rosa, Clarisse Lispector, Ariano Suassuna…
  • Você percorreu o classicismo francês, a arte poética de Baudelaire, o teatro satírico de Molière e os contos de Perrault,
  • Você quer descobrir literatura estrangeira que não seja o romance de aventura de Tolkien, Orwell ou os romances de Irving,
  • Você quer escapar e ficar totalmente fora de sua leitura,
  • Você quer aprender japonês e as palavras japonesas mais comuns: traduções para o português geralmente são boas, mas todas as nuances do idioma japonês não podem ser transcritas,
  • Você está fazendo estudos literários e quer expandir seus conhecimentos para além do humanismo presente em Balzac,
  • Você gosta de ação e aventura
  • Você quer encontrar personagens profundos com uma psicologia trabalhada,
  • Procurando por uma história muito bem escrita,
  • Você não gosta de se perder em detalhes inúteis,
  • Você ama os críticos sociais que denunciam nossas sociedades atuais ou passadas enquanto te divertem.

Tenho o prazer (e o da comida japonesa?) de anunciar que, se você atender aos critérios descritos acima nas aulas de japonês, é hora de devorar alguns livros em japonês! Por outro lado, tenho algo para anunciar: ninguém que tenha começado a literatura japonesa conseguiu sobreviver! 😉

Leia livros da cultura do Japão Não precisa saber japonês para ler os escritores locais

Não se preocupe, você não precisa saber hiragana e katakana nas aulas de japonês online para mergulhar em um romance e fugir para a terra das flores de cerejeira. Deixe de lado o seu dicionário japonês-português, as traduções são muito boas.

Se você é um fã de história sentimental, poesia lírica, surrealismo ou histórias de samurais, os romances japoneses têm o que você precisa! Peça conselhos ao seu bibliotecário sobre como escolher o romance Musashi ou outro que você possa gostar.

Você pode expandir seu conhecimento do Japão além da culinária japonesa.

14 Contos de Kenzaburo Oe

Quais são os melhores romances japoneses? A visão contemporânea nos faz pensar que o Japão tem apenas mangas para oferecer, isso é errado!

Autor: Kenzaburo Oe

Seleção e Tradução: Leiko Gotoda

Gênero: contos

Editora: Companhia das Letras

Publicação: 2011

Do mesmo autor: Jovens de um novo tempo, despertai!

Vamos começar com um autor que ganhou o Prêmio Nobel de Literatura de 1994, Kenzaburo Oe.

No livro 14 Contos de Kenzaburo Oe, há um especial que vamos comentar aqui, o Seventeen. O enredo ocorre em 1960 em um Japão enfrentando um forte ressurgimento do ultranacionalismo. O país ainda está ferido pela sua derrota durante a Segunda Guerra Mundial. É nesse contexto histórico que evolui o personagem principal do romance que é nomeado pelo pseudônimo Seventeen.

Leia os escritores do Japão Há muito a aprender sobre a cultura japonesa nesses livros

O jovem de 17 anos descobre seus impulsos sexuais que ele tem dificuldade em gerenciar. Ele se comporta muito brutalmente com sua família e especialmente com sua irmã. Seus parentes não o entendem e não o acompanham, deve-se dizer, através dos intrincados meandros da adolescência.

A razão e a lógica do jovem estão perturbadas, como muitos jovens que estão passando por esse período complicado. Nessa fase, as pessoas podem ser facilmente influenciadas e doutrinadas.

Seventeen encontra pessoas que não são muito boas, que se dizem de direita, mas que são mais como ultranacionalistas. Seventeen se aproxima deles por razões bastante pueris: ele se rebela contra as ideias de esquerda de sua irmã, uma enfermeira, com quem ele está em conflito.

A doutrinação começa e Seventeen também vê uma maneira de controlar seus impulsos sexuais. Ele até usa o traje dos ultranacionalistas, parecido exatamente com os trajes da Segunda Guerra Mundial. Seventeen se sente integrado e compreendido em um grupo, mesmo que ele não entenda no que está se metendo…

Uma verdadeira sátira desse período da história, durante a qual os japoneses pareciam ter apenas duas opções: a esquerda ou a extrema direita.

Kafka à Beira do Mar de Haruki Murakami

Quais livros japoneses ler?

Autor: Haruki Murakami

Gênero: Romance, Ficção

Publicação: 2002

Editora: Alfaguara / Objetiva

Pelo mesmo autor: O Conto da Aia, Norwegian Wood, Dance dance dance, O Incolor Tsukuru Tazaki e seus anos de peregrinação, Sono.

Embora esse romance seja frequentemente criticado por seus personagens superficiais e pouca coerência, ninguém sai ileso. Porque Haruki Murakami tem a arte de contar uma história e as 600 páginas desse romance do rio não o deixarão ileso e pode até privá-lo do sono.

A crítica literária é bastante amarga: gostamos ou não gostamos do romance de Murakami, mas isso não deixa ninguém indiferente. O estilo incomoda, a estranheza é a palavra-chave.

O universo criado é absurdo, irônico e angustiante. Kafka é um dos personagens principais. Nós seguimos suas aventuras pelo Japão, onde ele conhece outros protagonistas. Um tema recorrente é o da transformação, caro ao autor russo Franz Kafka.

Todos os personagens estão ligados em um labirinto de intrigas complicado, mas que aparece, no final, de uma extrema simplicidade. Um conto maravilhoso, muito estranho e cheio de reviravoltas que gradualmente e indiferentemente revela seu segredo.

E por que não fazer uma tatuagem japonesa para expressar seu amor pelo país?

Mar Inquieto de Yukio Mishima

Autor: Yukio Mishima

Gênero: conto filosófico

Publicação: 2002

Editora: Companhia das Letras

Pelo mesmo autor: O Pavilhão Dourado, Neve de Primavera, Confissões de uma Máscara

Se o autor é tradicionalmente controverso por seu nacionalismo, ele permanece um defensor da causa homossexual e cometerá suicídio em 1970 após um fracassado golpe de estado. Ele foi indicado três vezes para o Prêmio Nobel de Literatura, mas nunca conseguiu.

Mais uma história de um adolescente perdido diante do amor de sua mãe, viúva, por um marinheiro recém-chegado. Noboru, 13 anos, acredita nele como uma figura paterna, mas é rapidamente desiludido. Seu padrasto está longe de ser um bandido dos mares como ele esperava, mas simplesmente um homem honesto.

Ao mesmo tempo, ele faz parte de um bando de malandros cujas principais preocupações são a tortura de animais para se endurecerem. Liderado pelo líder, o pequeno bando tem esse rito de iniciação para ser aceito dentro do grupo. Muito rapidamente, os animais não os interessam mais, e decidem atacar o padrasto de Noboru.

Aprenda sobre a cultura japonesa nos livros Há editoras que lançam os livros japoneses em português

O autocontrole não é o forte desses adolescentes torturados que querem realizar seu projeto macabro. Podemos classificar esse trabalho em livros infantis? Só que não…

The Last Shogun de Shiba Ryotaro

Quem são os melhores escritores japoneses? Não há necessidade de saber caligrafia japonesa para ler um romance japonês!

Autor: Shiba Ryotaro

Gênero: Biografia, Ficção

Publicação: 2004

Sem tradução para o português. Mas facilmente encontrado em inglês.

Pelo mesmo autor: Clouds Above the Hill: A Historical Novel of the Russo-Japanese War, Volume 1

Especializado em biografia, esse autor é muito pouco conhecido no Brasil, mas é, no entanto, uma instituição no Japão. Os personagens históricos são contados à maneira de um romance de aventura, tornando a história fascinante e o livro muito cativante.

A história é de Yoshinobu. Os fatos falam sobre o último shogun representando, assim, o fim dos tempos feudais. O autor desenha um retrato de um homem carinhoso e nostálgico que prefere o caminho da paz ao da guerra. Ele é a testemunha do nascimento do Japão moderno.

Não é uma biografia real que se enquadra na historiografia, mas sim uma autoficção, uma vez que as fontes nunca são citadas e os fatos mal documentados. Esse é o gênero narrativo escolhido por Shiba e não é o primeiro nem o último livro do gênero. O livro traz uma esclarecimento sobre a transição para a era moderna do Japão.

A Midsummer’s Equation de Keigo Higashino

Autor: Keigo Higashino

Gênero: romance de detetive

Lançamento: 2014

Pelo mesmo autor: Malice, Journey Under the Midnight Sun

Sem tradução para o português, mas encontrado em inglês e espanhol.

Para aqueles fãs de novos romances, aqui está um escritor especializado em policiais e ficção policial. Seu último livro, Newcomer, não deprecia seu estilo, longe disso.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar