Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Das primeiras máquinas até os computadores de hoje

De Fernanda, publicado dia 18/04/2019 Blog > Artes e Lazer > Informática > A grande história da informática

A palavra computador vem do latim COMPUTARE,  que significa “calcular, estimar, somar, contar”, de COM-, “junto”, mais PUTARE, “calcular, avaliar, estimar”.

O seu uso em inglês para “máquina de calcular” data de 1897.

Desde os cálculos da antiguidade até a comercialização do primeiro computador em 1951, o ENIAC, passando pela criação do PC pela IBM em 1981, até o lançamento do Windows 95: como tudo evoluiu?

Jerome Chailloux disse uma vez: “A web é a invenção mais útil para a humanidade desde a sua pior invenção: a bomba atômica.”

O mundo passou de uma era industrial para uma era digital. Mas Roma não foi construída em um dia: a computação como a conhecemos hoje foi construída ao longo de muitos anos e graças a muitos matemáticos, físicos e teóricos.

Vamos embarcar nessa história? Talvez você se interesse em começar um curso de informatica!

História da computação: do algoritmo à noção de programa

Quem deve ser o primeiro laptop? Al Khwarizmi é o pai da álgebra e algoritmos.

Primeiro vamos falar sobre Abu Abdullah Mohammed ben Musa Al-Khwarizmi, mais conhecido como o Sr. Algoritmo. Na verdade, o algoritmo é uma variação latina simples do seu nome.

O desenvolvimento da ciência da computação está, de fato, fortemente ligado à pesquisa em matemática e mais particularmente à lógica e aos algoritmos que surgiram no século IX graças a Al Khwarizmi. É também graças a ele que conhecemos os números árabes.

Calcular é acima de tudo resolver um problema específico, seguindo regras precisas.

O algoritmo é o conjunto de regras, raciocínios ou operações que, aplicado a um número finito de dados, permite solucionar classes semelhantes de problemas. É a realização de uma operação abstrata, como a adição de dois números. Para passar para uma operação concreta, você deve escrever tudo isso de uma forma muito mais precisa na forma de um programa, escrito em uma linguagem de programação.

O objetivo final da ciência da computação é tornar o cálculo executável por uma máquina que é fabulosamente rápida e precisa, mas totalmente desprovida de pensamento.

O cálculo binário apareceu na Europa em 1697, graças ao trabalho de Leibniz. É a partir desse cálculo binário que os primeiros computadores também serão desenvolvidos.

Ada Lovelace, matemática do século XIX, publicou sua pesquisa em 1840 sob um nome masculino. Ela contribuiu grandemente para a criação do primeiro computador, o chamado engenho analítico ou máquina analítica, de Charles Babbage. O objetivo da máquina analítica era executar tudo o que os homens a solicitassem: operações numéricas e simbólicas.

Encontre um bom professor de excel avançado ou iniciante no Superprof!

Quem inventou computadores? A máquina analítica que surgiu graças a Charles Babbage.

Charles Babbage é considerado o avô dos computadores. Ele nunca terminou a máquina analítica porque a Coroa britânica retirou seu apoio financeiro por causa da duração da pesquisa. Mas graças a seus planos, seu filho conseguiu terminar. A máquina está hoje no Museu da Ciência de Londres e, acreditem, ainda funciona!

Ciência da computação ao longo dos anos: da mecanização dos cálculos ao software

Primeiro o homem aprendeu a utilizar as ferramentas, em seguida, as máquinas, ou seja, objetos que usam uma força diferente da sua e que podem executar de forma autônoma certas operações, até mesmo complexas e programadas, como o tear automático de Jacquard, que data de 1801. Esta é a primeira programação binária.

Mas a máquina mecânica não sabe como se modificar sozinha.

Ao contrário dela, o computador, uma máquina que gerencia informações, sabe como modificar seu próprio programa e se torna uma máquina universal. Permite controlar a inteligência mecânica.

Alan Turing criou em 1936 o artigo fundador da informática. Ele entendeu como algumas operações básicas de cálculo eram universais. Elas poderiam ser combinadas para executar todos os algoritmos do mundo, dando o início da criação de calculadoras universais programáveis.

Foi ele quem abalou o mundo desde a era industrial até a era digital.

Em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial, os nazistas se comunicaram entre si graças à máquina de criptografia Enigma. Era como uma máquina de escrever simples, mas com um mecanismo de codificação que permitia que as letras fossem misturadas na saída ao transmitir uma mensagem, sem que ninguém pudesse decodificá-la. Na recepção da mensagem, uma máquina idêntica digere o texto, as rodas de codificação viram de cabeça para baixo e, como no espelho, a mensagem aparece claramente.

Curiosidade: os britânicos conseguiram obter uma dessas máquinas, mas não faziam ideia de como manipulá-la! O código foi quebrado em 1933 por matemáticos poloneses, mas o cálculo demorou muito – levaram vários dias para decifrar a mensagem, uma vez que os nazistas mudavam o código diariamente.

Também recomendamos o filme O jogo da imitação, de Morten Tyldum, que traça a história de Alan Turing e da máquina Enigma. Embora o filme seja obviamente ficcionalizado, continua a ser muito interessante compreender as questões do tempo e algumas questões que permanecem sem resposta.

Outra mulher excepcional que contribuiu para o crescimento da informação foi Grace Hopper. Ela trabalhou no primeiro computador digital totalmente automático da IBM: Harvard Mark I.

Uma anedota sobre o Mark I em 1947: um dia a calculadora quebrou. Havia uma borboleta presa no circuito. O inseto foi cuidadosamente removido e colocado no diário de bordo com as palavras: « First actual case of bug being found ». É daí que vem a expressão bug em computação. Naquele momento, eram realmente insetos!

Estes primeiros computadores não eram utilizáveis ​​em larga escala, mas apenas para uso mais profissional. Grace Hopper defendeu a ideia de que uma linguagem informática deveria ser escrita em um idioma próximo ao inglês. Ela então projeta um compilador, um software que pode traduzir em linguagem de máquina os elementos do algoritmo e, portanto, compreensível por todos os engenheiros.

Os primeiros computadores nasceram por volta de 1940. Em 1944, o físico teórico John von Neumann descreve a primeira arquitetura chamada de “von Neumann” que triunfou e continua sendo a grande maioria dos computadores hoje. Entre 1945 e 1951, a máquina von Neumann ou IAS foi construída por engenheiros que trabalhavam com um ferro de solda e foram mulheres que asseguravam a programação para o computador balístico.

Quando Grace Hopper morreu em 1992, os computadores entraram nas casas e já não custavam o preço de uma casa ou de um carro, mas de uma televisão. Foi a época da explosão da comunicação global com a internet!

E então… a web se tornou o dia a dia de milhões de seres humanos.

Descubra também quais são os acessórios indispensáveis de computador!

Evolução do computador: da codificação da informação ao objeto digital

A informação é um material abstrato que pode ser medido. Uma mensagem, seja qual for seu valor real ou suposto, seja qual for o seu significado exato ou errôneo, contém uma quantidade precisa de informações. O átomo de uma informação é o elemento binário, o bit como “sim / não”, “0/1” ou “verdadeiro / falso”. Para saber se alguém é homem ou mulher, se é jovem ou velho, se ele é pequeno ou grande, é muito esquemático, mas nos dá três átomos de informação, então três BITS.

Shannon definiu a quantidade de informação de forma matemática com a teoria das probabilidades que colocou em equação de Kolmogorov.

Eles permitiram mudar a visão de mundo nas trocas digitais.

Já pensou em realizar um curso de excel online ?

Todos os objetos (imagens, sons, textos, dados) têm uma reflexão digital que permite memorizar a informação, transmiti-la, reproduzi-la no infinito e manipulá-la de forma específica graças a todos os tipos de algoritmos.

Rose Dieng-Kuntz ajudou a construir a web semântica (será que ela é uma dos 10 melhores especialistas em informática da história?). Esse conceito se refere a um conjunto de tecnologias que torna a informação na web acessível e utilizável por todos os programas de software e pelo homem através de um sistema de metadados.

Se você digitar “acidente do veículo” em um mecanismo de pesquisa, ele procurará todos os documentos em que “acidente” e “veículo” aparecem. Mas se o documento diz “colisão entre um caminhão e uma bicicleta” sem mencionar “acidente de veículo” precisamente, ele não vai sair. A ideia da web semântica é precisamente que este documento também se destaque.

Como o vocabulário do computador evoluiu? A Web Semântica é um vasto programa, ainda em andamento.

Nosso mundo digital hoje: a evolução da interface homem-máquina

No início do século 21, as interfaces entre computadores e cérebros ainda estavam pouco desenvolvidas.

Em 1968, aproveitando o desenvolvimento da televisão a cores, Douglas Engelbart apresenta um ambiente gráfico com janelas que podem ser abertas e fechadas usando um ponteiro conectado ao computador: o mouse.

Entre 1969 e 1983, a interface homem-máquina é mínima: o teclado é usado para enviar informações retranscritas pela tela. Os computadores são exclusividade de uma elite reduzida e estão presentes apenas no ambiente profissional.

Entre 1984 e hoje, após muitos avanços técnicos, o conforto do usuário é prioridade. O conteúdo na tela é apresentado na forma « What You See Is What You Get » (WYSIWYG). Esta expressão é popularizada pela Apple e seu famoso Macintosh. A interação se torna simbólica com janelas, ícones, menus e dispositivos e a aprendizagem é facilitada para o público em geral. Este é o nascimento da computação de consumo.

Confira aqui os cursos excel basico do Superprof!

Historia da informatica: a era da informação

A história da informática! Quem diria há cem anos que, ao andar na rua, todas as pessoas estariam com um pequeno aparelho nas mãos que, no entanto, contém um mundo inteiro?

Com a criação da world wide web, a Internet, foi possível o compartilhamento da informação com mais facilidade, tornando-se popular com os navegadores utilizados no Windows 3.0 e Windows 95, como o Internet Explorer, Mosaic e Netscape.

Novos sistemas operacionais baseados em UNIX chamado de GNU foram criados e um novo kernel foi desenvolvido chamado Linux. A linguagem de programação orientada a objetos Java foi projetada para funcionar em diferentes tipos de hardwares e o C# foi lançado em 2000 para concorrer no mercado de desenvolvimento de sistemas desktop e web.

No início do século XXI, a partir de iniciativas de empresas como o Google, a Nokia e, sobretudo, a Apple, iniciaram uma extensão da quarta geração de computadores que resultou na unificação de linguagens de tecnologias já existentes, e consequente extensão das funcionalidades.

A computação pessoal deixou de se limitar aos chamados desktops (outrora chamados de “microcomputadores”) e passou a incluir outros dispositivos como telefones celulares e aparelhos de televisão, bem como uma nova categoria de dispositivos chamado tablets – uma espécie de computador delgado e portátil, sem teclado físico nem mouse e com tela sensível ao toque, do tamanho de um livro.

Aplicações de uso geral passaram a ser portadas para esses dispositivos e, devido ao desenvolvimento da computação em nuvem, arquivos armazenados em um dispositivo puderam ser sincronizados em outros dispositivos, tornando a computação onipresente. Estes conceitos, que estão em curso atualmente, estão progressivamente tornando mídias físicas externas obsoletas, salvo talvez os cartões de memória.

Nos dias de hoje, várias marcas e muitas empresas surgiram e atuam na área de informática no mundo inteiro. No entanto, as empresas precursoras Apple e Microsoft ainda dominam o mercado de computação, além de outros eletrônicos pessoais.

Musica por aplicativo Quem diria…. Hoje em dia, é possível tocar piano a partir do seu computador ou smartphone.

Hoje em dia podemos realizar várias funções e atividades graças a um computador móvel ou por meio de um celular móvel. Os computadores se tornam cada vez mais leves e acessíveis; outras novas tecnologias móveis como os celulares, Iphones ou Smartphones, possuem um sistema operacional, vários aplicativos para desenvolvimento de atividades pessoais e profissionais; todos os dispositivos hoje têm acesso à internet em praticamente todos os locais públicos e privados. Uma verdadeira revolução de acesso e comportamento perante a informação.

O site Tecdicas aborda de maneira interessante dois adventos inevitáveis da informática dos últimos anos:

Google

O Google teve seu início em 1996 como um projeto de pesquisa para o doutorado de Larry Page e Sergey Brin, se tornando um dos motores de busca mais importantes da internet. Os motores de busca convencionais na época classificavam os resultados contanto quantas vezes as palavras chaves da pesquisa apareciam na página, sendo assim o Google começou a trabalhar com analises de relação entre os sites encontrados na pesquisa, oferecendo uma grande quantidade de informações. A empresa Google foi fundada em 4 de setembro de 1998, sendo construída na garagem de Susan Wojcicki, que também trabalhou no Google, como líder de alguns produtos da empresa, incluindo AdWords, AdSense e Google Analytics e atualmente é CEO do YouTube desde 2014. O primeiro empregado da Google foi Craig Silverstein, que estudou doutorado junto com Larry e Sergey.

Além do Google ser um motor de busca na internet, a empresa investiu em diversas ferramentas na web, como o YouTube, Google Plus, Google Maps, a G-Suite com Gmail e Google Drive, o navegador Google Chrome e o smartphone Nexus com Android.

Smartphones Android e iOS

Em 2003 a empresa Android Inc. foi fundada em Palo Alto na Califórnia, pelos engenheiros Andy Rubin e Rich Miner e seus colegas, sendo descrito como um projeto em potencial no desenvolvimento de dispositivos inteligentes. Em 2005 a Google adquiriu a Android Inc. junto com seus criadores.

Rubin liderava a equipe do desenvolvimento da plataforma de dispositivos móveis baseando-se no kernel do Linux, quando o Google comercializou o Android para fabricantes de celulares, oferecendo um sistemas flexível e atualizável. Os celulares tinham teclado físico e tela não sensível ao toque.

Com a chegada do iPhone da Apple em 2007, o Android teve que voltar a seus estágios de projeto, tendo que adaptar para telas touchscreen. Contudo o Android atualmente é o sistema operacional para smartphones mais utilizado no mundo.

O sistema iOS desenvolvido pela Apple é exclusivo para seus produtos, como iPhone, iPad e iPad Touch, sendo o segundo sistema operacional para smartphones mais utilizados no mundo.

História da informatica: os melhores especialistas

Homens e mulheres contribuíram na evolução da informática até a era da informação como a conhecemos hoje. Afinal, apesar da ideia preconceituosa de que as mulheres não possuem competência para a tecnologia, elas foram muito importantes para o desenvolvimento da informática, como pode ser visto pelo trabalho realizado pelas pioneiras, que tiveram uma importante participação no desenvolvimento da informática e, na maioria das vezes, permanecem invisíveis.

Aqui estão algumas personalidades importantes desse universo maravilhoso da computação!

Ada Lovelace, primeira programadora da história

O código é usado para criar um aplicativo. Sem Ada Lovelace, as aulas de programação não existiriam.

Pioneira em ciência da computação, ela criou o primeiro programa de computador na história em 1843. Ele foi usado para criar o antepassado do computador: a máquina analítica de Charles Babbage.

Ada Lovelace foi a primeira programadora do mundo.

Além disso, ela descreveu as possibilidades oferecidas por calculadoras universais, que ultrapassaram o cálculo numérico e o que Babbage e seus contemporâneos imaginavam.

Grace Hopper: a divulgação de linguagens de computador

Como aprender a programação? O algoritmo é usado para criar códigos-fonte.

Nascida em 1906 em Nova York, Grace Hopper estudou matemática, física e economia. Ela frequentou Yale e obteve um doutorado em matemática em 1934.

Em 1943, ela se juntou à Marinha dos Estados Unidos. Envolvida no Bureau of Ordnance Computation Project, ela trabalha no computador Harvard Mark I, no time de Howard Aiken.

Grace Hopper faz parte do primeiro grupo de três pessoas a aprender a programar.

Steve Wozniak, o verdadeiro designer do Apple I

A cultura digital abrange programação orientada. Na foto à direita, ele é o verdadeiro desenvolvedor do computador Apple.

Cientista de informática e eletrônicos americanos, Steve Wozniak é um dos co-fundadores da Apple Computer com Steve Jobs e Ronald Wayne, em 1976.

O circuito da Apple I foi totalmente desenhado por Steve Wozniak. Ele foi capaz de exibição gráfica em uma tela diferente de outras máquinas da época.

Bill Gates, fundador da Microsoft aos 20 anos

Como aprender programação simplesmente? Bill Gates, um codificador rápido!

O homem mais rico do planeta é o fundador da Microsoft. Cientista informático e empresário americano, ele é pioneiro no campo da microinformática.

Em 1975, quando tinha apenas 20 anos de idade, ele fundou com seu amigo Paul Allen, a empresa de softwares da microinformática Microsoft.

É essa empresa que está por trás da criação do sistema operacional Windows, que mantém um monopólio quase global até hoje.

Karen Spärck Jones, pioneira da inteligência artificial

Como adquirir habilidades técnicas em ciência da computação? Ela está na origem dos fundamentos do Google.

Nascida em 1935, ela foi cientista e pesquisadora britânica. Seu trabalho diz respeito ao processamento automático de linguagem natural e à busca de informações.

O esquema de “inverso da frequência nos documentos” (idf) é uma das suas contribuições mais importantes. Este conceito é usado hoje na maioria dos mecanismos de busca.

Margaret Hamilton permitiu o “pequeno passo para o homem”

O homem nunca teria podido caminhar na lua sem a ajuda de uma mulher: essa mulher foi Margaret Hamilton, que corrigiu manualmente os programas da missão Apollo 11.

Assim, antecipou certas falhas dos componentes eletrônicos e fez com que o controle do pouso lunar continuasse funcionando. É graças a ela e seu trabalho que devemos o sucesso da missão.

Na época, a parte de desenvolvimento de software era muitas vezes reservada para as mulheres, pois era considerada como menos importante.

Larry Page e a origem do Google

Como se tornar um programador excepcional? O motor de busca vai muito bem, obrigado. Graças ao seu criador.

Larry Page, nascido em 1973, é uma cientista informático americano, co-fundador do motor de busca do Google.

Ele começou sua carreira em Stanford, como os fundadores do Yahoo. Desde sua infância, ele está imerso no computador: seu pai, Carl Page, ajudou a criar o eGroups, o antepassado do Yahoo. Sua cultura de computador é forte desde a idade de 6 anos.

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

O desenvolvimento de TI pode ser aprendido a qualquer idade. Para um estudante de informática, Mark Zuckerberg continua a ser um exemplo.

Embora Mark Zuckerberg seja um pouco desajeitado em termos de codificação, ele é o primeiro a ter adicionado linhas de código em sua rede social do Facebook.

Cientista informático e empresário, ele é o fundador e presidente do Facebook desde 2004.

Futuro programador, entusiasta da história do computador ou simplesmente curioso: esperamos que este artigo tenha respondido algumas questões sobre a invenção do computador, a máquina de Turing ou o nascimento de um programa de computador.

Descubra também aqui como criar uma conta no Facebook!

Saiba como encontrar um bom curso de excel ou então um curso de informatica online aqui no nosso portal do Superprof!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar