Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Conselhos essenciais para tocar bem bateria

De Carolina, publicado dia 10/12/2018 Blog > Música > Bateria > As melhores dicas para ser baterista

“Tocar rápido é uma coisa, mas a criatividade é outra. Você sempre encontrará alguém que toque mais rápido que você. É essencial apostar mais na inventividade, na sinceridade e na mensagem que você deseja transmitir.” Tommy Aldridge

Uma equipe canadense da McGill University realizou um estudo de ressonância magnética cujos resultados foram publicados na Nature Neuroscience. Esse estudo mostra que a música aumenta o número de conexões sinápticas entre os neurônios, aumenta o número de neurônios e os prolongamentos neuronais, favorecendo a juventude cerebral! Não é demais?

Seja tocando guitarra, violão, baixo, saxofone ou fazendo o som de seu chimbal, caixa e bumbo, tocar música é bom para o cérebro e a criatividade.

Mas, então, para aprender a bateria (veja nosso guia) efetivamente, o que você deve fazer? Aulas de bateria? Por que não?

Superprof lhe dá algumas chaves para iniciar esse instrumento com ou sem um curso de bateria.

Bateria: conheça os seus botões de motivação

Como estar motivado para tocar bateria? Tocar em grupo pode aumentar sua motivação, sabia?

Não é suficiente comprar uma bateria. Aliás, Já comprou a sua? Ludwing, Odery, Tama…

É necessário tocar e com uma certa frequência. Se você estiver muito motivado no começo, sua motivação pode desaparecer rapidamente conforme você aprende. Lembre-se que  o caminho do aprendizado nem sempre é um mar de rosas…

Por que não fazer aulas de percussão? A batera tem seus segredos, melhor conhecê-los rápido!

A bateria, por exemplo, pode parecer um instrumento mais simples de praticar que o clarinete, o trompete ou o violão, mas não é assim.

Ser baterista dá trabalho: você tem que saber para manter um ritmo, tocar ritmo binário ou ternário, guiar outros instrumentos, conhecer para improvisar solos, etc…

Todos nós temos momentos em um mês, uma semana e até um dia em que estamos mais motivados que em outros. Sabia que o cérebro responde a estímulos? Para motivar-se, resta identificar os estímulos a serem implementados.

A motivação pode ocorrer em vários momentos:

  • Depois de uma meditação,
  • Depois de fazer um esporte,
  • Ao ouvir uma banda,
  • Depois de comprar novas baquetas,
  • Ao tentar integrar um grupo,
  • Ao conversar com algumas pessoas,
  • Escrevendo,
  • Indo para uma caminhada na natureza,
  • Indo para um concerto, uma exposição,
  • Depois de ver uma peça, um filme…

O objetivo é identificar o que te motiva. Faça uma lista de vinte atividades ou momentos que o motivem a reproduzi-los quando sentir uma queda na motivação.

Pressionar um “botão de motivação”, enviar o estímulo certo para o cérebro para querer treinar sua percussão (com qual frequência?).

E se você precisar de mais ideias, para quem lê em inglês, recomendo o livro 100 Ways to Motivate Yourself de Steve Chandler.

Faça uma lista de músicas para tocar na bateria

Criar uma lista de reprodução das músicas que você gosta ou quer tocar é uma ótima maneira de progredir na bateria.

Quando o fizer, pense em separar as canções simples das complicadas, com o risco de desmotivá-lo.

As músicas de Led Zeppelin, Miles Davis ou The Who são exemplos a serem lembrados, mas as músicas não são necessariamente realizáveis ​​quando você é um iniciante…

Como se tornar um renomado baterista?

Encontre motivação para ficar bom na percussão Quantos baquetas quebrar até ficar bom na batera?

The White Stripes, por exemplo, têm peças que são simples o suficiente para se reproduzir!

Se você não sabe quais músicas escolher, confie no conhecimento de seu professor de bateria. E se você é autodidata, aqui está uma lista a partir da qual você pode se inspirar de acordo com suas preferências musicais:

  • Billie Jean de Michael Jackson,
  • Yellow do Coldplay,
  • Seven Nation Army de The White Stripes,
  • Karma Police do Radiohead,
  • Highway to Hell do ACDC,
  • Knockin’ on Heaven’s Door por Bob Dylan,
  • Zumbie de The Cranberries,
  • Imagine de John Lennon,
  • Boulevard of Broken Dreams do Green Day,
  • Let Her Go de Passenger, 
  • Fresh de Kool and The Gang,
  • Moonlight Serenade de Glenn Miller…

Outras música com sua partitura de bateria (como ler?) e tablatura estão disponíveis na internet, pesquisando “músicas para iniciantes na bateria” algo de gênero.

Eu comecei a aprender com Highway to Hell e Boulevard of Broken Dreams. Por meio de escuta e repetição, meu corpo e meu cérebro assimilaram e memorizaram onde e quando tocar.

Tocar bateria (quais são os elementos dela?), como aprender violão e outros instrumentos musicais, requer rigor e motivação para progredir. Os primeiros meses são os mais difíceis, mas os mais benéficos: nós adquirimos os fundamentos do groove, sons de bateria e repercussão, essenciais para o futuro!

Defina um objetivo de curto prazo e comente com as pessoas! Como aprender a lidar com as baquetas? A primeira dica é se calmar!

Todo mundo sabe que, para melhorar em violoncelo, baixo e em bateria, você tem que trabalhar primeiro os seus conhecimentos básicos.

Você provavelmente já disse: “Amanhã vou tocar seriamente”

Você provavelmente esperou um dia, dois dias, uma semana e depois desistiu. Foi assim?

Por que você acha?

Duas razões para isso. A primeira é que seu objetivo pode não ter sido SMART.

Uma meta SMART deve atender a 5 critérios a serem atendidos:

  • Seja específico: você precisa saber claramente o que você quer fazer. Faça algumas coisas básicas, escreva novas músicas, encontre um novo intervalo, saiba como usar o pedal duplo…
  • Mensurável: por exemplo, todos os dias, uma vez por semana, uma vez por mês. Minha dica: exibir um calendário dedicado aos meus objetivos e fazer cruzes para medir meu progresso,
  • Aceitável: uma meta deve depender de você. Participar de uma banda ou fazer mais shows pode ser problemático,
  • Realista: estabeleça um objetivo realista. Concretamente, se você diz que vai fazer 3 horas de treino por dia, pode ser complicado de manter esse ritmo quando chegar em casa do trabalho às 20h,
  • Temporariamente definido: por exemplo, treinar o básico todos os dias durante 10 minutos em 1 mês é diferente que “vou treinar algumas noções básicas”. É mais provável que você continue seu treinamento fazendo como o primeiro exemplo.

A outra razão que faz muitas pessoas desistirem é não contar a ninguém. Um compromisso consigo mesmo raramente é realizado…

Aprenda percussão com músicas que gosta Luzes, câmera, ação! Sem enrolar para treinar bateria!

Considerando que, se você disser a seu professor, seu namorado ou seu melhor amigo “eu vou aprender a tocar o pedal duplo 10 minutos por dia em um mês”, as chances são de que a pessoa te pergunte onde você está no seu treino de bateria.

E se você perdeu um dia, você terá que encontrar uma desculpa… Ninguém gosta de ter que se justificar…

Como alcançar seus objetivos na percussão? Vamos levar a sério desde o começo!

Planeje sua semana de bateria

A rotina pode parecer chata, mas é essencial quando você quer aprender alguma coisa.

Ser organizado permite que você domine o toque de pratos e sincronize sua mão esquerda com a mão direita e seus pés mais rapidamente.

Para fazer isso, é preciso, primeiro, ter consciência do trabalho a ser feito para tocar melhor:

  • Trabalhe a dissociação das mãos e pés,
  • Saber tocar um ritmo diferente na mão direita e na mão esquerda,
  • Flexibilizar o seu pulso,
  • Aumentar seu poder de batida,
  • Melhore sua velocidade de batida…

Então, basta encontrar o horário:

  • Quantos dias por semana você quer treinar seu instrumento?
  • A que horas do dia?
  • Que dias da semana?
  • Por quanto tempo?

Anote os horários e registre-os para o aprendizado da bateria.

Planejar sua semana de bateria ajuda a configurar hábitos fáceis de seguir. E os hábitos fazem esse progresso, especialmente na música!

Outra dica, mais chata, mas trovejante: a prática intencional.

Geoff Colvin fala sobre a prática intencional em seu livro Talent is Overrated. Nesse livro, ele explica que o talento é superestimado. Ele não é o motivo pelo qual as pessoas têm resultados incríveis, sejam eles músicos ou esportistas.

O sucesso vem através do trabalho e da prática intencional.

A prática intencional atende a diferentes critérios:

  • Ela se concentra em um ponto específico: não devemos querer tocar tudo, mas focar em um ponto técnico, como alcançar uma certa velocidade de batidas na bateria,
  • Ela permite ter um retorno após a prática dos exercícios, como se fosse um registro de uma câmera: é necessário observar-se para progredir,
  • É um treinamento extremamente repetitivo,
  • O treinamento deve ser um desafio físico e mental: deve-se ir além da zona de conforto (músicas conhecidas, técnicas que você domina) para alcançar a aprendizagem tão desejada,
  • A prática intencional não é divertida. Não se deve estar na zona de conforto para progredir.

No entanto, se você colocar essa técnica em prática, não se esqueça de se divertir também. Por exemplo, dedique 30 minutos de sua prática para deliberar a prática e o resto para se divertir na bateria!

Aulas de percussão e teoria musical? A batera não é de hoje, então, aprenda o mais rápido possível

Fazer bateria sem tocar: relaxamento ativo

Para se aperfeiçoar, você tem que trabalhar com o seu instrumento! Toque a bateria o tempo todo, em todos os lugares (mesmo se o tamanho da bateria não favorece…)!

Por isso, você sabia que é possível treinar a bateria sem um instrumento?

A melhor maneira de fazer isso é aproveitar as pausas em seu dia de trabalho ou de estudo para fazer um relaxamento ativo (em oposição ao relaxamento passivo: assistir à TV, usar o seu celular…).

10 minutos de intervalo permitem que você trabalhe vários elementos.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar