A Biologia é uma disciplina que, ao longo dos anos, vem evoluindo muito, uma vez que se trata de uma ciência que se dedica a estudar e a refletir acerca das descobertas e os métodos de pesquisa utilizados por especialistas de várias partes do mundo.

Esses objetos de estudo, no entanto, são levados para os bancos escolares para serem discutidos, sendo que até hoje é falado nas aulas de biologia aspectos importantes do ensino da ciência evolutiva.

Há inúmeros temas pertinentes sobre a Biologia Evolutiva que são todos os anos estudados nos cursos de biologia em várias partes do Brasil tanto no Ensino Fundamental quanto no Ensino Médio, além, é claro, dos cursos universitários.

E quando citamos assuntos como clonagem, por exemplo, logo nos vem à mente pontos essenciais sobre o famoso caso da ovelha Dolly que, como já foi citado em artigos anteriores, trata-se do primeiro animal clonado no planeta, responsável por um avanço científico e que, de certo modo, não se imaginaria nunca ser discutido antes de 1996.

Algumas das maneiras pelas quais o conteúdo em biologia tem avançado com o tempo tem a ver com a inserção de novos tópicos que abrangem aspectos referentes ao nosso cotidiano, como a produção de alimentos, o cultivo de safras, as questões do meio ambiente e um dos temas mais abordados na sociedade: os vírus e suas mutações.

Ilustração, criada nos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), revela a morfologia ultraestrutural exibida pelos coronavírus.
Os vírus são organismos que não possuem célula, sendo que sua estrutura é formada por proteínas e ácido nucleico!

 

Com as diferentes abordagens nos cursos de biologia, não apenas nosso conhecimento se ampliou sobre esses temas e tantos outros, mas também nossa visão quanto ao nosso papel na sociedade, considerando, todavia, que grande parte desses conteúdos tem uma estreita relação com os aspectos econômicos mais discutidos entre as nações.

Por isso, não há nenhum exagero em afirmar que a tecnologia, bem como todo tipo de estudos sobre organismos vivos desempenham um papel importante para nós, ao passo que muitas dessas questões estão sendo levadas para as salas de aula com o intuito de informar a importância da ciência nos bancos escolares como uma forma de combate aos pensamentos obscurantistas, os quais impedem a verdadeira reflexão acerca do quanto a Biologia evoluiu no mundo contemporâneo.

Os melhores professores de Biologia disponíveis
1a aula grátis!
Erick
5
5 (28 avaliações)
Erick
R$45
/h
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (49 avaliações)
Kaique
R$40
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (50 avaliações)
Fernando
R$120
/h
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (96 avaliações)
Maria alice
R$50
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (20 avaliações)
Matheus
R$35
/h
1a aula grátis!
Gustavo
5
5 (33 avaliações)
Gustavo
R$80
/h
1a aula grátis!
Jaqueline
5
5 (10 avaliações)
Jaqueline
R$60
/h
1a aula grátis!
Júlia
5
5 (13 avaliações)
Júlia
R$50
/h
1a aula grátis!
Erick
5
5 (28 avaliações)
Erick
R$45
/h
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (49 avaliações)
Kaique
R$40
/h
1a aula grátis!
Fernando
5
5 (50 avaliações)
Fernando
R$120
/h
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (96 avaliações)
Maria alice
R$50
/h
1a aula grátis!
Matheus
5
5 (20 avaliações)
Matheus
R$35
/h
1a aula grátis!
Gustavo
5
5 (33 avaliações)
Gustavo
R$80
/h
1a aula grátis!
Jaqueline
5
5 (10 avaliações)
Jaqueline
R$60
/h
1a aula grátis!
Júlia
5
5 (13 avaliações)
Júlia
R$50
/h
1ª aula gratuita>

Os cursos de biologia e os desafios frente as tecnologias

Os avanços tecnológicos acontecem em conjunto com os diversos estudos científicos no planeta. Por conta disso, podemos dizer que a Biologia exerce, de certo modo, certa influência nas descobertas dos últimos tempos que resultaram em grandes impactos nas nossas vidas diárias.

Imagem destacada de um microscópio.
A tecnologia pode auxiliar na aplicação do conhecimento científico em diversas áreas de pesquisa!

No entanto, é pertinente salientar que, embora a biologia moderna conte com muitos desses avanços, existem ainda alguns componentes tecnológicos que necessitam de atualizações para serem aplicados nas salas de aulas.

Isso significa que, ao contrário de outras disciplinas, é preciso haver maior sofisticação dessas tecnologias para que as aulas de sequenciamento genético, por exemplo, sejam mais bem compreendidas em todo e qualquer curso de biologia universitário ou não.

Tais ferramentas, bem como seus conceitos, pertencem ao setor de bioinformática e são importantes tanto para uma professora ou um professor de biologia quanto para toda a comunidade científica.

Desse modo, essas tecnologias precisam ser consideradas em todos os níveis de uma aula de biologia, a fim de que haja uma abordagem de ensino mais abrangente em prol da ciência.

A Filosofia da Ciência nas aulas de Biologia

Muitos educadores estão a debater sobre a necessidade de a Ciência ser trabalhada na sala de aula além das abordagens tradicionais, em que os alunos estudam para as provas de Biologia, Química e Física, por exemplo, recebem a média e tudo certo para seguir para o próximo bimestre.

Infelizmente, toda essa mecanicidade ainda está longe de ser completamente dissipada, porém, existe por parte de pessoas especialistas a preocupação em ser trabalhado nas aulas de biologia, por exemplo, alguns dos principais aspectos da Filosofia da Ciência.

Para quem não sabe, a Filosofia da Ciência se debruça em questões relacionadas ao que é, para que serve, e como é possível compreender os avanços da Ciência frente a uma enxurrada de inverdades disseminadas por alguns veículos que visam confundir as pessoas.

O interessante de trabalhar esse tipo de conteúdo no curso biologia é que os alunos têm a oportunidade de refletir sobre o papel da ciência na sociedade e a importância da construção do conhecimento de forma sistemática responsável por formular explicações através de leis científicas e cálculos matemáticos.

Temas essenciais para as aulas de biologia (e que caem no Enem)

Tendo em vista que a Biologia é uma ciência ampla e que, por conta disso, dispõe de uma grande quantidade de tópicos a ser cobrados em uma avaliação, é interessante pontuar que a variedade de assuntos que essa disciplina contempla se divide entre aqueles que são mais explorados em sala de aula, enquanto outros nem tanto.

Por conta disso, muito se tem falado nas reuniões pedagógicas sobre o que de fato trabalhar nos cursos de biologia, lembrando que, dentre os tópicos científicos mais questionados pela garotada, tudo que tem a ver com o coronavírus acaba sendo a bola da vez, seguido, é claro, das principais dúvidas sobre as vacinas desenvolvidas, além da ineficácia de certos remédios, considerados como um suposto “tratamento precoce” contra a Covid-19.

mãos com luvas de proteção seguram uma seringa espetada em um frasco contendo imunizante para o preparo da vacina a ser aplicada.
As vacinas são essenciais para blindar o organismo contra as doenças!

Sem dúvida, esses assuntos precisam ser discutidos na sala de aula com a mediação da professora ou do professor de biologia.

Porém, é importante também estudar conceitos importantes sobre outros tópicos dessa disciplina que, para quem não sabe, costumam cair nos vestibulares de todo o Brasil, inclusive nas provas do Enem. Confira, então, os temas mais recorrentes abordados nas aulas de biologia do Ensino Médio:

  • Evolução – em geral, são estudadas as teorias evolucionistas, principalmente os conceitos ligados às principais ideias de Darwin;
  • Genética – estuda questões sobre o DNA, transgênicos e mutações, além de conceitos relacionados às análises de heredogramas e cariótipos;
  • Ecologia – é trabalhado desde conteúdos básicos, como cadeia alimentar, até problemas ambientais mais complexos, como o aquecimento global;
  • Fisiologia Animal – é feito um estudo sobre o funcionamento do corpo dos animais, especialmente aos seres humanos;
  • Parasitologia – é abordado o funcionamento do ciclo de vida dos parasitas, bem como sua relação com o hospedeiro – geralmente se dá uma atenção especial aos sintomas de algumas doenças.

O ensino de biologia na educação básica

Quanto mais as tecnologias são aprimoradas, maiores são as chances das descobertas científicas se tornarem algo mais intenso sempre com o objetivo de melhorar o bem-estar das pessoas.

Já dissemos aqui que algumas ferramentas tecnológicas ainda precisam ser atualizadas. Porém, não podemos negar que muitas das descobertas em eminência, bem como as que já são comprovadas englobam o campo da biologia.

Assim, especialistas em biologia e de matérias correlatas se debruçam cada vez mais na busca dessa atualização e sincronia para que seja possível uma dinâmica científica ainda mais evidente nas comunidades acadêmicas.

Quando nos referimos às academias, estamos de fato apontando os estudos de biologia desenvolvidos nas universidades, porém, é interessante destacar a importância de todo e qualquer conteúdo de disciplina como essa ser também trabalhada desde a educação básica.

Quando se trabalha no ensino fundamental, por exemplo, os principais aspectos do estudo da biologia, se esquece que antes de qualquer abordagem é interessante planejar a didática a ser utilizada em sala de aula, tendo em vista o nível da classe acerca da respectiva matéria.

Isso significa que grande parte do saber científico transmitido em uma aula de biologia não se sustenta por inteiro, ou seja, é rapidamente esquecido por quase toda a classe. E isso porque muitos termos complicados e sofisticados foram utilizados pelo professor para exemplificar as questões abordadas.

Garota negra, com uniforme escolar vermelho, está a sorrir enquanto escreve no caderno.
A Biologia desperta nas crianças a vontade de saber de tudo, pois elas estão na fase da curiosidade!

É necessário pensar um curso de biologia para crianças, por exemplo, como algo que possa reunir questões de grande pertinência e que, além disso, tenham a ver com o cotidiano delas, com a realidade em que elas estão inseridas.

Quando se pensa nesse aluno como receptor de uma gama de conteúdo, infere-se aí a importância de pensar em um plano de aula que traga aspectos empolgantes da disciplina, algo que de fato seja assertivo, sem precisar se transformar em um ensino monótono, desconexo e desvinculado do dia a dia desse aluno ou aluna.

A ideia de se pensar em um planejamento de aula de biologia centrado na realidade do aluno se dá com o simples intuito de evitar os riscos de “construir” conhecimentos equivocados e confusos sobre vários temas das ciências biológicas.

Quando um trabalho dito "pedagógico" é feito sem considerar que esse grupo de estudantes a ser trabalhado precisa ser compreendido a partir do repertório que se tem sobre a disciplina em questão e outras correspondentes, corre-se o risco de haver deduções que, posteriormente, poderão ser concretizadas em algo pouco eficaz quanto aos conceitos, gerando maior confusão de entendimento, principalmente quando esse aluno ou aluna partir para o próximo ano escolar.

Precisando de um professor de Biologia ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Erico

Sou roteirista, redator e CEO da Eckoa Digital, além de músico nas horas vagas.