Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Seu tutor pode ajudá-lo nas provas do idioma da França

De Fernando, publicado dia 26/02/2018 Blog > Idiomas > Francês > Prepare-se para exames de francês com um professor particular

O Baccalauréat (Bac) é o equivalente ao Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para os franceses. É nesse momento que o aluno pode compreender melhor se o seu aprendizado foi completo e que é possível compreender bem o idioma como parte da rotina escolar.

Existem também outros importantes exames de língua francesa, os primeiros dois são especialmente focados na entrada em universidades e ècoles francesas. Os exames oficiais de proficiência para estrangeiros reconhecidos pelo Governo Francês são o DELF – Diplôme d’Etudes en Langue Française (Certificado de estudos em língua francesa), o DALF – Diplôme Approfondi de Langue Française (Certificado avançado de língua francesa),  o TCF – Test de Connaissance du Français (Teste de conhecimento de Francês) e o TEF – Test d’Evaluation de Français (Teste de avaliação de francês).

Algumas escolas possuem a língua francesa como parte do seu currículo escolar e diversos vestibulares o incluem como língua estrangeira nas provas de seleção.

Cada um deles possui uma especificidade, mas é importante estar preparado para testar o seu aprendizado.

Mas como focar a revisão do conhecimento para os diferentes exames de francês? Pegue seus livros e prepare-se para estudar: um professor particular pode ser sua melhor ajuda.

Seu futuro pode estar na Europa Para conhecer a França ou uma de suas universidades, invista em boas aulas!

Por que as aulas são úteis para revisão?

Passar exames de francês, como qualquer assunto, também depende do professor. Antes das provas, alguns alunos podem precisar de apoio e ajuda personalizada para rever os conteúdos.

Muitos precisam se sentir mais seguros. Um curso intensivo antes dos exames pode ajudá-los a deixar de lado o estresse e ficar mais calmo. Desta forma, eles alcançarão o objetivo desejado: obter uma boa nota na prova escolhida.

No entanto, outros alunos precisam de uma estrutura mais regular. Ao longo do ano, eles trabalham melhor no aprendizado graças ao incentivo de seus professores e colegas de classe, mas logo antes dos exames finais e de seleção, eles estão sozinhos para rever tudo. Começam então as dúvidas: por onde eu começo? Como estudo o assunto? Quando o prazo está se esgotando,já é outro teste para ver quem é mais motivado para obter uma boa nota!

Por este motivo, receber aulas particulares de francês proporciona um ambiente de estudo adequado para a preparação dos exames finais. Assim, como na preparação para outras provas, o aluno é forçado a seguir um programa e estudar, se possível, com o apoio do professor particular.

Alguns estudantes também têm um problema com sua maneira de revisar (o que sempre pode ser melhorado) e estudar , por isso, às vezes, seus esforços são em vão. As aulas de francês em casa podem ajudá-lo a encontrar seu próprio método de estudo para os temidos exames finais.

A maior parte dos os exames finais de francês são de dois tipos:  escrito e oral. Um aluno pode achar mais difícil de falar e outro a escrever: as aulas particulares funcionam e corrigem as lacunas específicas em cada uma, como a pronúncia, o vocabulário, a gramática, a escrita ou os conectores lógicos do discurso.

Seu professor pode ajudar na prova de francês Você precisa investir bastante tempo e entender suas necessidades de apoio

Um programa de revisão sob medida

Não é necessário fazer uma obra de arte na organização, mas as suas notas precisam estar claras e fáceis de analisar… é uma grande ajuda na hora de rever!

No início, é melhor testar se há química com o professor e falar sobre as necessidades, deficiências, fraquezas e pontos fortes do aluno. Esse teste de afinidade pode ajudar muito na hora de definir quem vai ser essa pessoa chave no seu aprendizado. Assim, o professor pode orientar melhor as aulas de acordo com o que os alunos pedem e personalizar.

Por outro lado, o aluno deve certificar-se de que leva as aulas a sério e em dia com o objetivo de não perder tempo. Manter as aulas e os exercícios casa atualizados pode ser um bom caminho para o professor descobrir o que é mais complicado ou mais fácil para o aluno e poder guiá-lo melhor.

Os professores privados, ao contrário daqueles que trabalham em escolas e institutos, devem se adaptar às necessidades dos alunos com mais facilidade. Eles não devem seguir o programa de ensino sem levar em conta as necessidades específicas do aluno. Por exemplo, os conceitos que causam problemas e o foco em falar durante as aulas podem ser dados novamente, mas a chave é preparar para os exames e rever para obter o número máximo de pontos no teste.

Livros clássicos devem estar no seu currículo Dedique seu tempo aos estudos de gramática

Como adotar uma metodologia efetiva para revisão?

Você está pronto para revisar os conteúdos para os exames de francês?

Uma primeira idéia pode ser fazer “cartões de revisão”. Não seria apenas uma folha de revisão, mas um método que se concentraria nas habilidades específicas exigidas nos testes de francês. Quer sejam primeiro ou segundo exame de língua estrangeira, as provas escritas de francês compreendem parte da compreensão de leitura e outra parte da expressão escrita. Não se trata de fazer um ensaio ou um comentário de texto, mas simplesmente responder a perguntas sobre um texto e escrever uma breve argumentação (expondo idéias de forma clara e correta, é claro).

O professor de francês também pode trabalhar com base em recursos educacionais, como exercícios e atividades já corrigidos, além de exames anteriores já aplicados e corrigidos. Revisar esses exercícios permite que os alunos se preparem melhor. No que diz respeito à escrita, é quase impossível fazer previsões sobre o assunto que pode cair, por isso é importante se manter atualizado sobre os assuntos cotidianos e também ler notícias no idioma em que você pretende escrever.

Para os testes orais, é mais fácil para os alunos falar sobre um tópico já estudado. Portanto, é importante conhecer todos os tópicos, estar bem preparado e evitar os brancos de memória. Para o teste de compressão oral , é essencial ouvir e acostumar-se a textos em francês.

O professor também deve ajudar os alunos a encontrar seus pontos fortes e fracos quanto à memorização. Nós não temos todos o mesmo tipo de aprendizado e compreensão: pode ser visual, auditiva ou cinestésica.

Portanto, vários elementos podem ser combinados para melhorar nossa técnica de memorização :

  • Se a memória for visual, isso nos ajudará a usar cores diferentes nas folhas de revisão ou a fazer desenhos e esquemas para explicar os conceitos.
  • Se a memória for auditiva, será útil ler em voz alta para consolidar o conhecimento mais facilmente e melhorar a pronúncia.
  • E se nossa memória é cinestésica, pode ser melhor escrever os termos que queremos aprender.

Testes de escolha múltipla também podem ser uma maneira divertida e diferente de aprender.

Encontre um bom curso de frances online ou presencial no Superprof!

Qual seu site francês favorito? Pesquise bons sites e atualize seus conhecimentos sobre o país

Testando para as provas

Para evitar assustos e complicações no dia do exame, é importante mudar sua mente para o “modo de exame”. A vantagem de ter um tutor é que ele está lá para corrigi-lo, mas também para lhe fornecer as chaves do sucesso.

Fazer uma boa redação é uma boa maneira de ganhar pontos se você conhece o uso de preposições, conectores lógicos e certas figuras de linguagem.

Às vezes, fazer uma apresentação oral parece um pouco teatral, mas é necessário praticar em voz alta antes dos exames. Mas, sim, você tem que fazer isso de forma séria para treinar!

O professor também pode ajudar a organizar um rascunho para cada tópico, o que é muito útil para o teste oral. Mas lembre-se: você não está escrevendo em português para depois traduzir! Ser sintético é o melhor que você pode fazer, especialmente para já raciocinar em outra língua. Se você tentar escrever muitas idéias, pode demorar muito e, o pior de tudo, que você não tenha tempo para tudo na sua apresentação. Um truque é fazer um esboço com as palavras-chave que evocam a ideia que deseja expressar e, aí sim, você vai falar com fluência.

Um professor pode ajudá-lo a escrever os rascunhos franceses para a prova oral com tranquilidade.

Esses testes com seu professor particular podem ajudá-lo a lidar melhor com o estresse e, se você é um grande grupo de nervos, você pode fazer exercícios de relaxamento para reduzir os níveis gerais de estresse e melhorar sua maneira de falar em público .

Professor particular de francês durante todo o ano

Atualmente, não importa se a sua intenção é estudar para entrar em uma universidade francesa, conseguir fluência no idioma ou apenas para conseguir se comunicar em outra língua: o francês e o resto dos idiomas são realmente importantes para o ensino superior e o mundo do trabalho. É muito mais fácil se destacar quando uma língua estrangeira já é falada corretamente.

Estudar e aprender francês ao longo do ano é muito mais eficaz e envolve uma taxa de sucesso muito maior para o aprendizado.

Seu professor de francês está lá para guiá-lo e pode fazer você trabalhar duro durante as férias e a semana antes dos exames, por exemplo.

O aluno que escolhe esta opção terá um melhor controle do estresse , uma vez que a aprendizagem será realizada ao longo do curso. Você verá como, no final, passar os exames de francês não é tão complicado! Confie em um tutor!

Em resumo:

  • Como os exames de história ou matemática, você também pode se preparar para as provas de francês! E com um tutor é mais fácil. O professor estará lá para ajudar o aluno a entender os tópicos do exame oral e escrito através de uma metodologia personalizada que servirá de apoio e também para motivá-lo quando estiver estudando.
  • Claro, praticar situações reais e corrigir o aluno também é essencial para se preparar bem.
  • Um arquivo de revisão francês é um pouco diferente de outros assuntos ou exames. O professor privado está lá para dar as orientações certas ao aluno de como ele pode aprender e memorizar de forma mais eficaz.
  • Se você quiser praticar um pouco mais , você pode consultar a web, com sites especializados no idioma, além de portais de notícias.
Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar