"Um dançarino dança porque seu sangue dança em suas veias." - Anna Pavlova

Para se tornar e atuar como coreógrafo, é preciso ter estudos em dança. Além disso, você precisa ter vasta experiência como dançarino, pois é preciso de alguns anos de prática para poder se destacar nessa área.

Se você quer se tornar um coreógrafo de balé, é melhor começar a dançar o mais cedo possível. Se você quer coreografar hip hop, dança oriental ou sapateado, haverá um pouco menos de gente e você terá mais chances de encontrar seu lugar. Mas por onde começar? É preciso bacharelado? São ainda muitas as dúvidas para os apaixonados por essa arte do movimento.

Vamos ver quais estudos seguir se você pretende trabalhar como coreógrafo, qualquer que seja o estilo que você escolheu.

Os melhores professores de Dança disponíveis
Bárbara
5
5 (24 avaliações)
Bárbara
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Mychelle
5
5 (27 avaliações)
Mychelle
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gregory
5
5 (23 avaliações)
Gregory
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Karenina
5
5 (23 avaliações)
Karenina
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Erika
5
5 (13 avaliações)
Erika
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Carolina
5
5 (14 avaliações)
Carolina
R$95
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alvaro luiz
5
5 (15 avaliações)
Alvaro luiz
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Patricia
5
5 (18 avaliações)
Patricia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Bárbara
5
5 (24 avaliações)
Bárbara
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Mychelle
5
5 (27 avaliações)
Mychelle
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gregory
5
5 (23 avaliações)
Gregory
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Karenina
5
5 (23 avaliações)
Karenina
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Erika
5
5 (13 avaliações)
Erika
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Carolina
5
5 (14 avaliações)
Carolina
R$95
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alvaro luiz
5
5 (15 avaliações)
Alvaro luiz
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Patricia
5
5 (18 avaliações)
Patricia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Torne-se um coreógrafo: curso de dança antes do vestibular

Dançarinas de dança contemporânea
Onde encontrar cursos de dança? Comece o quanto antes possível!

É possível estudar dança desde cedo e incorporá-la aos seus estudos.

Escolas particulares

Dança se constitui como prática artística pelo pensamento e sentimento do corpo, mediante a articulação dos processos cognitivos e das experiências sensíveis implicados no movimento dançado. Os processos de investigação e produção artística da dança centram-se naquilo que ocorre no e pelo corpo, discutindo e significando relações entre corporeidade e produção estética.

Ao articular os aspectos sensíveis, epistemológicos e formais do movimento dançado ao seu próprio contexto, os alunos problematizam e transformam percepções acerca do corpo e da dança, por meio de arranjos que permitem novas visões de si e do mundo. Eles têm, assim, a oportunidade de repensar dualidades e binômios (corpo versus mente, popular versus erudito, teoria versus prática), em favor de um conjunto híbrido e dinâmico de práticas. - Base Nacional Comum Curricular

Se você deseja aliar a arte aos estudos escolares desde cedo, é possível. Sim, a dança pode estar presente em muitas escolas de Ensino Fundamental e Médio por meio da aula de Artes e sobretudo Educação Física. Mas para um estudo direcionado, e principalmente para aqueles que desejam fazer da arte sua profissão, o aconselhável é procurar uma instituição especializada ou um professor particular desde cedo.

Ao aprender a dançar ainda jovem, você se familiariza com a expressão corporal, técnicas do movimento e aprende mais sobre ritmo. Elementos fundamentais para que, no futuro, você consolide suas bases e possa seguir uma formação de longa duração, confirmando ainda mais sua experiência na área.

Confira algumas indicações de instituições particulares em algumas capitais brasileiras:

  • São Paulo: Escola de Dança Celso Vieira, Solum, Cia Terra, Casa de Dança Carlinhos de Jesus
  • Rio de Janeiro: Centro de Movimento Deborah Colker, Petite Danse, Escola e Faculdade de Dança Angel Vianna, Jazz Carlota Portella, Escola de Dança e Centro Cultural Jaime Arôxa
  • Belo Horizonte: Centro de Cultura Flamenca, Pé Descalço, Mimulus Dança de Salão, Universidade de Dança Rodrigo Delano, Soleá Tablao Flamenco Pé de Valsa
  • Brasília: Instituto de dança Juliana Castro, Backstage Academia, Ballet Norma Lillia, Zahra Studio de Dança do Ventre, Stúdio de Dança Regina Maura
  • Recife: Baillar Escola de Dança, Espaço e Grupo Endança, Academia de Dança Nelma Guerra, Escola de Ballet Cia dos Homens, Studio de Danças Aneska França
  • Porto Alegre: Escola de Dança Aline Rosa, Studio de dança Paulo Pinheiro, Dullius Dance, Cadica Danças e Ritmos, Oito Tempos, Primeiro Ato.

Para aqueles com orçamento reduzido, também é possível encontrar diversas opções acessíveis de cursos de dança: os livres, aulas pontuais, passando por workshops, aulas com duração intermediária de um a três meses e formações completas anuais. Em geral, essas modalidades são oferecidas por associações, ONGs, projetos da prefeitura, festivais e instituições locais. Procure se informar na sua região!

Uma bailarina com crianças dançando no palco.
Você sabe qual diploma obter para ser coreógrafo? Você pode estudar desde cedo e aliár aos seus estudos escolares.

Aprender dança: o curso superior e a coreografia

Como já dissemos anteriormente, para se tornar um coreógrafo reconhecido é preciso investir em estudos aprofundados de dança. E essa trajetória acadêmica pode começar com aulas particulares enquanto criança, e o caminho mais aconselhável é a formação superior em dança. Muitas universidades brasileiras oferecem a graduação, com opção de bacharelado e licenciatura (para aqueles que desejam lecionar em escolas).

Nos primeiros anos de graduação em dança, em geral as instituições oferecem um currículo básico tanto para formação em bacharelado quanto em licenciatura. Logo que o aluno opta pelo curso a seguir, as disciplinas se diferenciam. Vamos tomar como exemplo o curso de bacharelado da UFRJ. Conheça as principais disciplinas que fazem parte do currículo:

  • Música e movimento
  • Música e dança
  • Filosofia, estética e dança
  • Filosofia, estética e dança
  • Produção cultural em dança
  • Introdução ao estudo da corporeidade
  • História da dança
  • Anatomia para educação física
  • Bioquímica
  • Fisiologia
  • Fisiologia do exercício
  • Cinesiologia
  • Fundamentos da dança: movimento
  • Fundamentos da dança: espaço e forma
  • Fundamentos da dança: dinâmica e tempo
  • Laboratórios dos parâmetros A - movimento
  • Laboratórios dos parâmetros B – espaço e forma
  • Laboratórios dos parâmetros C – dinâmica
  • Laboratórios dos parâmetros D – ritmo
  • Técnica geral da dança
  • Técnica da Dança: contatos e apoios
  • Arte e movimento
  • Progressões do movimento segmentar
  • Apreciação musical e dança
  • Famílias da dança
  • Elementos de cenografia e figurino para dança
  • Roteiros e Improvisações
  • Fundamentos da coreografia
  • Literatura e dança
  • Lições de laboratórios
  • Tópicos especiais em apreciação coreográfica
  • Ginástica artística
  • Cinema e dança
  • Folclore brasileiro: danças e folguedos
  • Tópicos especiais em danças folclóricas brasileiras
  • Oficina em técnica da dança: movimento - espaço - forma
  • Oficina em técnica da dança: dinâmica - ritmo
  • Metodologia da pesquisa-dança
Um grupo de dançarinos de dança de rua
A coreografia está presente em todos os estilos de dança: do balé à dança de rua.

Conheça as principais universidades que oferecem o curso de bacharelado em dança no Brasil:

  • Campinas – Universidade Estadual de Campinas
  • Salvador – Universidade Federal da Bahia
  • Belo Horizonte - Universidade Federal de Minas Gerais
  • Viçosa – Universidade Federal de Viçosa
  • Rio de Janeiro – Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • São Paulo – Universidade Anhembi Morumbi
  • Curitiba - Faculdade de Artes do Paraná (FAP)
  • Manaus – Universidade do Estado do Amazonas
  • Rio de Janeiro – Fac. de Dança Angel Vianna

Importante salientar que as universidades e escolas de dança regularmente oferecem cursos de extensão direcionados para a coreografia. Esses cursos, geralmente de curta ou média duração, são voltados para estudantes em bacharelado, licenciatura e interessados em geral na dança e na coreografia.

Aprenda dança: as escolas tradicionais

Outra opção para aqueles que desejam estudar a arte do movimento a fundo e trilhar anos de experiência para consolidarem sua carreira como coreógrafo são as grandes escolas no país. Vamos citar aqui duas instituições de tradição no ensino:

A Escola de Dança de São Paulo

Existindo há mais de 77 anos, é o principal centro de ensino de dança da cidade, com cursos gratuitos oferecidos a crianças, jovens e adultos.

Administrada pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo, atende hoje mais de 1.000 alunos vinculados a uma ampla proposta curricular especializada em dança. No Programa de Formação em Dança, o aluno desenvolve sua vocação artística e técnica, através das quatorze disciplinas distribuídas ao longo de nove anos de formação, até alcançar o refinamento necessário para sua autonomia profissional.

Ela também oferece formações livres que são ministrados pelo mesmo corpo docente. Para se tornar um aluno, é necessário passar pelos Processos Seletivos que são divulgados e realizados anualmente através dos editais.

Trazendo um olhar inovador de amplitude no ensino desses alunos, teve como objetivo focar na profissionalização e inserção no mercado de trabalho na área da dança, mudanças foram feitas para o enriquecimento dos conhecimentos culturais e artísticos desses jovens talentos.

Um casal de dançarinos no palco dançando.
Quais estudos para criar coreografias? Comece a criar suas coreografias o mais cedo possível.

Escola de Dança Maria Olenewa -  Rio de Janeiro

Estudar em uma das mais tradicionais escolas do país é um sonho que muitos bailarinos podem realizar anualmente. Todo ano, no mês de outubro, a Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, pertencente ao Theatro Municipal do Rio de Janeiro – vinculado à Secretaria de Estado de Cultura, em atividade desde 1927, aceita inscrições para o programa de seleção de novos alunos.

As aulas são gratuitas e divididas em quatro módulos: preliminar, básico, médio e técnico. Entre os candidatos aprovados, pelo menos 30% são originários de projetos sociais do Rio, como o Dançando Pra Não Dançar e a Casa de Iniciação às Artes.

A instituição, ao longo de sua existência, vem sendo responsável pela formação dos mais importantes nomes brasileiros que atuam no balé seja como bailarinos, coreógrafos, maîtres no Brasil e no exterior. Entre eles estão as primeiras bailarinas do Theatro Municipal Nora Esteves, Aurea Hammerli, Claudia Mota e Márcia Jaqueline, além de outras artistas com carreira internacional como Márcia Haydée, que foi uma das bailarinas principais do Ballet de Stutgart, da Alemanha, e Roberta Marques, que brilhou como primeira bailarina do Royal Ballet, de Londres, e atualmente se apresenta como estrela convidada da famosa companhia inglesa.

E então, que tal começar agora aprender a dançar e se tornar um grande coreógrafo?

Encontre mais dicas e contato de professores especializados na arte dos movimentos e todas as modalidades aqui no Superprof!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.