Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como aprender a ler uma partitura de piano?

De Carolina, publicado dia 02/08/2018 Blog > Música > Piano > As técnicas para aprender o solfejo

Aprender a ler uma partitura de piano não é uma coisa fácil.

No entanto, conhecer teoria musical acaba por ser muito eficaz, em seguida, para se sair bem nas aulas de piano.

Então, quais são os passos para se tornar um craque na teoria musical?

Exercícios solfejo, motivação, prática e regularidade na partitura para piano são as palavras-chave do seu aprendizado futuro.

Aprender solfejo requer motivação

A teoria musical é considerada difícil.

Essa é frequentemente a razão pela qual os músicos aprendizes abandonam as aulas de música.

No entanto, no conservatório ou escola de música, esse passo é obrigatório antes que você possa aprender a tocar um instrumento.

Por que você tem que estar motivado para tocar piano? Os fundamentos da teoria musical exigem muitas horas de treino.

Seja o violão, a guitarra, o piano, a flauta ou o violino, as condições são as mesmas e a punição também. Muitas horas de aulas devem ser dedicadas ao aprendizado da teoria musical.

Então, saiba imediatamente que você precisará de motivação, especialmente para ler partituras de piano.

Aprenda a teoria musical Com o solfejo, tudo fica mais fácil

E quando falo de motivação, é sobre praticar regularmente e não desistir na primeira dificuldade.

Você tem que estar pronto para ver e rever suas aulas.

Aprender a posição das notas nas pautas não é feito estrategicamente. Você tem que ser capaz de aprendê-las de cor.

Mas uma vez que a teoria musical é adquirida, torna-se mais fácil apreciar seu instrumento e a ajuda de uma partitura para aprender uma peça ou tocar em uma orquestra.

Assim, mesmo que alguns professores de música ofereçam cursos sem passar pelo solfejo, saiba que aprender a linguagem musical é essencial para uma carreira em uma orquestra.

Por outro lado, você sempre será capaz de se tornar um grande músico.

Aprenda a ler uma partitura para piano com um professor!

No conservatório, escola de música ou com um professor particular, aprender teoria musical com um professor é uma opção escolhida por alguns músicos aprendizes.

Mas o que um professor de música pode trazer para aprender a ler as notas?

Como dito anteriormente, aprender teoria musical pode ser longo e tedioso. O desânimo nunca está longe.

Ter um professor ao seu lado pode ser uma ótima ideia, não apenas para motivá-lo, mas também para guiá-lo, como antes de escolher a partitura para os aprendizes do instrumento.

Há muitas habilidades para adquirir antes que você possa decifrar completamente uma partitura:

  • Nome das notas
  • Clave de sol,
  • Clave do fá,
  • tom
  • Etc.

É necessário ter um conhecimento sólido para alcançar a decifração. E para transmiti-la, melhor encontrar um bom professor com experiência.

Seja um professor conservador ou um professor em particular, ele certamente lhe dará suas melhores dicas e truques para manter o máximo de informações possível, mas também saber como colocá-las em prática.

Porque um bom pedagogo também é necessário para entender como funciona uma partitura.

Como aprender teoria musical? Ter um professor de piano é uma grande ajuda para avançar.

Aprender música com solfejo em conservatório ou cursos de formação musical permite-lhe ter bases sólidas para depois ter aulas de piano, aulas de guitarra, improvisação…

Aprenda a ler uma partitura para piano como autodidata

Mas também é bem possível aprender a decifrar as medidas de uma partitura de maneira autodidata.

A motivação terá que estar muito presente porque ninguém estará atrás de você para encorajá-lo a estudar suas lições.

Saiba como praticar a partitura Solfejo é essencial para tocar bem um instrumento

Na internet, muitos sites online ajudam você a entender e aprender o básico sobre a leitura de notas.

Medida, pautas, clave de fá, ritmo, ritmo, tonalidade, oitavo, preto, armadura, cadências, harmonia, intervalos, semitons, tudo é explicado!

Leva apenas alguns cliques para acessar toda essa fonte de informação.

Além disso, muitos vídeos oferecem tutoriais para apresentá-lo à partitura para piano (onde comprá-las?).

E para aprender enquanto se diverte, os aplicativos também podem ser muito eficazes para encontrar uma partitura de piano gratuita.

Criados e desenvolvidos para entreter os usuários, eles também permitem passar algum conhecimento de maneira divertida.

Uma abordagem muito boa para iniciantes que querem começar aulas de música (quais músicas começar no piano?).

No entanto, isso não substituirá os cursos habituais um pouco mais sérios.

Para isso, métodos de solfejo podem fazer a diferença e eles são numerosos.

Não só eles permitem ter um programa estabelecido por profissionais da  música, mas, além disso, é um suporte que nunca esquecemos.

Ele pode nos acompanhar com cada aula de piano sem ter que abrir páginas da internet para entender a partitura.

Lendo uma partitura para piano: descubra o básico do solfejo

Mas onde começar quando decide aprender teoria musical?

Precisamos primeiro descobrir os fundamentos do solfejo.

Quer dizer, é importante entender a princípio como se faz uma partitura (de graça) e do que ele é composto.

Uma partitura é composta de pautas; cinco linhas nas quais as notas são desenhadas. Eles mesmos são divididos em medidas. Essas medições dividem os tempos da partitura.

Saiba a teoria musical Conhecer os elementos da partitura é um desafio

Depois de entender como uma partitura é construída, será necessário praticar.

Em outras palavras, aprenda a reconhecer as notas (dó, ré, mi, fá, sol, lá, si).

Onde eu começo a aprender a ler uma partitura? Primeiro desafio: conhecer as notas de cor!

Para isso, o melhor exercício é, claro, lembrar a localização das notas e depois ocultar seus nomes para verificar se você as registrou.

Se você já possui o seu instrumento (piano de cauda Steinway & Sons, ​​piano reto ou sintetizador, não importa), não deixe de cumprir a tarefa enquanto se diverte tocando as notas.

Isso só vai te deixar à frente de suas futuras aulas de música.

Entre as bases do solfejo estão também a famosa clave do sol e a clave de fá. Indicados no início da pauta, permitem conhecer a localização das notas que mudam de acordo com a clave utilizada.

Aprender a ler uma partitura para piano também é aprender o ritmo!

Depois de ter aprendido os fundamentos da teoria da música e uma vez que você tiver certeza de que conseguiu reconhecer as notas musicais em uma partitura, é hora de começar a aprender o ritmo.

O ritmo é considerado por muitos músicos como a base de qualquer música de piano iniciante.

Esse último, às vezes, encontra inspiração nos elementos que nos rodeiam.

De fato, tomando cuidado, notamos que qualquer objeto ou corpo tem um ritmo, regular como o coração ou irregular, como o som das teclas de um teclado de computador.

De qualquer forma, a música também tem seu próprio ritmo. E dependendo da emoção que você quer passar, o ritmo não será o mesmo.

Portanto, é perfeitamente normal indicá-lo na partitura para guiar os músicos.

E para isso, é necessário consultar a medir a medição, que é a fração posicionada logo atrás da clave.

Isso ajuda a entender o ritmo imposto nas seguintes medidas. E para calcular isso, qualquer bom músico terá que aprender o valor das notas.

Conceitos que parecem complicados no começo, mas são finalmente simples e muito lógicos.

Dependendo da forma e cor, cada nota representa um valor de tempo. Um branco representa dois pretos e assim por diante.

Para entender completamente o ritmo, pratique digitando enquanto lê a partitura.

Repita e repita novamente

O melhor conselho, dizemos a mesma coisa muitas vezes, é prática.

É lendo e decifrando partituras regularmente que isso se tornará um automatismo.

Por exemplo, você pode digitar suas mãos enquanto segue o tempo do metrônomo. Você deve, então, contar o valor de cada nota que você vê na partitura para decifrar o ritmo.

Mas a teoria musical também vem e especialmente quando se aprende músicas.

Porque, não só exige prática, mas também é importante lembrar que aprendemos cada coisa no seu tempo.

Sempre que você aprender uma nova música, trabalhe a partitura várias vezes no início da aula. Isso permite que você pratique regularmente sobre os princípios básicos da teoria musical e, ao mesmo tempo, aproveite o prazer de tocar com seu instrumento.

Na escola de música, uma técnica também é amplamente usada para adquirir o conhecimento da teoria musical: o famoso ditado.

Que exercícios posso fazer para aprender teoria musical? O ditado do solfejo: o pesadelo dos músicos!

Porque não, o ditado não é reservado para os executores da ortografia. Músicos também têm que passar por lá para aprender a ler música.

É, então, necessário transcrever em uma partitura o que é tocado musicalmente. Um verdadeiro desafio!

Por que o solfejo é tão importante? É melhor aprendê-la. Assim, você vai saber para tocar todos os instrumentos

Partitura de piano para começar a tocar música

Se você está aprendendo piano, violão, flauta, violoncelo ou gaita, com um professor de música ou sozinho com um método, a teoria musical é um passo fundamental no seu aprendizado.

Embora cada vez mais pianistas estejam indo de partituras para tablaturas, a verdade é que essas partituras são a bíblia da música. Todas as faixas de música têm uma partitura.

Especialmente quando se trata do piano.

Então, quais partituras escolher para treinar para decifrar as notas musicais?

A melhor e primeira escolha se transforma em músicas infantis. Usados no processo do despertar musical, eles permitem que você dê seus primeiros passos no mundo da música. Elas têm partituras simples e claras para descobrir a teoria da música.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar