Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Faça universidade em língua japonesa

De Carolina, publicado dia 08/03/2019 Blog > Idiomas > Japonês > Estude japonês em nível superior

O Japão nunca foi um mistério para você!

Você adora a cultura nipônica, sabe tudo sobre o país do sol nascente: suas ilhas, sua história, suas tradições, seus hábitos?

Tudo começou com um desenho animado quando era criancinha. Aqueles personagens de olhos puxados, suas roupas, cabelos espetados, sua perseverança de conseguir realizar um desafio, combater o mal, etc? Aquilo entrou na sua cabeça e nunca mais saiu?

Aliás, você começou a estudar japonês desde criança?

Ou se não, sua paixão pelo videogame! Você sabia que todos eles são japoneses (ou pelo menos os melhores):

Super Mario (Nintendo), Pokémon, Pac-Man, Space Invaders, The Legend of Zelda, Street Fighter, Sonic the Hedgehog, Final Fantasy, Resident Evil, Silent Hill… E a lista não acaba por aqui!

Então, se você é um gamer aclamado, com certeza os jogos também te aproximaram da cultura japonesa! Então, se quiser se aprofundar na arte dos games, por que não aprender a língua com videogames?

Esse pode ser o seu caso!

Ou seus país são descendentes de japoneses ou mesmo japoneses?

Isso não é raro de acontecer em um país como o Brasil! Sabia que temos a maior comunidade japonesa fora do Japão? Há mais de 1,5 milhão de ascendentes de japoneses ou japoneses aqui no Tupiniquim!

Essa é uma longa história que data do início do século XX! Mas é curioso saber disso e da grande influência da cultura japonesa em certas famílias, regiões e cidades como São Paulo (que abriga a maior parte dessa população).

Então, você sempre se perguntou “por que eu nasci brasileiro?” porque sempre gostou muito da cultura japonesa!

Sabia que essa paixão pode virar profissão?

Sushi é uma paixão nacional A culinária japonesa também pode ter sido um ponto que te fez aproximar da cultura japonesa

Já pensou em fazer seu curso superior em japonês? Mas como isso é possível?

Fazer um curso de letras com habilitação em japonês já é um bom caminho!

Para isso, vamos dar algumas dicas de quais cursos superiores fazer ligados ao japonês.

Por que aprender japonês?

Todos os anos, muitas pessoas começam a aprender japonês para:

  • trabalhar no ou com o Japão,
  • ler mangá,
  • assistir anime,
  • morar no Japão…

Em média, aprender japonês leva o dobro de tempo que outros idiomas europeus.

Os estrangeiros devem aprender de cor o kana (o alfabeto fonético) e o kanji (o alfabeto simbólico) que representam duas partes muito importantes do sistema gráfico japonês!

No Brasil, como em todas as línguas estrangeiras estudadas na faculdade, o currículo da língua japonesa é geralmente dividido em duas correntes distintas:

  • Curso de Letras com habilitação em japonês em algumas universidades do Brasil,
  • Aulas de japonês em escolas especializadas, centros culturais ou com professores de japonês

Cada um desses fluxos tem seu próprio conjunto de cursos específicos e treina os alunos para algo específico.

A Embaixada do Japão no Brasil lista alguns estabelecimentos no Brasil que oferecem aula de japonês, uma grande parte deles na região de São Paulo. No entanto, apenas um punhado oferece um programa de mestrado e doutorado. Perfeito para aprender gramática e sintaxe da língua japonesa…

Em nível nacional, São Paulo é um centro importante, especialmente graças ao grande número de japoneses e descendentes que vivem na cidade. Há também “pólos secundários” como Curitiba, Brasília, Manaus, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Nota: Para ser reconhecido no Japão, é preferível que o grau de japonês seja acompanhado de um certificado de habilidades na língua como o JLPT (Japanese-Language Proficiency Test) emitido pelo Ministério da Cultura do Japão.

Há muitos professores de japonês no Brasil, não se preocupe!

Em nível internacional, existem 85 escolas japonesas no mundo em 2006. Na Itália, existe até uma escola européia de mangá! A primeira academia de arte dedicada às técnicas japonesas.

Onde aprender chinês. Desde o final do século XIX, o Japão vem pensando em abandonar os caracteres chineses de seu alfabeto. Mas a criação de um novo alfabeto que poderia substituir o kanji chinês ainda não foi criada.

Por que cursar de Letras com habilitação em japonês?

A opção mais evidente é fazer um curso de Letras com habilitação em japonês.

Mas para isso, é preciso gostar muito dos estudos de línguas, o que nem sempre é o caso de alguém que quer aprender japones.

Ok, isso já podemos presumir. Porém, que significa gostar dos estudos de línguas? Você começou a fazer aulas de japonês no ensino médio?

Você gosta das aulas de gramática? Sabe perfeitamente o que é um complemento do objeto indireto? Quais são as regras para aplicar a crase, as concordâncias verbais, os tempos, os artigos, advérbios, etc.

É claro que estamos exagerando! É muito difícil saber tudo isso de cor e salteado. Mas você não pode deixar de gostar de estudar isso. Se não, seu curso de letras está comprometido.

Letras também não é estudar somente a gramática. Você deve estudar a sintaxe, literatura, semântica, todos os pontos cruciais para a formação de uma língua ou uma linguagem.

Voltando ao japonês, o curso de Letras com habilitação em japonês tem todos esses fatores inclusos no estudo da língua nipônica. E mais: o idioma japonês é completamente diferente do nosso, de origem latina.

O japonês (estude a língua no Japão) tem origem na língua chinesa, você sabia? Todas elas são idiomas orientais e não tem nada a ver com a lógica de um idioma latino como o português, espanhol, italiano, romano, francês…

Faça aulas para saber como fazer o alfabeto japonês É difícil aprender as letras do Japão?

Então, saiba que se quiser fazer mesmo o curso superior de Letras na universidade, não é necessário gostar somente da língua japonesa. É preciso querer estudar todos os pormenores que envolvem a construção e as regras de funcionamento dessa linguagem.

E sabia que é raro poder estudar só o japonês (em aulas particulares?) em um curso de Letras, certo? Normalmente, você deve estudar a língua portuguesa também.

Assim, você poderá comparar com mais propriedade as diferenças das duas línguas (que já são evidentes ao primeiro olhar…).

Se você decidiu mesmo que o curso de Letras é o sonho da sua vida, então vá em frente!

Mas primeiro saiba se na sua cidade ou Estado existe uma universidade que tem a opção Letras com habilitação em japonês. Afinal, nem todas possuem esse curso, certo?

Outra maneira de se tornar um professor de japonês: fazer um mestrado de Línguas Estrangeiras Aplicadas, opção japonesa.

Algumas universidades brasileiras têm essa oferta:

  •  USP – Universidade de São Paulo – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – Língua, Literatura e Cultura Japonesa
  • UFAM – Universidade Federal do Amazonas – Letras – Língua e Literatura Japonesa
  • e outras…

É possível fazer aulas de japonês para iniciantes na universidade através cursos introdutórios. Saiba se a universidade do seu Estado ou cidade oferece curso de língua japonesa.

Você ama a língua japonesa? Ensine-a Aprenda japonês e dê aulas no Brasil

Os cursos de japonês treinam os alunos para se comunicar, trocar e escrever na língua japonesa em um ambiente profissional e comercial.

O Teste de Proficiência em Língua Japonesa, JLPT

Primo e irmão do TOEIC e TOEFL para anglófonos, o JPLT – Japanese-Language Proficiency Test – Teste de Proficiência na Língua Japonesa – é o teste de habilidades em japonês que é bom validar.

O que é isso?

É chamado de “Nihongo Nōryoku Shiken” em japonês e se refere ao teste de proficiência em japonês.

Um JLPT abre acesso a um grau reconhecido internacionalmente, que pode ser necessário para se inscrever em uma universidade japonesa – como aqueles que querem ir ao Japão para se formar como professor do idioma.

O certificado é dividido em cinco testes em cinco níveis diferentes. Eles passam um questionário padronizado de múltipla escolha no formato “Minna no Nihongo”, um método comumente usado para aprender japonês.

Letras japonês: Universidade de São Paulo – USP

Como falamos acima, São Paulo é a cidade onde encontramos mais descendentes de japoneses e japoneses no Brasil. Então, nada mais natural que a Universidade de São Paulo (USP) ofereça um curso superior de língua japonesa.

Sem contar que a USP é a universidade mais respeitada do Brasil, não é mesmo?

Então, vamos para os detalhes sobre o curso de Letras com habilitação em japonês da instituição.

No site, veja o que eles dizem sobre o curso de Bacharelado de Letras com habilitação em japonês:

“Os alunos do Curso de Letras – Habilitação em Japonês deverão cursar o total de 178 créditos, sendo 32 créditos em disciplinas obrigatórias do Ciclo Básico, 84 créditos em disciplinas obrigatórias do Japonês e 62 créditos em disciplinas optativas livres oferecidas pelos Departamentos do Curso de Letras. Do total de 62 créditos em disciplinas optativas livres, o aluno poderá cursar até 20 créditos em disciplinas oferecidas pela FFLCH (incluindo Letras) e até 12 créditos em disciplinas oferecidas por outras Unidades, Museus e Institutos Especializados da USP (incluindo FFLCH e Letras) nos termos da Res. CoG 4749 de 17/04/2000. A Habilitação simples em Japonês tem a duração ideal de 08 (oito) semestres.” 

Matérias:

  • Introdução aos Estudos Clássicos I
  • Introdução ao Estudo da Língua Portuguesa I
  • Elementos de Lingüística I
  • Introdução aos Estudos Literários I
  • Introdução aos Estudos Clássicos II
  • Introdução ao Estudo da Língua Portuguesa II
  • Elementos de Lingüística II
  • Introdução aos Estudos Literários II
  • Língua Japonesa Moderna I
    Objetivos:
    “Introduzir a escrita (hiragana, katakana e kanji).
    Propiciar a aquisição de estruturas frasais e textuais da língua japonesa moderna.
    Propiciar a habilidade para leitura, intelecção e análise de textos, através de ensaios, artigos miscelâneos, obras literários de autores modernos e contemporâneos.”
  • Cultura Japonesa I
  • Língua Japonesa Moderna II
  • Língua Japonesa Moderna I
  • Cultura Japonesa II
  • Cultura Japonesa I
    Objetivos:

    Saiba quais cursos de japonês fazer O país do sol nascente também é muito forte em avanços tecnológicos

    “Apresentar um perfil dos principais aspectos históricos e culturais do Japão, bem como, através de sua inter-relação com a língua e literatura; servir de base para a compreensão do Japão contemporâneo.”

  • Língua Japonesa Moderna III
  • Língua Japonesa Moderna II
  • Literatura Japonesa I
    Objetivos:
    “Inicialmente, propiciar uma visão panorâmica da literatura japonesa. Após isso, analisar e discutir as características literárias das principais escolas literárias do século XX.”
  • Língua Japonesa Moderna IV
  • Língua Japonesa Moderna III
  • Literatura Japonesa II
  • Língua Japonesa Clássica
    Objetivos:
    “Capacitar à leitura e intelecção de textos dos séculos X a XVIII, principalmente literários, através de estudos de morfologia e sintaxe da língua.”
  • Língua Japonesa Moderna III
  • Literatura Japonesa Clássica I
    Objetivos:
    “Analisar os gêneros representativos da literatura japonesa referente aos períodos clássicos (séc. X-XVIII)”
  • Literatura Japonesa III
  • Literatura Japonesa II
  • Língua Japonesa Moderna V
  • Língua Japonesa Moderna IV
  • Literatura Japonesa Clássica II
  • Literatura Japonesa Clássica I
  • Literatura Japonesa IV
  • Literatura Japonesa III
  • Língua Japonesa Moderna VI
  • Língua Japonesa Moderna IV

Letras japonês: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

A Universidade Federal do Rio de Janeiro também disponibiliza o curso de letras Português – Japonês nas opções bacharelado e licenciatura.

Veja aqui as informações do site da instituição sobre cada curso.

“O curso de Português-Japonês está dividido em duas habilitações: o bacharelado em Português-Japonês e a habilitação em licenciatura Português-Japonês. A primeira prepara o estudante para trabalhar com inúmeras profissões onde o bacharel de letras pode atuar. Estas profissões geralmente de base técnica e ou artística-literárias utilizam o uso da língua francesa para traduções (tradutor), edição (editores), diplomacia (diplomata) entre inúmeras funções que vão além da área de conhecimento onde o profissional atue. A segunda, permite que o estudante após sua formação esteja apto a se tornar professor do ensino fundamental e médio, além de também abarcar todas as profissões acima já elencadas. As duas habilitações possibilitam o reingresso nos cursos de pós-graduação lato sensu e stricto sensu a partir de processo de seleção oficial em qualquer instituição nacional e internacional quando há parcerias.”

Letras japonês: Universidade Federal do Paraná – UFPR

O curso de letras com habilitação em japonês (é difícil?) pode ser feito na UFPR nas opções bacharelado e licenciatura. O curso está enquadrado no Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes.

Aprenda sobre a cultura japonesa in loco As tradições são muito importantes no país do sol nascente

Veja as informações do site da instituição:

“O Curso de Letras da UFPR oferece diversas opções de línguas estrangeiras e ênfase de estudos aos interessados em literatura e idiomas. Ao todo são 54 combinações curriculares: o aluno pode optar por bacharelado ou licenciatura, habilidade simples ou dupla (em um ou mais idiomas) e ênfase em estudos linguísticos, literários ou de tradução. Além disso, o aluno pode solicitar permanência e cursar uma segunda habilitação, caso termine a primeira antes de que seu prazo total de permanência na UFPR se esgote.

As habilitações de Letras Japonês e de Letras Polonês têm apenas habilitação simples em licenciatura e bacharelado.
Para cursar Letras é necessário um aprofundamento de repertório de base reflexiva e histórica.

O curso oferece condições de aprendizado e aperfeiçoamento nas línguas estrangeiras e clássicas, mesmo que o aluno inicie sem esse conhecimento.”

Letras japonês: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

O curso de Letras é oferecido no campus de Assis. No primeiro semestre, são dadas noções gerais dos idiomas e, a partir do segundo, um deles é escolhido para a habilitação. O estudante pode participar de projetos de iniciação científica ligados a grupos de pesquisa e laboratórios didáticos. Há também estudos relacionados aos acervos da unidade. Em muitos casos, o graduado pode obter bolsas assistenciais ou acadêmicas, além de ter oportunidade de intercâmbios internos, nacionais e internacionais.

A nova estrutura curricular do curso de Licenciatura em Letras da FCL/Assis, a ser integralizado com pelo menos 214 créditos, é composta pelos módulos Nuclear e Complementar. O primeiro contempla as disciplinas de Formação Geral Básica, as disciplinas de Formação Especializada Integrada, as disciplinas de Prática (como componente curricular) e as disciplinas de Estágio Curricular Supervisionado.

Letras japonês: Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Com opção de Bacharelado e Licenciatura, o curso de Graduação em LETRAS é ministrado peloInstituto de Letras – ILE no Campus Maracanã.

Segundo o site da Instituição:

Formar professores para atuar em estabelecimentos de ensino lecionando as disciplinas de Língua Portuguesa e Literaturas Brasileira e Portuguesa, além dos Idiomas: Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano, Grego, Hebraico, Japonês e Latim. Também é objetivo do curso formar bacharéis nessas mesmas áreas de conhecimento. Disciplinas eletivas abrem horizontes para os alunos quanto à Tradução, Português para Estrangeiros e Revisão de Textos.

Escolha sua aglomeração para estudar: o dilema! Osaka, a capital cultural do Japão, também é uma cidade de jovens descolados, enquanto Tóquio é mais antiga e saturada.

O estudante que pretende seguir a carreira deve ter clareza e objetividade para transmitir idéias, interesse por questões sociais e literárias, tendência para a pesquisa em linguagem oral e escrita, capacidade de argumentação e atitude crítico-reflexiva.

Os licenciados em Letras poderão trabalhar como professores em escolas públicas e privadas, em cursos de línguas ou preparatórios para concursos. Poderão atuar também, dependendo do seu aprofundamento curricular, como críticos, consultores lingüísticos ou literários, tradutores, revisores de textos.

Letras japonês: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

O curso de Bacharelado em Letras com habilitação em Japonês tem forte ênfase no texto escrito e nas habilidades e competências a ele ligadas, não oferecendo formação específica para o intérprete em situação de tradução simultânea em modalidade oral. Forma profissionais capacitados em realizar traduções e versões de textos variados, além de oportunizar o desenvolvimento das competências necessárias ao exercício da tradução ler de modo crítico e informado na língua estrangeira e na língua materna; produzir textos em gêneros variados em língua estrangeira e em língua portuguesa; revisar textos com acurácia e senso crítico; e, por fim, organizar glossários e bancos de dados para uso no trabalho tradutório.

Letras japonês: Universidade Cruzeiro do Sul

A Cruzeiro do Sul oferece o curso de graduação de Letras com habilitação em japonês na opção Licenciatura, modalidade a distância (EAD).

Faça aulas de japonês para conhecer a cultura Você gosta da arte do Japão? Então, aprenda a língua para saber mais sobre ela!

Segundo o site da Instituição:

Estudar a linguagem é sempre muito instigante: conhecer sua história, decifrar os sons das palavras e analisar como se formam, compreender os sentidos e as formas de dizer. Para os apaixonados pelas Letras, leitura, produção e interpretação de textos são atividades vitais, que serão desenvolvidas, no curso, por meio do estudo de aspectos da linguagem, como gramática, história da língua, crítica literária e estilística. E realmente quem escolhe esse curso respira os autores clássicos e contemporâneos, mestres da prosa e da poesia, doutores da língua e da arte literária. Por ser uma Licenciatura, disciplinas como didática, metodologia e práticas de ensino de línguas e suas respectivas literaturas vão preparar você para as salas de aula. O curso contempla estudo dos aspectos histórico-culturais da língua japonesa oral e escrita nos sistemas hiragana, katakana e kanji, e textos e obras de autores da literatura japonesa clássica e contemporânea.

A área de atuação do licenciado em Letras – Português e Japonês não se restringe só ao magistério nos Ensinos Fundamental e Médio, em institutos de idiomas e cursos particulares. Você também poderá atuar como roteirista de cinema, TV e teatro, secretário bilíngue, tradutor e revisor de textos, dentre outros. Ainda no setor editorial, poderá escrever e analisar livros didáticos e paradidáticos, produzir material pedagógico e conteúdo para softwares aplicados à educação. Como tradutor, há oportunidades em agências de viagem e no setor hoteleiro e de turismo.

Letras japonês: Universidade de Brasília – UnB

Na UnB, você pode fazer Letras com habilitação em japonês e até mestrado em língua e literatura japonesa.

E para quem quer fazer cursos de japonês só para aprender a língua? É possível? Claro! A universidade de Brasília também disponibiliza aulas para quem quer aprender a falar, escrever e compreender a língua nipônica:

Conheça mais as relações entre o Brasil e o Japão Os templos japoneses inspiraram muitos nipo-brasileiros.

“Programa Permanente de Extensão – UnB Idiomas – do Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução (LET), da Universidade de Brasília (UnB). O objetivo do projeto é a oferta de cursos de extensão em línguas estrangeiras, nos diversos níveis, incluindo o Japonês, para comunidade interna e externa da UnB.” (informações do site da Embaixada do Japão no Brasil)

Confira algumas disciplinas do curso:

  • Didática fundamental
  • Estágio supervisionado de japonês 1
  • Estágio supervisionado em japonês 2
  • Fund desenv e aprendizagem
  • Introdução a teoria da literatura
  • Introdução à linguística
  • Japonês 1
  • Japonês 2
  • Japonês 3
  • Japonês 4
  • Japonês 5
  • Japonês 6
  • Japonês 7
  • Laboratório de língua japonesa
  • Língua sinais bras – básico
  • Literatura japonesa 1
  • Literatura japonesa 2
  • Literatura japonesa 3
  • Literatura japonesa 4
  • Metodologia ensino língua japonesa
  • Organização educacional brasileira
  • Prática do japonês oral escrito 3
  • Prática do japonês oral escrito 4
  • Prática japonês oral e escrito 1
  • Prática japonês oral e escrito 2
  • Psicologia da educação
  • Sociedade japonesa contemporânea

Letras japonês: Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

A UFAM oferece curso de graduação de Letras com habilitação em japonês na opção Licenciatura, em seu Campus Manaus.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de4,50 sob 5 de 6 votos)
Loading...
avatar