Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares Artes e Lazer Esporte
Compartilhar

Faça universidade em língua japonesa

De Carolina, publicado em 20/04/2018 Blog > Idiomas > Japonês > Estude japonês em nível superior

O Japão nunca foi um mistério para você!

Você adora a cultura nipônica, sabe tudo sobre o país do sol nascente: suas ilhas, sua história, suas tradições, seus hábitos?

Tudo começou com um desenho animado quando era criancinha. Aqueles personagens de olhos puxados, suas roupas, cabelos espetados, sua perseverança de conseguir realizar um desafio, combater o mal, etc? Aquilo entrou na sua cabeça e nunca mais saiu?

Aliás, você começou a estudar japonês desde criança?

Ou se não, sua paixão pelo videogame! Você sabia que todos eles são japoneses (ou pelo menos os melhores):

Super Mario (Nintendo), Pokémon, Pac-Man, Space Invaders, The Legend of Zelda, Street Fighter, Sonic the Hedgehog, Final Fantasy, Resident Evil, Silent Hill… E a lista não acaba por aqui!

Então, se você é um gamer aclamado, com certeza os jogos também te aproximaram da cultura japonesa! Então, se quiser se aprofundar na arte dos games, por que não aprender a língua com videogames?

Esse pode ser o seu caso!

Ou seus país são descendentes de japoneses ou mesmo japoneses?

Isso não é raro de acontecer em um país como o Brasil! Sabia que temos a maior comunidade japonesa fora do Japão? Há mais de 1,5 milhão de ascendentes de japoneses ou japoneses aqui no Tupiniquim!

Essa é uma longa história que data do início do século XX! Mas é curioso saber disso e da grande influência da cultura japonesa em certas famílias, regiões e cidades como São Paulo (que abriga a maior parte dessa população).

Então, você sempre se perguntou “por que eu nasci brasileiro?” porque sempre gostou muito da cultura japonesa!

Sabia que essa paixão pode virar profissão?

Sushi é uma paixão nacional A culinária japonesa também pode ter sido um ponto que te fez aproximar da cultura japonesa

Já pensou em fazer seu curso superior em japonês? Mas como isso é possível?

Fazer um curso de letras com habilitação em japonês já é um bom caminho!

Para isso, vamos dar algumas dicas de quais cursos superiores fazer ligados ao japonês.

Por que cursar de Letras com habilitação em japonês?

A opção mais evidente é fazer um curso de Letras com habilitação em japonês.

Mas para isso, é preciso gostar muito dos estudos de línguas, o que nem sempre é o caso de alguém que quer aprender japones.

Ok, isso já podemos presumir. Porém, que significa gostar dos estudos de línguas? Você começou a fazer aulas de japonês no ensino médio?

Você gosta das aulas de gramática? Sabe perfeitamente o que é um complemento do objeto indireto? Quais são as regras para aplicar a crase, as concordâncias verbais, os tempos, os artigos, advérbios, etc.

É claro que estamos exagerando! É muito difícil saber tudo isso de cor e salteado. Mas você não pode deixar de gostar de estudar isso. Se não, seu curso de letras está comprometido.

Letras também não é estudar somente a gramática. Você deve estudar a sintaxe, literatura, semântica, todos os pontos cruciais para a formação de uma língua ou uma linguagem.

Voltando ao japonês, o curso de Letras com habilitação em japonês tem todos esses fatores inclusos no estudo da língua nipônica. E mais: o idioma japonês é completamente diferente do nosso, de origem latina.

O japonês (estude a língua no Japão) tem origem na língua chinesa, você sabia? Todas elas são idiomas orientais e não tem nada a ver com a lógica de um idioma latino como o português, espanhol, italiano, romano, francês…

Faça aulas para saber como fazer o alfabeto japonês É difícil aprender as letras do Japão?

Então, saiba que se quiser fazer mesmo o curso superior de Letras na universidade, não é necessário gostar somente da língua japonesa. É preciso querer estudar todos os pormenores que envolvem a construção e as regras de funcionamento dessa linguagem.

E sabia que é raro poder estudar só o japonês (em aulas particulares?) em um curso de Letras, certo? Normalmente, você deve estudar a língua portuguesa também.

Assim, você poderá comparar com mais propriedade as diferenças das duas línguas (que já são evidentes ao primeiro olhar…).

Universidades que tem o curso de Letras com habilitação em japonês

Se você decidiu mesmo que o curso de Letras é o sonho da sua vida, então vá em frente!

Mas primeiro saiba se na sua cidade ou Estado existe uma universidade que tem a opção Letras com habilitação em japonês. Afinal, nem todas possuem esse curso, certo?

Universidade de São Paulo – USP

Como falamos acima, São Paulo é a cidade onde encontramos mais descendentes de japoneses e japoneses no Brasil. Então, nada mais natural que a Universidade de São Paulo (USP) ofereça um curso superior de língua japonesa.

Sem contar que a USP é a universidade mais respeitada do Brasil, não é mesmo?

Então, vamos para os detalhes sobre o curso de Letras com habilitação em japonês da instituição.

No site, veja o que eles dizem sobre o curso de Bacharelado de Letras com habilitação em japonês:

“Os alunos do Curso de Letras – Habilitação em Japonês deverão cursar o total de 178 créditos, sendo 32 créditos em disciplinas obrigatórias do Ciclo Básico, 84 créditos em disciplinas obrigatórias do Japonês e 62 créditos em disciplinas optativas livres oferecidas pelos Departamentos do Curso de Letras. Do total de 62 créditos em disciplinas optativas livres, o aluno poderá cursar até 20 créditos em disciplinas oferecidas pela FFLCH (incluindo Letras) e até 12 créditos em disciplinas oferecidas por outras Unidades, Museus e Institutos Especializados da USP (incluindo FFLCH e Letras) nos termos da Res. CoG 4749 de 17/04/2000. A Habilitação simples em Japonês tem a duração ideal de 08 (oito) semestres.” 

Matérias:

  • Introdução aos Estudos Clássicos I
  • Introdução ao Estudo da Língua Portuguesa I
  • Elementos de Lingüística I
  • Introdução aos Estudos Literários I
  • Introdução aos Estudos Clássicos II
  • Introdução ao Estudo da Língua Portuguesa II
  • Elementos de Lingüística II
  • Introdução aos Estudos Literários II
  • Língua Japonesa Moderna I
    Objetivos:
    “Introduzir a escrita (hiragana, katakana e kanji).
    Propiciar a aquisição de estruturas frasais e textuais da língua japonesa moderna.
    Propiciar a habilidade para leitura, intelecção e análise de textos, através de ensaios, artigos miscelâneos, obras literários de autores modernos e contemporâneos.”
  • Cultura Japonesa I
  • Língua Japonesa Moderna II
  • Língua Japonesa Moderna I
  • Cultura Japonesa II
  • Cultura Japonesa I
    Objetivos:

    Saiba quais cursos de japonês fazer O país do sol nascente também é muito forte em avanços tecnológicos

    “Apresentar um perfil dos principais aspectos históricos e culturais do Japão, bem como, através de sua inter-relação com a língua e literatura; servir de base para a compreensão do Japão contemporâneo.”

  • Língua Japonesa Moderna III
  • Língua Japonesa Moderna II
  • Literatura Japonesa I
    Objetivos:
    “Inicialmente, propiciar uma visão panorâmica da literatura japonesa. Após isso, analisar e discutir as características literárias das principais escolas literárias do século XX.”
  • Língua Japonesa Moderna IV
  • Língua Japonesa Moderna III
  • Literatura Japonesa II
  • Língua Japonesa Clássica
    Objetivos:
    “Capacitar à leitura e intelecção de textos dos séculos X a XVIII, principalmente literários, através de estudos de morfologia e sintaxe da língua.”
  • Língua Japonesa Moderna III
  • Literatura Japonesa Clássica I
    Objetivos:
    “Analisar os gêneros representativos da literatura japonesa referente aos períodos clássicos (séc. X-XVIII)”
  • Literatura Japonesa III
  • Literatura Japonesa II
  • Língua Japonesa Moderna V
  • Língua Japonesa Moderna IV
  • Literatura Japonesa Clássica II
  • Literatura Japonesa Clássica I
  • Literatura Japonesa IV
  • Literatura Japonesa III
  • Língua Japonesa Moderna VI
  • Língua Japonesa Moderna IV

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

A Universidade Federal do Rio de Janeiro também disponibiliza o curso de letras Português – Japonês nas opções bacharelado e licenciatura.

Veja aqui as informações do site da instituição sobre cada curso.

“O curso de Português-Japonês está dividido em duas habilitações: o bacharelado em Português-Japonês e a habilitação em licenciatura Português-Japonês. A primeira prepara o estudante para trabalhar com inúmeras profissões onde o bacharel de letras pode atuar. Estas profissões geralmente de base técnica e ou artística-literárias utilizam o uso da língua francesa para traduções (tradutor), edição (editores), diplomacia (diplomata) entre inúmeras funções que vão além da área de conhecimento onde o profissional atue. A segunda, permite que o estudante após sua formação esteja apto a se tornar professor do ensino fundamental e médio, além de também abarcar todas as profissões acima já elencadas. As duas habilitações possibilitam o reingresso nos cursos de pós-graduação lato sensu e stricto sensu a partir de processo de seleção oficial em qualquer instituição nacional e internacional quando há parcerias.”

Universidade Federal do Paraná – UFPR

O curso de letras com habilitação em japonês (é difícil?) pode ser feito na UFPR nas opções bacharelado e licenciatura. O curso está enquadrado no Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes.

Aprenda sobre a cultura japonesa in loco As tradições são muito importantes no país do sol nascente

Veja as informações do site da instituição:

“O Curso de Letras da UFPR oferece diversas opções de línguas estrangeiras e ênfase de estudos aos interessados em literatura e idiomas. Ao todo são 54 combinações curriculares: o aluno pode optar por bacharelado ou licenciatura, habilidade simples ou dupla (em um ou mais idiomas) e ênfase em estudos linguísticos, literários ou de tradução. Além disso, o aluno pode solicitar permanência e cursar uma segunda habilitação, caso termine a primeira antes de que seu prazo total de permanência na UFPR se esgote.

As habilitações de Letras Japonês e de Letras Polonês têm apenas habilitação simples em licenciatura e bacharelado.
Para cursar Letras é necessário um aprofundamento de repertório de base reflexiva e histórica.

O curso oferece condições de aprendizado e aperfeiçoamento nas línguas estrangeiras e clássicas, mesmo que o aluno inicie sem esse conhecimento.”

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar