Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Cursos para se tornar baterista na capital carioca

De Glicia, publicado dia 26/05/2019 Blog > Música > Bateria > Onde fazer aulas de bateria no Rio de Janeiro?

O Rio de janeiro é uma cidade com grande efervescência econômica. Além disso, a cidade herdou de seu passado uma forte vocação cultural.

No final do século XIX,  as primeiras sessões de cinema brasileiro foram realizadas no Rio e, desde então, tornou-se um dos principais agentes responsáveis  por inserir a produção cinematográfica carioca na vanguarda experimental e na liderança do cinema nacional.

A cidade também foi palco da criação e consolidação de diversas escolas e movimentos. Escritores como Machado de Assis, Olavo Bilac, Carlos Drummond de Andrade, Clarice Lispector, Guimarães Rosa, Cecília Meireles, entre outros, conduziram uma parte significativa de suas carreiras na capital carioca.

A respeitada Academia Brasileira de Letras, fundada em 1896, nasceu na cidade maravilhosa!

No âmbito musical, o Rio se destacou e continua se destacando com grandes nomes do samba como Cartola e Noel Rosa. Não é de se surpreender que a cidade tenha uma excelente oferta de aulas e cursos de bateria.

Se você vive no Rio, neste artigo nós te indicaremos as melhores opções para aprender a tocar bateria.

E não deixe de conferir nosso artigo sobre aulas de bateria em todo o Brasil!

Estudos avançados de piano: Instituições de Ensino Superior

Se você quiser aprofundar seus conhecimentos de bateria para, quem sabe, futuramente virar um professor particular ou um profissional da música, além de diversas escolas de música, o Rio de Janeiro oferece ótimas opções em Instituições de Ensino Superior. As faculdades e universidades oferecem cursos de níveis de graduação (licenciatura ou bacharelado), pós-graduação, especialização e extensão, do erudito ao popular, do canto à composição, da interpretação à produção musical.

Além disso, muitas Instituições oferecem cursos livres de bateria, portanto vale a pena investigar!

Estude bateria na escola de música da UFRJ

Tal qual a maioria das universidades federais brasileiras, a Universidade Federal do Rio de Janeiro possui uma conceituada escola de música e oferece cursos de graduação e pós-graduação. Sua origem remonta ao Conservatório de Música, fundado em 1848, posteriormente Escola de Belas-Artes (1855), Instituto Nacional de Música (1889) e finalmente Escola Nacional de Música (1937). A estrutura atual da Escola de Música foi estabelecida em 1965, quando, por força do Decreto nº. 4.759, do Governo Militar, a Universidade do Brasil transformou-se em Universidade Federal do Rio de Janeiro.

graduação em música para tocar bateria Na universidade você poderá aprofundar seus conhecimentos musicais e se especializar em instrumentos de percussão.

Voltada para a formação de músicos na área erudita e clássica, oferece graduação em Música (bacharelado e licenciatura) com 26 habilitações e Pós-graduação stricto sensu. A Universidade ainda oferece cursos de extensão, como por exemplo: musicalização infantil, curso básico e curso intermediário. Esses cursos são pagos, no valor de 300 reais para o semestre. A Escola possui ainda uma excelente infraestrutura com Biblioteca, Museu Delgado de Carvalho, Museu Virtual de Instrumentos, Salas de apresentação, Laboratórios de música e tecnologia diversos, centros de estudos e pesquisas, além de promover concertos, semanas temáticas, festivais, encontros e projetos especiais. Por fim, mantém diversos conjuntos estáveis, com destaque para o UFR Jazz Ensemble, Violões da UFRJ e Orquestras (Rua do Passeio, 98. Lapa. 21 2222-1029).

O bacharelado em instrumentos de orquestra permite ao estudante se habilitar em diferentes instrumentos, dentre eles os instrumentos de percussão, é claro.

Veja a seguir a descrição do curso:

Os cursos de bacharelado em Instrumentos, Canto e Regências visam formar músicos profissionais com uma sólida formação artística, humanística e científica em Práticas Interpretativas, e o curso de bacharelado em Composição visa potencializar as capacidades musicais, críticas e criativas, para que possam desenvolver as condições necessárias à releitura de obras musicais compostas ou para gênese de obras musicais originais.

Habilitações:

O curso de bacharelado em música apresenta 25 habilitações em quatro diferentes áreas: instrumento, canto, composição e regência. O maior número de habilitações está concentrado na área de instrumentos reunindo as habilitações em piano, cravo, órgão, violino, viola, violoncelo, contrabaixo, harpa, percussão, flauta, oboé, clarineta, fagote, trompa, trompete, trombone, tuba, saxofone, violão e bandolim. Na área da regência temos três diferentes especialidades: regência coral, regência orquestral e regência de banda. Por fim temos aquelas em canto e composição que completam a maior oferta de habilitações em música de uma universidade pública brasileira. Ao final do curso, após o processo de colação de grau o aluno recebe um diploma de Bacharel em Música. A habilitação é apostilada no verso do diploma, onde é informada a sua especialidade.

A grade curricular do bacharelado com habilitação em instrumento de orquestra inclui os seguintes instrumentos: Flauta, Oboé, Clarineta, Fagote, Trompa, Trompete, Trombone, Tuba, Harpa, Percussão, Violino, Viola, Violoncelo e Contrabaixo.

Por se tratar de um curso de alta qualidade e bastante concorrido, é necessário possuir conhecimentos prévios em instrumentos para poder entrar na graduação em música.

A seleção é feita por meio de vestibular e além das provas de conhecimentos gerais, os candidatos precisam passar nas provas de conhecimentos específicos para terem o direito de se matricularem no curso.

Se você deseja estudar na UFRJ, um curso preparatório para o processo seletivo com certeza será de grande utilidade.

Música Popular no Instituto Villa-Lobos – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Uni-Rio)

O instituto tem sua origem no antigo Conservatório Nacional de Canto Orfeônico (CNCO), idealizado pelo músico Heitor Villa-Lobos em 1942. A escola oferece graduação em Música (bacharelado e licenciatura). O diferencial está na oferta de um fluxograma específico em bacharelado para mpb e arranjo. Saiba que é o lugar para você que tem interesse na formação de música popular. A pós-graduação ofertada é em stricto sensu (mestrado e doutorado). Há ainda seminários, encontros, concertos e festivais temáticos (Av. Pasteur, 296. Urca. Tel.: 21 2542-3311).

Veja também todas as opções de aulas de bateria em SP!

Aprender bateria em uma escola de música no Rio de Janeiro

No Rio você encontrará excelentes escolas de música, como o renomado Conservatório Brasileiro de Música (CBM). Com cerca de 80 anos de existência e muita tradição no ensino de música, a instituição oferece uma grande variedade de cursos, desde cursos de graduação e pós-graduação, até cursos livres e de extensão.

Onde estudar piano na capital carioca. O Conservatório Brasileiro de Música é uma instituição renomada no Brasil inteiro.

Criado em 1936, certamente uma das escolas mais conhecidas na cidade. Em graduação, há bacharelado e licenciatura em Música e bacharelado em Música e Tecnologia. Já na pós-graduação, Musicoterapia, Regência Coral, Educação Musical. Além da formação universitária, o Conservatório Brasileiro de Música traz programas para iniciantes ou experientes em todos esses instrumentos musicais: bateria, percussão, piano, teclado, bandolim, clarineta, flauta doce, flauta transversa, guitarra, regência, saxofone, trombone, trompete, violão, violino, violoncelo. Essas aulas são individuais, com 1 hora de duração uma vez por semana. Cada professor determina o valor por mês, cerca de 350 reais. O Conservatório ainda mantém a Camerata de Violões, a Clínica Social de Musicoterapia, Núcleo de Pesquisa, TV CBM, além de organizar eventos, seminários, palestras e outras atividades relacionadas à música (Av. Graça Aranha, 57. Centro. Tel.: 21 3478-7600).

Para quem deseja aprender bateria e percussão, a melhor opção é o bacharelado em instrumento. O curso visa formar instrumentistas e desenvolver habilidades e competências baseadas em conhecimentos que produzam um profissional participativo, atuante e responsável.

Além disso, as aulas também buscam potencializar a sensibilidade artística e a capacidade de reflexão do estudante no campo da música.

Alguns dos principais objetivos do curso são:

  • Desenvolver o conhecimento e o desempenho técnico-artístico musical;
  • Integrar a expressividade e a criatividade à formação;
  • Desenvolver o domínio da expressão do movimento através de habilidades motoras específicas;
  • Levar o aluno a explorar o contexto social e cultural para uma identidade musical numa perspectiva histórica e artística;
  • Desenvolver a capacidade de estabelecer relações de comunicação, levando em consideração a experiência particular de sua cultura;
  • Estabelecer relações entre a Música e as demais áreas do conhecimento, no intuito de ampliar a visão dada pelo mercado;
  • Considerar as estruturas advindas das músicas populares e os corpos imanentes de variados segmentos sociais na formação do intérprete e do compositor.
  • Construir a partir da oferta de consistente substrato teórico e empírico, a capacidade gerenciar processos de produção, fruição e conservação de bens culturais, considerando a inclusão de realidades diversas;
  • Construir e desenvolver trabalhos musicais instrumentais, em grupos ou individual; com variedade de estética.

Criada em 1952, a Escola de Música Villa-Lobos a princípio era um centro popular de ensino de arte. Hoje faz parte da Secretaria de Estado de Cultura. A Escola possui quatro tipos de cursos, todos com duração de 3 anos (menos os livres): Formação Musical, gratuito, para alunos de 8 a 15 anos, com inscrições anuais via edital; Básico em Música (percussão sinfônica, percussão popular), pago e semestral, sem processo seletivo e voltado para alunos a partir de 13 anos; Técnico, voltado para alunos com Ensino Médio completo ou em curso, é gratuito e proporciona habilitação profissional; e finalmente os cursos livres, que são pagos e possuem temática diversificada.

A Escola é mais adequada para aqueles que buscam formação teórica consistente, e sua vantagem está sobretudo no preço, pois alguns cursos de bateria são de graça. Além dos cursos, a Escola de Música Villa Lobos incentiva à participação em grupos artísticos, como o Coro de Câmara Adulto, Grupo de Choro Corando Baixinho, Grupo de Jazz, Orquestra Sinfônica e Orquestra Popular. Alguns nomes que passaram pela escola e deixaram suas marcas no mundo musical são Maximiniano Cobra, Tim Rescala, Tato Taborda, Jorge Versilo, Biafra, Téo Lima e Marcus Vinicius Nogueira…

tocar bateria no Rio de Janeiro A bateria é considerada o “coração” da banda, pois é ela quem dita o ritmo da música.

Além do CBM e da Escola de Música Villa-Lobos, no Rio de Janeiro há diversas outras escolas de música que contam com excelentes profissionais e onde você pode fazer aulas de bateria. Vejamos algumas delas:

  • Centro Musical Antonio Adolfo: fundado em 1985, oferece aulas práticas de diversos instrumentos, para adultos e crianças a partir de 18 meses, assim como matérias teóricas para todos os níveis e idades;
  • Escola Portátil de Música: criada em 2000 por um grupo músicos de choro, a escola começou com cerca de 50 alunos na Sala Funarte. Em pouco tempo, já na UFRJ, agregava 100 estudantes e, em seguida, os alunos triplicaram no casarão da Glória. Hoje em dia, suas aulas acontecem no campus da Uni-Rio, na Urca. A EPM possui 35 professores e mais de 1.100 alunos de percussão, piano, flauta, clarinete, saxofone, trompete, trombone, contrabaixo, violão, cavaquinho, bandolim, pandeiro, canto e canto coral – além das turmas de apreciação musical, teoria musical, harmonia, prática de conjunto etc. O foco da EPM é o ensino do choro e da música popular brasileira em geral, e é preciso ter alguma familiaridade com o instrumento que se quer tocar, com limite mínimo de 12 anos de idade. Cada aluno paga uma taxa semestral de 400 reais, com direito a uma aula de instrumento; uma aula de apreciação musical; uma hora de ensaio do bandão; e uma hora de roda de choro. Uma opção excelente e acessível para amantes de choro e música brasileira em geral.
  • Escola In Concert: em Ipanema desde 1992, a escola oferece aulas de bateria, percussão, teclado, violão, piano, baixo, canto, guitarra e cavaquinho. Os encontros na Escola In Concert são individuais ou em dupla, um vez por semana, com 1 hora de duração. Certos instrumentos, como bateria ou piano, exigem aulas particulares (Rua Visconde de Pirajá, 303. Ipanema. Tel.: 21 2287-5136).
  • BSB Musical: a rede conta com dezesseis unidades no Brasil e oferece o ensino de variados estilos musicais. Na BSB Musical há aulas de bateria, piano clássico, piano popular, teclado, violão e guitarra até acordeom, viola caipira e flauta doce (Rua São Clemente, 411. Botafogo. Tel.: 21 3176-3684).
  • Cigam: a escola funciona desde 2008 na Rua Santa Luzia. Os cursos livres da Cigam incluem bateria, percussão, piano, bandolim, baixo, canto, cavaquinho, flauta, guitarra, sax, trompete, violão ou violão de 7 cordas. (Rua Santa Luzia 799/701, Cinelândia. Tel.: 21 2524-2170).
  • Intermúsica: com sede em Ipanema, Leblon e Copacabana, oferece aulas de bateria, percussão, teclado, baixo, guitarra, violão, piano, flauta, gaita, saxofone, violino e cavaquinho. Também há aulas de musicalização infantil, baby class, violino. Na Intermúsica os cursos são abertos para todas as idades (Rua Visconde de Pirajá, 444. Ipanema. Tel.: 2287-5471).
  • Elite Musical: possui nove unidades no Grande Rio (Botafogo, Barra, Centro, Méier, Recreio e Campo Grande, além de Caxias, Nova Iguaçu e Niterói), oferece aulas de bateria, teclado, violão, guitarra e piano. A Elite Musical oferece duas horas semanais de aula, uma prática e a outra teórica.

Uma das principais vantagens das escolas de música é o fato de poder misturar todos os estilos, todos os instrumentos, o que permite desenvolver a sua técnica musical, mas também a sua criatividade.

Se fosse para citar uma desvantagem das escolas de música, essa seria o preço das aulas. Como você já deve imaginar, o valor das aulas de bateria em uma escola é bem elevado. Mas, existe uma solução mais barata – e mesmo gratuita – para aprender bateria no Rio: as associações.

Confira nosso artigo sobre as aulas de bateria em Belo Horizonte.

Aprenda a tocar bateria em uma associação carioca

Você sabia que também é possível aprender a tocar bateria sem precisar gastar uma fortuna? As associações contam com a ajuda de professores voluntários, músicos apaixonados pelo fazem e que amam transmitir seus conhecimentos.

toque bateria como um músico profissional A bateria é indispensável a praticamente todos os ritmos musicais.

Certamente, as aulas oferecidas em uma associação não trarão reconhecimento acadêmico, mas é uma ótima maneira de se iniciar à música e começar a aprender a tocar um instrumento.

Se você tem o intuito de ingressar em uma faculdade de música futuramente, com certeza as aulas feitas em uma associação te trarão uma boa base para se sair bem nos processos seletivos das escolas e universidades mais prestigiosas.

As associações costumam oferecer uma boa variedade de cursos de música, como: canto, instrumentos diversos (guitarra, bateria, violão, flauta, contrabaixo…), solfejo, iniciação musical para crianças e adolescentes, etc.

Encontramos algumas associações musicais no Rio de Janeiro. Veja abaixo:

  • Som+Eu: projeto social de educação musical para crianças, adolescentes e jovens carentes do Rio de Janeiro. Localizado no Morro da Providência, o projeto, foi criado com a missão de promover a melhoria da qualidade de vida dos seus beneficiários, integrando-os a um circuito de atividades de desenvolvimento artístico e cultural;
  • Escola de Música da Rocinha: a escola tem a chancela da UNESCO e é registrada no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). Utilizam a música como ferramenta de inclusão e transformação social;
  • ASMB – Ação Social pela Música do Brasil: organização não governamental que surgiu do sonho do maestro David Machado em 1994. O projeto visa levar a música clássica para crianças e adolescentes que vivem em comunidades em situação de vulnerabilidade social;
  • Grupo Cultural Afroreggae: tem como objetivo reduzir as desigualdades sociais e combater o preconceito através da disseminação da arte e da cultura como instrumento de transformação social. Oferece gratuitamente cursos de percussão, canto, guitarra, violão, bateria e de instrumentos de musica clássica.

No nordeste também é possível aprender instrumentos de percussão como a bateria! Veja aqui as melhores opções de aulas de bateria em Recife.

Aulas particulares de bateria no Rio de Janeiro

Já cogitou a possibilidade de fazer aulas particulares de bateria? No Rio de Janeiro, assim como em diferentes cidades brasileiras, aprender um instrumento musical é possível graças às aulas em domicílio, cada vez mais populares!

aulas de bateria no Rio, professor particular Com um bom professor, qualquer pessoa pode aprender a tocar bateria.

Bem, como você pode observar, há muitas opções para os fãs de percussão que desejam se tornar grandes bateristas e seguir uma formação musical consistente. No entanto, não podemos nos esquecer que, na maioria desses casos acima citados… É preciso estar pronto para os testes de seleção!

Portanto, é necessário que o aluno se prepare para as provas prática e de conhecimentos específicos, muitas vezes exigidas pelas escolas e nos vestibulares.

Bem, você pode se preparar de diferentes maneiras: seja com aulas em grupo em sua escola de música, ou com um grupo de colegas da sua turma, entre amigos ou família, ou você também tem uma última opção: recorrer à ajuda de um professor particular.

Não importa a sua escolha: música erudita, popular, contemporânea… O professor vai desenvolver um programa personalizado para você, mesclando exercícios práticos e teoria musical, com acompanhamento individualizado e estudos voltados para sua preparação. Enfim, tudo para que você se sinta seguro na hora da sua prova!

Se você já faz aulas particulares, conte para seu professor que você deseja ingressar em um curso de música neste ano e que gostaria de conversar com ele sobre isso, obter sua ajuda.

Se você ainda não faz aulas particulares, é hora de encontrar um professor dedicado e especializado. Pode ser uma aula por semana ou a cada duas semanas: o ideal para que o professor identifique seus pontos fortes e fracos e elabore o seu programa de estudos.

Se você já toca em grupo, não hesite em se apresentar uma vez com sua banda para seu professor particular: ele pode dar conselhos, dicas e sua opinião sobre a presença de cada instrumento e a intensidade de cada um.

A plataforma Superprof traz a solução ideal e sob medida para quem busca por aulas de bateria. Especializada no ramo, a plataforma oferece uma grande variedade de aulas em diferentes metrópoles brasileiras.

O que você precisa saber, antes de qualquer coisa, é que os professores cadastrados no Superprof são altamente qualificados e apaixonados pelo que fazem. Desde músicos aposentados a estudantes de música, nossos educadores estão dispostos a dedicar tempo e empenho para transmitir seus conhecimentos sobre instrumentos de percussão.

E por que fazer aulas particulares de bateria?

Simplesmente porque, para aprender o básico da percussão, é necessário ter um acompanhamento sério. Aprender a tocar o instrumento é relativamente fácil, mas demanda um alto nível de dedicação, se possível diária, para o aperfeiçoamento. Além disso, é preciso ter um bom ouvido para música, ritmo e boa coordenação motora.

As aulas particulares são personalizadas e permitem que você aprenda no seu ritmo e de acordo com os seus objetivos, a fim de desenvolver sua percepção musical.

Assim, que você busque aprender o básico de bateria, um aperfeiçoamento profissional ou se preparar para uma prova específica, um professor particular com certeza irá te ajudar.

Descubra como aprender bateria no Distrito Federal!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar