Augusto - Prof solfejo - São Bernardo do Campo

Augusto

Embaixador

  • Preço hora/aula R$90
  • Tempo de resposta 24h
  • Número de alunos 18
Pedir aulas

1a aula grátis!

1a aula grátis!

Maestro formado pela Unesp te ajuda a criar suas próprias músicas (Canções, Trilhas e Composições).

    • São Bernardo do Campo
    • Na casa dele
    • webcam

Embaixador

É "la crème de la crème" dos professores. Perfil de qualidade, diploma verificado e resposta garantida. Augusto marcará sua primeira aula de Solfejo.

Sobre a aula

Você tem vontade de fazer suas próprias músicas e já até começou a escrever algumas ideias mas sempre empaca em algum ponto? Ou quis escrever algo para grupos maiores como orquestras e bandas sinfônicas mas acaba se confundindo com tantas pautas ao mesmo tempo? Ou senão escuta suas músicas depois de algum tempo e não sabe como resolver aquela transição que ficou super esquisita?

Isso não significa que vc não possa compor bem e sim de que você precisa de orientação. Muitos acham que fazer música é um dom para poucos, que apenas gênios como Beethoven ou Mozart recebem a inspiração para compor, mas na verdade a composição é uma habilidade como qualquer outra e pode ser treinada.

Como podemos treinar isso? Compreendendo como funcionam alguns padrões estruturais da composição e estudando-os um a um. Desde assuntos mais básicos como "como escrever um tema" ou "como escolher uma harmonia' até assuntos mais avançados, como "equilíbrio de textura na orquestração" e formas mais complexas. Utilizo os livros mais reconhecidos da bibliografia sobre o assunto para montar um curso personalizado para o que você precisa para fazer a sua música no seu estilo.

matérias

  • Solfejo
  • Improvisação musical
  • Composição musical
  • +1

    Musicologia

línguas

  • Inglês
  • Português
  • Espanhol

níveis

  • Iniciante
  • Intermediário
  • Avançado
  • +1

    Bacharelado

Mais sobre Augusto

O curso é inteiramente planejado para as necessidades do aluno e nas primeiras aulas é traçado um plano de assuntos a serem estudados. Cada assunto é discutido de forma bem "mastigada" e com tarefas específicas para o conteúdo. Paralelamente aos estudos de técnica, combinaremos projetos de composições completos, onde o aluno escolhe a proposta e eu entro com o planejamento do processo.

As aulas também abordarão outros assuntos, como teoria musical, história da música, análise, leituras complementares e etc. conforme se mostre necessário para a proposta do aluno, sempre com um objetivo em mente e com a intenção de solucionar possíveis problemas.

Além do horário da aula, estou sempre disponível para tirar dúvidas e corrigir exercícios através do whatsapp ou redes sociais. Costumo ser próximo dos meus alunos e manter contato frequente com eles, para que a evolução aconteça de forma mais rápida possível.


Tenho experiência de:

* 14 anos como professor particular, atendendo mais de 300 alunos

* 4 anos como preparador do cursinho Da Capo (Nas matérias de Teoria musical, Regência, Canto Coral e Prática instrumental) com vasta aprovação nos vestibulares das estaduais de SP (Unesp, Usp, Unicamp)

* 3 anos como professor de coral do projeto social "A música venceu" criado por João Carlos Martins

* 1º regente americano a chegar na semifinal da "International Choir Conducting Competition" da Academia de Música de Wroclaw na Polônia.

* Orientador e guitarrista da banda Kasarian no Rock Festival realizado pelo Anglo no Rock Club em São Bernardo do Campo, sendo a banda colocada em primeiro lugar no festival com repertório apenas de músicas próprias.

* Diretor musical da ópera Betly (Primeira montagem brasileira da ópera de Gaetano Donizetti, com tradução e reorquestração própria) na montagem pela fábrica de óperas da Unesp em 2017. Montagem esta premiada pela universidade.

* Diretor musical e arranjador no musical Canções para amores líquidos, da companhia Opsis de Teatro em 2017 e 2018.

* Regente convidado para reger em um dos concertos do coral jovem do estado, no CEU Navegantes, em 2017.

* Regente convidado para o concerto de encerramento da Oficina de Música de Curitiba, em 2018.

* Regente convidado para o concerto o encerramento do Festival de Música de Londrina, em 2019

* Criador do blog/canal "Ginásio Musical" no YouTube.

Tarifas

pacotes

  • 5h: R$400
  • 10h: R$700

webcam

  • 90R$/h

aulas grátis

  • 1h

Precisão

As aulas podem ser marcadas com a frequência desejada pelo aluno. Semanal, Quinzenal, Mensal ou Personalizada.

O valor da hora/aula do anúncio é fixo para as aulas avulsas, podendo ser renegociado através de pacotes (marcar 2 ou mais aulas de uma vez). Aulas dentro dos pacotes que precisarem ser remarcadas sem aviso prévio de 24h serão cobradas no valor fixo e não no valor renegociado.

Também ofereço um plano de "estudo intensivo", para alunos dispostos a dedicar um bom tempo de estudos entre uma aula e outra. Este plano funciona como uma bolsa de estudos, onde o aluno receberá um desconto na hora aula em troca de uma lista de tarefas a serem cumpridas para a próxima aula. As aulas em que as tarefas dadas tenham sido cumpridas terão o valor da hora/ aula reduzidas, as que não tiverem sido cumpridas, serão cobradas pelo valor fixo.

Vídeo

Mais detalhes sobre Augusto

  • 01

    Há quanto tempo você possui uma paixão pela música, pelo seu instrumento preferido e/ou técnica musical?

    Acho que antes de ter uma paixão pela música, eu sempre tive uma paixão incontrolável pelo aprendizado. Gostava de desmontar eletrônicos quando quebravam para ver como eram por dentro, de fazer experiências misturando sabores de refrigerantes pra ver com que gosto ficava o resultado e coisas do tipo. Quando comecei a estudar música (violão, por volta dos 12 anos) percebi que o assunto era extremamente desafiador e extenso, o que me levou (e ainda me leva) a querer pesquisar, aprender e experimentar cada vez mais sobre tudo que envolvesse a organização de sons como arte.

    Desde então, fica cada vez mais difícil escolher um único assunto para continuar estudando (e até para escolher o mestrado) pois não consigo descobrir o que gosto mais de fazer, se é tocar violão e guitarra na música popular, ou tocar piano, ou reger e ensaiar coros, ou reger orquestras, ou compor, ou arranjar. Para não ter que escolher por enquanto eu busco, sempre que possível, unir duas ou mais assuntos diferentes para continuar fazendo um pouco de tudo. Acredito que a relação apreciação/estudo seja muito direta: se não há limites para a criação musical, não devem haver para as formas de se aprender a compor; se ouvir música é algo prazeroso, estudá-la também deve ser e por aí vai...

  • 02

    Qual música pode pode ouvir no repeat sem se cansar (ou ficar doido) ?

    Acredito que toda música tenha seu valor, então minha escuta é sempre direcionada a encontrar o que aquela música tem de positivo e o que ela pode me ensinar. Depois de anos e anos de estudo, não consigo ouvir mais música só "porque é legal" eu quero sempre saber "porque isso é tão legal?". Desta forma, posso ficar horas ouvindo a mesma coisa até achar/entender o que procuro.
    Vai ver eu já tenha ficado doido mesmo e ninguém me avisou.

  • 03

    Conte-nos sobre a aula mais difícil ou desafiadora que você já deu !

    Essa é, na verdade, uma história engraçada. Quando eu fiz 18 anos eu entrei em uma escola de música em São Bernardo do Campo. Quando a secretária da escola me perguntou quais instrumentos eu ensinava, eu respondi que "violão e guitarra", pois eram os que eu tocava e já tinha tido experiência de ensinar (comecei a dar aulas particulares para amigos do colégio com 15 anos de idade, então seria minha primeira experiência dando aulas em uma escola) e ela respondeu "ah sim, de cordas?" e eu na minha inocência tinha respondido automaticamente que sim, sem ter notado na hora de que "cordas" eram bem mais do que só estes dois instrumentos.

    Alguns dias depois, esta secretaria me liga me dizendo que eu tinha um novo aluno matriculado:

    - Que bacana, e ele vai fazer aulas de violão e de guitarra?
    - De contrabaixo

    Depois de algum tempo tentando explicar que eu não era baixista e ela me dizendo que não tinha professor de baixo e ela marcou pra mim do mesmo jeito e que o aluno já tinha pago 6 meses de aula, descobri que ia ter que estudar baixo elétrico para poder ensinar pro aluno. Pelo menos até arranjarem um professor do instrumento. Pedi para tirar o "cordas" do meu cadastro e colocar apenas "violão e guitarra', pra não correr o risco de aparecerem outros instrumentos que eu não tocava.

    No dia da primeira aula, descubro um novo detalhe. O aluno era chinês e não falava português e nem inglês fluentemente, e eu não sabia (e ainda não sei) lhufas de mandarim. Então eu ficava tendo que alternar entre português, inglês, mímica e google tradutor pra passar uma única ideia, isso tudo de um instrumento que eu mal tinha começado a estudar. O pior de tudo, é que esta nem foi a aula mais difícil que eu já tive que dar, esta história foi o contexto necessário para explicar o verdadeiro desafio.

    Passados seis meses, este aluno tinha gostado tanto das aulas que, além de renovar o contrato, decidiu me indicar para um amigo dele que chegaria da china alguns dias depois (e este aluno sequer falava português ou inglês). Ele sugeriu que eu desse a aula e ele fosse o interprete... não darei mais detalhes para que a imaginação de vocês recrie a cena como quiserem.

    Depois destes dois alunos, todas as outras aulas ficaram extremamente fáceis de dar.

  • 04

    Qual, na sua opinião, é o instrumento/técnica vocal mais difícil de tocar/aprender e por quê?

    Sem a menor dúvida, o instrumento mais difícil é aquele que você não tem vontade de aprender. Todo instrumento possui suas facilidades e desafios e para superar estes desafios exigem estudo. Não existe mágica, não existe dom. Existe treino.
    Muita gente fala que tal pessoa "nasceu pra fazer tal coisa" e eu discordo profundamente, acredito que afirmar isso seja desvalorizar todas as horas de estudo que a pessoa teve para aprender qualquer habilidade, dentro e fora da música. Sempre brinco com meus alunos que quando nascemos só sabemos chorar e defecar, todo o resto nós aprendemos. Da mesma forma que aprendemos a segurar objetos, andar, falar, ler. Nós podemos aprender a cantar, compor, improvisar, falar outro idioma, tocar um instrumento, cozinhar, programar um computador, esculpir e etc...
    Portanto, se o aluno tem alguma dúvida de qual instrumento estudar eu normalmente recomendo que ele comece por aquele que tiver mais vontade. Quanto mais vontade de aprender, mais estudo. Quanto mais estudo, mais desenvolvimento.

  • 05

    O que você considera ser a chave para o sucesso do aprendizado?

    Um estudo consciente, bem dividido e bem orientado. Aprender como estudar é tão importante quanto aprender o assunto estudado. Existem diversas estratégias de estudo e cada pessoa se identifica mais com uma ou com outra. Tem gente que entende melhor as coisas fazendo, tem quem prefira ler sobre, tem quem prefira construir a lógica do assunto, tem quem prefira ver outra pessoa fazendo, tem que prefira aprender ouvindo e etc... todas as ferramentas são válidas.

    Nos meus estudos, gosto sempre de ver um mesmo assunto por abordagens diferentes. Não sou de ficar repetindo sempre a mesma coisa, então procuro formar de repetir sem necessariamente fazer igual. O importante é que não venha a sensação de "estudar por obrigação" e sim por impulso de aprender.

  • 06

    Cite três artistas que você amaria compartilhar um palco junto ! 😄

    Servem grupos?
    Adoraria ser convidado para reger alguma das orquestras/ coros profissionais do país em um concerto.

    Artistas solo eu ficaria imensamente honrado em trabalhar com o Djavan, Hermeto Pascoal e Steve Vai.

  • 07

    Divida conosco uma história engraçada referente à sua profissão !

    Na primeira vez que eu fui para o Festival Música nas Montanhas, eu fui com a intenção de estudar regência coral (nesta época eu já estudava regência na Unesp), porém não tinha naquele ano só tinha regência orquestral. Como eu já tinha curiosidade de como seria reger uma orquestra, fiz este curso. Foi muito gostoso e muito assustador ao mesmo tempo, não tinha muita noção do que eu estava fazendo lá, mas adorando a oportunidade.

    O que eu não sabia é que todos os alunos iriam reger a orquestra no encerramento do festival, e que todos deveriam usar uma camisa e uma calça preta. Como eu não tinha a bendita calça, um outro aluno me disse que me emprestava a que ele disse que tinha sobrando. No dia do concerto eu coloquei o meu jeans mais escuro e torci para o meu colega não esquecer do combinado, ele não esqueceu, porém a calça era uns 4 números maior do que eu e nem com o cinto ela ficava 100% firme. Coloquei ela por cima do meu jeans pra ver se ajudava a não ficar tão folgada. Na hora de entrar no palco fui andando com as pernas mais abertas do que normalmente se anda e tudo o que eu queria é que a calça continuasse lá até a hora de sair do palco. Durante a música, meu pensamento se alternava entre conduzir a orquestra o melhor que eu podia no momento e no quão ridículo seria se o público visse as calças do maestro cair no meio da música... e ainda ter outra vestida por baixo.

  • 08

    Qual seu segredo para ser um Superprof com um fã clube de alunos?

    Acredito que todas as pessoas são tratadas da mesma forma como trata as outras pessoas. Eu apenas respeito e possuo muita empatia pelas pessoas e creio que este respeito e empatia acabem criando uma relação de amizade com meus alunos.
    Não gosto muito de pensar que eu tenha um "fã clube" de alunos, gosto de pensar nesta relação "professor/aluno" da forma mais horizontal possível, pois todo professor de verdade também aprende com quem se está ensinando. Ninguém detém todo o saber e ninguém é desprovido de conhecimento, quando esta relação deixa de ser hierárquica e passa a ser horizontal a comunicação vira uma troca de experiências/saberes/ideias/percepções.

Encontre seu professor de solfejo
5,295 profes disponíveis

  • Aulas online de violão e iniciação ao piano com método inteiramente prático e eficaz!

    MICHELE SANTIAGO

    Condomínio Maracanã

    5 (14 avis)
    • 45 R$/h
  • Professor de guitarra e violão formado em Música. Abordagem geral técnica e teórica do instrumento em vários estilos.

    Lucas

    Vila Eldizia

    5 (9 avis)
    • 60 R$/h
    • 45min grátis
  • Piano, teclado, flauta doce, musicalização, teoria e coral,  para todas as idades.

    Larissa

    São Bernardo do Campo

    5 (9 avis)
    • 120 R$/h
    • 30min grátis
  • Formado em Violão Erudito pelo Conservatório de Tatuí dou aulas virtuais e presenciais.

    Giliard coelho

    Montanhão

    5 (5 avis)
    • 60 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas de Violão e Guitarra em São Bernardo. Aprenda a tocar hoje mesmo!

    Bruno

    Vila Jerusalem

    5 (4 avis)
    • 70 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas de Violão na Grande São Paulo. Graduado em Licenciatura em Música.

    Denis

    Jardim Las Vegas

    5 (4 avis)
    • 75 R$/h
    • 30min grátis
  • Professor de Música (Guitarra, Violão, Baixo, Ukulele, Teclado para iniciantes, Teoria Musical)

    Cezar

    Jardim Alvorada

    5 (3 avis)
    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Professor de Violão, Guitarra e Teoria Musical, na região do ABC Paulista.

    Junior Mendes

    Santo André

    5 (3 avis)
    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • VENHA APRENDER A CANTAR! Aulas com ênfase na fisiologia da voz, canto popular e improvisação musical. Na região do ABC.

    Abner

    Dos Casa

    5 (3 avis)
    • 90 R$/h
    • 1h grátis
  • Professor música com especialização em violino e viola sinfônica. Residente em SBC

    Bruno

    5 (2 avis)
    • 60 R$/h
    • 1h grátis
  • Músico formado pela FAAM dá aulas em São Paulo e no ABC Paulista

    Denis

    Conceição

    5 (2 avis)
    • 50 R$/h
    • 45min grátis
  • Estudante de Musicoterapia e de técnico em música na Fundação das Artes, dá aula de teoria musical para iniciantes em São Caetano do Sul.

    Beatriz

    Santa Maria

    5 (2 avis)
    • 45 R$/h
    • 1h grátis
  • Formado na ULM (Universidade livre de música), teoria musical,cordas, teclas, sopro, voz.

    Rubens Neri

    Parque Erasmo Assunção

    5 (2 avis)
    • 52 R$/h
    • 1h grátis
  • Educadora Musical, Regente Coral e Dulcista, também dou aulas de Teoria Musical

    Helaine

    • 40 R$/h
    • 30min grátis
  • Aulas de Piano,  Teclado e Musicalização Infantil em São Caetano do Sul- SP

    Anete

    Baeta Neves

    • 90 R$/h
    • 1h grátis
  • Ultimanista de bacharelado em violino dá aulas para iniciantes em música e reforço de violino.

    Vinícius

    Dos Casa

    • 45 R$/h
    • 1h grátis
  • Professor de clarinete, solfejo e teoria musical em São Bernardo do campo

    Rafael

    Montanhão

    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Saxofone, Flauta, Improvisação, Arranjo, Teoria Musical, Composição. Inezita Barroso, IZA, Rael, Nomade Orquestra, Monkey Jahyam, Black Mantra, Izzy Gordon, Tassia Reis, Projeto Nave, Dexter.

    Eramir

    Rudge Ramos

    • 150 R$/h
    • 30min grátis
  • Formado em Música. Professor de Violão há 5 anos. Já trabalhei com Musicoterapia para crianças autistas. A música é a paixão da minha vida.

    Mateus

    Jardim Alzira Franco

    • 35 R$/h
    • 1h grátis
  • Especialista em instrumentos e ritmos andinos, leciono Violão Clássico, popular, charango, teoria e canto.

    Ubirajara

    Conceição

    • 80 R$/h
    • 1h grátis
  • Ver mais professores